Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Exercício de concordância

Pré-visualização | Página 1 de 1

Exercícios sobre
concordância
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
1) Assinale a alternativa em que a frase apresente um erro em
relação à concordância.
a) Na sala, haviam vários alunos bons.
b) Ele foi um dos que mais estudaram.
c) Mais de um aluno tirou zero na prova.
d) A gente não se via fazia cinco anos!
2) Assinale a única alternativa em que o verbo pode ficar no
singular ou no plural, sem que o sentido sofra modificação.
a) Estavam eles e seus irmãos no na quadra.
b) 5% dos torcedores não compareceram ao jogo.
c) A maioria dos consumidores prefere aquele refrigerante.
d) A correção das redações ocorrerá na semana que vem.
3) Assinale a alternativa em que a concordância nominal não
tenha sido respeitada.
a) 20 reais é muito para mim!
b) Água é bom para a saúde.
c) As bandeiras brasileira e argentina são bonitas.
d) Acho estranho aquele aluno e a amiga dele.
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
4) Assinale a alternativa em relação à concordância.
a) Quando há sujeito formado por expressão partitiva, o verbo
pode concordar com o núcleo ou com especificador.
b) Quando o sujeito é composto, o verbo deve fazer a
concordância obrigatoriamente no plural.
c) Quando o sujeito é formado por número fracionário, o verbo
deve concordar com a parte inteira do número ou com o
especificador, se houver.
d) Quando o adjetivo com função de adjunto adnominal se
refere a dois núcleos, ele pode concordar com o mais próximo
ou com ambos.
5) Sobre a frase "Mais de um aluno se abraçaram na aula",
assinale a alternativa correta.
a) A concordância está inadequada, porque o verbo deve
concordar com o núcleo do sujeito, a saber, "aluno". Portanto,
ele deveria estar no singular.
b) A concordância está adequada, porque a expressão "mais de
um" exige que o verbo esteja no plural.
c) A concordância está inadequada, porque a expressão "mais
de um" exige que o verbo esteja no singular.
d) A concordância está correta, porque, quando o sujeito é
formado por "mais de um" e o verbo está na voz reflexiva
recíproca, a concordância deve ser feita no plural.
Gabarito
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
1) GABARITO: A a) Quando o verbo haver é sinônimo de existir,
ele é impessoal, portanto sempre é flexionado na 3.ª pessoa do
singular. b) Quando o pronome relativo retoma a expressão "um
dos que", a concordância é facultativa, mas deve ser feita
preferencialmente na 3.ª pessoa do plural. c) Quando o sujeito é
formado pela expressão "mais de um", a concordância deve ser
feita no singular. d) Os verbos fazer e haver são impessoais
quando indicam tempo decorrido, portanto, nesse caso, eles
devem ser flexionados no singular.
2) GABARITO: C a) Quando o sujeito é composto e posposto ao
verbo, ele pode concordar com o núcleo mais próximo ou com
todos. Nesse caso, porém, o núcleo mais próximo está no plural,
portanto, mesmo concordando com o mais próximo ou com
todos, a concordância sempre será feita no plural. b) Quando o
sujeito é formado por expressão percentual, o verbo pode
concordar com a parte inteira do numeral ou com o
especificador. No entanto, neste caso, tanto o numeral (5)
quanto o especificador (torcedores) estão no plural, então a
concordância, de um jeito ou de outro, será feita no plural. c)
Quando o sujeito é formado por expressão partitiva, o verbo
pode concordar com o núcleo ou com o especificador. Nesse
caso, a concordância pode ser feita no singular (com "maioria")
ou no plural (com "consumidores"). d) Quando há sujeito
simples, o verbo deve concordar com o núcleo ("correção").
Gabarito
Instagram: @portuguescombetinho
TikTok: @portuguescombetinho
3) GABARITO: D a) Expressões do tipo "é muito", "é bastante",
"é nada", "é suficiente", quando indicam medida, quantidade,
peso, etc., são invariáveis. b) Quando o sujeito do verbo ser não
está determinado, o verbo e o predicativo ficam no masculino
singular. c) Para fazer a distribuição de adjetivos, o núcleo pode
ficar no plural, e os adjetivos, no singular. d) O predicativo deve
concordar com todos os núcleos do termo a que se refere,
portanto o adjetivo deveria estar no plural, para concordar com
"aquele aluno e a amiga dele".
4) GABARITO: B O problema da letra B é que essa regra só é
válida quando o sujeito composto aparece antes do verbo.
Quando ele aparece depois, a concordância pode ser feita com
todos os núcleos ou apenas com o mais próximo.
5) GABARITO: D De fato, quando o sujeito é formado por "mais
de um", a regra é que o sujeito fique no singular para concordar
com o núcleo. No entanto, há uma exceção: quando o verbo
está na voz reflexiva recíproca, a concordância deve ser feita no
plural. Portanto, a concordância do período está correta.