A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Divisão celular

Pré-visualização | Página 1 de 1

Divisão celular 
- células ficam velhas e precisam se 
revovar 
 
-Nas 3 fases a celula 
cresce pra depois de 
dividir 
 
 
G1: maior crescimento, produção de RNA 
e proteina, 
-Na fase G1 localiza-se o ponto de 
restrição que impede a passagem de 
células com DNA danificado 
-diferenciação 
 S : sintese de DNA, e a duplicação dos 
centrossomos e centríolos 
G2: sintese de RNA e proteina, acumulam 
energia para ser usada durante a mitose, 
-sintese de tubulia pra formação das 
fibras do fuso 
-início da condensação da cromatina 
 
 
Produz 2 células indênticas a célula mãe 
-Células somáticas 
 “Prometa ana telefonar” . 
prófase 
 
 
 
 
Condensação gradual da cromatina; - 
Fragmentação do envoltório nuclear; 
- Desintegração do nucléolo e carioteca; 
- Início do fuso mitótico 
- centríolos vão para os polos 
Metáfase 
 
 
 
 
 
- placa equatorial (cromossos no meio da 
célula) 
- máxima condensação 
-fase excelente para ver os cromossomos 
-cáriotipo (organizar os cromossos) 
Anáfase 
 
 
 
 
 
 
-separação das cromatides irmãs 
Interfase 
Mitose 
Centrômero se duplica separando as cromátides-irmãs, 
formando os cromossomos filhos que migram para os polos da 
célula. 
Telófase 
 
 
 
 
 
-reaparece carioteca e nucleolo 
-descondensação 
-divisão é centripeta (fora pra dentro) 
 
 
 
 
 
Proto-oncogenese: Genes celulares 
normais cujos produtos promovem a 
proliferação celular 
Oncogenese: Versões mutantes de 
proto-oncogenes que funcionam de 
maneira autônoma sem necessidade de 
sinais promotores de crescimento 
normais. 
 
 
 
 
-morte celular programada 
-Pode ser patológica após algumas 
formas de lesão celular, especialmente 
lesão de DNA e proteína; 
-a morrer ativam enzimas que degradam 
seu próprio DNA e as proteínas nucleares 
e citoplasmáticas. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
-gametas e esporos 
-começa diploide e termina haploide 
-meiose I quebra a quantidade de 
cromossomo ao meio 
*Meiose I: reducional 
*Meiose II: equaciona 
-meiose II é parecida com a mitose 
porém na mitose diploide e meiose II 
haploide 
meioseI: homologos meioseII:cromátide 
-na mitose n tem homologos 
Citocinese • Divisão do citoplasma; 
 • Se inicia na anáfase e termina na 
telófase; 
• Aparecimento de uma anel que contém 
actina e miosina 
 
Apoptose 
Meiose 
Prófase I 
-Carioteca e nucléolo desaparecem 
-fase mais demorada da meiose 
-Cromatina se condensa 
-Centríolos nos polos 
“linda zebra pastando durante o dia” 
Leptóteno:cromossomos pouco 
condensados, finos 
Zigóteno:sinápse crmossomica, 
cromossomos ficam juntinhos 
Paquíteno :crossing-over, troca de 
pedaços de cromossomos homologos 
entre cromatides não irmãs 
Diplóteno:vizualização de quisma 
Diacinese:terminalização dos quiasmas 
AnafaseI 
-Separação de homologos 
Metáfase II 
- cromatides no meio da célula 
Diferença da mitose é que na meiose II a 
célula é haploide ja na mitose é diploide 
 
 
 
 
 
 
Metáfase I 
-homologos no meio da célula 
-placa equatorial 
Telófase I 
-Reaparece carioteca e nucléolo 
-Descondensação da cromatina 
-citosinese 
Anáfase II 
- separa cromatides irmãs 
-tbm é parecida com mitose porem é 
haploide 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2n=2: indica célula diploide com 2 
cromossomos porém na metáfaseII a 
célula torna-se haploide diferenciando- 
se da mitose que é sempre diploide

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.