A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Especiação biológica e Árvores filogenéticas

Pré-visualização | Página 1 de 1

Especiação biológica:
● especiação: formação de novas espécies
○ como são estabelecidas diferentes espécies de seres com baixa complexidade
e dotados de formas de reprodução não sexuada?
por meio de análises morfológicas , bioquímicas, fisiológicas,
genéticas etc.
○ como se identificam as diferentes espécies de seres extintos?
por meio de análises morfológicas , bioquímicas, fisiológicas,
genéticas etc.
○ como se identificam as diferentes espécies de seres em que ocorre um fluxo
gênico entre as variedades daquela espécie?
analisando uma linha lógica de reprodução possíveis (ex.: a
variedade 1 não pode se reproduzir com a variedade 4, mas 1 se
reproduz com 2; 2 se reproduz com 3; 3 se reproduz com 4;
portanto, 1 e 4 são da mesma espécie)
● mecanismo de especiação:
○ especiação por anagênese: uma população sofre modificações
gradativas, acumulando novidades evolutivas, e esse acúmulo de
mutações faz com que a espécie originada não seja capaz de se
reproduzir com a espécie original
○ especiação por cladogênese:a partir de uma população original, ocorre
a separação em duas ou mais populações, que passam a constituir
diferentes espécies entre si
● situação geográfica:
○ especiação simpátrica: ocorre em uma mesma região, surgindo através
de isolamento reprodutivo, e não geográfico
○ especiação alopátrica: ocorre através do isolamento geográfico, o que
faz com que as pressões seletivas nos diferentes lugares sejam
diferentes, levando ao surgimento de duas espécies
■ isolamento geográfico levando a um isolamento reprodutivo
● subespécies: populações da mesma espécie, geograficamente isoladas, mas que
podem, futuramente, vir a formar espécies diferentes
● mecanismos do isolamento reprodutivo:
○ pré-zigóticos:
■ isolamento espacial (ou ecológico ou de habitat)
■ isolamento sazonal (ou temporal): é muito comum em plantas
■ isolamento comportamental: acontece apenas em animais
■ isolamento mecânico (ou anatômico): órgãos reprodutivos de uma
espécie x não são compatíveis com os órgãos reprodutivos de
outra y
■ isolamento gamético: incompatibilidade entre os gametas de
espécies próximas (diferenças morfológicas ou bioquímicas)
○ pós-zigóticos:
■ inviabilidade do embrião: embrião não se desenvolve ou a
gestação não se completa
■ esterilidade do híbrido: os descendentes não produzem gametas
funcionais
■ debilidade do híbrido
Árvores filogenéticas
●
○ nós: representam eventos de cladogênese
○ ramos: representam linhagens sucessivas (a anagênese ocorre o tempo
todo ao longo dos ramos)
○ raiz: ancestral comum
● grupo monofilético: aquele no qual todos os descendentes de um ancestral
comum estão incluídos (também é chamado de grupo natural)
● grupo parafilético: é falho pois não inclui todos os descendentes de um
ancestral comum
● grupo polifilético: é falho, uma vez que agrupa dois ou mais táxons mas não
inclui seu ancestral comum nem todos os descendentes desse ancestral

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.