A maior rede de estudos do Brasil

Resolução Método Gráfico PO Tutorial Pesquisa Operacional Maximização Área 1video play button

Transcrição


bom fazer um tutorial breve aqui para como resolver a questão de gráfico de pior A primeira coisa promissora passar as informações em relação às restrições e a função objetivo. A partir disso, nós vamos geográfico. Esse gráfico em uma escala que for convencional foram compatível com a gente também que quiser o que ela quiser, desde que com ser colocados informações com clareza. E aqui vou fazer uma tabela que estava me ajudar aqui, valores dos filmes Cezar PSB para cada restrição e a função objetivo conselho que desenha essas inadequações. E essa equação não? A partir disso nós temos que precisar, Não vão começar próximo a restrição. Para exemplificar mais fácil, nós temos que que valor precisa assume quando quando o xiismo é igual a zero, o galo desenhar a linha que divide essa inequação lugar que valor precisa assumir? Quando fizerem, vamos dizer ache HSBC deslizava cem mil e novecentos e quarenta dividido por número trinta e três. Vai ser mil e oitenta e dois Eu escrevi aqui precisar ainda com seu número dois mil oitenta e dois em fins Bbb-. Você acha que fazer a Chesapeake preciso resolver igual a mil quatrocentos e quarenta local mil e quatrocentos e quarenta passar para a terceira equação aqui dizer axis a para descobrir passar um vírgula trinta e três dirigido por outro lado, o quarteto de quarenta, dividido pelo número oitenta e três e oitenta e dois colocar aquilo não me oitenta três mil e oitenta mil oitenta. Serafim vamos concretizar ocupação virgula cinto dividido por outro lado mil e novecentos e quarenta e dirigido por um vírgula cinco novecentos e sessenta por cento sessenta. A equação na restrição número um Eu não tenho como zera acha zerado Então se eu fosse ser achismo, por exemplo, siságua trezentos Shinzo não tem. Então função objetivo é um pouco diferente. Primeiro, vou desenhar essas inadequações holográfico para facilitar o entendimento. Povoou traça uma reta no desenho lançar uma rede do nosso gráfico. A equação número um deságua trezentos, então obrigar pedido trezentos para sair para Sarreta da inequação. Se for ver a ainda qual foi o professor passou aqui tem que ser maior igual a trezentos. Então essa zona aqui embaixo que eu vou coloria já não pode ser essa zona de baixa já não pode ser a causa que ela já haja, viola uma das condições. Daí agora vamos para adequação de número dois Que a restrição dois que nós temos, que o Chile, mil e oitenta, mas antes por aqui e oitenta, procuramos por aqui, e o PSB mil e quatrocentos e quarenta anos por aqui aqui disse que ela tem que ser menor ou igual santo, se é uma coisa menor, igual o que tudo o que vem acima dela não está mais valendo, só que está abaixo. Na terceira equação, nós temos que utilizar é igual a novecentos e sessenta siságua, Novecentos e sessenta e seis b mil e oitenta então aqui, Shinzo e oitenta mais ou menos precisar novecentos e sessenta os cento e sessenta. Então assim tudo que vem aqui para cá não vale, porque ela é uma equação também um enorme. Daí o que nós já conseguimos a partir das restrições, identificar onde está a nossa zona de possibilidades que as vamos, solução que a única zona que nós podemos realmente encontrar alguma solução, eu vou dizer, vão marcar. Onde é que essa zona que a zona que não foi percorrida por nenhuma inequação está marcada em azul na nossa zona? Nossa zona que não foi percorrida com ela não é uma inequação por quê? Com isso, falta sofrida objetivos. Objetivo É uma equação que é um pouco diferente, Certo o que a gente vai fazendo, a função objetivo quem tiver assume um valor para ela. Um valor que seja conveniente, de maneira que o o resultado desse máximo aqui a gente consiga visualizar lugar. Então, por exemplo, se eu colocasse aqui, semelhantemente, as inadequações são colocasse aqui, por exemplo, que o valor máximo na Suíça, o valor é cem presidente precisar para voltar aos seus belos em precisar agora sim o resultado. Mas isso daria sim sobre dois sobre duzentos. Perdão é um meio não, eu não consigo representar isso, um meio lugar, então esse valor que eu vou assumir aqui. Para o valor de máximo, ele tem que ser o valor correspondente para o resultado do gráfico ser ser visível. Então, nesse caso, aqui eu vou assumir como seu máximo fosse não. Por exemplo, máximo é isso, como se o máximo fosse cem mil. Aí, quando eu tive de cem mil por duzentos outra que o valor de precisar e quinhentos escrever que já precisa quinhentos, como são crianças, era Bush, mesmo procedimentos fazer eixos. Vê descobrir. Exato só substitui o máximo por cem mil. Agora fazer com que preciso precisar vou dividir cem mil seis meses, valor por cento e noventa quinhentos e vinte e seis. Percebi que esse quinhentos que antes de vinte seis apresentação de Fran Sutil, ele é possível desenhar no gráfico não é um valor que dá para enxergar uma reengenharia aqui, mais ou menos isso. O que acontece? Que o procedimento quando desenhou aqui a a equação? Essa equação não foi objetivo e eu estou fazendo um pouco fora da escala porque estou aqui precisam não é mais produtivos. Sim, essa inclinação aqui, o que a gente vai manter essa inclinação, conversei que parece arrasta essa linha várias vezes para cima, mantendo essa essa inclinação para descobrir onde é que ela vai parar quando que ela vai sair da zona azul astrais para a gente conseguir descobrir quando a nossa função objetivo, o último lugar, que ela preenche uma situação objetiva. Nesse caso, eu fiz um pouco fora de escala e de aldeia. O resultado ficou duvidoso porque seu deixar nossa última linha que eu passei a mesma inclinação, começa inclinação, que que a gente já descobriu, ficaria algo muito próximo do que a resistência claro que só número três. Então não saberia dizer qual o último ponto que interceptou o que seria o ponto ótimo. Então assim eu tenho dois pontos duvidosos que é duvidoso que é isso aqui que é uma intersecção entre a linha azul claro e o Chile. Esse aqui que apesar de não ter ficado muito claro, é a intersecção entre a primeira restrição, visa a maior bola trezentos e as versões não, claro. Então eu vou verificar qual desses dois valores aqui eu vou nomear. Isso é opcional. Nesse caso era verificar com porque a partir dessa técnica de arrastar a linha de desencavar as linhas da função objetivo na mesma internação, eu não conseguiria terminar com isso. Eu, como é que posso fazer? Eu vou identificar com o valor de precisar sisb nesse ponto aqui no ponto e substituir na equação da função. Objetivo para ver qual valor caso a sem precisar sair de casa, precisar o valor da inequação azul cesar e novecentos e sessenta Substituir a decisão não subestime na equação Função objetivo cem noventa vezes sisb nas casas zero. Resultado disso não são noventa e dois mil uma possível solução. Eu acho que agora com essa se torna um pouco mais difícil porque aqui entre a secção no ponto perde duas equações duas ações de três a um. Então eu vou igualar essas duas equações Transformar as equações igual a elas para descobrir qual que é. O ponto é da intersecção entre elas. Nós temos que precisar na primeira equação é igual a trezentos. O caso da segunda frisa Na outra decisão nós temos que um vírgula cinco precisar, mas um vírgula trinta e três sisb nome quatro, quarenta só pode ser uma forma de adequação isolando, só que eu ser substituindo ficar um vírgula cinco vezes. Trezentos os sucessos igualadas adequações o próximo mês, trezentos mais porque três anos já sabe o valor. Não é que o valor de precisar nesse ponto que a gente já tem, mas o valor estão, sabem um vírgula trinta e três vezes equacionando isso aqui nós nós vamos ser que é igual a setecentos e quarenta e quatro. Daí a recomendação às vezes deu valor coerente. Assim seis ponto que está mais ou menos setecentos e quarenta e quatro confere precisar tem trezentos. Confere as coisa ensinam mais óbvio, porque as suas metas era e vamos substituir isso. aqui também na equação, assim como fez como usar na oportunidade que anos mosquito duzentos vezes na função objetivo, duzentos vezes o valor de x Isaac e deu mil quatrocentos e quarenta não não pr