A maior rede de estudos do Brasil

Material de laboratóriovideo play button

Transcrição


Olá, caros acadêmicos Eu sou professora Renata Bianco O objetivo deste vídeo é contemplar as regras de segurança em laboratório químico, biológico e físico. Antes de iniciarmos um experimento. É imprescindível conhecer as regras quanto ao estoque e a manipulação de substâncias perigosas. Métodos de segurança pessoal e conduta. Quanto aos primeiros socorros, os laboratórios ou salas adaptadas são locais que demandam uma atenção especial devido às atividades que são desenvolvidas nesses locais. Inúmeros são os riscos de acidentes que podem ser causados pela exposição a compostos corrosivos tóxicos, incêndios, queimaduras, explosões e micro organismos patogênicos. Estudos comprovam que grande parte dos acidentes em laboratórios ocorre pela imperícia, negligência e até a imprudência. Segurança pessoal com relação à segurança pessoal durante a realização de um experimento. Termos como risco toxicidade, acidentes, prevenção equipamentos de segurança devem estar presentes a conduta individual, o planejamento das atividades e a utilização de equipamentos de proteção adequados quando necessário. São itens de suma importância. Apenas pessoas com conhecimento específico devem manipular os equipamentos devido aos riscos que estão envolvidos. Devemos nos atentar quanto ao descarte correto dos resíduos químicos e microbiológicos gerados no laboratório o objetivo básico de um programa de segurança em laboratórios de química, biologia física e afins é o de manter a integridade física das pessoas que utilizam estes locais. Todo o experimento deve ser planejado e executado cuidadosamente, com permissão e supervisão do professor responsável. Nunca trabalho sozinho, laboratório. As normas estabelecidas devem ser rigorosamente obedecidas. Brincadeiras nesses ambientes são denominadas como conduta de risco. Conheça agora as regras básicas de segurança Em um laboratório não é permitida a entrada de pessoas desconhecidas no laboratório. Fumar é proibido, não se armazena e não se ingere. Alimentos no laboratório não prove e não inale Produtos desconhecidos Não leve a PPP da boca. Não reutilize frascos de produtos perigosos Os frascos devem estar rotulados não direcione a abertura de frascos, a sua face ou para a face de outros cabelos longos. Devem estar presos, Use calçado fechado. Utilize manga e calça cumprida. Mantenha se concentrado. Utilize luvas, máscara e óculos de segurança quando necessário. Mantenha os produtos inflamáveis longe do fogo. Conheça os tipos de extintores de incêndio, bem como a localização dos mesmos. Separe. Armazene o lixo comum dos vidros quebrados e de outros materiais cortantes. Não jogue resíduos na pia em caso de acidente. Comunique imediatamente o professor ou responsável pelo laboratório. Vejamos agora as principais vidrarias e equipamentos utilizados em laboratórios Beck para armazenar, preparar, aquecer ou recolher soluções resistem ao aquecimento, resfriamento e ataques de produtos químicos com escala de pouca precisão. Balão de fundo chato para armazenar, preparar, aquecer ou recolher soluções podem ser de vidro transparente ou ambas maia. Serve para recolher frações de materiais destilados ou para conter misturas que serão organizadas. Funil de vidro empregado para transferir líquidos e para apoiar o papel de filtro. Tubos de ensaio Recipientes de vidro onde ocorrem reações e análises também utilizados para a coleta de amostras em pequena quantidade bastam O baqueta é um bastão maciço de vidro. Serve para agitar e facilitar as dissoluções ou manter massas líquidas em constante movimento. Proveta Serve para medir precisamente volumes maiores de líquidos. Mureta serve para determinar pequenos volumes de reagentes com precisão. Pode ser de vidro ou de polietileno pipetas utilizadas para medir e transferir pequenas quantidades de líquidos com precisão. Podem ser graduadas ou volumétrica as libertador acoplado à pepeta empregado na interpretação de líquidos. Balão volumétrico com saída lateral empregado na ebulição de líquidos em sistemas de destilação bico de bons em aquecedores a gás com chama regulável cadinho ou cápsula de porcelana É usado em evaporação ou secagem de substâncias que pode ser levado a chama sobre tela de amianto suporte universal garra e pinças de fixação usados para a sustentação de vidrarias como balões e condensadores. Tripé de ferro usado como apoio para a tela de amianto e outros objetos a serem aquecidos. Tela de amianto Suporte para as peças a serem aquecidas o amianto distribui uniformemente o calor recebido pela chama. Estante para tubos de ensaio utilizada para apoiar os tubos de ensaio. Funil de Britney Utilizado Infiltrações a vácuo Funil de separação Utilizado na separação de líquidos insolúveis, pode ser chamado de funil de decantação ou funil de bronze e cê tá É utilizada para efetuar lavagens de vidrarias. Pode conter água destilada e álcool e solução detergente. Vidro de relógio Utilizado para pesar pequenas quantidades de substâncias para evaporar pequenas quantidades de soluções líquidas e para tampar os BECKELES e outros recipientes. Pensa de madeira utilizada para manipular tubos de ensaio durante o aquecimento em bico de Bunsen, evitando queimaduras nas mãos. Pensa metálica É utilizada para manipular objetos quentes, evitando o contato com as mãos. Papel filtro é um papel por hoje utilizado para filtrar soluções pouco viscosa. As membrana filtrante são lembrando as porosas utilizadas para a infiltração de água e efluentes que permitem separar partículas. Placa de Petri Um recipiente cilíndrico, achatado de vidro ou plástico utilizado para a deposição de meio de cultura. Misture. É um instrumento cirúrgico utilizado para realizar incisões em tecidos vivos. Bandeja para dissecação usada para dissecação de pequenos animais Lâminas usada no apoio para a leitura de material biológico em microscópio. Lâminas usada para sobrepor ao material biológico da lâmina durante a leitura no microscópio a conta gotas usado para medir e transferir pequenos volumes líquidos ou remédios. Caro acadêmico Depois de todas essas instruções esperamos que você aproveite ao máximo tanto a parte teórica como a parte prática do seu curso de Ciências biológicas. Bons estudos