Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

NOÇÕES BÁSICAS DE ORÇAMENTO PÚBLICO - VIDEOvideo play button

Transcrição


Está tudo muito bem nessa nossa cidade de desenho, na mesma tudo funcionando tudo no lugar Agora. Já imaginou uma cidade sem orçamento público? Você sabe por que isso acontece? Você sabe o que é orçamento público e porque ele é tão importante? Então está na hora de aprender. É muito bom condutor, está funcionando direitinho, nada quebrando nada, faltando tudo no seu lugar, Mas a verdade é que nem sempre assim, Mas o exemplo do Equador já está há mais de duas horas esperando por atendimento neste posto médico. Já disseram para ele que ele falta gás e gesso remédios. O número de médicos enfermeiros é insuficiente para atender o tanto de gente que chega buscando ajuda. E sabe como ele foi parar ali há anos que prometem construir uma quadra de esportes para o pessoal poder jogar futebol. Como até hoje, essa quadra não virou realidade dos seus amigos bater bola no terreno baldio, mesmo em péssimas condições. Bastou um buraco no caminho do nosso craque pronto. Ficado que corre todo mundo com coitado, do cadastro no posto de saúde. E o jogo ainda estava zero a zero. Todos esses problemas, a falta de espaços de lazer adequados o posto de saúde que não tem nenhum material nem funcionários suficientes. A escola que não recebe dinheiro para reformar suas instalações, tudo isso tem a ver com o orçamento público. Mas as coisas boas também tem a ver com o orçamento público, o caminhão de lixo que passa todo dia a iluminação das ruas. À noite, o treinamento dos bombeiros foram socorrer as pessoas para prestar esses serviços e manter as nossas cidades funcionando, o governo precisa de dinheiro. Por isso, ele arrecada recursos que, em sua maior parte, dos tributos que a população paga, todas as pessoas pagam impostos com esse dinheiro que o governo tem que resolver os problemas da população. Por exemplo, construir postos de saúde, comprar aparelhos de raio x e Z, remédios, contratar médicos, enfermeiros, tudo o que o Cadu agora sabe muito bem como faz falta orçamento público, o documento que mostra, quanto de impostos, taxas e contribuições, o governo recolhe e quanto ele gasta em cada área. Então, agora você já sabe o Orçamento Público mostra duas coisas importantes quanto o governo arrecada da sociedade. E como ele gasta esse dinheiro. Lembre que o governo cobra tributos para ter dinheiro para poder resolver os problemas da população e todos nós sabemos que são problemas graves. Problemas na educação, na segurança, nos transportes, na saúde, são tantos problemas que não dá para resolver todos de uma vez. É preciso escolher quais serão enfrentados primeiro. Ou seja, é preciso definir prioridades por isso, Antes de fazer o orçamento, o governo prepara uma lei chamada Lei de Diretrizes Orçamentárias a ele, que define o que é mais importante e como o governo deve montar e aplicar o orçamento a cada ano. Agora, tanto ele quanto o Orçamento seguem um plano maior, que define os grandes investimentos que o governante irá realizar no seu mandato. Esse plano é o chamado Plano Plurianual. Ele define, por exemplo, as rodovias e as hidrelétricas a serem construídas. Os aeroportos a serem reformados, os museus a serem restaurados, mas não são somente obras. Também define ações do governo, como financiamentos aos agricultores, compra de equipamentos para hospitais e delegacias e muitas outras despesas. Portanto, temos três importantes leis orçamentárias LDO e a Lei Orçamentária Anual, LOA, LOA, que é o orçamento propriamente dito. Cada qual com uma função para ficar mais fácil. Vamos imaginar uma partida de futebol, As regras do jogo, que pode ou não pode ser feito são definidas na na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Já o planejamento do campeonato é o PPA Plano Plurianual. Agora, a partida de futebol, o jogo mesmo. Esse é o orçamento que é a LOA, Lei Orçamentária Anual. Resumindo o sistema orçamentário brasileiro começa pelo Plano Plurianual PPA, que define estratégias, diretrizes e metas da administração pública para um período de quatro anos. Temos também duas leis anuais a Lei de Diretrizes Orçamentárias LDO, que traz as regras para elaborar e executar o Orçamento do ano seguinte, definindo também as prioridades e metas do governo e a Lei Orçamentária Anual, LOA, que estima as receitas e programas despesas de cada ano de acordo com as prioridades do PT. As regras estabelecidas pela nenhuma despesa pública pode ser executada assim estar prevista na Lei Orçamentária Anual. Por isso é tão importante. Você já sabe que para realizar é preciso planejar e que, no caso do orçamento público, o governo trabalha com o planejamento de médio prazo, chamado Plano Plurianual, ou simplesmente no PP, que são definidas as grandes prioridades nacionais e regionais para cada período de quatro anos. Mas antes de se fazer o orçamento de cada ano, o governo prepara encaminha para ser discutida no Congresso uma outra lei, chamada Lei de Diretrizes Orçamentárias, conhecida como ele. Essa lei que diz como deverá ser feito o orçamento anual e quais são os gastos mais importantes para aquele período, nós havíamos kynupp. Estão as grandes prioridades para um período de quatro anos. Mas esse planejamento precisa ser ajustado, a cada ano, de acordo com as necessidades e metas do governo para o ano seguinte. Ideal portanto, que diz quais são as despesas mais importantes que o governo deve fazer a cada ano. Por isso, podemos dizer que é a ele Deon, que faz a ligação entre o Plano Estratégico de médio Prazo estabelecido no PPA, com o Plano operacional de Curto Prazo, representado pelo orçamento anual, além de definir quais são as prioridades que deverão estar no orçamento anual, traz uma série de regras para elaborar, organizar e executar o orçamento. Também é importante saber que para as leis orçamentárias dos estados e municípios, valem os prazos definidos na Constituição do Estado ou na Lei Orgânica do Município. Somente se essas datas não estiverem fixadas, equivalem os prazos determinados na Constituição Federal.