A maior rede de estudos do Brasil

5 - Classificação de Materiaisplay_circle_filled

Transcrição


Olá pessoal! Tudo bem! Com vocês Vamos falar ainda da gestão de estoques. Agora nós vamos começar com a parte de sistemas de avaliação de estoque, ou seja, nós vamos falar de Pepe. Custo médio e Fefo são sistemas de avaliação de estoque. Então, para a gente começar, é interessante saber que existe a possibilidade de isso com ser cobrado em prova o aspecto teórico e também aspecto matemática. Ou seja, como se calcula a saída de materiais para que fique mais fácil. Nós, mas o seguinte, os valores correspondentes aos saldos de materiais armazenados dentro da organização, eles são super relevantes para fazer esse cálculo. Então você pode levar em consideração diversos sistemas Sistema Pepsi, que seria o primeiro que entra primeiro, que sai o EPP, que seria o último que entra primeiro, que sai o custo médio, que seria uma média ponderada entre esses valores de entrada. Bom, para que esse tema não fique tão complexo pessoal, é importante você entender o seguinte dentro da organização nós vamos adquirir materiais diversos, sendo que eu possa adquirir um lote por um preço e um outro lote por outro preço. Eu preciso avaliar o meu estoque, um aspecto monetário tanto daquilo que sai como do saldo, ou seja, daquilo que permanece em estoque. E aí para fazer a análise desse valor do estoque, avaliar esse estoque em termos monetários, eu posso utilizar o sistema Pepsi, que seria considerado o primeiro quinhentos primeira que saiu. Poderia falar de EPs, que seria a última, quem entra primeiro, que sai e poderia estar falando de custo médio ou de ferro, que seria a primeira que vence. Primeira, que nós vamos falar de tudo isso na hora de não é só a primeira. Então nós estamos aqui falando aqui dos sistemas de avaliação de estoque, sistema de avaliação de estoque. Seria, então, para começar o que é também chamado de FIFA do Inglês. Então São Pedro seria primeiro que entra primeiro, que sai. Ou a gente pode dizer força e influência. Este sistema respeita a ordem cronológica de entrada dos itens para efeito de cálculo de saída. Como assim respeita a ordem cronológica, agora pessoal, é natural que tenha que sair primeiro. O item que entrou primeiro seria uma lógica natural do sistema. Você tem o mais antigo e quanto mais antigo, mais rápido ele deveria sair. Essa não seria a ordem cronológica, por exemplo, o filho mais velho que sai primeiro de casa. Que casa. Tudo bem que a gente pode ter uma exceção a este principio, mas o normal a ordem cronológica de entrada seria mandar embora. Primeiro. Aquele que é mais ativo seria o Pepsi. Por isso que eu digo respeita a ordem cronológica de entrada para o cálculo de saída da hora divisória O primeiro item entrar, que é o mais antigo, é o primeiro a sair. Também denomina se FIFA. Então é aceito pela legislação tributária brasileira e é recomendado para períodos deflacionário. Então é importante saber que esses são os tópicos relevantes sobre representar o sistema aceito pela legislação tributária brasileira. Ou seja, tem previsão legal no Brasil e é recomendado para períodos deflacionário, levando em consideração que num período deflacionar a uma queda significativa de preços, o ideal então seria utilizar o sistema em que o primeiro que entra, que é o mais antigo e que foi exatamente por um valor maior, seja o primeiro a sair. Tudo bem olha só essa aqui, o ex último, que entra primeiro, que sai ou do inglês, após chamado Le foll. Temer é o chamado livro porque seria de leste Infosys não respeita a ordem cronológica de entrada para efeito de cálculo de saída. Como assim não respeita a ordem cronológica de entrada para o cálculo de sair a atenção, é preciso lembrar que quando a gente está falando de um sistema como esse, é um sistema que considera os dados do último que entrou a primeira saia. Ou seja, a gente está falando de um que é, de alguma maneira o mais novo, porque o último que entra é o mais novo, é o primeiro a sair. Você não está respeitando a ordem cronológica, mas por um lado, vale a pena destacar também o seguinte esse sistema, chamado de Weeps, ele não é aceito pela legislação tributária brasileira. Mas atenção no detalhe. Quando a gente está falando de um sistema que não é aceito pela legislação tributária, beleza é proibido no Brasil, mas, em termos teóricos, Yepes é o mais recomendado para o período inflacionário. Agora, talvez eu vou te falar. Eu estou tratando de sistemas de avaliação. Estoque O Pepsi é aceito pela legislação tributária, é mais recomendado para período deflacionário. Isso deve ser aspectos de contabilidade, de custos. E quando a gente está falando de Weeps, seria a última quinta primeira que saiu seja a última que entra, que é a mais nova, é a primeira a sair. Ou seja, você não está respeitando a ordem cronológica, você está falando de um sistema que manda, embora a mercadoria mais novo seja, considera o item mais novo para o cálculo de saída. Então, a gente pode destacar também que não é aceito pela legislação tributária brasileira. Porém tem um detalhe se ele não é aceito. Beleza no aspecto legal não é aceito por causa dos aspectos contábeis e de custos da legislação tributária brasileira. Mas tem um detalhe é o mais recomendado para períodos inflacionários. Então é um sistema de avaliação mais recomendado para períodos inflacionários. Agora, não é aceito pela legislação tributária brasileira devido os aspectos de contabilidade, de custos. O custo médio é interessante porque, no custo médio, você tem um sistema de avaliação que focaliza o custo médio dos bens. Para isso, ele realiza uma média ponderada, considerado como pesos as quantidades de materiais que só adquire história só interessante aqui minha ficha de estoque. Coloque um exemplo de que dia trinta e um de janeiro houve uma entrada de cem unidades a dois e cinquenta, e aí, no que toca, tem um saldo de cem unidades. No dia dois de fevereiro, houve uma entrada de cinquenta unidades por um real, então no sábado tem cento e cinquenta unidades. Dia sete de fevereiro deve uma saída de cem. A questão é utilizando o custo médica, cujo valor da saída ocorreu no dia sete de fevereiro. O que é esse dia? Que então? Você teria que um primeiro encontrar o custo médico seria multiplicar cada preço pela quantidade respectiva. Então, de cem de dois, cinquenta, mais de cinquenta vezes, um real que foi daqui a dois, cinquenta vezes, sem um vez cinquenta um real vez cinquenta. Isso daqui dá trezentos sobre cento e cinquenta. Eu acho um custo médio de dois reais. Como eu quero da saída. No dia sete, de cem unidades, levou considerar o custo médio de dois reais, então daria dois, que é o custo médio vezes sem que a quantidade que tô mandando, embora o valor da FAE chegou a duzentos reais. Então do conforme foi entrando aqui, Mercadoria, conforme o valor de entrada, vai alterar dois cinquenta um real Se fosse outro preço aqui, cada valor de entrada vai alterando o correspondente valor do custo médio. Então o chamado custo médio. Ele é um sistema interessantíssima, porque porque graças a ele eu consigo atenua os efeitos da mudança, sazonalidade, preço. Então, por exemplo, a tensão que pode falar no Brasil é proibido o uso do EPO lembra que é o mais recomendado para período inflacionário, mas o Brasil não pode utilizar porque é proibido pela legislação tributária, na prática, qual que é utilizada. Então, no período inflacionário é utilizado o custo médio. Ou seja, já que não podemos usar o herpes porque é proibido. Então a gente utiliza o custo médio, graças ao custo médio, eu consigo atenuar as oscilações, as variações de preços. Então sistema interessante também. O que é chamado custo médio não atua porque eu faço uma média e no caso, uma média ponderada. Então a gente tem esses temas, têm mais uma olhada. O FEEF do Inglês seria forças para e social de que vem da tradução. Primeiro que vence primeiro, que sai agora só o primeiro que vence. Ou seja, só se fala desse sistema se o material é perecível. Se o material não é perecível, não tem fundamento falar de ferro e teria considerado o sistema de avaliação de estoque, mas o foco é dar saída primeiram