A maior rede de estudos do Brasil

Direito Constitucional - Aula 18 - Direitos Políticos (Parte II)play_circle_filled

Transcrição


Olá, meus amigos retornando é que o nosso estudo isso estávamos falando em direitos políticos, Já falamos institutos da democracia, falamos lá sobre plebiscito, referendo, iniciativa popular lembramos iniciativa popular de lei federal, lei municipal, lei estadual. Nós falamos aqui em direitos políticos, inclusive naquela classificação do professor José Afonso da Silva. Nós falamos a do sufrágio, do voto e do escrutínio. Nós falamos que, enquanto o sufrágio é o direito, o voto é o exercício, e o escrutínio ao modo não são sinônimos. Cuidado com isso e começamos a falar dos direitos políticos positivos. Nós falamos do alistamento eleitoral obrigatório, já falamos, vamos continuar agora em direitos políticos positivos. Falamos o alistamento eleitoral obrigatório, alistamento eleitoral proibido de alistamento eleitoral facultativo. Você sabe que o alistamento é proibido para quem? Para os inale estáveis, que são os estrangeiros e também os conscritos. Você sabe que é obrigatório para quem o indivíduo que é maior de dezoito anos e tem menor que é menor de setenta anos, de idade e alfabetizado, com voto para essa pessoa é obrigatório e nós falamos que o voto é facultativo para maiores de dezesseis e menores e menores e menos de dezoito anos também é facultativo para o maior de setenta anos e também para os analfabetos. Beleza tranquilo, avançando. Agora nós vamos falar sobre condições de elegibilidade dentro de direitos políticos positivos condições de elegibilidade, que se encontra no artigo catorze, parágrafo terceiro da Constituição Federal a primeira condição de elegibilidade. Nacionalidade brasileira. Um indivíduo tem que ser brasileiro, S Ele quer ser candidato ele qualquer se eleger enquanto alistamento eleitoral, diz. Respeito à capacidade eleitoral ativa. Condições de elegibilidade dizem respeito à capacidade eleitoral passiva. Olha que bacana capacidade eleitoral passiva Enquanto a capacidade eleitoral ativa e o direito de votar, a capacidade eleitoral passiva é a condição de ser votado. Com isso o voto eu sou votado, eu vou. Eu sou votado aqui. Apoio Devendo ser votado daí o nome. Eleger legibilidade são condições de elegibilidade nos termos do artigo catorze da CBF, catorze parágrafo terceiro da Constituição. Olha que legal não é uma coisa suja devido, quer se eleger, ele tem que ter nacionalidade brasileira, beleza o brasileiro nato ou brasileiro naturalizado. Nós sabemos que as diferenças entre brasileiros apenas são aquelas estabelecidas na Constituição Federal. Agora, cuidado. Você sabe que existe um estrangeiro que pode exercer direitos políticos. Nós Já falamos aqui que é o português equiparado, desde que haja reciprocidade em favor dos brasileiros em Portugal, ele requeira a primeira condição nacionalidade brasileira, segundo a condição de elegibilidade, o pleno gozo ou pleno exercício dos direitos políticos. Na verdade, o indivíduo não pode estar em com seus direitos políticos perdidos em suspensos. Não falar sobre isso, se ele quer, se ele ele tem que estar no pleno gozo dos direitos políticos. Verdade Agora o STF condenou algumas pessoas. Nós vamos ver que a condenação criminal transitada em julgado leva a restrição de direitos políticos. Aquelas pessoas que foram condenadas pelo Supremo Tribunal Federal, agora, na questão do mensalão, aquelas pessoas não podem mais exercer direitos políticos porque, enquanto durarem os efeitos da condenação, estão com seus direitos políticos suspensos, perdidos, pleno, gozo dos direitos políticos. O indivíduo que quer ser eleito terá sua elegibilidade. Tem que estar no pleno gozo dos direitos políticos, alistamento eleitoral, alistamento eleitoral, que nós falamos aqui no item passado. Isso alistamento eleitoral. Tem que falando, traduzindo o indivíduo tem que requerer junto à Justiça eleitoral seu título de eleitor. Lógico, serie Quer ser lei pontificem tem que ser um eleitor para isso. Ele tem que ter alistamento eleitoral também tem que ter domicílio eleitoral na circunscrição. Flores domicílio eleitoral na circunscrição nada mais é do que o vínculo político com o estado. Ele tem que ter vinte, vínculo político, estado ao lugar onde ele vota. Não necessariamente o lugar onde ele mora. Exemplo O ilustre iminência seu benefício sem o presidente do Senado Federal, José Falei, mora onde Maranhão, mas ele é eleito por onde? Amapá? Por que? Porque na verdade, ele tem domicílio eleitoral na circunscrição do Amapá o vínculo político dele no Amapá, Lógico, filha dele, Roseana, governadora Vamos falar de inelegibilidade pelo parentesco, mas a questão é essa domicílio eleitoral na circunscrição, beleza, domicílio eleitoral. Eu não estou falando de domicílio civil, estou falando apenas de domicílio eleitoral, Não estou falando de domicílio civil, mesmo domicílio tributário, que são coisas distintas, filiação partidária, lógico, o indivíduo tem que estar filiado a partido político. Na verdade, você sabe que no Brasil existe nenhuma candidatura avulsa, Se ele quiser se candidatar a qualquer cargo eletivo, tem que estar filiado. A partido político não existe no Brasil candidatura avulsa, coloque isso no seu caderno, ou alguma observação aqui ou de filiação partidária? A noite. Assim, coloca assim a filiação partidária no Brasil. Assim, no Brasil, não existe candidatura avulsa. No Brasil, não existe candidatura avulsa. Os amigos para concorrer a cargo eletivo no Brasil Tem que estar filiado a partido político para qualquer cargo. Presidente da República, governador e alguns países não. Na verdade, dizem que o chefe do Executivo, alguns países, ele não está filiado a nenhum partido justamente para escutar o partido ainda com uma isenção maior no Brasil, não qualquer cargo eletivo. O indivíduo tem que estar filiado a partido político, inclusive o juiz de paz, juiz de paz, aquele indivíduo que faz a habilitação para casamento, aquele sujeito eleito. Isso, a justiça de paz é uma justiça eleita. Ele também tem que estar filiado a partido político tranquilo e, por último, a idade mínima. Vamos começar olhando por quadro. Concentre se, concentre, se concentre, se coragem. Deu preguiça, deu sono. Lembre se da sua remuneração, lembre se lembre se da remuneração, Pense no salário para isso. Muito bem. Olha, só olha só a idade mínima começa aos dezoito. Indivíduo inicia a idade mínima para se habilitar a cargos eletivos e termina em trinta e cinco anos de idade, em cidades são apenas dezoito, vinte e um, trinta e trinta e cinco Você não está vendo aqui vinte e sete, trinta e três, quarenta e quatro fez apenas dezoito, vinte e um, trinta e cinco Quem treina falando vinte e sete vinte e seis, vinte e oito não. Há dezoito anos começa o indivíduo começa a exercer direitos políticos e encerra ou melhor, completa se é a capacidade máxima aos trinta e cinco anos de idade. Aos dezoito anos, esse adolescente pode ser candidato ao que se o vereador tá muito mono da ele. Estava um dia desses soltando pipa, bolinha brincando com bolinhas de hoje. Não tem mais isso. Bolinha de gude estava estava jogando para eles deixam a casa dele é isso e virou vereador tranqüilo, vereador ótimo e os outros está bom demais. Vai ser vereador vinte e um. Eu vou falar por vinte e um por último uma técnica mnemônica muito legal vinte e um. Vou falar por último trinta anos. O indivíduo pode ser o que o cidadão pode ser o quê? Governador? Eu vou abreviar, coloca gov ver sim, deve se eu vou pagar aqui gov gov Muito bem modernidade Gove, vice governador aos trinta anos, ele pode ser governador e vice governador. Trinta e cinco capacidade plena Ele pode ser o que presidente da República. Eu vou abreviar. Ele pode ser mais do que colocar um tracinho. Ver sim presidente da República E mais o que também Fernando senador trinta e cinco, é senador trinta e cinco Nós vamos falar sobre, inclusive, falamos sobre a sucessão do presidente da República Na sucessão dele, na verdade, o presidente do Senado ele vai substituir. Ele pode sentar na cadeira do presidente da República. Se ele pode sentar na cadeira de presidente da República, tem que ter a capacidade, a