Bactéria e vírus: qual a diferença? - biologia

Bactéria e vírus: qual a diferença?

https://img.youtube.com/vi/OgTg5fCWC3k/sddefault.jpg
Nesta animação, as diferenças entre bactéria e vírus e os seus modos de infecções são explicados. Da mesma forma, são explicados o tratamento e a prevenção de micróbios. Doenças contagiosas são causadas por micróbios Estes são organismos invisíveis ao olho nu e eles invadem o seu corpo para se multilicarem. Os sintomas causados por uma infecção dependem da localização da infecção, sua origem e do tipo de micróbio. Os dois tipos principais de micróbios são a bactéria e o vírus. Vírus são os menores de todos os micróbios. Eles são capazes de atacarem praticamente qualquer organismo vivo. Um vírus usa outro organismo, como um ser humano, para ser um hospedeiro. Isto significa que um vírus invade uma célula do corpo e usa partes da célula para se multiplicar. Desta forma, centenas de novos vírus são produzidos. Os quais se espalham pelo corpo. Eles também podem contagiar novos organismos. Os vírus não podem sobreviver fora do corpo do hospedeiro por muito tempo. Eles só podem sobreviver por alguns segundos ou minutos, após sairem do hospedeiro. Bactérias são muito maiores do que os vírus. Elas vivem praticamente em todos os lugares e muitas delas não causam infecções. Uma bactéria se multiplica por divisão. Se as condições são favoráveis (temperatura, nutrição), algumas bactérias podem se multiplicar a cada 20 minutos. Os seus intestinos contem um grande número de bactérias. Normalmente, essas bactérias não causam nenhum problema. Aliás, elas são até mesmo úteis de várias formas, como na digestão. Mas, se você tem baixa resistência, o equilíbrio pode ser interrompido e queixas como diarréia, constipação ou cólicas podem aparecer. Vírus e algumas bactérias podem causar infecções. Uma infecção local pode causar vermelhidão e inchaço. Além disso, o tecido pode se tornar doloroso e quente. Os sintomas gerais de um vírus ou infecção bacteriana incluem febre, fadiga e mal-estar geral. Geralmente, a infecção viral é simples e os sintomas desaparecem sozinhos. É difícil eliminar vírus. Medicamentos específicos tem sido desenvolvidos somente para alguns vírus. Além disso, geralmente, uma infecção é eliminada naturalmente. Se isto não acontecer, então um médico pode prescrever antibióticos. O antibiótico só funciona contra as bactérias e não contra os vírus. É importante prevenir a propagação de micróbios. Uma boa higiêne tem um papel muito importante em relação a isso. Lave as suas mãos regularmente e cubra a sua boca com um lenço de papel ou um pano, toda vez que tossir ou espirrar. Cuide bem de pequenas feridas, desinfetando-as com iodo ou álcool.
@biologia UNIDERP - ANHANGUERA

Ainda não temos comentários aqui
Seja o primeiro!