A maior rede de estudos do Brasil

Aula 01 - Introdução a Resistência dos Materiaisvideo play button

Transcrição


Olá, pessoal, sejam todos muito bem vindos nós, Vinicius Gonzales E esse é o canal Disciplinas Engenharia, como prometido no estilo vídeo. Nós vamos dar continuidade aos vídeos aqui no canal, dessa vez com a disciplina de resistência dos materiais. Antes de mais nada, gostaria de me desculpar pela ausência durante seis meses aqui no canal, por motivos profissionais, tive que me ausentar. Estava meio sem tempo para poder planejar que as aulas e fazer toda a montagem delas para poder gravada. Então, no final de obra, então seis meses para ele foi bem corrido essa gente continuar também. Gostaria de agradecer a todos que entram em contato comigo, seja pelas mensagens, nos vídeos do canal, ou seja, através de meio. Gostaria de deixar um abraço e, para alguns dos nossos assinantes, sair do canal para Thiago Santos, Para Ricardo Monteiro, Vinícius Januário, Guilherme Correia, Pedro Leite, Paulo Sergipe, Eu Delegado Barros. O delegado pediu nos comentários aí que eu fizesse a resolução direta de alguns exercícios mais complexos e sobre a disciplina de estabilidade das construções junta. Vou fazer esses vídeos sendo uma resolução direta daquelas estruturas. As estatísticas, quando for dar entrada na disciplina de estabilidade das construções dois que a gente vai resolver algumas estruturas e perversidades que vai tornar a resolução dos exercícios um pouco mais complexa, como solicitado por ele. Quero mandar um abraço para Diego Souza Eliene Souza Diego brasileiro aqui de Giliarde, Robson Baldino. Parecida Tavares, Ela me perguntou esse vai rolar outras vidas no canal Priscila. Estamos retornando com os filhos. Abraçam para Henrique Costa, de Silas Dantas, Cidadania deu uma dica para ocultar o menu superior do autocarro Vai ficar realmente melhor porque a gente vai ter mais espaço para trabalhar. Então, quem pessoal vamos dar início? A resistência dos materiais não é uma matéria fácil, Tá? A matéria, bem difícil, exige bastante atenção na hora da resolução, mas acha que a gente não conseguia desenrolar aqui com o passado das aulas, as chamadas áreas também. Eu quero sugerir algumas bibliografias da primeira dela. Seria o livro mecânica dos Materiais vítima Nesse livro, ele tem uma linguagem mais simples que os demais, também dinâmico, tem um conteúdo bem completo. Vale muito a pena de querer esse livro. Outra sugestão minha é o livro de rebelião, revender. Ele possui uma linguagem bem mais complexa, bem mais difícil que os demais. Porém, é um livro muito bom também. Esse daqui você consegue achar na internet para baixar, estão falando um pouquinho sobre a resistência dos materiais ou também mecânica dos sólidos, como é conhecida. Nada mais é que o estudo das tensões, das deformações que se desenvolvem, os sólidos resultantes de forças exteriores a eles aplicados. Conter essas estruturas ali, as máquinas, elas nunca são absolutamente rígidas. Elas deformam sobre ação de cargas a que estão submetidas. Essas informações são geralmente pequenas. Está, a gente não percebe a olho nu. Mas, no entanto, essas informações elas terão importância quando houver risco de ruptura de um material. Então estudo dos corpos deformados. Esses se resume na determinação de resistência mecânica da rigidez e da estabilidade das remessas estruturais. A gente falou no início foi estudar basicamente as tensões que são exercidas sobre os materiais. Existe dois tipos de tensões, São elas atenção normal e atenção semelhante a diferença só a superfície onde está sendo aplicada essa atenção. Então, por exemplo, uma atenção maior foi se ela está sendo aplicada perpendicularmente à superfície. Então, por exemplo, que a gente tem uma barra pela qualquer estrutura do tipo, exerce uma força para cima dele. Essa foi a palavra dela vai gerar um encurtamento ou alongamento da estrutura. Então, aqui no caso, por exemplo, estou tendo uma compressão exercendo uma força para baixo da comprimida. Essa estrutura aqui, essa atenção maior, ela está sendo gerada que perpendicularmente essa superfície, eu também tenho atração no caso. Vou tracionar, vou puxar a estrutura, então vou aqui alongar eu vou gerar um alongamento nessa minha estrutura da intenção. Nada mais é que a força exercida sobre unidades diárias é outra atenção, Atenção seja aliás, ela representada aqui pela letra grega tau também igual força sobre a unidade de área, mas ela age sobre uma superfície diferente. Por exemplo, eu tenho algumas chapas que elas estão unidas por parafusos. Exerce uma força no sentido nessas regiões. Aqui do parafuso, por exemplo, está tendo uma atenção semelhante, no caso ela gerada por forças aplicados em sentidos iguais ou opostos, mas paralelamente ao plano, ou seja, na mesma direção. Então, falando um pouquinho mais que sobre as tensões, se você tem que uma barra vocês é se uma força. Nesse caso que essa foi a sala da cena de tração que acontece, vai haver um alongamento nesse sentido aqui da minha peça em um comportamento aqui nessa seção transversal da minha estrutura. E assim como se eu fizer uma força que de compreensão vai gerar que um alongamento nessa minha superfície e o encurtamento aqui no cumprimento da minha barba, Então a gente vai estudar todos esses acontecimentos na nossa estrutura. A unidade de tensão, ela nada mais é que Newton por metro quadrado, que também é igual para fiscal prefixo que a gente vai usar bastante é o que Pascal que é igual a dez. A terceira Pascal, o Mega Pascal dez a Sexta Pascal Eu Giga Pascal, que a ideia da Nona Pascal, prefixo que a gente vai causando bastante. Outro ponto também que a gente vai estudar aqui na disciplina da formação específica de formação específica, é representado pela letra grega Edson, que ela é igual à variação de cumprimento sobre o cumprimento total da nossa estrutura da informação. É unidimensional representada em porcentagem do valor obtido, Você multiplica por cem que você tenha que a porcentagem da informação prosseguindo aqui, nós vamos entrar também na lei de rock. Afirmou que ela a lei da física relacionada a elasticidade dos corpos. Isso é para calcular deformação causada pela força exercida sobre um corpo. Ela é percebido após um teste de tração para um ensaio de tração, onde obtido um gráfico de tensão de formação que a gente foi a que mais para frente. Então, além de voo que ela disse que a tensão no caso que pela letra grega shima ela é igual a módulo de elasticidade vezes a de formação específica, então se nós temos aqui que pensam igual modo de elasticidade vezes a deformação específica, nós podemos abrir que essa expressão para que a gente sabe que pensam igual força sobre a área. Então estamos que força sobre agregó Modo de Araxá, cidade vezes a de formação específica, isolando aqui a informação específica no sistema, que é igual à força sobre a área vezes um módulo de elasticidade, nós vemos aleatoriamente, que também a de formação específica alegou a variação do cumprimento sobre unidade diária, que, representada sobre a letra grega Delta maior escutar. Então nós substituímos aqui fica a variação de cumprimento sobre o cumprimento total, igual força sobre a área de fezes como de elasticidade. Então, nós também podemos obter que a avaliação do cumprimento legal força vezes o cumprimento sobre a área vez um módulo de elasticidade do material. Nesse caso, a gente quiser saber que a variação do cumprimento, no caso o alongamento ou encurtamento do material, é isso que a gente vai ver mais para frente, paraguaia em alguns exercícios. Então, como eu falei no ensaio de tração, onde a gerada que esse diagrama tem são de formação, onde a que nós temos aqui os valores para atenção, que os valores para de informação e nós podemos ver que existe um comportamento linear no início, que é onde a tensão é proporcional de formação até um determinado limite. Então nós temos aqui uma região elástica, onde a tensão é proporcional à deformação, sendo que até essa região não causa nenhuma deformação permanente no nosso material. A partir desse ponto esse material ele começa a se formar, Já entra na região plástica, onde essa deformação ela já n