TODA CRIANÇA É CRIANÇA - o Estatuto da Criança e do Adolescent

TODA CRIANÇA É CRIANÇA - o Estatuto da Criança e do Adolescente

https://img.youtube.com/vi/yt4ZdpwogQ0/sddefault.jpg
Documentário registra vivências, histórias e ações da sociedade e do Estado alinhadas à rede de proteção à infância e à juventude estabelecidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. O documentário relembra as mobilizações em favor do Estatuto da Criança e do Adolescente, quando centenas de meninos e meninas de rua ocuparam o Plenário da Câmara dos Deputados para votar simbolicamente a aprovação do Estatuto. Também são ouvidos alguns parlamentares atuantes na aprovação – entre eles a relatora do projeto na Câmara dos Deputados, Rita Camata, e a deputada federal Benedita da Silva (PT/RJ). O deputado federal e médico Osmar Terra (PMDB/RS) comenta sobre a importância de se proteger a primeira infância, fase inicial do desenvolvimento da criança. A produção relata experiências vivenciadas em Brasília e em Jaboatão dos Guararapes, município integrante da Região Metropolitana de Recife. Tratam-se de ações alinhadas à rede de proteção à infância e à juventude estabelecidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. Na periferia da capital federal, uma creche comunitária fundada por uma ex-catadora de lixo é mantida apenas com doações de voluntários, sem apoio do Estado; ainda em Brasília, é mostrada a rotina de diligências realizadas por uma conselheira tutelar para averiguação de denúncias de maus-tratos contra crianças, feitas através do “Disque 100” - essa mesma conselheira, paralelamente, ajuda as famílias a conseguir vagas em creches, escolas e atividades comunitárias que ajudem a assegurar os direitos das crianças e adolescentes; por fim, o funcionamento de uma instituição de acolhimento destinada a crianças e adolescentes afastados judicialmente de suas famílias e seus esforços para estimular a autonomia e o encaminhamento profissional desses jovens. Em Jaboatão dos Guararapes, é exibido o cotidiano de uma das unidades de internação da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase): o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE Jaboatão), destinado a jovens infratores, recebeu em 2014 o Prêmio Innovare na categoria especial “Sistema Penitenciário Justo e Eficaz”. A instituição, que se diferencia por colocar a escola como base de todas as suas atividades, apresenta, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), egressos com o menor índice de reincidência do Brasil. Confira o vídeo da apresentação de fantoches sobre o Estatuto da Criança e Adolescente, escrita e apresentada por adolescentes que cumprem medida restritiva de liberdade na instituição. Ao costurar todas essas experiências, o documentário pretende oferecer um panorama do funcionamento do Estatuto da Criança e do Adolescente no Brasil, entender seu passado e oferecer as possibilidades para o futuro. Esse documentário foi produzido pela TV Câmara/2015. Ficha Técnica Direção: Guilherme Bacalhao e André Uesato Roteiro: Guilherme Bacalhao Produção: Pedro Henrique Sassi e João Gollo Fotografia: Kátia Coelho Imagens: Cícero Bezerra e Flávio Estevam Assistente de Câmera: Misael do Rosário e Alessandro Palmier Edição: Felipe da Cunha Videografismo: Pedro Mafra Trilha Original: Alberto Valério e Eurípedes Martins Coordenação de Produção: Maíra Brito Coordenação do Núcleo de Documentários: Guilherme Bacalhao Termos de Uso: Salvo indicação em contrário, todo material da TV Câmara que está neste portal é protegido pelas leis brasileiras de direitos autorais e, com exceção das produções de terceiros, pode ser usado livremente em publicações multimídia, sites, blogs, escolas, emissoras de televisão aberta, fechada ou via internet, eventos e tudo mais, em qualquer parte do mundo. O material classificado como Baixe e Use pode ser usado de acordo com a licença Creative Commons BY-ND, que faz apenas duas exigências. A primeira é que seja dado crédito de autoria à TV Câmara, seja por escrito, seja por caracteres aplicados ao vídeo, por vinhetas ou por locução. A segunda exigência é de que o material seja usado como foi feito, sendo vedada qualquer reedição, alteração, corte ou reaproveitamento parcial de conteúdo na montagem de outro produto.
@pesquisa-em-servico-social-i UFRJ

Ainda não temos comentários aqui
Seja o primeiro!