A maior rede de estudos do Brasil

Direito Constitucional - Aula 14 1 - Remédios Constitucionaisvideo play button

Transcrição


o é o que é obrigatório. Advogado. Aqui é obrigatório. Então custas em regra gratuito, salvo que comprovado uma fé E o advogado, na ação popular também é obrigatório Beleza. Então, grave isso qual é a regra na ação popular gratuito de boa fé? Se houver má fé, vai ter que pagar as custas processuais. E o advogado também? O que é obrigatório? Qual é o único remédio que o advogado será facultativo? Habeas corpus? O único remédio? Advogada facultativo? Habeas corpus grave Isso o habeas data, mandado de segurança, mandado de injunção, bem como aqui na ação popular, o advogado que ou sobre o cartório Considerações específicas sobre a ação popular. A primeira consideração é muito importante em razão da natureza civil. Será julgada na primeira instância? Pessoa, olha só, o presidente da República, caso seja demandado em ação popular, será julgada Hoje você pode ter pensado assim. O governador foi pensou. Falamos aqui prerrogativa de função um tempo atrás, você pensou bem assim? Se for deputados a pessoa deputado federal, senador STF, Claro que não. Como a ação popular tem natureza civil, não existe foro por prerrogativa de função. Não existe foro por prerrogativa de função na ação popular, na ação popular, como ação trabalhista, o indivíduo será julgada onde, na primeira instância, vai para a vara na vara. Isso vai na primeira instância. Não existe prerrogativa de foro na ação popular. Grave isso outra consideração se o Ministério Público, ou melhor, se o cidadão de desistir da ação imagem sujeito entrou com uma ação contra o governador, o governador começou a pressionar o indivíduo, ele, com medo de existe, o Ministério Público pode dar continuidade nacional. Claro que sim. Caso o autor desista da ação do indivíduo de existir com medo, pressionado o MP, cuidado poderá uma faculdade, O MP é facultado ao Ministério Público dar prosseguimento caso entenda, por exemplo, os requisitos. Agora, cuidado, mais uma pergunta de prova. Ministério Público pode impetrar ação popular O promotor pode impetrar ação popular? Não na condição de promotor, somente na condição de cidadão Quem pode, impetração? Quem se da beleza. Somente o cidadão. Ele pode dar continuidade caso o autor desista da ação popular caso o cidadão desinstalação popular. Beleza pessoal e nós já falamos aqui com advogado. É obrigatório. Alterou a ordem que o advogado realmente obrigatória. E por hoje é só encerramos aqui os remédios constitucionais. Foi uma honra inenarrável. Até o nosso próximo encontro, sucesso.