A maior rede de estudos do Brasil

Aula 05 - Verbos Defectivos (Bloco 02)video play button

Transcrição


vamos aqui sugerir um trabalhinho aqui. Alguma atividade justamente para que é o nosso dia a dia, aquilo que a gente vai se prevenir. De repente você vai fazer um requerimento, você vai trabalhar e vai escrever alguma coisa no seu tribunal. Já passou no seu concurso, tem que fazer. De repente um documento é um ofício que seja você já conhecida para algumas formas verbais efectivo tem que ser fazer. Então, poxa, já que eu tenho que colocar numa frase ao verbo. Então eu pensei em colocar esse verbo não existindo naquela pessoa do discurso daquele tempo verbal que tem que fazer. Eu tenho que sugerir alguns sinônimos ou então locuções verbais, para que para que eu possa substituir e evitar colocar um verbo que efectivo exemplo aqui não entra. É possível que se dê mula àquela casa na semana que vem. Será que existe a forma verbal de emula recomendações está? Emula a isso de uma mula? Parece que é isso parece o verbo demolir, então eu coloco um sinônimo do lugar. Nesse caso, ficamos como é possível que se derrube àquela casa na semana que vem entregar ou que possa demoníaca? Você coloca uma locução verbal no lugar, deixando o verbo de Monique definitivo Veneza Se você de repente, ao colocar o sinônimo, possa causar um estranhamento no contexto, de repente mudar um pouco sentido aquilo que efetivamente você quer registrar, você aposta palavra derrubar para esse contexto não seria interessante. Já o demolia não é alguma coisa que foi uma exigência vital? Beleza então nesse caso é você quem vai notar isso? Daí que acha mais importante. Olha só o verbo abolir olha só o contexto, como nos pede. É desejável que se que se a bula após ter uma bula por aí, a bula é importante por ficou esta não fica beleza, ele é um verbo efectivo. Nós vimos o verbo agonia não vai existir no presente substitutivo, concorda comigo, cara nesse caso a Bolívia, essa exigência descabida eu vou lá e coloca o seu nono lugar. Beleza é desejável, por exemplo, que se extinga essa exigência descabida, governo extinguir, talvez eu extinguindo extinga eles Tinga extinga essa exigência descabida beleza tranquilinho, para quem vamos que vamos pegar a próxima área verde colorida, ele a gente governo colorir. Nós falamos não tem na primeira pessoa, lembra? A Não tenho. Não posso falar o color na primeira pessoa tem ou não posso beleza o verbo colorir, Assim como vamos pintar? Assim como vemos, com hora você pode colocar sinônimo para justamente você substituir se a primeira pessoa do grupo colorir aí beleza. Então, nesse caso, que você pode fazer aqui fazendo o pedido, é provável que se nesse caso acabou colorir a gente falou que não tem na primeira, no presente subjuntivo. Beleza, Então colocou o tempo, colaborar, o gamo, colaborar é da primeira conjugação. Nesse caso eu color outro color. Nesse caso, no Brasil, o tempo colaborar para mais fácil ser total é a mesma coisa do que eu vendo estudar, como é que ficaria houver bom estudar no presente indicativo? A paz é o estudo tua estudas estuda Beleza Agora, até governo colaborar que a gente usa pouco. Isso vai ficar como eu colorir tu, Colorado, ele com hora é isso aí, cara, ele cora beleza Aí, nesse caso, você vai fazer o que talvez eu estude mais jogar. Agora o aborda a temática que a vir à presidência, marco temporal e talvez eu estude. Então, talvez não é possível. É provável que se colore aquele muro colorido. Alguém, nesse caso, que alguém coloria que ele muro beleza. Então, nesse caso, para gente subjuntivo do verbo coloborar, agora nós colocamos um sinônimo. Lugar dele é o verbo Collor, era assim como o verbo estudar. Talvez ele estude, talvez ele colore Veneza. Cuidado com isso aí belezinha, beleza, belezinha, pegada, questão Além de dado aqui, é possível que as fontes de energia ser aí. Nós temos aqui o verbo exaure, também efectivo. Nós não temos no presente subjuntivo, beleza. Então nesse caso, a gente vai colocar aí o verbo exauria gente vai jogar um sinônimo para ele, ficando como é possível que as fontes de energia se esgotem, coloca, então, vendo esgotar, no lugar do verbo exaurir, que ela se esgotem antes do tempo previsto. Belezinha, fica melhor assim fica tranquilo governo banir cara, banir todo o foco de corrupção. Vamos analisar aqui É indispensável que, se urbana ou que estranha na casa, abanar para se abanar. É indispensável que se urbana tudo não é nesse caso que vai colocar no lugar de Deus. Banir a gente, coloca, acabou eliminar para só é indispensável que se eline daqui todo o foco de corrupção. Se ele, nine Veneza tranquilinho no lugar do verbo, banir a gente colocou Gabo eliminar um empregado da PF É indispensável que eu e nós temos o verbo reaver leva. A gente falou na primeira pessoa, não vai existir, então não tem para resolver. Não tinha beleza, então o lugar do verbo reaver a gente coloca qual recuperar, recuperar é indispensável que eu recupere meus documentos. Então nós temos o presente do subjuntivo aqui entregar um show de bola. Então a gente está colocando o sinônimo justamente para evitar você usar, empregar no presente subjuntivo esses vermes respectivos legal ao nível. Precaver a moçada olha só é preciso que nós nos hoje aterrou nesse caso a gente tem aqui governo pré- catar lugar, então no presente subjuntivo não vai existir. Então eu pego pré- Catar vai ficar como precária, temos. É preciso que nós nos pré- cá, temos é o meu precaver o seu nome dele Pré- catarro como parte do lado para ficar legal, você analisar Pré- Qatar é a mesma coisa precaver. Então nós nos prega. Temos galesa show de bola. Vamos pegar a próxima entrega, vamos adequar desejável terror que os nossos funcionários se adequar às necessidades da empresa. Adequem não tem por objetivo, não tem dado adequar aí você coloca o que se a data tem, poder adaptar. Ele é sinônimo do verbo Adequar tá legal. Então, nesse caso, adaptar a dar tem. Fica melhor assim precaver de novo. Eu sempre me previno verdes colocaram pré-, Qatar, mas pode também colocar o verbo prevenir beleza Eu sempre me previno contra riscos beleza, show de bola, está jota, eu tenho que o verbo adequar. Muitas pessoas não adaptam como a gente fez aqui. Também sinônimo do verbo adequar, adaptar a adequar, adaptar aqui também beleza e por último o verbo reaver Ele só recupera toda escola. Governo recuperar no lugar do verbo reaver beleza é um presente do indicativo. Ele só recupera seus direitos quando recorre à justiça. Beleza então, tinha fazer que agora tem um princípio você pegar aí. Qual ou quais são as respostas corretas? Faça um pente disso. Eu volto aqui para você colocar até lá, que esteja sem nada ou ímpar que também você faz um presente. Isso daí a beleza tranquilinho. Aí fica tranquilo! Você faz agora é o pedido, a questão. E agora tudo certinho. Aí você faz um outro presente para você Tem segundo contigo, beleza. O vírus também fica disponível ficar faz também depois você parar e fazer um presídio daquela legal brasília- brasília-, Vamos que vamos, Vamos pegando a questão trinta e cinco porque a questão trinta e cinco, pelo pouco que estão entre as cinco, porque nós já trabalhamos a parte. Verbos regulares verbas irregulares Estamos dando sequência as nossas questões. Teresa acompanhando comigo. Vamos que vamos aproveitar uma de contador de nível superior da banca. E essa beleza olha só que legal. Assinale a opção em que a conjugação do verbo adequar o verbo adequar está incorreta. Beleza nós temos que achar a incorreção do verbo da flexão do verbo a adequar. Só para a gente poder lembrar a flexão desse errado. Eu pensei que foi colocado aqui, vão lá o verbo adequar como a gente falou né. A gente tinha uma tela que começa daqui, queria colocar para vocês, mas o governo adequar. Rapidão, só mostra aqui para ficar mais fácil a não tinha colocado aqui até lá. Que o réu adequado, então, veja só nós não temos nas primeiras pessoas, na primeira pessoa, segunda e terceira do singular do pará indicativo nem na terceiro do plural está lembrado beleza. Temos apenas aqui, beleza Na primeira do plural na segunda plural beleza tranquilinho, então por isso usa na frente. Agora