A maior rede de estudos do Brasil

Direitos Humanos e Cidadaniavideo play button

Transcrição


azão lá, das barbáries praticadas contra os judeus, pelos governos fascistas e pelos governos nazistas, que nós tivemos que a sociedade internacional disse Assim chega, não dá mais tudo bem, se necessário a gente discutir qualquer questão política, Se necessário, nós disputarmos territórios. Se necessário, Nós enfim, nós enfrentarmos tivermos embarque entre os países. Nós não podemos deixar de direitos humanos de lado. É um absurdo que aconteceu, portanto, que a gente vai fazer. Vamos criar um organismo depois para tutelar esses direitos, ou seja, a Segunda Guerra Mundial. Ela termina no início de mil novecentos e quarenta e cinco no primeiro semestre de mil novecentos e quarenta e cinco. Quando chega em outubro daquele ano. Nós temos o que nós temos a criação da ONU, a ONU é de mil e novecentos e quarenta e cinco de outubro de mil e novecentos e quarenta e cinco. Por isso, o pessoal que a efetiva a afirmação histórica da nossa matéria, quando ela internacionalmente passa a estar consolidada é com com o ano de mil e novecentos e cinquenta e cinco, com o término da Segunda Guerra Mundial. Qualquer pessoa à vista desses conceitos que nós analisamos duas questões linhas aqui para vocês, para a gente dar uma contra balanceada. Vejam só. Com o fim da Primeira Guerra Mundial, a estrutura do direito internacional direitos humanos começou a ser consolidar A essa época os direitos humanos tornaram se uma legítima por preocupação internacional. Então foram criados mecanismos institucionais, instrumentos que levaram os direitos a ocupar espaço central na agenda das organizações internacionais. Qual que é o erro dessa assertiva? Vejam pessoal, só com o fim da segunda. Se você trocar aqui, o resto fica tudo certo, a professora, mas não há uma preocupação na Primeira Guerra, mas essa preocupação, essa essa preocupação, foi efetiva. Não foi, passou a ocupar o espaço central, Não foi porque se tivesse passado, talvez nós não tivéssemos a Segunda Guerra Mundial, talvez nós não tivéssemos as barbáries perpetradas pelos governos fascistas, não foi pessoal. Portanto vejam só com o fim da Segunda Guerra Mundial e essa assertiva está errada. Por isso é que direitos humanos passou a ser parte da agenda dos estados passou a ser discutido pelos estados propriamente legal assertiva. Abaixo o direito internacional dos Direitos Humanos, fenômeno que antecedeu a primeira guerra, não fenômeno que veio após alterna da Segunda Guerra Mundial, pode ser consertam. Desde está errada que essa alternativa sobre determinado e leve para vocês pode ser conceituado como uma construção consciente, vocacionada para assegurar o direito à dignidade humana. Não cuidado sérvia. Só. Portanto, essa assertiva também está incorreta ou aquele pessoal. Vejam, portanto, o que você tem que saber obrigatoriamente para a sua prova. E você vai encontrar várias questões em relação a isso. Que os direitos humanos eles surgem no aspecto internacional como uma disciplina internacional, como algo que se põe supra estatal. Apenas com o final da Segunda Guerra Mundial, ele surge la la com lá no século dezessete, com o século dezoito. Perdão com a declaração dos direitos do homem e do cidadão com a Constituição Americana, mas ele se consolida internacionalmente apenas após o término da Segunda Guerra Mundial. Bom, perfeito e com isso essa parte da formação histórica está encerrada