Buscar

Resumo- Dentina

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Dentina 
• tecido mineralizado 
• aloja a polpa dental 
• complexo dentina-polpa 
• cor branco-amarelada - cor do dente 
• semelhanças com osso 
• mais dura que osso 
 
Composição da dentina em relação ao peso 
• 70% Mineral 
• 18% Material orgânico 
• 12% Água (elasticidade para suportar o 
esmalte) 
 
• avascular 
• sem células → prolongamentos dos 
odontoblastos (periferia da polpa) 
• estrutura tubular 
• resiliência ou “elasticidade” → sustentação do 
esmalte e absorção das forças da mastigação 
 
CLASSIFICAÇÃO 
• Dentina primária 
- Dentina do manto 
- Dentina circumpulpar 
• Dentina secundária 
• Dentina terciária 
 
DENTINA PRIMÁRIA (fisiológica) 
• corpo da dentina na coroa e na raiz 
• túbulos dentinários contínuos (polpa à JAD -
junção amelo dentinário-) 
• Depositada só durante a odontogenese 
 
Dentina do manto 
- Primeira a ser formada 
- JAD até dentina interglobular (coroa) 
 
• Dentina do manto 
- Fibras colágenas grosseiras 
- Menos mineralizada 
• Dentina circumpulpar 
- Fibras colágenas menores 
- 6 a 8 mm de espessura 
- até a polpa 
 
Entre a dentina do manto e dentina 
circumpulpar= DENTINA INTERGLOBULAR 
 
Dentina interglobular 
- Glóbulos calcificados + áreas 
hipomineralizadas 
- Area menos mineralizada 
 
DENTINA SECUNDÁRIA (fisiológica) 
• Deposição após coroa em oclusão 
• Raízes quase completas 
• 1-1,5 m/dia. 
• Depositada durante toda a vida → parede da 
câmera pulpar e canais radiculares 
• Câmara pulpar reduz (idoso menos, jovem 
mais) 
 
DENTINA TERCIÁRIA (patológica- só em caso 
de doença) 
• Resposta a estímulos (atrição, abrasão, cáries, 
procedimentos restauradores) 
• Reparadora ou reacional 
• Depositada rapidamente e somente na área 
agredida 
• Centrípeta 
• Odontoblastos desorganizados 
 
Pré-dentina 
• Matriz orgânica dentinária recém-depositada 
não mineralizada 
 
Formação da dentina - direção centrípeta 
 
Túbulos dentinários 
• Túneis originados pela formação de dentina 
mineralizada ao redor dos prolongamentos 
odontoblásticos 
• Trajeto sinuoso (forma de S) 
• Próximo à JAD = menores em diâmetro, 
mais afastados, mais ramificados 
• Próximo a poupa = diâmetro maior, mais 
juntos → mais permeável 
• Túbulos primários e secundários → 
ramificações → Terminação em delta (em 
leque) junto à JAD 
• Percorre o fluido dentinário 
 
• face externa de dentina = 5X face interna 
(polpa) -menor- 
• túbulos com 1 m de diâmetro e mais 
afastados no LAD 
• túbulos com 3 a 4 m na superfície pulpar 
• túbulos com formato cônico 
 
Dentina Intratubular ou Peritubular 
• colar hipermineralizado ao redor dos túbulos 
• escassas fibras colágenas 
• espessura aumenta com a idade 
• dentina esclerótica (obliteração do túbulo) 
• Revestimento do tubo 
 
Dentina Intertubular 
• dentina entre as colunas de dentina 
peritubular 
• ocupa o espaço entre os túbulos 
• maior parte do volume da dentina 
• fibras colágenas 
 
Linhas incrementais 
• padrão incremental de formação 
• linha neonatal (influência ambiental com o 
nascimento) 
 
Camada Granulosa de Tomes 
• numerosas ramificações e alças terminais dos 
prolongamentos odontoblásticos 
• região periférica da dentina subjacente ao 
cemento.

Outros materiais