A maior rede de estudos do Brasil

O PAPEL DO DESPACHANTE ADUANEIROplay_circle_filled

Transcrição


importação. Qual o melhor caminho para comercializar produtos de outros países? Como se dá bem em uma negociação que envolve pessoas e países. Então está feito o processo de importação tem várias. Por isso, antes de começar qualquer negociação é preciso orientação segura de profissionais qualificados. E para saber os cuidados e recomendações do mercado de janeiro, vamos conversar com quem entende do assunto. Carlos Estevam recomenda para quem está começando, pense em entrar nesse mercado de importação para quem está começando, Recomendo que ele contrata um serviço de assessoria para auxiliá lo na negociação e nas na preparação dos documentos necessários para que ele possa fazer uma importação sem ter nenhuma surpresa. Então, o serviço de uma comissária de despachos é necessário para se ter segurança no negócio e conhecimento de quanto a gente vai precisar investir. Trata se de um serviço indispensável, porque é o importador e não vai ter uma estrutura primeiro, que ele o conhecimento das etapas da importação e também uma estrutura para representá lo em todas as partes necessárias, Por exemplo, nos órgãos anuentes, na Receita Federal, na alfândega para a liberação da carga nas agências marítimas e aéreas para a liberação de documentos Então, o serviço do despachante aduaneiro torna se necessário para quem quer fora toda a documentação em negociação. Existem outros pontos que devem ser observados, como, por exemplo, a organização e administração da negociação internacional. Então, o despachante ajuda também nessa etapa de elaboração de planilhas de orçamento, de frete internacional, registro dos produtos aqui na no Brasil, para que ele possa receber essas mercadorias sem ter nenhuma surpresa e com base nesses orçamentos que o despachante vai apresentar. A empresa vai saber se existe a viabilidade ou não da importação daquele produto, como a negociação de importação entre países e culturas tão diferentes. Basicamente a empresa, ela tem que ter alguém que saiba conversar com essas empresas. Geralmente vai precisar de uma pessoa que o domínio do idioma inglês, ou pelo menos um espanhol para se comunicar. E aí, sim, se for o caso, firmaram contrato de compra, um contrato de representação, alguma coisa assim, se for a intenção do importador, para que ele receba essa mercadoria sem nenhum problema, sem nenhuma avaria, o despachante ele ajuda você a não ter esse tipo de problema para a gente, encerra o que recomenda à pressas. Empresários já têm seu próprio negócio, mas estão pensando em aproveitar as várias oportunidades da importação. Eu recomendo que eles considerem como uma vantagem, mas que tem que ser muito profissional. Ou seja, tem que conhecer bem a organização da importação e, principalmente, ter parceiros sérios confiáveis, que vão realmente orientar eles a fazer. É procurar o caminho certo. Com certeza o profissionalismo se destaca como principal ponto a ser trabalhado, tanto pelo empresário como despachante. Seguir todas as regras de luta é o melhor caminho para uma negociação internacional.