A maior rede de estudos do Brasil

Teoria_das_Rela_es_Humanasvideo play button

Transcrição


boa notícia semestre. Tudo bem, Tá legal posicionar. Ele tem bagunça, colocar câmaras. Aí ela tinha investido. É que o computador, então tudo joia, a gente vai falar Agora, a gente vai falar agora sobre o fundamento de psicologia organizacional da teoria das relações humanas. Tá certo, Minha ajuda faz a introdução Começa Nosso grupo vai falar sobre a teoria das relações humanas, humanizando a empresa. A teoria das relações humanas teve origem nos Estados Unidos. O fundador dessa teoria foi o Elton Maio. Essa teoria ela veio para contrapor a teoria clássica. Na teoria clássica, ela visava o tratamento e uma estrutura mecanicista. Eles visavam a prosperidade, ou seja, o lucro, a origem da teoria das relações humanas, a teoria das relações humanas. Ela tem suas origens nos seguintes fatos Primeiro, a necessidade é houve uma necessidade de humanizar e democratiza a administração. A teoria das relações humanas. Ela é voltada para a democratização dos conceitos. Maio Elton Maio ele trouxe o alimento humano para administração, que se contrapôs naquele momento o pensamento da teoria da máquina, que a teoria e prática de Fayoum Maio ele viu a necessidade de humanizar o trabalho. A segunda teoria dele foi a teoria Desenvolvimento As ciências humanas, as letras humanas. Elas vieram para demonstrar a inadequação dos princípios da teoria clássica, a terceira teoria, as ideias da filosofia pragmática e a psicologia dinâmica. Essas ideias, elas foram fundamentais para humanismo na administração A quarta a teoria foram as conclusões da experiência de Raikkonen, desenvolvida por Eraldo Maia. Estas conclusão ela colocava em xeque a formulação da abordagem clássica e da administração científica, pois ela derrubava a preponderância dos fatores fisiológicos sobre os psicológicos. Essas conclusões é, ela pode ser resumida da seguinte forma é a capacidade social do trabalhador que estabelece o seu nível de competência, eficiência, não sua capacidade de executar corretamente os movimentos dentro de um tempo pré determinado. Maio Ele viu a necessidade que o ser humano tinha de trabalhar em grupo, como é importante o trabalho. Então ele viu a necessidade de humanizar esse trabalho. Eu vou falar da experiência de Alckmin. A experiência de Selton teve o principal objetivo de descobrir as falhas que havia nas empresas e havia uma alta rotatividade. Então o Elton Maio criou essa experiência para descobrir o que existiam de diferentes nas empresas. Essa experiência foram divididas em quatro fases. A primeira fase foi a o efeito da iluminação sobre os operários na época. A segunda fase foi a experiência de montagens dos relés que ele fez com as mulheres. A terceira fase foi os programas de entrevista e a quarta e última fase foi à sala de observação dos terminais. Os relatores da pesquisa conseguem duas funções importantes a primeira função econômica a cobrir dezoito livro externa da organização, que é a produção de bens ou de serviços a segunda função social qual vive, já que o interno da organização, que é a distribuição de associação entre seus participantes. Ambas as formas de equilíbrio são arquitetadas juntas. A organização dos tinham se divide em duas organização técnica e humana. A técnica é constituída por equipamentos, instalações e serviços produzidos, prédios, máquinas e outros. A humana é constituído por pessoas, a organização técnica e a organização humana formal e informal, subsistemas então ligados entre si, que não tem o equilibrio da empresa, sendo que a colaboração humana depende mais da organização informal do queda formal, devido serem de fenômenos sociais como códigos sociais, condições, tradições, expectativas e modos de reagir às situações. Lembrando que essas conclusões de ratos teve mudanças definitiva na teoria administrativa dezoito anos depois da experiência se aplicada em torno de mil novecentos e cinquenta, o trabalho é uma atividade tipicamente foi o indivíduo no seu trabalho não está isolado. Ele é parte integrante de um grupo. Esse grupo é responsável pela sua eficiência, mais do que qualquer tipo de recompensa, material ou salarial. O operário não reage como um indivíduo isolado, mas como membro de um grupo social. Os avanços tecnológicos tendem a minimizar os laços formado pela pessoa nas organizações, uma vez que ficam cada vez mais perto das máquinas e mais distante das pessoas. A tarefa básica da administração é formada por uma elite capaz de compreender e de comunicar, ao invés de tentar fazer com que o trabalhador entenda a lógica da empresa. É importante que o administrador entenda a lógica e as limitações do empregado. Maio prega que somos tecnicamente muito eficientes, porém poucos evoluir, pouco, evoluído, no que diz respeito à cooperação e nas relações humanas. Então a gente mais disse também que nós somos competentes como nenhuma outra sociedade já foi tecnicamente, mas nós somos incompetentes, de forma social, ao ser humano reconhecido pela necessidade de estar junto de ser conhecido. A civilização industrializada terá como consequência a desintegração dos grupos primários da sociedade, a família, a religião, mas grupos informais são colocados em segundo plano. As empresas passaram a exercer este papel. Essa nova unidade social proporcionará um novo local de compreensão e de segurança nacional para os indivíduos. Vou fazer um pequeno resumo dessa teoria a teoria das relações humanas, ajudando na segunda década do século vinte, em mil e novecentos e vinte e sete em um período marcado pela recessão econômica. Inflação elevar a taxa de desemprego e de grande atividade. Sindicatos Essa teoria surgiu nos Estados Unidos como consequência da experiência de rádio desenvolvida por El Mayo e outros colaboradores. A sua origem está centrada nos seguintes fatos Humanizar a administração e deitando dos conceitos de administração científica, desenvolver as ciências humanas, especialmente a psicologia, e também das conclusões da experiência de radônio realizada entre mil nove cem sete mil nove Cem El de Mayo Psicólogo organizador é considerado o pai dessa teoria. Ele foi a primeira vez que a produção insatisfação dos trabalhadores está ligada aos fatores sociais, como por exemplo, o modo como são tratados no trabalho em mil nove, Cem vinte e sete Experimente errada comprovou que a relação entre o entendimento da psicologia do trabalho do empregado e sua produção a entre dessa teoria tem como foco central as pessoas e os grupos sociais, enquanto os teóricos clássicos e preocupado com os aspectos formais da organização, quer dizer autoridade a responsabilidade a especialização. Já os teólogos humanista se concentrada em aspectos informais da organização como acompanhamento social, atitude, expectativas, etc. Tomás ele defendia que a conduta do homem na sociedade é determinada basicamente pela tradição, e essa tradição leva o homem a um comportamento positivo e ele apenas encontraria a felicidade se perceber que estavam cooperando com outras pessoas, ou seja, integrando e contribuindo para os objetivos individuais aos coletivos. O maio chegou à seguinte conclusão que os trabalhadores são mais afeitos quando se integra mais no grupo, e não pela sua capacidade de executar corretamente os movimentos. Dentro do então, a empresa passou a ser vista como organização social como grupos informais. Vamos ver algumas diferenças entre teoria clássica e a melhoria das relações, por exemplo, na teoria clássica para a teoria clássica tratada organização como máquina. Já a melhoria das relações humanas para essa organização com um grupo de pessoas, a clássica enfatiza a tarefa e a humana enfatiza as pessoas na África, autoridade centralizada na central a humana, A delegação de autoridade, na prática, se preocupava com a especialização, a competência e a técnica, a humana. Ela se preocupa com a confiança dentro das pessoas, então, por essas diferenças, podemos perceber que a teoria clássica tratava o indivíduo como máquina e não como ser pensante.