A maior rede de estudos do Brasil

Genética Princípios Básicos - Genótipo Fenótipo Gene Dominante e Recessivo - Aula Grátis Biologiavideo play button

Transcrição


Olá, meus amigos sejam muito bem vindos a mais uma viola do curso online e gratuito eu sou Edu. Eu vou acompanhar vocês na primeira aula de biologia para que ainda não conhece o curso online e gratuito. Ele é o site que tem o objetivo de disponibilizar aulas gratuitamente em diversas áreas. As aulas são postadas diariamente no YouTube e a melhor forma de você acompanha o nosso trabalho e se beneficiar dele se inscrevendo no canal. Você pode fazer isso através desse link que está aqui do lado. Outra forma de acompanhar o nosso trabalho é através do Facebook. Se encontra o link aqui embaixo, na descrição do vídeo. Agora, sem mais em relação, vão para o conteúdo da primeira aula que a genética pessoal normalmente se assusta. Só de ouvir esse nome, acho que a genética, uma coisa muito complicada, mas eu vou mostrar para vocês. São bitu e você pode aproveitar o fato de muita gente não quer estuda genética, acha que é muito difícil para se dar bem no vestibular. Na prática, todo mundo tem a ideia básica da genética em mente. Isso porque a genética atrasa de hereditariedade. Não existe ninguém que tenha dúvida de que se o cachorro da cria todos os filhotes vão ser cachorros, não tem ninguém que pensa que vai nascer gata do meio. Isso é porque a gente entende a ideia básica da genética, que a hereditariedade, a capacidade que o indivíduo tem de passar suas características para a geração seguinte, é exatamente isso que estuda genética esse fenômeno. Ele é totalmente previsível e ele pode ser calculado. Os pais, então, transmitem as suas características para a próxima geração. Na verdade, não está transmitindo as características em si, está transmitindo a receita para que essas características sejam feitas e onde estaria essa receita. Nos genes presentes nos gametas do pai e da mãe, antes de ver o que é um gene, vão entender um dia que ele fica dentro de cada uma das nossas células. Existe o núcleo. É lá que fica todo o nosso material genético. Vale a pena lembrar aqui que todas as celas têm o mesmo material genético. Não importa qual o tipo de célula. Seja As células dos nossos olhos têm o mesmo tipo de material genético das celas do nosso fígado. A diferença é que estão se manifestando de uma forma diferente, mas o material genético é o mesmo. Então nesse núcleo o material genético e se apresenta na forma de cromossomos e os cromossomos são a forma condensada de uma grande molécula chamada de e a, que é o que contém todos os nossos genes. O daniel é uma molécula muito longa, com a forma de uma escada onde cada degrau da escada representa uma base nitrogenadas. Existem quatro tipos de bases nitrogenadas que compõe a molécula de desenhar. A adenina, guanina, citosina e timina Podem ficar tranquilos com esses nomes que a gente vai ver isso um pouquinho mais para frente, de forma detalhada em outra aula. Por enquanto, o que é importante saber é que essas bases nitrogenadas vão se intercalando, informando o código semelhante a um código de barras. Ele pode ser lido traduzido pelas nossas celas e transformado em características físicas. Cada parte dessa longa molécula de DNA, que tem uma função chamada de gene. Os genes então, não são um sinônimo de DNA. Eles são parte do DNA. Eles podem ter tamanhos variáveis. Então até agora as informações que eu passei para você serve para localizar onde estão essas informações genéticas, elas estão os gênios, que são uma parte do DNA que se apresenta condensado na forma de um cromossomo que está no núcleo de cada uma das nossas células Entendido. Isso vão para mais alguns conceitos extremamente importante entender a diferença entre o genótipo fenótipo quando a gente fala dos genes para alguma característica, A gente está falando do genótipo quando a gente fala da característica em si a manifestação física dela. A gente está falando fenótipo. Vamos ver um exemplo para entender melhor isso daqui. A cor da nossa pele é definida geneticamente, então a pessoa pode ter genes para ter uma pele mais clara, porém a cor da pele vai depender do tempo que ela fica exposta ao sol que pode fazer com que ela tem uma cor de pele um pouco mais escura. Então, nesse caso o genótipo define que a cor da pele vai ser mais clara, mas o fenótipo pode ser um pouco diferente, porque o fenótipo é a junção do genótipo com o ambiente. Agora, aproveitando esse exemplo, você sabe que a característica de cor da pele é passada parte pelo pai e parte pela mãe, por isso os nossos cromossomos Estou sempre em duplas de uma de origem materna e o outro é de origem paterna, quase cópia do outro. A diferença está nos genes que, apesar de ocuparem a mesma posição e terem a mesma função, eles podem ser um pouco diferente por conta dos nossos pais terem características diferentes. Essas diferentes versões de um mesmo gene são chamadas de alelos, Mas veja bem eu disse que os genes nem sempre são iguais. Agora eles podem ser quando geni para uma característica do pai é igual o gene para a mesma característica da mãe. A gente chegou a esse apelo de um museu Goto já quando esse gene é diferente, a gente chama se falando de ter esgoto e aqui vale uma explicação sobre a forma como estou representando esses genes. Eu estou usando letras para representar eles aqui. Eu usei a letra a letra maiúscula, entrar minúsculo. Eu poderia ter usado qualquer outra letra, qualquer, outro símbolo. O uso dessas letras é apenas um hábito. Então, se você encontrar alguma letra diferente que você não tá acostumado a usar, não se assuste a letra, apenas um símbolo que serve para facilitar o estudo. Apesar do uso de letras e apenas um hábito, existem algumas regras aqui sobre isso eu utilizei dois tipos de lesa, uma maiúscula e outra minúsculo além trabalhos Como indica o gene dominante, a letra minúscula indica o gene recessivo. Muitas pessoas pensam que a gente descobre, sugere dominante ou recessivo, vendo se ele é mais ou menos comum na população. Por exemplo, para a cor dos olhos, o gene dominante teria como característica cores mais escuras, porque acordo olho mais escura é de fato mais comum. Mas é mais comum, onde Saulo está sendo transmitido através da internet e pode ser que tem alguém na Suíça assistir essa aula, o nosso amigo da Suíça. A cor de olhos mais comum é azul, então esse não é o critério que a gente usa para definir se o gene dominante ou recessivo anota aí foi genes recessivos. Para que eles se manifestem, eles têm que estar em dupla. Tem que ser dois genes recessivos. Já os genes dominantes se manifestam mesmo que eles estejam sozinhos. Nesse caso, eles são chamados de dominantes porque eles inibem a ação do gene recessivo. Existe também o fenômeno da ausência de dominância, que também pode ser chamada de com dominância. Nesse caso, o gene dominante não inibe a ação do gene recessivo. Eles trabalham juntos e as características físicas do indivíduo é ter o esgoto que tem o gene dominante ou recessivo, normalmente intermediário entre o onze goto dominante e o esgoto recessivo. Um bom exemplo de cor dominância são genes que codificam a espessura dos lados. Indivíduos onze Goto dominantes que tem dois genes dominantes, tem lábios mais grossos. Já os indivíduos que são onze esgotos recessivos que tem dois genes recessivos, eles têm lá dos filhos que o indivíduo é ter o esgoto que tem. O gene dominante ou recessivo tem lábios médios que não são nem muito grossos nem muito finos para que essa relação entre genótipo fenótipo gene dominante Gene recessivo Fique mais claro, vou colocar a forma de uma tabela que você vai ver aqui Agora esses genes sejam dominantes ou recessivos, eles vêm sempre dos pais. Isso se aplica para o nosso caso seres humanos e para outros seres vivos, como o cachorro que eu já citei aqui, um gato ou até uma planta vão utilizar o exemplo das plantas. Supondo que um gene modifique a cor das flores dessas plantas, o gene dominante razão faz com que as pessoas fiquem azuis já hoje em dia é excessivo. Sozinho, faz com que as flores fiquem vermelhas. Agora vamos para a nossa tabela. A gente começa aqui pelos gametas. No caso dessas plantas, julgamento mascul