A maior rede de estudos do Brasil

ausculta-cardiaca-na-estenose-e-insuficiencia-valvaresvideo play button

Transcrição


Olá pessoal, Eu sou doutor Massao e sejam bem vindos ao valor de media TV na aula de hoje. Vamos aprender a identificar os sopros relacionados com a estenose e insuficiências vão variar, Então vamos lá. Antes de tudo, Vou indicar aqui o vídeo das bolhas cardíacas normais essencial. Sabemos como são as bolhas cardíacas normais para depois identificarmos quando estão alteradas. Existem dois tipos de patologias alvares a insuficiência e a estenose. Na insuficiência ocorre falha de cooptação dos folhetos da valva, causando regurgitação de sangue por ela. Na estenose existe estreitamento da abertura da valva, ocasionando aceleração Iturbe liohn aumento do fluxo por ela. Em ambos os casos. A consequência auditiva é o sopro. Agora vou esquematizar rapidamente os tipos de sopro e as voltas envolvidas e depois explicar melhor cada um deles. Esse é um esquema didático que basicamente indica qual patologia valvar está envolvida com o sobre o que ocorre na assisto e um sobre o que ocorre na diástole. Aqui temos os tempos de sístole diástole. Logo abaixo vou desenhar o forno cardiograma com a primeira e segunda bolhas. Primeiro, precisamos detectar se o sopro se situa na primeira ou na segunda bolha. Caso esteja relacionado com a primeira bolha, ele poderá indicar insuficiência mitral ou tricúspide ou estenose aórtica ou pulmonar. Caso esteja relacionado com a segunda bolha, ele poderá indicar estenose mitral ou tricúspide ou insuficiência a ótica ou pulmonar. Vale lembrar que, de modo geral, quando examinamos pacientes adultos ou idosos, é mais frequente acometimento das novas do lado esquerdo do coração, ou seja, a válvula mitral ou a valva aórtica. Vamos então entender o que acontece na insuficiência mitral ou tricúspide. Se durante a sístole a válvula mitral ou tricúspide apresentar falha de cooptação, haverá sangue retornando nos átrios. O fluxo recorde tante pela valva ocasião não sofria de insuficiência. Esse sou porque tem a característica de ser óleos histórico e de intensidade mantida. Ele é melhor ao escutado no foco mitral ou tricúspide de acordo com a valva cometida e é classificado como sobre o recorde tante. Na prática, somente em poucos casos vamos conseguir ao escutar sofre de insuficiência tricúspide, sendo sopro da insuficiência mitral mais frequente. Vamos então escutar o sopro ao mesmo tempo que observamos o gráfico do fundo. Cardiograma o sopro da estenose devolva a ótica ou da avaliou como acontece também nasce isto porque é nesse momento que acontece a abertura destas válvulas. No caso da estenose, elas abriram com dificuldade causando aceleração Iturbe Liohn aumento do fluxo e consequentemente um soco. Esse sou para ter intensidade variável, sendo que vai aumentando até um pico e depois vai decrescendo. Por isso ele é chamado de sopro em losango ou diamante. Seu timbre é classificado como sou projetivos e é melhor ao escutado no foco a ótico ou pulmonar, de acordo com a valva cometida. Na prática, geralmente identificamos estenose pulmonar, mais em crianças, adolescentes e adultos jovens, enquanto que a estenose aórtica é mais observada nos adultos e idosos. Vamos então escutar o sopro ao mesmo tempo que observamos o gráfico do forno cardiograma. Agora vamos ver o sol para salvar esse que acontecem na diástole. Durante a diástole ocorre a abertura das válvulas mitral e tricúspide para o enchimento ventricular. Caso a abertura dessas esteja restrita, o fluxo para os ventrículos estará acelerado e turbulento. Dessa forma, ao escutaremos um sobre o dia histórico suave caracterizado como em ro falar, pois pode lembrar o bater de asas de um pássaro. Na prática, a estenose tricúspide é bastante rara, sendo estenose mitral mais frequente e no caso do Brasil, nos dias atuais, geralmente ela é secundária ao acometimento por febre reumática prévia. O sopro é melhor ao escutado no foco mitral ou tricúspide, de acordo com a valva cometida. Vamos então escutar o som ao mesmo tempo que observamos o gráfico no fundo cardiograma. Por último, veremos o sopro de insuficiência aórtica ou pulmonar. Nesse caso, também estaremos na diástole no momento em que essas voltas estão fechadas. No entanto, a cooptação está deficiente, causando vazamento e refluxo de sangue para o ventrículo. Assim, escutaremos um sol para o que é caracterizado como aspirativa. Isso porque ele tem intensidade de crescente como barulho de aspiração pela boca. Na prática, o sol por causado pela insuficiência pulmonar é mais raro de ser escutado, sendo a insuficiência a ótica mais frequentemente executadas. Agora vamos escutar o sopro ao mesmo tempo que observamos o gráfico no fundo cardiograma, então é isso, pessoal. Espero que tenham gostado ou deixar aqui também o link para as outras aulas. Não se esqueçam de assinar o canal, curtir nossa página no Facebook e se gostou do vídeo. Clique em curtir a Dirceu nos favoritos e ajude na divulgação para que possamos postar vídeo com mais frequência. Vou deixar na descrição do vídeo as referências e material utilizado desde suas críticas e comentários e até a próxima.