A maior rede de estudos do Brasil

AlfaCon - Exercícios(2) okvideo play button

Transcrição


beneficiado pela redução de pena justificada pelo arrependimento posterior. Vamos fazer uma. Agora vamos fazer o contrário, pergunta O crime do cara para só João empregado de uma empresa terceirizada que presta serviços de vigilância, órgão da administração pública direta. Como o cara estava trabalhando dentro da administração pública direta e ele subtraiu alguma coisa lá dentro, ele obviamente está cometendo um crime contra administração pública porque ele vai ser considerados de acordo com o artigo Trezentos e vinte e sete do Código Penal, que é uma norma penal explicativa. Funcionário público, por equiparação? Então está comentando o caso de peculato peculato não tem violência grave ameaça à pessoa restituído, mudando integralmente devolver voluntariamente antes da denúncia do crime ou da queixa. Nesse caso da denúncia, o arrependimento posterior pode ser usado correta. A questão sete, então pode ser usado arrependimento posterior no caso de crime de peculato, sem problema nenhum. Aquele que por ato voluntário olha aí, batendo a voluntariedade de novo, porém não espontâneo ou que devolve coisa furtada antes do recebimento da denúncia, não pode ser beneficiado pelo arrependimento posterior errado. Essa questão que está muito fácil, está baseado em texto de lei. Pode? Lógico que pode, apesar que precisa ser hockey voluntários pontuando. Veio de brinde, porém não espontânea. Então não tem problema, não foi espontânea, foi voluntária, Então não precisaria se viesse assim, aquele que por ato voluntário espontâneo, estaria certo também aquele que é por ato voluntário, mas não espontâneo até aqui. Está certo também que não possa ser espontânea, mas aí vem devolver a coisa furtada antes do recebimento da denúncia daquilo. Não pode beneficiar se do arrependimento posterior ao erro? Olha, eu vou dá uma dica aonde aparecer onde aparecem questão de concurso, o advérbio de negação não fica sempre esperto. Pode reparar que todas as questões onde vem o danado do não oitenta oitenta e cinco das questões elas estão erradas. Está o arrependimento posterior. O agente pratica todos os atos executórios. Arrependido assume nova conduta visando impedir o resultado inicialmente almejado. Se concretiza terra, porque aí não é o arrependimento posterior. Está falando aqui quando o cara fala todos os atos executórios e arrependido Está falando antes da consumação. Aí eu tenho o artigo quinze. Eu tenho a desistência voluntária, o arrependimento, eficácia uma próxima. O arrependimento posterior só pode ser aplicado se tiver sido cometido sem violência ou grave ameaça à pessoa. Até está certo sobre a reparação do dano ou restituição do objeto material antes da denunciou da queixa e o ato do agente foi voluntário certinho. Aqui está cem por cento dentro do que tange o texto de lei do artigo dezesseis. Para aprovar essa escolha. CAE Sim, que trata assim, de texto de lei. Em se tratando de crimes materiais, ou seja, crimes que obrigatoriamente precisa do resultado naturalíssimo para estar consumado foram mais de meio. A conduta É possível aplicação do instituto, da desistência voluntária e do arrependimento posterior. Está errado porque enterrado porque, por exemplo, crimes formais, que é de crime de consumação antecipada e crime de mera conduta não não admitem o instituto do da desistência voluntária, porque ou o ato ele se completa como um todo está consumado, não se completa e não têm de forma concreta a tentativa no mera conduta. Não existe tentativa nunca. Agora nos formais são se foi a exceção da exceção da exceção, por exemplo em situações escritas, mas na prática se vai colocar porque a desistência voluntária ela foi criada para crimes materiais. Aí vem o grande macete da coisa. Em se tratando do delito de furto, havendo subsequente arrependimento do agente e devolução voluntária da reis sob tracta, ou seja, subtraída antes do oferecimento da denúncia, fica caracterizado arrependimento eficaz ele confundiu de novo, devendo apenas nesse caso ser reduzida de um a dois terços em se tratando de delito de furto, então é crime sem violência ou grave ameaça à pessoa. Havendo subsequente arrependimento do agente e devolução voluntária da raiz antes do oferecimento da denúncia, fica caracterizado não arrependimento eficaz, mas sim o arrependimento posterior o arrependimento posterior. Assim causa de diminuição de pena que o artigo dezesseis o arrependimento eficaz ao artigo quinze desclassificação da figura típica e tem que ser antes da consumação gravíssima sete Arrependimento eficaz Artigo quinze antes da consumação Arrependimento posterior O artigo dezesseis depois da consumação dezesseis Diminuição de pena quinze Desclassificação da figura típica e a gente tem as diferenças entre as duas figuras. Okey próximo aí o Código Penal permite a aplicação de causa de diminuição de pena quando o arrependimento posterior for voluntário ocupa Olha aí, não exigindo que haja espontaneidade no arrependimento da certinho. Coisa legal tanto do artigo dezesseis quanto do artigo quinze. Os atos precisam ser voluntários, mas não precisa ser o que espontâneos, que a doutrina mais jurisprudência na veia. O que a gente fez aqui? A gente matou grande parte de questões, a gente está seguindo artigo, curativo o bloco, a bloco e matando os pontos fundamentais. Mas é importante tanto da parte geral quanto na parte especial que você leia. O texto da lei é importante. E aí o Direito penal é uma sequência, asinha o texto de lei. Explicações basicamente a doutrina. Se você bobear, ela mais atrapalha do que ajuda, está nos concursos públicos. O legal é você pegar as decisões jurisprudenciais isso a gente pe quatro entrega tudo para você, a gente coloca. Viva perguntar número de recurso especial. Número de recurso extraordinário, uma pergunta isso. Eles souberam da qual é a decisão? Por exemplo, para ser voluntário? Não possa ser espontâneo de adesão da jurisprudência. Doutrina tranquilo Você sabendo isso não tem como errar. Você já garantiu a sua vaga? O importante não é você. Porque a doutora em Direito Penal importante você se está apto. A questão trabalhista, essa prova que a gente vai ajudar você com muito carinho e você seguir feliz para sempre sendo servidor público. Alô, você