A maior rede de estudos do Brasil

Lesão irreversível - NECROSE (PARTE II)video play button

Transcrição


então ela só ainda falando sobre a necrose gente vão falar um pouco sobre essa morfologia básica, sendo que a gente vai conseguir perceber como você trata de uma necrose no fundo de uma lâmina, que o Bope observar do celular gente na patologia para esclarecer algumas dúvidas. A patologia sim limita apenas as lâminas, não toda avaliação. Exame patológico Gente observa tanto a microscopia na anatomia geral, como também a microscopia. Então, para cada circunstância a gente vai utilizar o método uma coloração, às vezes para o acúmulo de alguma coisa no caso aquilo que a gente mais à época, ela coração praticamente tudo, mas então a nível celular, mas aqueles trata mais de lâminas aqui, porque não se envolver nele o celular nessa parte de economia do Sol? Aumento da news, aumento da eu cinofilia para conversei com vocês que está sendo referente à desnaturação proteica? Então vão ser governo na minha lama de necrose, alguma coloração muito mais rosada, justamente por causa da coloração proteica? Atuação proteica, perdão e a usina que cora de rosa ela cora assim incorporações de rosa diferentes. As proteínas diferentes proteínas são coladas e rosa só com coloração diferente, porém no geral a usina. Ela agora a proteína. Então, quanto mais proteína eu tenho, mais voz a fica. No Milan, eu consegui observar também o citoplasma, viteri o que significa. Isso vem de vidro como se ele fosse muito mais transparente do que em uma célula normal. Vão da olhar aqui uma lâmina, olha como o citoplasma. Um bom exemplo. Ainda assim, mas olha como estou, claro, ele parecia muito mais íntegro, muito mais denso. Algumas porções do que aqui aqui você consegue ver um stop, causa muito mais cara que lado, muito mais rachado. Como se você perceber esse mesmo esses pontinhos brancos aqui no meio dele. E você consegue ver esses pontos brancos, que são os vácuos que correspondem às urnas, a organelas que foram degradadas, que foram digeridas, onde ficavam as organelas, ficam esses pontinhos. É isso aqui trabalhando na microscopia pop de cabotagem, no seu fosse levar isso aqui para um nível eletrônico, eu veria outras alterações a mão e ainda além das alterações, citou plasmáticas. Eu consigo ter ainda alterações nucleares que caracterizam a minha necrose. Às vezes não pegar uma lâmina diferentes, características a mesma, necrose, porque vão estar em estágios diferentes, obrigatoriamente uma lesão, vai ter que estar no mesmo estágio todas as células, Às vezes eu vou ter algumas lesões. Algumas lesões onde as celas estarão em momentos mais progressivos e outras não está iniciando então uma das outras formas, uma outra morfologia da necrose, observar o núcleo dela nem uma necrose. Eu vou ter um núcleo muito mais curado que eu chamo de pequena onze nuclear. Eu também tenho a cárie oeste quando meu núcleo deverá começar a se fragmentar. Quando aparece aqui, perceba que tem muito pontinho aqui no interior do núcleo, começa a se fragmentar e por último tenha cariola, que é de gestão do meu núcleo. Uma das necrose em diversos daqui é a nebulosa por coagulação. Eu consigo identificar ela justamente porque as células eu tenho a preservação da estrutura na estrutura do terceiro, então ser por exemplo que é um tubo renal, porém eu não tenho o núcleo. Isso é o que caracteriza esse tipo de necrose. Alterações morfológicas básicas da necrose justamente os topázio mais rosa, mas entre o apesar dos grandes dos cálculos do pós mágicos, que são ainda ligeiros, que são ainda pequenos, mais é uma alteração. São vácuos Acari oeste que a fragmentação nuclear e ainda a carioca. Se que quando não vai ter mais núcleo núcleo, ele é digerido. Provou vizinhos. O primeiro tipo de necrose que nós vamos estudar a necrose por coagulação. Então ela vai acontecer muito comum de acontecer no rim, no coração. Está. Então quando me referia rim, coração e a necrose por coagulação, eu vou estar falando de infarto, a infarto agudo do miocárdio e farto renal. Isso tudo é necrose, necrose É isso, tem e estavam de infarto, seja renal ou cardíaco. Eu estou falando de necrose por população. Que tipo de necrose uma necrose, para que também as chamadas na causa química, porque a principal causa é justamente a diminuição, o suprimento sanguíneo. Isso vai resultar naquela série de processo que já conheci. Diminuição de dois. A justificação, então, estou pasmo, certamente vai ter de cor rosa muito bem. Se você respondeu isso, não vai ter que voltar os minutos atrás. Ou quem E a característica dessa necrose é justamente a preservação da arquitetura básica, dos tecidos em serviço melhor. Numa lâmina seguinte, esta à desnaturação, como a gente comentou. Ela atinge as proteínas não só estruturais, mas também as enzimas, o que garante que o terceiro seja preservado se não se por acaso a ação climática. Se sobressaísse desnaturação proteica, eu não teria a preservação da estrutura do acontecido. Então toda a estrutura seria destruída justamente justamente porque as enzimas agradariam tudo aqui. Nesse caso não há saturação ao se sobrepõe a ação climática. Mas aí eu vou ter que dar uma duas olhadas sejam olhada macroscópica e microscópica. Como identificar que um órgão está passando por necrose por coagulação macroscópica? Mente eu consigo perceber isso criou uma área esbranquiçada, nenhuma área esbranquiçada em saliente na região do meu órgão. Só que a gente é um rio. Eu ainda consigo perceber estivesse consiga pagar isso aqui. Paragem, eu ainda consigo perceber aqui em volta tem uma linha avermelhada. Quem vai ser uma região de epidemia que vai tentar tentar? Agem, só tentar cuidado suprir, compensar essa isquemia, essa falta de sangue. Então se formam a linha vermelha, um círculo vermelho em volta dessa lesão, a tentativa de nutri, essa área que foi necrosada é assim quando é que a população se caracteriza marcas completamente agora microscópica mente, eu já voltei outras alterações. Isso aqui ainda continua sendo ruim. Aqui eu tenho um aglomerado e aqui é onde seria o meu túmulo renal. Só que é que a gente vai conseguir começar a perceber lembrando aquelas características básicas bastante ousada o citoplasma todo grande no horário que eu tenha, que tubos renais normais já tem. Uma área é causada e de infarto e normal com área cartadas na classe população, você vai ter essas sombras. Arquitetura tais que é justamente a conservação de como é a estrutura de um tubo renal. Estavam no citoplasma muito mais grandioso. Eu não tenho a presença de núcleo. Cadê o núcleo desses tubos galera? Ou seja, mostrando que aconteceu o Fernando não indicarem olhos então perdido no lucro que marcam a necrose, eu ainda tenho como você pode perceber os pontinhos aqui mostrando a presença de células inflamatórias, o que é característico de necrose. Lembra que necrose ela gera processo inflamatório? Então eu tenho que ter imposto. Eu tenho que ter células que vão promover o que informação É assim que se caracterizam a lâmina de necrose população macroscópica mente essa mancha branca e na área ofertada seja no coração, no rio. Eu vou ter isso a preservação da estrutura do tecido, a ausência dos núcleos a Vitor, eu posso ter algumas regiões. Aquilo que você falou para mim pode ser após ter pequena dose, pode ter também está mostrando mais para a gente aqui talvez seja uma área de cárie oeste. Olha, mas está mostrando mais para a gente. Uma área sem núcleo onde aconteceu cariocas. O número já foi degradado. Só que você consegue perceber que a estrutura foi preservado. O que ele chama de somas aqui culturais a pessoa morreu, agora consigo ver isso depois conselho. Veio imediatamente. Não. Isso demora algum tempo para começar a aparecer. Esse tipo de eletrólise aqui demora um tempinho para começar a aparecer. Então, se você morrer, você fixa células fixa, lâmina, mas não usa vestido de lesão. Demora um pouquinho. Estavam aqui uma tabelinha para reduzir para resumir essa necrose. Então, nós, população, Qual é o mecanismo? A interrupção do suprimento sanguíneo da operação? Proteja a principal causa dele. Crosby por população É assim a isquemia, a falta de supri