A maior rede de estudos do Brasil

hugogoes-direitoprevidenciario-inss-mod01-008-lowvideo play button

Transcrição


Olá, minha gente! Assunto importantíssimo para a prova Princípios constitucionais da seguridade social. Sempre é cobrada pelo menos uma questão acerca do assunto. Porque nós vamos estudar olha principios é a base é o fundamento, é o alicerce, por isso que é importante. E aqui os princípios que nós vamos estudar são da seguridade social. Eu falo princípios constitucionais já da sessão constitucionais já dá para saber o que vão achar. Vão achá la na Constituição Federal. Olha, eu poderia dizer assim, de uma forma genérica que do artigo cento e noventa e quatro até o duzentos e quatro, nós temos os princípios constitucionais da seguridade social, mas eu estaria sendo muito genérico de uma forma mais restrita. Nós vamos apontar esses princípios constitucionais lá para o artigo cento e noventa e quatro a Constituição, no seu parágrafo único do caput do artigo seja haviam, Já viram que tem o conceito de seguridade social. O parágrafo único tem o que normalmente chamamos de princípios constitucionais da seguridade social, mas observe no texto que a palavra princípios não aparecem, diz. Assim, compete ao poder público, nos termos da lei, organizar a seguridade social com base nos seguintes objetivos a Constituição não deixe com base nos seguintes princípios e porque nós dizemos que esses são os princípios da seguridade social. Porque se você observar a lei número oito mil, duzentos e doze artigo primeiro parágrafo único, essa e sete incisos que você vem vem aqui vão ser repetidos literalmente. A diferença é que a lei número oito mil duzentos e doze chama esses sete incisos de princípios e diretrizes da seguridade social, Então por isso que nós também chamamos esses sete incisos de princípios constitucionais da seguridade social. Ou seja, nós não estamos inventando nada. É a própria lei número oito mil duzentos e doze, que chama esses sete incisos de princípios da seguridade social. Então, você pega lá o edital, aparece princípios constitucionais da seguridade social. Você já sabe o que é aí? Como nós estamos estudando para fazer uma prova de um concurso? É importantíssimo saber como é que isso cai na prova é importante isso aí. Eu te digo dependem, depende que professor dependem muito da banca examinadora. Quando a banca examinadora do concurso é a Esaf, aí, normalmente ela exige que você decore literalmente esses princípios constitucionais, porque têm, geralmente tem um tipo padronizado de questão. Como aparece lá marque a alternativa que correspondem a um objetivo da seguridade social ou a um princípio constitucional da seguridade social. Eles vão lhe dar cinco alternativas, sendo que só tem uma que vai estar certa. Olha as quatro que estão erradas, O que é que eles vão fazer? Eles vão copiar esses incisos, mas vão pegar algumas palavrinhas aqui e vão trocar por outras. Eles colocam letra no inciso, não tem universalidade da cobertura e do atendimento, mas lá na letrada a questão não vai aparecer. Universalidade da cobertura do atendimento aparece sabe o que a uniformidade da cobertura e do atendimento. Ou seja, eles pegar essa palavra aqui e jogaram aqui, aí ficou uniformidade na cobertura do atendimento. Está errado essa e assim eles vão fazendo com as outras alternativas. Pode colocar assim, uniformidade e distribui atividade na prestação dos benefícios. Serviço aí não é uniformidade, seletividade e vão trocando, vão trocando até que você vai aparecer uma letra que normalmente a letra é brincadeiras. À parte, vai aparecer uma letra em que eu escopeta. Aarão literalmente, um desses incisos, sem fazer modificação, nenhuma protesto, que você marca, não deveria ser assim as provas. Mas tem em prova que é assim que a questão é organizada. Se é assim, eu me sinto na obrigação de dizer para você como é. Então, a primeira coisa memorize. Decore esses sete incisos aqui, do parágrafo do artigo cento e noventa e quatro até agora não vou ensinar como é que agora fica lendo várias vezes até ser agora tudo. Agora existem outras bancas examinadoras que exigem que você entenda o real significado desses princípios constitucionais. Por exemplo, o Cespe UnB. O processo é bem, não quer ser decorrentes. Não entendo o que significa a ele fala, universalidade da cobertura do atendimento. Significa isso isso. Isso isso aí. Geralmente é de marcar certo ou errado. O serviço está certo. Está errado aquilo que realmente você acha que o real significado desse princípio é aquilo que a banca examinadora está dizendo. Então, se ele está certo, se você não, não é isso, não está errado. E pronto fique esperando sair o gabarito ser publicado. Para você ver se acertou se erro a FCC Fundação Carlos Chagas, ela teve um as provas, os Tribunais Regionais Federais, que elas ela elaborou até algumas questões inteligentes acerca desses princípios constitucionais. Como era que a questão era elaborada no enunciado, citava um determinado fato. Aí depois perguntava isso é desse jeito, por causa de qual o princípio constitucional, aí colocava cinco alternativas, cada uma das cinco alternativas, com um desses princípios constitucionais e você teria que assinala aquele princípio que tenha relação com aquele fato que foi afirmado lá, no enunciado da questão, por exemplo, dá um exemplo de uma questão assim poderia falar a contribuição previdenciária da empresa tem um valor superior ao da contribuição do empregado dessa empresa, ou seja, a empresa paga um valor mais alto do que o empregado a título de contribuição previdenciária. Aí ela perguntava isso é dessa forma, em razão do princípio constitucional da dois pontos cinco alternativas Ayla aparecia uma alternativa que dizia é cuidado e na forma de participação no custeio, seria essa que você deveria marcar? É a que está relacionado com o fato que foi citado. Bem, nós vamos entender porque na hora que formos comentar esse princípio da equidade na forma de participação no custeio, mas percebam esse tipo de questão aí que foi elaborado pela Fundação Carlos Chagas, ele não exigiu apenas que você tivesse decorado os princípio, Não. Ele exigiu que você entendesse para saber que aquele princípio tem alguma relação com o que foi falado lá no enunciado da questão. É isso O que é que nós vamos fazer agora? Aqui, nós vamos tentar entender, tentar explicar o significado de cada um desses princípios constitucionais da seguridade social, começando pelo primeiro princípio número um universalidade da cobertura e do atendimento. Para entendermos bem o significado desse princípio, vamos dividido em dois. Primeiro falaremos da universalidade da cobertura, depois falaremos da universalidade do atendimento. É como se fossem dois princípios em um só. O primeiro princípio seria universalidade da cobertura. O segundo princípio seria a universalidade do atendimento. Fazendo assim fica mais fácil de entender. Então vamos lá. O que significa universalidade da cobertura, universalidade da cobertura significa que todos os riscos sociais receberam com a perdão. Todos os riscos sociais receberam a cobertura da seguridade social. Todos os riscos sociais receberam a cobertura para facilitar. Vamos até abrir aqui uma tela e coloca aqui universalidade. Um universo foi dado aí, abrindo aqui da cobertura da cobertura. Aí você aponta que com a seta, para que para os riscos sociais, riscos sociais, aí depois universalidade do atendimento, atendimento. Aí você aponta aqui uma seta e Jajá. O digo para onde é que você vai apontar? Mas aí para ficar mais didático, então universalidade da cobertura significa que todos os riscos sociais que possam levar uma pessoa a um estado de necessidade todos esses riscos sociais receberam a cobertura da seguridade social. Você pergunta professor Mas o que são esses riscos sociais? Resposta Riscos sociais? São os infortúnios da vida. Como professor, Que coisa assim? Fortune Olha, imagine um cidadão que trabalha para sustentar a sua família. E ele é operário da construção civil. Está trabalhando num prédio trinta e três andares e caiu de cima do prédio bem ou morreu ou então ficou em estado muito grave em si. Morreu como é que fica essa família que isso