A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
322 pág.
RECOMENDACOES_PARA_O_USO_DE_CORRETIVOS_E

Pré-visualização | Página 1 de 50

RECOMENDAÇÕES PARA O USO 
DE CORRETIVOS E FERTILIZANTES 
EM MINAS GERAIS 
 
5a APROXIMAÇÃO 
RECOMENDAÇÕES PARA O USO 
DE CORRETIVOS E FERTILIZANTES 
EM MINAS GERAIS 
 
5
a
 APROXIMAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Editores: Antonio Carlos Ribeiro 
 Paulo Tácito G. Guimarães 
 Victor Hugo Alvarez V. 
 
 
Comissão de Fertilidade do Solo 
do Estado de Minas Gerais 
- CFSEMG - 
 
Viçosa – 1999 
 
Editores: Antonio Carlos Ribeiro 
 Paulo Tácito G. Guimarães 
 Victor Hugo Alvarez V. 
Revisão técnica e 
compatibilização Lara Kich Hartmann 
do texto: Ronessa Bartolomeu de Souza 
Editoração: José Roberto Freitas 
Revisão do texto: Maria da Glória Teixeira Ignácio 
Capa: 
 - Fotos: Joaquim Santana, Antônio A. Pereira e Mauro Jacob 
 - Arte: Mauro Jacob 
 - Homenagem: Às mãos calejadas que trabalham a terra 
Distribuição desta publicação: 
Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais - CFSEMG 
ou 
Departamento de Solos da Universidade Federal de Viçosa 
Tel . : (0XX31) 3899-2630 
Fax . : (0XX31) 3899-2648 
CEP : 36571-000 - V içosa (MG) 
Tiragem: 5.000 exemplares 
Ficha catalográfica preparada pela Seção de Catalogação e Classificação da Biblioteca Central da 
UFV 
 Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais 
C733r Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes 
1999 em Minas Gerais - 5ª Aproximação / Antonio Carlos Ribeiro, 
 Paulo Tácito Gontijo Guimarães, Victor Hugo Alvarez V., 
 Editores. – Viçosa, MG, 1999. 
 359p. : il. 
 
 1. Solos - Correção. 2. Fertilizantes - Uso. I. Ribeiro, 
 Antonio Carlos. II. Guimarães, Paulo Tácito Gontijo. III. 
 Alvarez V., Victor Hugo. IV. Título. 
 
 CDD 19.ed. 631.42 
 CDD 20.ed. 631.42 
É permitida a reprodução parcial, desde que citada a fonte. A reprodução total depende da anuência da Comissão de 
Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais. 
Eventuais citações de produtos ou marcas comerciais não implicam em recomendações específicas dos autores (ou das 
instituições). Elas têm apenas o propósito de orientar o leitor. 
 
APRESENTAÇÃO 
Este livro constitui publicação altamente relevante e necessária para um plantio 
seguro, uma vez que dá a devida orientação a quem vai plantar, com relação ao 
uso apropriado de corretivos e fertilizantes. 
Geralmente, os solos de Minas Gerais necessitam dos corretivos e fertilizantes, 
para que o potencial da cultura possa expressar-se em termos de produtividade. 
A 5a Aproximação revela o esforço de um grupo competente de 
pesquisadores que, conhecedores das condições edáficas mineiras, se dispõem 
a colaborar, procurando atualizar as orientações. Digna de registro, a 
preocupação dos pesquisadores e técnicos em oferecer esta obra, com cada 
capítulo sendo escrito por especialista. 
Resultado de experiências e pesquisas de profissionais que colocam à 
disposição dos extensionistas e agricultores informações atualizadas, a publicação 
permitirá almejar um melhor desem-penho das culturas, resultando em maior 
produtividade. 
Certamente, será de grande utilidade, já que se reveste de qualidades 
próprias de manuais que são fontes de consulta práticas e objetivas. 
Luiz Sérgio Saraiva 
Reitor da UFV 
 
PARTICIPANTES 
Participaram do planejamento e elaboração deste trabalho, coordenado pela 
Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais, as seguintes 
Instituições, representadas pelos seus técnicos: 
– Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Leite – CNPGL: Carlos Eugênio 
Martins, Margarida Mesquita de Carvalho e Fábio Teotônio Teixeira de Oliveira 
(in memorian) 
– Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo – CNPMS: Carlos Alberto 
Vasconcellos, Gilson Villaça Exel Pitta, Gonçalo Evangelista de França, Israel 
Alexandre Pereira Filho e Vera Maria Carvalho Alves 
– COOPERFLORES: Pedro Paulo Gonçalves 
– COOXUPÉ: Alexandre Vieira Costa Monteiro 
– Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais –
 EMATER: André Rodrigues Filho, Jair Moreira de Araújo, João Augusto de 
Avelar Filho, José Eustáquio Loureiro, José Rodrigues Vieira, Luiz Gomes 
Correia, Mário Raimundo de Mello, Paulo C. Obeid e Waldir V. dos Santos 
– Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG: Antonio Carlos 
Ribeiro, Francisco Dias Nogueira, Francisco Morel Freire, Joel Falieri, João 
Chrisóstomo Pedroso Neto, José Carlos Frágoas, José Mauro Chagas, Júlio 
Buendia Laca, Luiz Tarcísio Salgado, Marcelo Lanza, Maria Leonor Arruda, 
Miralda Bueno de Paula, Neusa Catarina Pinheiro Garcia, Paulo César Lima, 
Paulo Tácito Gontijo Guimarães, Rogério Faria Vieira, Ronessa Bartolomeu de 
Souza e Vanoli Fronza 
– Escola Superior de Agricultura e Ciências de Machado – ESACMA: Luiz Antônio 
Augusto Gomes 
Secretaria de Desenvolvimento Rural/Ministério da Agricultura – SDR/MA: Antônio 
Eustáquio Miguel, Antônio Wander Rafael Garcia e Arisson Siqueira Viana 
– Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento de Uberlândia: Hélio 
J. de Morais 
– Sementes Agroceres S.A. – AGROCERES: Iedo Valentim Carrijo 
– Sementes Matsuda: Herbert Vilela 
– Universidade Federal de Lavras – UFLA: Ademir José Pereira, Alfredo Scheid 
Lopes, Antônio Eduardo Furtini Neto, Arie Fitzgerald Blank, Arnoldo Junqueira Neto, 
Dulcimar Carvalho Nanetti, Ernani Clarete da Silva, Janice Guedes de Carvalho, João 
Batista Correa, Luiz Antônio Bastos de Andrade, Maurício de Souza, Messias Bastos de 
Andrade, Rovilson José de Souza e Valdemar Faquin 
– Universidade Federal de Uberlândia – UFU: Gaspar Henrique Korndörfer, 
Fernando A. Reis Filgueira e Regina Maria Quintão Lana 
– Universidade Federal de Viçosa – UFV: Ângela Cristina Oliveira Stringheta, Clibas 
Vieira, Dilermando Miranda da Fonseca, Geraldo A.A. Araújo, Herminia Emilia Prieto 
Martinez, Jairo Antonio de Oliveira, José Geraldo Barbosa, José Mário Braga, Júlio 
César Lima Neves, Luiz Carlos Lopes, Luiz Eduardo Dias, Márcio Mota Ramos, 
Moacil Alves de Souza, Nairam Félix de Barros, Paulo Cézar Rezende Fontes, 
Reinaldo Bertola Cantarutti, Roberto Ferreira de Novais, Sebastião Alípio de Brito (in 
memorian), Vicente Wagner D. Casali e Victor Hugo Alvarez V. 
 
Dado o caráter dinâmico deste trabalho, o qual é reformulado e aprimorado 
periodicamente, muitos técnicos que participaram das publicações anteriores 
(1a Tentativa, 1971; 2a Tentativa, 1972 e 3a Aproximação, 1978 e 4a Aproximação de 
1989), por um motivo ou por outro, não o fizeram nesta 5a Aproximação. A esses 
técnicos, deixamos aqui nossos agradecimentos pela colaboração efetiva no 
estabelecimento de bases sólidas, para esta, e futuras aproximações. 
 
 SUMÁRIO 
 
 
1. INTRODUÇÃO 1 
2. PROGRAMA INTERLABORATORIAL DE CONTROLE DE QUALIDADE DE ANÁLISE 
DE SOLOS DE MINAS GERAIS 
3 
3. AMOSTRAGEM DO SOLO 13 
3.1. Introdução 13 
3.2. Seleção da Área de Amostragem 13 
3.3. Coleta da Amostra de Solo 15 
3.4. Processamento das Amostras 19 
3.5. Freqüência de Amostragem 20 
4. APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DAS ANÁLISES DE SOLOS 21 
5. INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS DAS ANÁLISES DE SOLOS 25 
6. RELAÇÕES BÁSICAS ENTRE NUTRIENTES 33 
7. EXTRATOS DE DEFINIÇÕES, CONCEITOS E LEGISLA-ÇÃO SOBRE 
FERTILIZANTES 
37 
7.1. Definições 37 
7.2. Especificações, Garantias e Tolerâncias de Fertilizantes, Corretivos e outros 
Produtos 
38 
8. CALAGEM 43 
8.1. Introdução 43 
8.2. Determinação da necessidade de calagem 45 
8.2.1. Método da neutralização do Al3+ e da elevação dos teores de Ca2+ + Mg2+ 46 
8.2.2. Método da Saturação por Bases 52 
8.3. Quantidade de Calcário a Ser Usada 53 
8.4. Escolha do Corretivo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.