A maior rede de estudos do Brasil

exercicios planejamento e desenvolvimentovideo play button

Transcrição


aquela Olá, você é estudante da disciplina de capacitação e desenvolvimento de pessoas. Aqui quem fala é o professor Roberson Vieira Machado estaria trabalhando com você à unidade uma primeira unidade do livro, da sua disciplina. Então eu vou me apresentar aqui para você. Eu sou graduada em administração de Empresas, Pós graduada em Gestão Empresarial, Recursos Humanos e Marketing. Também possui uma UnB em Gestão de pessoas e estou realizando aí algumas especializações nas áreas de docência no ensino Superior e Pedagogia Empresarial. Aliado a isso, eu tenho seca em pouco mais de vinte anos de mercado de experiência de mercado, dos quais onze anos como gestor, trabalhando com gerenciamento de equipes e desenvolvimento de pessoal. Eu gostaria de dividir um pouco dessa experiência desse conhecimento aqui com você ao longo das nossas aulas. Certo? Então vamos lá é a unidade um aqui, a importância das diferenças individuais nas organizações. Esse é o conteúdo da unidade um. Eu dividi ela para você para facilitar em seis tópicos. Está ali um cronograma, são seis tópicos. Seis Não acho que a gente vai ter que hoje a gente vai falar sobre fundamentos do comportamento humano. Este é o primeiro conteúdo nossa chega de conversa e vamos lá, certo muito bem. Deixe aqui para você essa frase, já que estamos falando de comportamento, atitude. Uma pequena coisa que faz uma grande diferença Clarice Lispector Pense nisso previsão da hora de hoje. Primeiro objetivo ele conhecer o comportamento humano individual no trabalho, entender a importância de estudar o comportamento humano, conhecer as influências da personalidade no comportamento humano. Você tem esse Islândia e no seu ambiente baixa ele lá para poder acompanhar as nossas aulas. Está certo? Estão aqui. Ele começa já fazendo essa pergunta Porque entender por que estudar o comportamento humano? Eis a questão. São vários os motivos, varios as necessidades, compreender entender a questão comportamental do ser humano, especialmente no ambiente organizacional. Mas eu quero destacar aqui pra você, algumas alguns pontos aí. Primeiro o nosso tema central da disciplina, capacitação e desenvolvimento de pessoas. Para eu poder trabalhar com capacitação para poder treinar pessoal, eu preciso entender o íntimo do comportamento humano. É preciso entender como ser humano haja o que faz ele agir de determinada forma, para poder criar um ambiente favorável para trabalhar com a capacitação dentro de uma organização. Restauração primeiro, conta ele que eu queria destacar O ser humano é um ser associado. A gente vive e convive em sociedade. E essa questão de conviver em sociedade, isso traz uma série de consequências relacionais. Eu preciso entender essas questões para poder essa do que motiva. Olha só motivações e características individuais do ser humano, o que motiva cada um a tomar determinadas ações, determinados comportamentos Diante de certas situações. Eu precisa saber disso também porque, embora o ser humano, embora a gente tenha uma certa tendência, não agir uma certa tendência de ações de comportamentos, desde que a situação ou em situações parecidas dizendo existe também a imprevisibilidade. A gente tem a tendência de agir da mesma maneira sempre que as situações são parecidas, mas isso pode modificar, nem sempre se aplica e a polícia, que eu precisava entender um pouco mais a fundo. É preciso compreender um pouco mais o comportamento humano para trabalhar com essas questões. Sabendo das motivações e características individuais, eu consigo criar uma estratégia de treinamento, uma estratégia de capacitação dentro de um ambiente organizacional de forma efetiva, de forma favorável à série de alguma personalidade. Destaque para vocês falando de comportamento. A personalidade é que nós temos ali um conceito de Morin, alguém eles falou o seguinte conjunto de características afetivas, emocionais e dinâmicas relativamente estáveis habituais da maneira de ser de uma pessoa, em seu modo de reagir a situações nas quais se encontra professor o que é que morem? Alberto quer dizer essa frase aqui nessa frase? A gente pode destacar que as habilidades, atitudes, crenças, desejos, modo de se comportar das pessoas e aspectos físicos. Isso daí tudo forma o contexto geral da personalidade do indivíduo, isso tudo mostra que o indivíduo ele possui. Ele é o único, porque a sua personalidade defende desses fatores e cada pessoa constrói isso ao longo da vida, isso não se repete. Então nós temos personalidade e ela sim, caixa como única, justamente por essas questões aqui serem diferentes de uma pessoa para outra. Falando ainda de personalidade, nós podemos tratar o seguinte que ela possui uma série de características biográficas, aonde diz o que primeiro ela aproxima. Consistência à personalidade Ela possui uma consistência que que é isso é uma tendência não agir. As pessoas vão agir normalmente de forma parecida, desde que as situações são parecidas. Isso é uma consistência. Ela também tem ele como característica biográfica. A diferenciação é a personalidade, ela é a única de cada um. A personalidade é um conjunto de características que torna cada pessoa diferente. Também existe o fato da evolução? Olha que bom, porque a gente olha para essa característica geográfica e pode afirmar que o ser humano evoluiu. Isso é legal, a gente sabe que pode evoluir, que pode mudar ao longo da vida. E isso faz parte da característica, tem aqui, embora lá ela tem uma consistência na maneira de agir. Existe também a previsibilidade que a gente falou agora há pouco. Quem nunca se deu, não vivenciou, por exemplo, um colega Nego, alguma pessoa próxima que sempre agiu de maneira calma, de maneira tranquila, e de repente ele, essa pessoa, explode, algo que não era normal. Vamos dizer assim no comportamento do dia, a dia dela. Então isso é que está dizendo que a questão da da imprevisibilidade, o ser humano pode ser imprevisível. Como se fala de comportamento. Existem em alguns estudos da personalidade, algumas teorias sobre a personalidade. Eu quero destacar para você aqui. Três delas, nós temos a teoria de gastar, por exemplo, que trata com a questão da percepção essa teoria. Ela fala que o ser humano. Ele ele constrói a sua personalidade de acordo com a sua capacidade ou habilidade de perceber as coisas que estão ao seu redor de perceber os estímulos que ele recebe. Tinha como exemplo duas imagens para você Você está me vendo? Aí, por exemplo, pode estar olhando essa primeira imagem aqui e dizer que está havendo uma moça, uma mulher ao mesmo tempo pode ter outra pessoa que olha a mesma imagem e consigam chegar em dois cavalos, brigando agora a gente comentando sobre esses dois vezes as duas visões aí você pode acabar não chegando os dois, tanto a mulher de uma certa perspectiva de um certo, de uma certa percepção, enquanto os dois cavalos obrigando então isso a percepção aqui do lado a gente tem outra imagem, que é o que a princípio se você olhar de repente ver de uma caveira. Agora, se você tinha um olhar diferente ou se for outra pessoa olhando, ela pode perceber que existem ali dois astronautas e ao fundo desses dois astronautas uma lua não perceba que perceba que a percepção ela pode mudar de uma pessoa para outra, e isso causa conflitos no relacionamento dado a informação de que uma pessoa pode ter uma verdade, outra pessoa, uma outra verdade, diante de um estímulo diante de uma mensagem transmitida, elas podem achar que ela está mais certa do que a outra. Então a teoria de Gastaldi ela trata sobre isso aqui, Mas temos também a teoria freudiana, a teoria de Sigmund Freud, que foi um dos principais estudiosos da psicanálise. Ele tinha que trazia de alguns elementos mentais que ela o id, ego, superego e que trabalhavam sobre a questão da personalidade, Segundo a teoria de Freud de que todos nós temos aqui no índio, nós nascemos no de uma criancinha, por isso o índice significam isso enquanto é igual, eu e o superego ao superior. Então como assim? O ideal é que fica o reservatório da energia psíquica da libido, do desejo da pessoa, o bebezinho se ele est