A maior rede de estudos do Brasil

Coluna Prestes (1924 -1927)video play button

Transcrição


fala galera bem vinda de volta ao canal toda, história aqui. Quem fala professores da área, Xavier E esse é o quadro estou em dois minutos, meus caros, estou de volta para explicar para você, de maneira bem sucinta, o movimento que entrou para a história do Brasil com o nome de Coluna Prestes. Isso mesmo, a Coluna Prestes foi um movimento civil, político e militar que agiu ali como um braço armado do movimento tenentista. A Coluna Prestes tinha o comando do capitão Luiz Carlos Prestes e o sub Comando ficou a cargo do tenente paulista Miguel Costa, a Coluna Prestes Ela percorreu cerca de vinte e cinco mil quilômetros Brasil afora. A coluna passou por mais de treze estados brasileiros e chegou a contar com mais de mil e quinhentos membros a Coluna Prestes Como um braço armado do tenentismo, ela questionava o governo do então presidente Arthur Bernardes. A Coluna Prestes, assim como o tenentismo, também combatia a política do café com leite, as fraudes eleitorais, o poder das oligarquias estaduais que manipulavam o cenário político nacional e também o coronelismo. Aquele movimento de mandonismo local, aqueles coronéis, fazendeiros que mandava e desmandava na política nacional através de práticas eleitoral eleitorais fraudulentas, como voto de cabresto e o curral eleitoral. Bom, a Coluna Prestes Ela se desarticulou em mil novecentos e vinte e sete, depois de três anos enfrentando forças leais ao governo por conta de deserções de falta de investimento, eles não tinham munição. A repressão por parte do governo era muito grande e a maioria dos integrantes fugiu para países da América do Sul, como a Bolívia, por exemplo, porque eles sabiam que em caso eles ficasse no Brasil, seriam perseguidos, cassados pelas forças legalistas. Essa foi a famosa Coluna Prestes, um abraço e até a próxima aula do quadro História Em dois minutos.