A maior rede de estudos do Brasil

EPÍSTOLA PAULINA II AULA 2video play button

Transcrição


é sempre muito bom estar com você no Telecurso Classe Bíblica Eduarda Metade escolas de educação teológica das Assembleias de Deus dando continuidade ao nosso estudo sobre epístolas paulinas dois fezes afirmou A vida cristã Na prática abre o seu livro na página dezanove Nós vamos estar estudando a lição dois que tem como título a conduta da Igreja. É uma continuação do estudo na Epístola aos Efésios. Nós vamos estudar do capítulo quatro ao capítulo seis antes, porém eu gostaria que você observação diagrama que se encontra na página dezoito. Aqui você tem uma relação de todas as epístolas paulinas, o tempo em que elas foram escritos, assuntos principais e o propósito de cada pessoa interessante que você estude, esteja atento a este diagrama para que você possa acompanhar melhor as nossas aulas. Vamos então a introdução do nosso estudo sobre a segunda parte da nossa. O que nós observamos é que todas as pessoas ao apóstolo Paulo. Ele dedica uma parte ao estudo doutrinário, mostrando as doutrinas que Deus revela tanto no Antigo Testamento, como agora no Novo Testamento, através do Ministério do Senhor Jesus Cristo, também através do Espírito Santo na vida dos Apóstolos e mostrando também que em seguida essas doutrinas, elas precisam se tornar práticas reais no dia a dia do cristão e na Epístola aos Defesa, principalmente na vida da Igreja. Então nós observamos que a primeira parte fala da chamada da Igreja da Redenção de cada um de nós e da Igreja em Cristo Jesus do propósito para com essa Igreja, que é que ela possa manifestar a multiforme sabedoria de Deus, que ela possa ser colocar como a reconciliador do homem para com Deus, enfim, que ela possa estar manifestando a clara do Senhor e que ela possa ser motivo de honra e glória a Deus, Nosso Pai, Todo Poderoso. Esta é a chamada da Igreja, é a vocação da Igreja. Agora, na parte, na segunda parte, na parte dois, o nosso estudo que nós vamos estudar é que ela precisa se portar de forma digna a essa vocação. A essa chamada, o que nós vamos estar estudando, nós temos que saber reunir, na nossa vida cristã a nossa prática diária na prática da Igreja, o conhecimento das doutrinas e a ação do nosso viver cotidianamente diante dos homens, revelando o Senhor Jesus, Nós vamos encontrar isso nesse estudo. Dividido em quatro partes e são exatamente os nossos quatro textos. Gostaria que você acompanhasse o esboço da lição no final da página dezanove o primeiro texto andar em cooperação segundo o texto Andar em santificação Terceiro texto andarem submissão quatro Texto Andar sobre proteção na página vinte Você tem os objetivos da missão. Ao concluir o estudo dessa lição, você deverá ser capaz de primeiramente explicar como é fezes. Quatro a seis Complementos Primeiros três capítulos da Epístola segundo enumera três ilustrações que contrastam crente descrente, conforme cita Paulo fez quatro dezessete a vinte e um terceiro descrever o âmago da submissão bíblica. Segundo Defesa cinco e por último e quarto objetivo estar seis peças da armadura espiritual do crente. Fomos então ao texto andar em cooperação. Você deve agora ter a sua pista aberta no capítulo quatro. Como já dissemos na aula passada, não vamos ler todas as referências aqui nesta aula com você, mas você deve ler toda a equipe São José fez e agora no estudo dessa missão ler a partir do capítulo quatro O que nós vamos então perceber é que aquilo após, Paulo começa a falar como deve ser o nosso posicionamento. Agora, diante dessa vocação diante dessa chamada de Deus deste grande privilégio. Temos filhos de Deus por adoção em Cristo Jesus nosso modo de andar cristão abrange diferentes áreas. Primeiro cooperação a nossa convivência com outros crentes. Capítulo quatro do verso Uma conversa dezesseis. Você vai ter descrito como deve ser essa convivência, segundo santificação a nossa separação do mundo, a palavra santificação, ela significa separação de alguma coisa e dedicação. Alguma coisa. Então nós devemos estar separados do mundo e dedicados ao Senhor Deus, submissão o nosso comportamento lá no trabalho. Na verdade o nosso comportamento de uns para com os outros que nós vamos estudar, que infestam seremos. Nós devemos ser sujeitos submissos uns aos outros. Nos nossos relacionamentos são buscando o nosso próprio interesse, mas sim o interesse do outro. Primeiro ponto Atitudes e unidades do verso a verso seis do capítulo quatro Para que possamos nos manter envolvido, é preciso que nós assumamos um posicionamento que nós tenhamos uma atitude para com aquele que está conosco e uma atitude também para consentimento do nosso coração, que nós não sejamos dominados pelos nossos sentimentos, mas que, segundo a orientação da Palavra de Deus, nós possamos levar os nossos pensamentos, os nossos sentimentos suspeitos a Cristo e assim conseguimos conviver em cooperação com os nossos irmãos com aquele que está próximo a nós. O que nós encontramos neste ver se recusavam se a Bíblia no capítulo quatro, e vamos ler alguns desses versículos, o vosso três. Primeiramente, esforçando vos diligentemente por preservar a unidade do espírito no vínculo da paz. É preciso um esforço da nossa parte. Como nós já dissemos como nós devemos exportar, converso dois Com toda humildade, mansidão com unanimidade, suportando uns aos outros em amor, tendo tolerância uns para com os outros. Porque o que houvesse cinco luzes a um só senhor uma só fé, um só batismo. Não há justificativa para contendas. Não há justificativa para dissensões porque houvesse seis continua dizendo um só Deus e pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos A unidade. Ela qualifica nos Diante de Deus. Ela é a qualidade da Igreja. A Igreja só pode ser entendida como a Igreja quando houver unidade. Quanto dois, doze unidades do verso sete ou verso treze a que nós lemos que Deus distribui dos onze aos homens, verso once, ele mesmo concedeu uns para postos outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres. Verso doze, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos. Todos nós somos agraciados por Deus com o ministério. Somos agraciados por Deus, com doze, mas não é para o nosso próprio proveito. Pelo contrário, é para o aperfeiçoamento dos santos para a edificação da Igreja, para que todo o corpo bem ajustado, consolidado dezesseis pelo alcêdo de toda junta segundo a justa cooperação de cada parte do seu próprio aumento para a edificação, disse. Mesmo em amor, quando todos nós estamos unidos, cooperando, servindo ao Senhor com os nossos talentos e dons, os cem hoje dá o aumento a Igreja. Ele capacita a Igreja a crescer nele mesmo, que é o cabeça da Igreja. Página vinte e dois. Nosso último ponto crescimento em unidade do verso catorze Houvesse dezesseis. Nós, aqui temos falado sobre isso. Na verdade, nós lemos também lá nos Evangelhos as palavras, o próprio Senhor Jesus te sendo que quanto o mundo percebe que nós somos um, e não só um entre nós, como Igreja, mas também em Cristo. Jesus, assim como ele é um com o pai, o mundo pode crer. Este é um grande testemunho da Igreja não é comigo João Capítulo dezessete, do verso vinte. Houver vinte e três para melhor, melhor. Entendemos esse poder que a unidade tem não só de permitir que haja comunhão de que haja um bom relacionamento A Igreja com Espírito Santo, Habite faça as coisas maravilhosas, mas também como meio de evangelização no meio do mundo. Olhar para nós e crer que verdadeiramente nós somos edificados sobre os cem. Hoje esses cresçamos edificados na unidade que a em Cristo Jesus, junto do seu pai, vamos Lei João, Capítulo dezessete, do verso vinte Conversa vinte e três deste fim de cintilante Não somente jogo por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra, a fim de que todos sejam um. E como estou pai, minha mente também sejam eles em nós para que o mundo creia que tudo me enviasse. Eles tenham transmitido agora que me tem dado para que sejam como nós o somos, eu neles e também me, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade para que o mundo conheça, que tome, enviasse e usa