A maior rede de estudos do Brasil

Aula 1 - Constituição - Arts 194 e 195video play button

Transcrição


fala Galera, tudo bem, estou Natalie Souza, professora da legislação do SUS e de saúde pública. E hoje vamos falar com vocês de um tema super interessante, mais do que o cobrado em prova e muito importante, inclusive para nosso, todo o nosso contexto em relação a saúde. Então nada mais nada menos do que a nossa Constituição Federal de mil novecentos e oitenta e oito, lembrando que a nossa Carta Magna ela é de oitenta e oito e é conhecida como Constituição Cidadã, porque ela foi a manada das todos os movimentos que ocorreu naquela época final Digitadora Para tentar resgatar a dívida social em relação ao período da ditadura, a população começa a se movimentar. Nós temos um pico máximo na oitava conferência, mas a Constituição, a promulgação da nova Constituição veio surgiu dos vários movimentos sociais, incluindo o movimento sanitário, porque não é um movimento isolado, é um movimento que ele está alinhada. Todo o contexto histórico esta juntamente com os outros setores, tentando tirar, diminuiu o dano que o período da ditadura causou em relação principalmente aos direitos das pessoas. Está certo, então, a corrupção oitenta e oito, ela conhecida como Carta Magna, como qualquer Constituição e essa, especialmente a nossa constituição Cidadão. Por isso, por um motivo que explique sua apaixonada pelo tema para que a gente entenda a parte da saúde, eu vou começar com artigo dezanove e quatro mil nove cinco. Ele não faz parte da saúde, está certo, faz parte da seguridade social, mas a saúde está inclusa no tripé da seguridade social, então não tenho como falar do setor saúde sem explanar, sem conversar com vocês sobre os artigos que fazem parte do mesmo título. É que o nosso título, oitavo da Seguridade Social, mais uma vez lembrando que é a primeira constituição a contemplar o setor Saúde. Então até as outras constituições nós não tínhamos dentro, no texto, dentro do mar, com o maior que nós Temos que a nossa lei maior não tínhamos a parte do setor saúde. Então, a partir de oitenta e oito, nos artigos nove e meia, a duzentos nós passamos a ter a saúde contemplado. O que a gente chama de colocar a saúde na agenda política? Isso traz avanços imensos, que a gente vai ter regulamentações das leis orgânicas porque a gente também vai trabalhar. Então vamos caminhar um pouco pela Constituição, começando os artigos dezanove e quatro mil nove cinco, lembrando que eles não fazem parte do setor saúde, mas por estar no mesmo título e a nossa saúde fazer parte da Seguridade social, não podemos deixar de falar. Colocar a Constituição Federal de mil novecentos e oitenta e oito artigos. Dezanove, quatro a duzentos, lembrando que o nove quatro chapada aquece o que ficou River com nove quatro e nove cinco, não pertence à saúde da ESP, pertence à Seguridade social. Elas estão no mesmo título da saúde, então da Seguridade Social, artigo nove quatro nove cinco, do artigo nove quatro pela. Adoro apelidar os artigos, porque isso nos garante que vocês, na hora de fazer a prova, vocês têm uma dica sempre chama que o artigo nove quatro ele traz para a gente o conceito da seguridade social para trás o nosso conceito da seguridade Social. Então ele determina que a Seguridade social compreende um conjunto integrado de ações da iniciativa dos poderes públicos e da sociedade. Preste atenção porque isso cai muito em prova. Está destinados a assegurar os direitos relativos à saúde, a Previdência e a assistência Social, Resumindo, a Seguridade social É composta pelo conjunto das ações integradas da saúde, da Previdência Social e da Assistência Social é o que nós chamamos de tripé da seguridade social. Então, para tudo, ficar crime, quando a gente fala entre pé da seguridade social é uma forma de lembrar a vocês que a Seguridade Social garante situações imprescindíveis para a pessoa direitos imprescindíveis para a pessoa viver em sociedade tem uma garantia mínima em relação ao setor Saúde em relação à assistência social em relação à Previdência Social, para não confundir a Seguridade social, engloba a assistência à previdência e à saúde. Então a pegadinha aí está em trocar seguridade social por previdência Social, Então, lembra em cento e saúde, Assistência social e previdência social fazem parte do nosso setor Saúde Alcenor tripé da Seguridade Desculpa está contemplado no artigo nove, Quase observem que no artigo nove quatro o apelido de Conceito da Seguridade, ele deixa claro que é uma responsabilidade do poder público e da sociedade. Está certa gente mais à frente o porque é incluso essa relação entre poder público e sociedade local. Os objetivos da Seguridade Social, também super cobrada em prova, mas vocês vão imaginar. Eu prefiro que vocês não decorei que vocês lembra que a Constituição ela vem de um período, ela vem um pós ditadura militar. Logo, nossa Constituição tem um viés democrático e com isso, nós vamos ter os objetivos sempre alinhados a fazer o bem à democracia, a incluído indivíduos assegurar que todos terão os mesmos direitos. Então, preste atenção quais são os objetivos universalidade da cobertura e do atendimento. Ou seja, todos devem ter acesso à seguridade social aqui. A nossa universalidade, uniformidade, equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais. Ou seja, não vai haver distinção. Todo o valor, todo, o benefício que a população urbana vai ter vai ser o mesmo valor para a população rural. Ou seja, são uniformes equivalentes, seletividade e distribui atividade na prestação de serviços e benefícios, ou seja, entender, saber quem precisa estar bem distribuído, para que alcance aqueles que mais precisam irredutibilidade do valor dos benefícios. Fixado um valor, ele não pode ser ignorado, ele não pode diminuir o valor daquele benefício, pode aumentar, pode ser majorado, mas ele não pode ser ignorada. Não pode ter irredutibilidade equidade na forma de participação em custeio equidade. Nós sabemos que a Justiça, então, aquele que tem mais que ganha mais vai custear a seguridade social com um valor maior. Aquele que ganha menos, vai custear a seguridade com um valor menor diversidade na base de financiamento. Ou seja, deve existir várias formas para que o recurso entre na seguridade social, para que ela continue prestando os benefícios. Observe caráter democrático e descentralizada da administração. Bem, conforme como a gente já vê depois da Constituição, as situações passam a ser mais descentralizadas. Observem mediante gestão quadripartite, ou seja, quatro partes e quem são essas quatro partes, os trabalhadores, os empregadores, os aposentados e do governo nos órgãos colegiados? Então, para toda a máquina objetivo da seguridade, seu social super cobrado. E esse é bem importante quando se fala em caráter democrático e descentralizado, onde a gestão ela vai ser quadripartite, significa que esses quatro grandes setores devem estar envolvidos na já estão de forma direta de forma indireta. Então, quem são os trabalhadores com os empregadores, os aposentados em um governo? Porque o governo dentro tudo isso dentro dos órgãos colegiados de discussão em relação à seguridade social, então preste atenção artigo nove quatro falei que é o conceito da seguridade Social. Lembrem do tripé da seguridade social, saúde, Previdência Social e assistência social e também fiquem atentos aos objetivos, lembrando que eles são democráticos e querem abraçar todos e cada vez mais, de forma justa, equânime, de acordo com o benefício que ele recebe, não pode ser ignorado, só pode ser majorado. E essa unidade universalidade e essa uniformidade e equivalência então são termos que traduzem o seguinte todos devem ter de acordo a sua necessidade. Logo, se você não decorou, é importante não decorar. Entender. Você localiza facilmente objetivo lembrando do contexto da nossa Constituição no pós ditadura militar, está certo, então continuar aqui nosso próximo artigo lugar, artigo nove cinco. Eu sempre chamam ele do financiamento, porque ele vem deixar claro quem financia a seguridade social. E, por nós, saúde, fazemos parte da seguridade social. O financiamento, ele também nos i