A maior rede de estudos do Brasil

03 2 - Medula Espinhalvideo play button

Transcrição


aula de hoje vai ser sobre a estrutura macroscópica da medula espinhal. A medula espinhal é uma estrutura no sistema nervoso central que se localiza no interior do canal vertebral, ou seja, ela se encontra protegida pela estrutura óssea que é a coluna vertebral. Ela mede mais ou menos quarenta e cinco centímetros, então a partir daí a gente já começa a ter uma noção de que existe uma diferença entre o tamanho da medula e o tamanho da coluna vertebral. Houve um descompasso no crescimento dessa colônia da medula e ao longo da sala a gente vai ver quem repercussões, isso teve na anatomia macroscópica. Bom a medula se limita superior, mente com a estrutura do tronco encefálico. Não existe no tecido nervoso uma divisão perfeita entre a medula e e o Bugu e a estrutura mais inferior do tronco encefálico. Mas a gente consegue dividir a medula do bulbo através da posição do hospital. No hospital existe um forame, não foram imagem que é pelo qual a medula acende. A região está ganhando, a gente considera a região acima do foram imaginam o burro e abaixo do foram Imago. No medo, ela se limita interiormente da seguinte forma a medula é mais ela tem um diâmetro maior na porção superior e menor na porção inferior, ou seja, ela vai reduzindo o seu tamanho conforme ela, conforme as posições mais qual dar suas condições mais saudáveis na sua porção mais inferior que se localiza ali. Em torno da transição entre as vértebras e um e dois, ela chega a um ponto em que ela diminui tanto que deixa de existir o tecido nervoso ter sido neuronal. Essa posição em que ela vai diminuindo gradativamente até deixar de existir a porção neuronal dela chama de cone medular. A partir desse ícone, medula só vai seguir então a estrutura mínima da pia máter. O que chama se filamento terminal já vai ver onde esse filamento terminal se fixa e consegui me alimentar melhor, onde termina exatamente aumento. Quando a porção interessante da medula são as incandescência, as informa essências, elas se formam por por agrupamentos maiores de neurônios motores, os agrupamentos maiores, neurônios motores que existem na medula. Eles são responsáveis pela elevação dos membros. A gente vai ter duas sintoma essências. Tomei ciência, mas superior que a gente chama de cervical e a mais inferior que a bomba cervical relacionando naturalmente aos membros superiores. Ela se localiza ali, entre entre a porção mais inferior da medula cervical. Já a adolescência Lomba, que se relacionam aos membros inferiores, ela se localiza na transição entre a medula lombar, seja os segmentos mais inferiores da medula, entre segmentos mais inferiores da medula torácica e os mais superiores da medula lombar. Nessa imagens conseguem ter uma visão geral da medula aqui mais superior mente, a gente tem a transição entre o BB e a medula sendo delimitado aqui pelo foram imagens dos hospital. A gente consegue ver toda a extensão da medula até mais ou menos a transição entre ele e dois aqui, a última básica de um e dois, e a gente consegue perceber que mesmo após o final da medula, existem ainda alguns filamentos são particulares. A gente consegue observar aqui ao longo de toda a medula que os filamentos particulares se dispõe transversalmente a medula, ou seja, são os nervos espinhais que sai, em que emergem na medula. Interiormente a gente consegue observar que existem filamentos foliculares mesmo abaixo do fim da medula. Esses filamentos particulares, que se localizam abaixo do fim da medula, a gente chama de a gente, diz que eles formam em conjunto a cauda equina pela pela associação com a calda de cavalo. Mesmo bom e abaixo, no final da medula, sai também o filamento terminal, que seria uma estrutura de meningite. Você já pia mata, o que está mais intrinsecamente relacionado ao tecido nervoso. Ou seja, está bem grudada, mesmo na medula, ela se direciona mais. Interiormente, vai se ligar com essa estrutura que que é a dura máter. Quando ela se fixa, dura, máter, o ajudou a se unem, informa. O ligamento com o que se viu que vão ser que vai se ligar ao almoço coxa nessa imagem que consegue identificar as informa essências. Bom, a gente sempre cita as informa essências, porque elas são porções muito ricas em tecido nervoso. Só que quando você abre a coluna e olha, você não consegue identificar muito bem essa sintoma essências porque elas não são tão grandes atrações tão importantes assim. Só que é importante a gente saber anatomicamente mais ou menos onde elas estão, porque é uma área a ser principalmente preservada na medula. Então é um ponto de diferença de referência para você conseguir preservar as funções motoras do seu paciente nessa imagem que consegue ver um perfil. A coluna Colômbia vai também afirma que os processos espinhosos que ficam mais por posteriormente os corpos vertebrais que ficam mais anteriormente, a gente consegue perceber toda a extensão da medula, terminando na transição entre ele e um e dois, e consegue perceber ainda a relação que a medula tem com os corpos vertebrais, o melhor com os processos espinhosos. Existe uma regra que seria uma regra mais prática em que através da palpação do segmento do processo espinhoso, você consegue inferir que segmento medula corresponde àquela altura do processo espinhoso. Por exemplo, um primeiro explicar o que é segmento medula segmento medular Uma porção da medula responsável especificamente por neve podem levar determinada área do corpo, Ou seja, é uma porção da medula que originam determinado nervo espinhal. Um segmento o comando, disse No início a medula cresce menos do que a coluna, então a gente consegue. A gente começa a perceber que porções cada vez mais cada vez maiores, correspondentes da medula, são representadas, são correspondentes a menos de horas. Por exemplo, na porção sacral da medula, a gente consegue ver que ela é correspondente somente a uma alerta para que seria ele um Já a porção lombar da medula é correspondente praticamente integralmente somente duas vértebras, que seria até doze doze. E ali, um. Ele que seria até doze até onze, tem doze. Desculpa e uma porção de bom eu me referia. É o seguinte quando você poupar um segmento, medula, você desculpa. Quando você poupar um processo espinhoso, você soma dois ao número daquele processo espinhoso. Você obterá o segmento medular correspondente. Ou seja, quando você poupar, vai para o ponto do processo espinhoso de ter um você. Você estará na altura do segmento medular correspondente a até três com essa regra é bem limitada, ela não funciona proporcione muito inferior e também do lá e nem condições muito superiores da medula. A questão da Petrobras mais superiores seria porque é difícil poupar, mesmo porque a medula naquela porção, a medula não. Se não, a coluna não cresce tanto. Então, a discrepância entre o segmento e o processo espinhoso não é tão grande mesma. Servem se lança mão de de exames, de imagem que são, são bem mais, são bem mais confiáveis. Bom a gente nessa imagem fora Consegue perceber que a extensão da dura máter, essa estrutura em preto ela vem de lado o crânio e acaba após a causa aquilo roxo e a gente vê que a medula e o drama tensão acaba após a cauda equina. É importante. A gente conseguiu a gente diferenciar porque o nervo espinhal ele só se forma após a dura máter, ou seja, na qual não causa. A gente não tem nervo espinhal, tem filamentos particulares. Bom falando rapidamente. Doze envoltórios espinhas que vai ser uma boa parte. A gente vai ver que a gente tem três e volta horas, como acabei de apontado na mata, que é mais a mais externa em baixo, resistente de todas, a que fixa melhor a medula, sendo que como eu acabei de falar, o nervo espinhal só virá nervo espinhal depois que ele perfura a dura máter, sendo que adora matar. Ela permite prolongamentos laterais que vão se continuando com esse nervo espinhal. Se continua até se confundir e ajudar a formar o EP neuro desse nervo espinhal abaixo dela da dura máter. Tenha noite aqui nós de que tem as suas tabelas nessa porção trabalho lá é onde fica o espaço sub aracnoidite, onde circula o único e a importância da circulação do