A maior rede de estudos do Brasil

AlfaCon - Concurso de Crimes okvideo play button

Transcrição


porque ele basicamente acorrentou uma na outra e botou todo mundo em fila indiana. Ele foi, pegou e fez um único disparo que transfixou todo o mundo. Essa ação aqui olha como ela muda para a regra de cima. O cara tinha uma só ação. Não tinha uma situação, foi legislativa. Dois ou mais crimes ocorreram. Dez Mas qual a diferença do concurso formal, próprio, por impróprio, que no próprio que ela só queria cometer um crime por ele? Cometeu outro aqui embaixo? Não. Ele já tinha mais de uma intenção, ou seja, ele já sabia que a conduta dele a causar todos esses crimes que vai acontecer. O Código Penal pega a regra do artigo dezanove, que está aqui em cima de um concurso material e manda sua mais penas. Na prática, o que vai acontecer é só você pensar que, nesse caso, aqui, por impossibilidade de resistência da vítima, daria dez anos em cada um. Daria trinta anos em cada um. O juiz perda e soma trinta vezes. Dez. O cara toma trezentos anos de cadeia, acumulada em concurso formal impróprio por design dos autônomos, com a regra do artigo meia noite ou a regra do concurso material somadas as penas. Então a gente até agora viu três regras, A gente viu a regra do concurso material, que é o artigo dezanove, que é mais fácil, só acesso piano A gente viu a regra do artigo setenta que o concurso formal, próprio, impróprio com o desejo dos autônomos que aí você tem no próprio uma só ação dois ou mais crimes Exasperação da pena no concurso formal impróprio o design dos autônomos uma ação dois ou mais crimes duas ou mais intenção. Regra do meia nove Soma se as penas e agora a gente vai pegar a regra do artigo setenta e um do crime continuar, Mas eu vou precisar fazer, mas que a minha didático para você não trabalha agora a alegria do crime continuado artigo setenta e um A gente vem para cá, só os planeja aqui para ficar melhor, porque a gente vê o concurso formal e o concurso com design, os autônomos e também o material e a gente ocupou muito quadro. Mas agora a gente vai fazer uma forma para ficar mais limpo, o artigo setenta e um, sem fazer a leitura do artigo setenta e um, Vamos entender que aquele diz o artigo setenta e ele diz o seguinte Quando você tiver mais de uma ação ou omissão criminosa que ocorrer dois ou mais crimes que os crimes forem da mesma espécie, por natureza de tempo, lugar, maneira de execução que o modus operanti deve ser havido. Os demais como continuação do primeiro, a gente pega um deles se mais grave ou um deles igual e majoro a pena. Então aqui também tem a regra da ilesas, operação de pena. Ou seja, eu majoro ela de um sexto até dois terços no máximo da pena. Evandro não conseguem entender e me explica, explica. Assim vou pegar um exemplo aqui. Crime de furto, artigos cinco cinco, no Código Penal, Crime contra o patrimônio. Imagina porque na cidade de Curitiba Curi Tiba. No dia dez do dez durante a noite, o cara fez a seguinte conduta atípica ele foi, assaltou e furtou. O primeiro taxista foi lá, pegou lá os o taxista, geralmente na na parte de trás do banco. Temos negócios, voltar celular para votarmos, negócio ali catou tudo o que tinha linda, botou a mão por baixo. O taxista também distraído, Ele foi lá e pegou a carteira do taxista celular que estava apego muito de coisa dentro do táxi e levou embora, ou seja, de subtrair coisa móvel. Isso as vinte e um horas saiu desse táxi. Ele já entrou em outro táxi, repetiu a mesma conduta às vinte e dois. Depois, ele saiu do táxi e repetiu a mesma conduta às vinte e três, e depois fez isso também às vinte e quatro. Depois, fez isso uma hora da manhã do outro de beleza. Ele cometeu um dois, três, quatro, cinco crimes de furto. O crime de furto, ele tem a pena de um a quatro anos. Está batalha. Uma pena mediana liga a pena em abstrato do cara tomar três anos. Na prática, ele deveria tomar três, seis, nove, doze, quinze anos se fosse a regra do cúmulo material ou seis fosse somadas as penas. Só que esse fato aqui olha para cá, eu posso dizer que teve mais de uma ação ou omissão criminosa. Ou seja, teve uma, duas, três, quatro cinco ação criminosa. Ocorreram dois ou mais crimes. Então ocorreram efetivamente das ações os cinco crimes, o crime era da mesma espécie. Era o crime de furto, crime contra patrimônio, relação de tempo, relação de tempo no crime continuado você não pode achar que é só uma noite ou de um dia para o outro. Ele tem que dar a noção de com que idade, ou seja, por exemplo, quer apostar num ônibus coletivos e deslocando de um estado para o outro. E ele cometeu o furto num dia e saída esse ônibus e por outro, cometendo outro dia e para o documentário, outro dia passa. Assim, podia cometer o mesmo ato, vai ser considerado crime continuado, condição de lugar, Ou seja, o lugar é uma expressão territorial, mas ele, se ele tiver um deslocamento, isso aí fica mais amplo entendimento que foi os exemplos que a ideia de saindo de um carro entra no outro de maneira de execução. Um modo de execução tem que ser igual ou modos operante do cara igual não, mas muito parecido que foi exatamente que eu dei o exemplo, que, nesse caso, você vai ter a superação de pena, de aumentar a pena, ou seja, o que vai acontecer. O juiz não pode, há quinze anos, como as penas são iguais e se não forem iguais, ele vai pegar maior dela. Ele vai pegar três anos. Ele pode no máximo de tudo, Subiela mais dois terços da pena original, ou seja, dois terços de três a dois. Então ele vai pegar e vai somar com mais dois. A pena do cara total vai ser cinco anos. Por todos esses crimes, não obstante fatos que são a ficção jurídica, está a aplicação da pena. Vai existir os cinco crimes de furto, mas na hora da aplicação da pena, se for considerado crime continuado, vai ter a regra da exasperação de pena, levando a canais. O Código Penal faz isso, pode dar o bandido cara, o Código penal inteiro. A gente que nós que somos operadores do direito e a gente que dá aula de direito, a gente costuma dizer que o código não é bonzinho, ele é legal. Então acabamos de ver a regra do concurso material, concurso formal e crime continuado, mas o seguinte, mas as questões com separou para você. Se as questões em São são faca na caveira, vai ser muito bom para você. Pode ver como cai na prova da primeira questão, havendo o concurso formal de delitos. Lembrando que o delito de crime no Código Penal são sinônimos em que o agente mediante uma só ação ou omissão pratica dois ou mais crimes idênticos ou não Aplica se a pena privativa de liberdade mais grave ou, se as penas forem iguais. Aplica se apenas de uma delas até quinta certinho, majorada, em qualquer caso, de um sexto a metade está o texto de lei do artigo sessenta e nove do artigo setenta, sem prejuízo da eventual acumulação das penas. Nas situações em que a ação ou omissão for dolosa e o crime resultado de design dos autônomos certinho, nada mais do que o texto de lei transcrito. Muito comum esse tipo de questão quando a gente fala em conclusão creditar a nota e artigo setenta, uma próxima dos casos e concurso material de delito, ou seja, que é o cúmulo material Quando os crimes foram praticados mediante uma mais de uma ação ou omissão e resultaram na aplicação cumulativa das penas de reclusão e detenção, o agente deverá cumprir primeiro a pena de detenção errado. Texto de lei do artigo mil nove cumprisse primeiro a pena de reclusão e depois a de detenção. Vamos lá Plínio praticou um crime de latrocínio, previsto no artigo cinco sete, parágrafo terceiro, parte final do Código Penal, no qual houve uma única subtração patrimonial com design dos autônomos e com dois resultados. Mortes Nessa situação, Plínio praticou o crime de latrocínio em concurso formal impróprio, disposto no artigo setenta do caput, parte final do Código Penal, no qual se aplica a regra do concurso material, de forma que as penas devem ser aplicadas cumulativamente certinho, ele vai receber a pena de dois latrocínios somadas, ou seja, o concurso formal como exemplo dos autônomos, com a regra do cúmulo material do artigo sessenta e nove. Do jeito que eu falei para você bom circular essa terceira e deixá-la bem clara