A maior rede de estudos do Brasil

negociacao-integrativa-e-distributiva-1video play button

Transcrição


hoje o tema, A negociação e suas duas principais categorias distributiva, Integrativa. Falaremos sobre quando usar cada uma delas no seu dia a dia. Profissional e pessoal. Ouvimos muito por aí. A expressão ganha ganha. Ela significa que nenhuma negociação, O ideal é que os dois lados saem com um tipo de vitória. Algumas pessoas acham que ninguém nunca deve perder, Mas será que isso é possível? Imagine Você está na praia e está muito valor. Um vendedor passa com o seu isopor. Ele oferece um refrigerante geladinho por dez reais. Você disse também o caro. Muitos vendedores reduziria o preço para conquistar o cliente para uma compra futura. Mas nessa compra, qual é a chance de você estar novamente naquela praia, encontrar aquele vendedor e estar com sede na mesma hora? Se ele baixar o preço, agora ele perde, você ganha. Se não baixar, ele ganha e você perde. E se não houver a compra, os dois pedem. Não há como fugir disso. Nesse caso, você está distribuindo, os, deixa uma negociação distributiva. Agora, imagine a cena. Você está trabalhando com um colega no domingo à noite, na cozinha, a três pedaços de pizza com a sua fome, seu cansaço, você poderia comer uma pizza inteira e ele também, mas só três pedaços. Como fazer a divisão onde vocês ficará com dois pedaços e o outro com apenas um, Alguém pode alegar que o ideal é dividir esse terceiro pedaço que isso seria um ganha ganha. Mas note que ao ceder essa metade, você está automaticamente perdendo. Se pensa assim na prática a ceder é perder porque você está deixando de ganhar com o seu estômago, colocando como convencer então seu amigo lhe deixar com os dois pedaços ou quem sabe até os três. Repare que essa negociação que tem um aspecto de forte competição Quando um de vocês dois ganhar o segundo pedaço, o outro automaticamente perderá se dividirem. Ambos estarão perdendo, o que poderia ser um segundo pedaço inteiro. Esse também é um exemplo de negociação distributiva que acontece quando você tem um montante fixo para negociar e distribuírem transparentes apenas três pedaços. Não há como pedir ao trapiche e não vai adiantar, prometendo ceder só da próxima vez. Agora vamos supor que seja o aniversário do filho do seu colega. Você sabe que ele quer tentar sair o mais cedo possível também. Sabe que você conseguiria fazer a parte dele muito mais rápido do que você pode colocar essa variável na negociação pela pizza. Repare que você continua querendo competir pela pista, mas está disposto a ceder seu tempo e colaborar com o colega. Para isso. Todos saem ganhando. Você se alimenta e ele sai mais cedo e todo cedem. Você fica um pouco mais, mas ele fica sem essa relação que a chamada ganha ganha. Só aconteceu porque você pode ampliar o valor do que estava sendo negociado. Não era mais só a pista que estava em jogo. Era em estado de vocês. Dois. Você integrou outros valores ao montante principal e transformou a negociação integrativa Outra negociação em entrevistas de emprego. A empresa quer saber quanto você quer ganhar. O candidato pensa quanto vocês querem e podem me pagar. Mas sempre pode haver outras coisas na mesa. Horários flexíveis, benefícios formas de contratação. Se os dois lados pensarem apenas no salário bruto, a negociação será sempre distributivo. E quando um dos dois lados ganhar outro, sempre vai perder em qualquer negociação, seja comprado sua primeira casa ou decidir qual filme vai assistir com os amigos. Procura analisar exatamente o que está sendo negociado. Isso ajuda bastante a decidir a sua estratégia. Hoje vimos então as duas principais categorias na negociação a distributiva e a integrativa, até a próxima.