A maior rede de estudos do Brasil

Aula 1 3 - Expressões da língua que geram dificuldadesvideo play button

Transcrição


muito bem. Então vamos ver se você conseguiu corrigir essas quatro frases que ficaram faltando. Aí se encontrou os erros e corrigiu Vamos à frase número doze Malgrado o equilíbrio demonstrado, não se via progressos no trabalho que o assistia, malgrado o equilíbrio demonstrado até aí. Augusta, que malgrado Augusta, apesar de, apesar do equilíbrio demonstrado, oquei malgrado é separado, Não, não, gente olha aqui até falar com você existe esse malgrado que é o sinônimo de embora e apesar de, e existe este, malgrado aqui ou separado e com que é o contrário do bom grado, ele fez aquele trabalho de bom grado, de boa vontade de mau grado. É o contrário, mas aí é com o separado, Gente, tá bom muito bem. Então, malgrado equilíbrio demonstrado que dizer, apesar do equilíbrio demonstrado virgula certa não se via progressos. Parei Augusto, que está errado a gente dizer não se via progressos é o mesmo que dizer progressos. Não era visto. Progressos não eram vistos, então o sujeito é progressos. Então não se viam progresso, não se via, não se viam. Isso aqui é um sujeito do verbo. Então tem que ficar no plural. Não se viam progressos no trabalho que assistia. Não no trabalho que ele assistia, ele assistia a um determinado trabalho, consiste no sentido de auxiliava, ajudava e aí não se viam. Progresso está muito bem, então está errada, número doze, número treze, a despeito dos atletas. Se empenharem muito, não tiveram bons resultados no jogo, está certa ou está errada gente. Essa frase pegadinha vão ver se você se lembra do que eu expliquei ainda pouco. Hoje já expliquei hoje olha só, a despeito dos atletas se empenharem muito Augusto, que a despeito de mesmo anota aí, embora também embora. Apesar de esta então estou dizendo apesar de eles se empenharem. Embora ele se empenhassem não tiverem, não tiveram bons resultados. Sabe qual o erro? Erro não é, a despeito de respeito desta perfeito, Lembra que eu falei que na língua portuguesa nós não temos sujeito, preposicionado? Pois é, quem é o sujeito vem comigo? Quem é o sujeito desse verbo que quem se empenhou muito hoje atletas para esta atenção, os atletas é o sujeito do se empenharem. Então eu posso juntar essa preposição aqui. Escrever doce não é, a despeito de hoje, atletas se empenharem, guarda isso se o sujeito do Sinpeem área hoje atletas. Eu não posso juntar àquele de aquele hoje. Eu tenho que escrever separadamente. A despeito de os atletas se empenharem, deixa explicar uma coisa você falando eu brinco de uma simples. Alguns falando Deus perdoa o problema, escrevendo Quando você fala está conversando com alguém, não é erro você dizer apesar dos atletas se empenharem. Não, você não é obrigado a se, apesar de os atletas, não pode falar a respeito dos atletas se empenharem, tudo bem o problema na hora de escrever, você tem que saber que aquele termo ali ao sujeito, então eu não posso juntar. Tá bom, Então, a despeito de os atletas se empenharem muito, virgula certa, não tiveram bons resultados no jogo. O resto está certo. Augusto. Então o único erro é esse aqui Augusta. Aqui tem que ser assim porque os atletas é o sujeito da bol. Coloquei muito bem Frase número catorze. Eles chegaram sorridentes, posto que houvessem perdido todos os documentos, Algumas. Olha, só o aluno ler essa frase de novo interpretando, eles chegaram sorridentes, posto que houvessem perdido todos os documentos. Augusta Para mim essa frase está errada. Eu pergunto por que você acha que ela está errada? Porque não tem lógica. Nem Augusto fazer é conversa de doido. Eles chegaram sorridentes porque perderam os documentos, posto que é porque não tem a menor lógica. Chegou sorridente porque perdeu os documentos após errar. Aí eu viro para o meu aluno. Digo, assinam a frase não está errada, não nem incoerente, não porque porque posto que não é sinônimo de porquê, posto que não é sinônimo. De porque posto que o que então agosto, aposto que, embora eles chegaram sorridentes, embora houvessem perdido os documentos, embora tivessem perdido os documentos, está coerente. Está coerente Qual a pegadinha da banca e uma frase como essa colocar o posto que e por que ela coloca? Vêm aqui. Ela coloca por uma razão muito simples. Ela sabe que as pessoas usam posto que, achando que estão dizendo por quê guarda Isso cai muito em prova, Sabe? Aquela questão já deve ter visto? Se você já vem estudando para a prova para concurso, sabe aquela questão em que a banca pega? Uma frase do texto sublinha uma palavra e diz assim assinale a alternativa que poderia substituir o termo grifado sem alteração de sentido. Ela grifo, Por quê ela coloca letra? Aposto que letra b já que a letra ser quando letra de caso o aluno porque posso substituir pelo posto que da letra são sinônimos ali você erra a questão e perde ponto Porque? Posto que não é sinônimo, de porque posto que concessão é sinônimo de embora e ainda que apesar de deu para entender de repente vou falar mais disso, esta não se como vamos falar disso ao longo do nosso curso ponto a ponto semântica de conjunções e preposições Gente assunto, eu digo que é figura carimbada em todas as provas por uma razão muito simples semântica significa sentido significado e as bancas querem exatamente isso hoje do candidato que ele prove que ele cunha que ele tem o discernimento de perceber o sentido daquela palavra naquele contexto daquela outra palavra naquela outra frase naquele outro contexto. É exatamente isso que a banca quer que você prove então gente! Esse assunto cai muito em todas as provas e, claro, pega uma palavra como essa, uma locução como essa, posto que a banca sabe que é um vício de linguagem, que as pessoas usam o posto que, achando que estão usando um porquê e coloca na questão, o aluno vira e diz assim Augusta, você está me dizendo que o posto que não é sinônimo de porque o posto que a concessão é sinônimo de embora, mas não me lembro daquele versos de Vinícius, em que ele disse assim, que não seja imortal, posto que é, chama, mas que seja infinito enquanto dure. Ele quis dizer isso que não seja mortal, já que chama e a chama não é mortal, mas que seja infinito enquanto dure. Ele usou com sinônimo de Jake de porque eu brinco. Digo assim Vinícius tinha licença poética e nós não temos então numa prova, se a banca tira a frase do texto com o porquê, eles foram apreendidos porque portavam armas sem permissão a banca. Pergunta Qual o elemento que poderia substituir, o porquê da banca colocá la posto que não marque o posto que porque você vai? Tá bom? Ficou claro! Então vamos. Eles chegaram sorridentes. Ainda que, embora houvessem perdido os documentos, a Vila está certa também. Aí eu pergunto a você, esta frase apresenta algum erro? Não tem lógica E coerência? Tem. Eles chegaram sorridentes. Ainda que, embora apesar de terem perdido os documentos, o posto que significa embora, apesar de então não tem nada errado. Está perfeito. Deu para entender. Frase certa esta estar certa número quinze. Então dou lhe a insegurança. Há muito não se apresenta à frente do júri. Entendo ele. A insegurança há muito não se apresenta à frente do júri está certo ou está errada. Você está fazendo essa frase que é que você marcou como certa? Comer nada está errada. Olha, Augusto, marquei como certa. Não vamos com calma. Olha só entenda. Olhe a insegurança, despedaçada perfeito. Se ele aí nós dizemos que é um pronome com o valor de posse para eu gostava. Juliana é para o meu bico. Eu me lembro de ter decorado na época das escolas pronomes oblíquos menin comigo, Têti, contigo, se consigo nós conosco, voz convosco e inglês para o público, pode ser só que o pronome oblíquo pode assumir um valor de posse aqui, por exemplo, quando eu digo então doer a insegurança, eu estou dizendo que eu entendo em segurança dele. A sua insegurança está perfeito. Muito bem aí, dois pontos perfeito também. Ele vai explicar porque ele entende em segurança do outro, dois pontos perfeitos. Há muito esse verbo haver aí há muito tempo decorrido há muito tempo, ele não se apresentou, não puxou ser, lembrou disso. Agora o não puxou esse ser não ser apresenta. Se a fra