Buscar

Infarto: características patológicas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 934 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 934 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 934 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

24/11/2021 14:23 EPS 
1/4 
 
 
3. Ref.: 5257192 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Disciplina: PATOLOGIA AV 
Aluno: 
 
Turma: 
 
 18/10/2021 23:04:21 (F) 
Avaliação: 
9,0 
Nota Partic.: Nota SIA: 
10,0 pts 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
O infarto é uma área de necrose tecidual causada por isquemia prolongada, devido à obstrução do suprimento arterial 
ou da drenagem venosa. Considerando o infarto, as suas características patológicas são: 
A causa da grande maioria dos infartos é a trombose ou embolia venosa, em que a obstrução do fluxo de 
sangue venoso impede a perfusão tecidual. 
A apresentação dos infartos geralmente se dá de forma difusa, de modo que a localização do vaso obstruído 
fica comprometida mesmo em lesões já estabelecidas. 
A característica histológica presente em todos os órgãos infartados é a necrose coagulativa isquêmica, que se 
desenvolve quase que imediatamente após a lesão isquêmica. 
Órgãos de circulação dupla, como os pulmões, são relativamente menos resistentes ao infarto que órgãos 
como os rins, de circulação arterial terminal. 
A resposta de reparo inicia-se nas margens preservadas e, na maioria dos infartos, resulta na formação de 
uma cicatriz. 
 
 
 
 
 
As disfuncionalidades fisiológicas que culminam na trombose são conhecidas como Tríade de Virchow e 
compreendem: 
Alterações da hemoglobina, anormalidades do fluxo sanguíneo e efeitos antifibrinolóticos. 
Lesões endoteliais, anormalidades do fluxo sanguíneo e hipercoagulabilidade 
Hipocoagulabilidade, lesão endotelial e vasoconstrição 
Estado de hipercoagulabilidade, edema e inflamação 
Lesões endoteliais, inflamação e acúmulo de lipoproteínas 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E MORTE CELULAR 
 
 
Pontos: 0,00 / 1,00 Ref.: 5304468 1. 
2. Ref.: 5298814 Pontos: 1,00 / 1,00 
Educational Performace Solution EPS ® - Alunos 
24/11/2021 14:23 EPS 
2/4 
 
 
7. Ref.: 5263140 Pontos: 1,00 / 1,00 
O estudo da Patologia é de grande importância na compreensão das doenças e apresenta muitas vertentes. Qual 
dessas vertentes se concentra em entender as alterações funcionais que os órgãos envolvidos em uma determinada 
doença apresentam? 
 
 Etiologia 
Fisiopatologia 
Anatomia Patológica 
 Clínica médica 
 Patogênese 
 
 
 
A classificação e nomenclatura das lesões são complicadas, não havendo consenso dos estudiosos quanto ao 
significado de muitas palavras utilizadas para identificar os diferentes processos. A OMS para padronizar criou a CID. 
A seguir, estão listadas algumas correlações a respeito da classificação e da nomenclatura das lesões. Assinale a 
alternativa que traz a correlação correta: 
 
 As alterações do interstício envolvem distúrbios da drenagem de líquido intersticial e o aparecimento de 
substâncias que causam a obstrução vascular, comprometendo a perfusão tecidual. 
 As alterações da inervação compreendem as lesões de maior complexidade e são muito bem estudadas, visto 
o papel integrador do sistema nervoso. 
 A letalidade da lesão está relacionada à qualidade, intensidade e duração da lesão, independendo o tipo celular 
atingido. 
 Agressões que alteram os mecanismos de regulação e proliferação celular, levando à hipertrofia e formação de 
tumores, são consideradas não letais. 
Em muitas situações, somente o nome dado à determinada doença não é suficiente para indicar a essência 
das lesões e da doença em si. 
 
 
 
A apoptose é o tipo de morte celular no qual a célula é estimulada a acionar mecanismos, rigorosamente controlados, 
que culminam na sua morte, por mecanismos intrínsecos e extrínsecos. A seguir, listamos algumas situações que são 
exemplos de característica da via intrínseca. Assinale a alternativa que contenha uma característica que não 
corresponde a ela: 
 
 Atuação da família de proteínas BCL-2. 
 Aumento da permeabilidade da membrana mitocondrial. 
 Ativação sequencial de caspases. 
Interação do receptor Fas com seu ligante, FasL. 
Liberação de citocromo C. 
 
 
 
 
Uma paciente de 40 anos, sexo feminino, com hiperparatireoidismo deu entrada no pronto-socorro reclamando de 
cólicas, diminuição de urina e inchaço nas pernas. Após radiografia, foi identificada a presença de regiões radio - 
opacas na área medular dos rins. De acordo com o seu conhecimento, qual o provável diagnóstico desse caso? 
 
Calcificação metastática nos rins 
Colecistite 
 Cálculos biliares 
 Calcificação distrófica nos rins 
 Nefrolitíase 
 
 
 
Pontos: 1,00 / 1,00 Ref.: 5265405 4. 
Pontos: 1,00 / 1,00 Ref.: 5263193 5. 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E CALCIFICAÇÕES 
Pontos: 1,00 / 1,00 Ref.: 5265364 6. 
Educational Performace Solution EPS ® - Alunos 
24/11/2021 14:23 EPS 
 
 
 
 
(ENADE-2010) A compreensão da fisiologia da excreção da bilirrubina pelo fígado e a utilização de alguns testes 
simples tornam possível o diagnóstico diferencial das icterícias. As causas de icterícia podem ser pré-hepáticas, intra- 
hepáticas e pós-hepáticas. O quadro a seguir contém dados acerca das alterações dos níveis de bilirrubina no plasma 
sanguíneo e da presença ou ausência de bilirrubina e urobilinogênio na urina dos indivíduos 1, 2 e 3 ictéricos. 
 
 
Os resultados apresentados no quadro acima permitem concluir, em relação às causas da icterícia que: 
 
 O indivíduo 3 apresenta causa intra-hepática, pois o urobilinogênio não está sendo sintetizado no fígado. 
 O indivíduo 2 possui causa pré-hepática, pois a bilirrubina conjugada está aumentada, e o urobilinogênio é 
sintetizado no fígado. 
 O indivíduo 2 possui causa pós-hepática, pois a bilirrubina e o urobilinogênio estão presentes na urina. 
O indivíduo 3 possui causa pós-hepática, pois a bilirrubina conjugada está aumentada, o que indica que não é 
excretada na bile. 
 O indivíduo 1 possui causa intra-hepática, pois o fígado não produz bilirrubina para ser excretada na urina. 
 
 
 
Hematina malárica ou ''Hemozoina'', ou ainda ''Pigmento Palúdico'', resulta da digestão enzimática da Hb pelo 
Plasmodium spp., que, com a ruptura das hemácias, libera grânulos castanho escuros no interstício para os 
macrófagos do baço, fígado e outros órgãos. Além desse parasita, o S. mansoni é um platelminto capaz de gerar um 
pigmento esquistossomótico. 
Acerca desse assunto, analise as afirmativas a seguir: 
I. Esse pigmento surge após a hemólise das células em que o parasita fica alojado, assim com o Plasmodium spp. 
II. Forma de grânulos castanho escuros, semelhantes à hemozoina, que se acumulam nas células de Kupffer. 
III. Resulta da digestão enzimática da Hb no tubo digestivo do Schistosoma mansoni. 
É correto o que se afirma em: 
 I.
 III 
 II. 
 I e II. 
II e III. 
 
 
 
 
 
A distinção entre tumores benignos e malignos geralmente é feita com base em uma série de características. Em 
relação a esse tema, qual alternativa abaixo encontra-se correta? 
Pontos: 1,00 / 1,00 Ref.: 5265379 8. 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E NEOPLASIAS 
Pontos: 1,00 / 1,00 Ref.: 4110425 9. 
24/11/2021 14:23 EPS 
 
 
Tumores malignos apresentam baixo ou nenhum grau de diferenciação. 
Tumores malignos sempre apresentam crescimento muito acelerado 
 Tumores benignos são pouco demarcados, mas não apresentam metástase 
 Tumores benignos apresentam mitoses exacerbadas, mas com figuras mitóticas normais. 
 
 
 
O que são os oncogenes? 
 
Versões mutadasdos proto-oncogenes. 
Genes virais responsáveis pelo desenvolvimento de metástases 
 Genes responsáveis pelo desenvolvimento do câncer 
 Genes responsáveis pela inibição do sistema imune 
 Genes envolvidos no estímulo da angiogênese tumoral 
Pontos: 1,00 / 1,00 Ref.: 4110427 10. 
 1. Ref.: 5292898 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O fluxo sanguíneo define a quantidade de sangue que passa por um dado 
ponto na circulação em determinado período. Assinale a alternativa que 
contenha uma prática que não corresponde aos princípios e características 
do fluxo sanguíneo: 
 
 
Os elementos figurados deslocam-se de maneira central na coluna 
de sangue, em uma configuração denominada de fluxo laminar. 
 A resistência vascular é diretamente proporcional ao comprimento e 
calibre do vaso, e depende também do atrito entre as células e a 
superfície endotelial. 
 
O fluxo sanguíneo depende da diferença de pressão entre os 
compartimentos arterial e venoso e da resistência oferecida pelos 
vasos à passagem de sangue. 
 
Os elementos figurados do sangue, juntamente com as moléculas 
dissolvidas, determinam a viscosidade sanguínea, fluidez e 
velocidade dentro dos vasos. 
 
Os vasos linfáticos possuem endotélios especializados e conduzem a 
linfa, formada a partir da reabsorção do líquido intersticial filtrado 
nos capilares sanguíneos. 
 
 
 2. Ref.: 5304457 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O endotélio é um fator fundamental na manutenção da hemostasia, 
desempenhando inúmeras funções na formação do tampão hemostático. 
Assinale a alternativa que não representa uma função das células 
endoteliais saudáveis? 
 
 
Inibir a ativação e agregação plaquetária, pela liberação de 
prostaciclina e ácido nítrico. 
 
Proteger o fator de von Willebrand e colágeno subendotelial do 
contato com as plaquetas. 
 Prevenir a ocorrência de trombose a partir da expressão de fatores 
fibrinolíticos. 
 
Sintetizar o ativador de plasminogênio tecidual, componente 
fundamental da fibrinólise. 
 Proporcionar o contato do fator tecidual com os fatores de 
coagulação, inibindo a cascata. 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292898.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205304457.');
 3. Ref.: 5257206 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Qual mecanismo de adaptação que se caracteriza pela proliferação de 
células maduras, induzida por fatores de crescimento, ou pelo surgimento 
de novas células a partir das células tronco teciduais? 
 
 Hiperplasia 
 
Atrofia 
 
Metaplasia 
 
Hipertrofia 
 
Neoplasia 
 
 
 4. Ref.: 5260192 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O tipo de morte celular que ocorre em um organismo vivo e que é seguido 
de um processo de autólise é denominado necrose. A respeito de suas 
principais características, assinale a alternativa correta: 
 
 Todas as alterações nucleares na necrose são resultado da 
diminuição excessiva do pH celular e ação de proteases, 
especialmente desoxirribonucleases. 
 
No processo de necrose, há o extravasamento de hidrolases 
lisossomais para o citoplasma, onde são ativadas pela alta 
concentração de íons fósforo e iniciam a autólise. 
 
O processo de infarto e anóxia, independente do órgão afetado, 
resulta na progressão para a necrose coagulativa. 
 
Com o desacoplamento de ribossomos e desnaturação proteica há o 
aumento da basofilia, visualizado com clareza na coloração por 
hematoxilina e eosina. 
 
A digestão da cromatina, que acarreta a indistinção dos núcleos na 
coloração histológica, é conhecida como cariorrexe. 
 
 
 5. Ref.: 5257192 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O estudo da Patologia é de grande importância na compreensão das 
doenças e apresenta muitas vertentes. Qual dessas vertentes se concentra 
em entender as alterações funcionais que os órgãos envolvidos em uma 
determinada doença apresentam? 
 
 
 Anatomia Patológica 
 
Patogênese 
 
 Clínica médica 
 
 Etiologia 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257206.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260192.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257192.');
 Fisiopatologia 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5265364 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
Uma paciente de 40 anos, sexo feminino, com hiperparatireoidismo deu 
entrada no pronto-socorro reclamando de cólicas, diminuição de urina e 
inchaço nas pernas. Após radiografia, foi identificada a presença de regiões 
radio-opacas na área medular dos rins. De acordo com o seu 
conhecimento, qual o provável diagnóstico desse caso? 
 
 
Colecistite 
 
Cálculos biliares 
 Calcificação distrófica nos rins 
 
Nefrolitíase 
 Calcificação metastática nos rins 
 
 
 7. Ref.: 5263140 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
(ENADE-2010) A compreensão da fisiologia da excreção da bilirrubina pelo 
fígado e a utilização de alguns testes simples tornam possível o diagnóstico 
diferencial das icterícias. As causas de icterícia podem ser pré-hepáticas, 
intra-hepáticas e pós-hepáticas. O quadro a seguir contém dados acerca 
das alterações dos níveis de bilirrubina no plasma sanguíneo e da presença 
ou ausência de bilirrubina e urobilinogênio na urina dos indivíduos 1, 2 e 
3 ictéricos. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265364.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263140.');
 
Os resultados apresentados no quadro acima permitem concluir, em 
relação às causas da icterícia que: 
 
 O indivíduo 3 possui causa pós-hepática, pois a bilirrubina conjugada 
está aumentada, o que indica que não é excretada na bile. 
 
O indivíduo 2 possui causa pós-hepática, pois a bilirrubina e o 
urobilinogênio estão presentes na urina. 
 
O indivíduo 3 apresenta causa intra-hepática, pois o urobilinogênio 
não está sendo sintetizado no fígado. 
 
O indivíduo 1 possui causa intra-hepática, pois o fígado não produz 
bilirrubina para ser excretada na urina. 
 
O indivíduo 2 possui causa pré-hepática, pois a bilirrubina conjugada 
está aumentada, e o urobilinogênio é sintetizado no fígado. 
 
 
 8. Ref.: 5260139 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
''A sílica ou dióxido de silício é um composto natural formado pelos dois 
elementos químicos mais abundantes na crosta terrestre, o oxigênio e o 
silício. É encontrada na natureza nas formas amorfa e cristalina, que 
quando combinadas com metais e óxidos dão origem a silicatos como o 
talco, feldspato, caulim e mica. 
A forma amorfa, embora não seja inerte, é menos tóxica do que a 
cristalina, sendo encontrada em rochas vulcânicas vitrificadas, terras 
diatomáceas não aquecidas, sílica gel, no vidro sintético e na lã de vidro.'' 
Fonte: FILHO, M., T.; SANTOS, U., P. Silicosis. J Bras Pneumol. 
2006;32(Supl 1):S41-S7. 
Inaladas, podem gerar silicose. Sobre essa doença e as relações entre 
elas: 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260139.');
I. Pacientes com silicose têm mais chances de desenvolver câncer de 
pulmão, e são mais suscetíveis à tuberculose. 
Porque 
II. Ocorre redução da capacidade dos macrófagos pulmonares em fagocitar 
e eliminar o Mycobacterium tuberculosis. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 
As asserções I e II são proposições falsas 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 4110425 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A distinção entre tumores benignos e malignos geralmente é feita com 
base em uma série de características. Em relação a esse tema, qual 
alternativa abaixo encontra-se correta? 
 
 Tumores malignos apresentambaixo ou nenhum grau de 
diferenciação. 
 
Tumores benignos apresentam mitoses exacerbadas, mas com 
figuras mitóticas normais. 
 
Tumores malignos apresentam alto grau de diferenciação 
(anaplasia) 
 
Tumores malignos sempre apresentam crescimento muito acelerado 
 
Tumores benignos são pouco demarcados, mas não apresentam 
metástase 
 
 
 10. Ref.: 4110427 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O que são os oncogenes? 
 
 Versões mutadas dos proto-oncogenes. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110425.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110427.');
 
Genes virais responsáveis pelo desenvolvimento de metástases 
 
Genes responsáveis pela inibição do sistema imune 
 
Genes envolvidos no estímulo da angiogênese tumoral 
 
Genes responsáveis pelo desenvolvimento do câncer 
 
 
Avaliação: 
2,0 
Nota Partic.: Av. Parcial.: 
2,0 
Nota SIA: 
2,0 pts 
 
O aproveitamento da Avaliação Parcial será considerado apenas para as 
provas com nota maior ou igual a 4,0. 
 
 
 
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5292898 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O fluxo sanguíneo define a quantidade de sangue que passa por um dado 
ponto na circulação em determinado período. Assinale a alternativa que 
contenha uma prática que não corresponde aos princípios e características 
do fluxo sanguíneo: 
 
 
Os vasos linfáticos possuem endotélios especializados e conduzem a 
linfa, formada a partir da reabsorção do líquido intersticial filtrado 
nos capilares sanguíneos. 
 
O fluxo sanguíneo depende da diferença de pressão entre os 
compartimentos arterial e venoso e da resistência oferecida pelos 
vasos à passagem de sangue. 
 
Os elementos figurados do sangue, juntamente com as moléculas 
dissolvidas, determinam a viscosidade sanguínea, fluidez e 
velocidade dentro dos vasos. 
 Os elementos figurados deslocam-se de maneira central na coluna 
de sangue, em uma configuração denominada de fluxo laminar. 
 A resistência vascular é diretamente proporcional ao comprimento e 
calibre do vaso, e depende também do atrito entre as células e a 
superfície endotelial. 
 
 
 2. Ref.: 5304457 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O endotélio é um fator fundamental na manutenção da hemostasia, 
desempenhando inúmeras funções na formação do tampão hemostático. 
Assinale a alternativa que não representa uma função das células 
endoteliais saudáveis? 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292898.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205304457.');
 
Inibir a ativação e agregação plaquetária, pela liberação de 
prostaciclina e ácido nítrico. 
 Proteger o fator de von Willebrand e colágeno subendotelial do 
contato com as plaquetas. 
 Proporcionar o contato do fator tecidual com os fatores de 
coagulação, inibindo a cascata. 
 
Prevenir a ocorrência de trombose a partir da expressão de fatores 
fibrinolíticos. 
 
Sintetizar o ativador de plasminogênio tecidual, componente 
fundamental da fibrinólise. 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5260197 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 A cicatrização é um processo que ocorre após lesões causadas por 
traumatismos ou pela morte celular, sendo didaticamente dividida em três 
fases: inflamatória, proliferativa e de maturação. Sobre as características 
dessas fases, é correto afirmar que: 
 
 A fase proliferativa é caracteristicamente marcada pela 
reepitelização, formação de novos vasos sanguíneos e formação do 
tecido de granulação. 
 
Inicialmente, o colágeno produzido durante a fase de proliferação e 
maturação é mais grosso que o colágeno presente na pele, sendo 
necessário seu remodelamento. 
 
Após a consolidação do processo inflamatório, com liberação de 
citocinas e quimiocinas, há o início do da formação do tampão 
hemostático. 
 
No início da fase inflamatória, há a liberação de moléculas 
vasodilatadoras para permitir a migração de leucócitos. 
 
A reepitelização é um processo que ocorre de maneira precoce e 
independe da integridade da matriz extracelular e da lâmina basal. 
 
 
 4. Ref.: 5257206 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
Qual mecanismo de adaptação que se caracteriza pela proliferação de 
células maduras, induzida por fatores de crescimento, ou pelo surgimento 
de novas células a partir das células tronco teciduais? 
 
 Hiperplasia 
 
Metaplasia 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260197.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257206.');
 
Neoplasia 
 
Atrofia 
 Hipertrofia 
 
 
 5. Ref.: 5263193 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A apoptose é o tipo de morte celular no qual a célula é estimulada a acionar 
mecanismos, rigorosamente controlados, que culminam na sua morte, por 
mecanismos intrínsecos e extrínsecos. A seguir, listamos algumas 
situações que são exemplos de característica da via intrínseca. Assinale a 
alternativa que contenha uma característica que não corresponde a ela: 
 
 Interação do receptor Fas com seu ligante, FasL. 
 
Liberação de citocromo C. 
 Ativação sequencial de caspases. 
 
Aumento da permeabilidade da membrana mitocondrial. 
 
Atuação da família de proteínas BCL-2. 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5265376 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
Adaptado de PUC PR - Farmacêutico e Bioquímico (Pref. Faz RG)/2018). A 
icterícia é definida como coloração amarelada da pele, escleróticas e 
membranas mucosas. Nesses locais, ocorre a deposição de pigmento biliar 
(bilirrubina), a qual se encontra em níveis elevados no plasma 
(hiperbilirrubinemia). O termo kernicterus é utilizado para designar o 
efeito deletério da bilirrubina nas células do tronco cerebral e tem um 
prognóstico reservado. 
Sobre esse pigmento, analise as afirmativas a seguir: 
I. Em recém natos, a hiperbilirrubinemia é conhecida como icterícia 
neonatal e acontece pela falta de amadurecimento dos mecanismos de 
conjugação. 
II. A Bilirrubina não conjugada é solúvel e a Bilirrubina conjugada é 
insolúvel, sendo assim facilmente depositadas nos tecidos; 
III. A bilirrubina não conjugada é excretada na bile, nas fezes e na urina. 
É correto o que se afirma em: 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263193.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265376.');
 I. 
 
II. 
 
III. 
 I e II. 
 
II e III. 
 
 
 7. Ref.: 5260150 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
Um joalheiro, ao chegar no consultório médico, relatou como principal 
queixa a pele com uma coloração cinza-azulada. Qual o nome dessa 
pigmentação patológica e o pigmento exógeno responsável, 
respectivamente? 
 
 
Silicose - Sílica 
 
Antracose - Carvão 
 
Plumbismo - Chumbo 
 Pigmentação bismútica - Sais de Bismuto 
 Argirismo - Sais de pratas 
 
 
 8. Ref.: 5263120 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O cálcio é um elemento importante para o nosso organismo, pois participa 
da coagulação do sangue e entra na constituição dos ossos e dentes, entre 
outras funções. Sobre o metabolismo do cálcio e a calcificação, analise as 
asserções a seguir e as relações entre elas: 
I. O aumento do hormônio calcitonina pode gerar a calcificação 
metastática. 
Porque 
II. A calcitonina é um hormônio que induz o aumento da atividade dos 
osteoclastos, mobilizando assim cálcio do osso para a circulação 
sanguínea. O aumento de cálcio pode levar à hipercalcemia, condição 
necessária para o estabelecimento da calcificação metastática. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 As asserções I e II são proposições falsas 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira enquanto a II é falsa. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260150.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263120.');
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I.As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 4110425 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A distinção entre tumores benignos e malignos geralmente é feita com 
base em uma série de características. Em relação a esse tema, qual 
alternativa abaixo encontra-se correta? 
 
 
Tumores benignos apresentam mitoses exacerbadas, mas com 
figuras mitóticas normais. 
 Tumores malignos apresentam alto grau de diferenciação 
(anaplasia) 
 
Tumores benignos são pouco demarcados, mas não apresentam 
metástase 
 Tumores malignos apresentam baixo ou nenhum grau de 
diferenciação. 
 
Tumores malignos sempre apresentam crescimento muito acelerado 
 
 
 10. Ref.: 4110427 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O que são os oncogenes? 
 
 
Genes responsáveis pela inibição do sistema imune 
 
Genes responsáveis pelo desenvolvimento do câncer 
 
Genes virais responsáveis pelo desenvolvimento de metástases 
 
Genes envolvidos no estímulo da angiogênese tumoral 
 Versões mutadas dos proto-oncogenes. 
 
 
 
Avaliação: 
4,0 
Nota Partic.: Nota SIA: 
5,0 pts 
 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110425.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110427.');
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5292902 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A ocorrência de distúrbios hemorrágicos está relacionada a alguns 
princípios. Assinale a alternativa que contenha um princípio que não está 
relacionado com a hemorragia: 
 
 
Trombocitopenia 
 Defeitos da hemostasia primária 
 
Alteração dos fatores de coagulação 
 
Púrpuras palpáveis 
 Obstrução de vasos linfáticos 
 
 
 2. Ref.: 5298812 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
As hemorragias resultam de anormalidades em algum componente do 
processo hemostático e, quando maciças, podem resultar em: 
 
 
Aterosclerose 
 Trombose venosa profunda 
 
Ascite 
 
Choque anafilático 
 Aneurisma da aorta abdominal 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5263195 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 Sabe-se que o reparo tecidual pode ser afetado por uma variedade de 
fatores e, assim, ter sua qualidade reduzida. Sobre os fatores que 
influenciam o reparo tecidual, está correto afirmar que: 
 
 
A presença de corpos estranhos não representa um fator complicador 
para o processo de reparo completo. 
 A nicotina presente no cigarro provoca vasoconstrição e o monóxido 
de carbono tem efeitos anti-inflamatórios, interferindo no processo 
de reparo. 
 
A deficiência de proteínas, de vitamina C ou de zinco retarda a 
cicatrização, pois interfere diretamente no processo de angiogênese. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292902.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205298812.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263195.');
 
O diabetes melito é uma das causas locais mais importantes de 
anormalidades no processo de reparo tecidual. 
 
Somente a presença direta de microrganismos promove a inflamação 
e, consequentemente, o atraso no reparo tecidual. 
 
 
 4. Ref.: 5260192 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O tipo de morte celular que ocorre em um organismo vivo e que é seguido 
de um processo de autólise é denominado necrose. A respeito de suas 
principais características, assinale a alternativa correta: 
 
 
A digestão da cromatina, que acarreta a indistinção dos núcleos na 
coloração histológica, é conhecida como cariorrexe. 
 
O processo de infarto e anóxia, independente do órgão afetado, 
resulta na progressão para a necrose coagulativa. 
 
No processo de necrose, há o extravasamento de hidrolases 
lisossomais para o citoplasma, onde são ativadas pela alta 
concentração de íons fósforo e iniciam a autólise. 
 Todas as alterações nucleares na necrose são resultado da 
diminuição excessiva do pH celular e ação de proteases, 
especialmente desoxirribonucleases. 
 Com o desacoplamento de ribossomos e desnaturação proteica há o 
aumento da basofilia, visualizado com clareza na coloração por 
hematoxilina e eosina. 
 
 
 5. Ref.: 5265405 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A classificação e nomenclatura das lesões são complicadas, não havendo 
consenso dos estudiosos quanto ao significado de muitas palavras 
utilizadas para identificar os diferentes processos. A OMS para padronizar 
criou a CID. A seguir, estão listadas algumas correlações a respeito da 
classificação e da nomenclatura das lesões. Assinale a alternativa que traz 
a correlação correta: 
 
 A letalidade da lesão está relacionada à qualidade, intensidade e 
duração da lesão, independendo o tipo celular atingido. 
 Em muitas situações, somente o nome dado à determinada doença 
não é suficiente para indicar a essência das lesões e da doença em 
si. 
 
As alterações do interstício envolvem distúrbios da drenagem de 
líquido intersticial e o aparecimento de substâncias que causam a 
obstrução vascular, comprometendo a perfusão tecidual. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260192.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265405.');
 
Agressões que alteram os mecanismos de regulação e proliferação 
celular, levando à hipertrofia e formação de tumores, são 
consideradas não letais. 
 
As alterações da inervação compreendem as lesões de maior 
complexidade e são muito bem estudadas, visto o papel integrador 
do sistema nervoso. 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5260139 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
''A sílica ou dióxido de silício é um composto natural formado pelos dois 
elementos químicos mais abundantes na crosta terrestre, o oxigênio e o 
silício. É encontrada na natureza nas formas amorfa e cristalina, que 
quando combinadas com metais e óxidos dão origem a silicatos como o 
talco, feldspato, caulim e mica. 
A forma amorfa, embora não seja inerte, é menos tóxica do que a 
cristalina, sendo encontrada em rochas vulcânicas vitrificadas, terras 
diatomáceas não aquecidas, sílica gel, no vidro sintético e na lã de vidro.'' 
Fonte: FILHO, M., T.; SANTOS, U., P. Silicosis. J Bras Pneumol. 
2006;32(Supl 1):S41-S7. 
Inaladas, podem gerar silicose. Sobre essa doença e as relações entre 
elas: 
I. Pacientes com silicose têm mais chances de desenvolver câncer de 
pulmão, e são mais suscetíveis à tuberculose. 
Porque 
II. Ocorre redução da capacidade dos macrófagos pulmonares em fagocitar 
e eliminar o Mycobacterium tuberculosis. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 
As asserções I e II são proposições falsas 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260139.');
 
 7. Ref.: 5265364 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Uma paciente de 40 anos, sexo feminino, com hiperparatireoidismo deu 
entrada no pronto-socorro reclamando de cólicas, diminuição de urina e 
inchaço nas pernas. Após radiografia, foi identificada a presença de regiões 
radio-opacas na área medular dos rins. De acordo com o seu 
conhecimento, qual o provável diagnóstico desse caso? 
 
 
Nefrolitíase 
 
Colecistite 
 
Calcificação distrófica nos rins 
 Calcificação metastática nos rins 
 
Cálculos biliares 
 
 
 8. Ref.: 5265379 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Hematina malárica ou ''Hemozoina'', ou ainda ''Pigmento Palúdico'', resulta 
da digestão enzimática da Hb pelo Plasmodium spp., que, com a ruptura 
das hemácias, libera grânulos castanho escuros no interstício para os 
macrófagos do baço, fígado e outros órgãos. Além desse parasita, o S. 
mansoni é um platelminto capaz de gerar um pigmentoesquistossomótico. 
Acerca desse assunto, analise as afirmativas a seguir: 
I. Esse pigmento surge após a hemólise das células em que o parasita fica 
alojado, assim com o Plasmodium spp. 
II. Forma de grânulos castanho escuros, semelhantes à hemozoina, que 
se acumulam nas células de Kupffer. 
III. Resulta da digestão enzimática da Hb no tubo digestivo do 
Schistosoma mansoni. 
É correto o que se afirma em: 
 
 
II. 
 
I e II. 
 
I. 
 
III. 
 II e III. 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265364.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265379.');
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 4110425 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A distinção entre tumores benignos e malignos geralmente é feita com 
base em uma série de características. Em relação a esse tema, qual 
alternativa abaixo encontra-se correta? 
 
 
Tumores malignos sempre apresentam crescimento muito acelerado 
 
Tumores benignos apresentam mitoses exacerbadas, mas com 
figuras mitóticas normais. 
 Tumores malignos apresentam baixo ou nenhum grau de 
diferenciação. 
 Tumores malignos apresentam alto grau de diferenciação 
(anaplasia) 
 
Tumores benignos são pouco demarcados, mas não apresentam 
metástase 
 
 
 10. Ref.: 4110427 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O que são os oncogenes? 
 
 
Genes virais responsáveis pelo desenvolvimento de metástases 
 Genes envolvidos no estímulo da angiogênese tumoral 
 
Genes responsáveis pelo desenvolvimento do câncer 
 
Genes responsáveis pela inibição do sistema imune 
 Versões mutadas dos proto-oncogenes. 
 
Avaliação: 
9,0 
Nota Partic.: Nota SIA: 
10,0 pts 
 
 
 
 
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5304468 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O infarto é uma área de necrose tecidual causada por isquemia 
prolongada, devido à obstrução do suprimento arterial ou da drenagem 
venosa. Considerando o infarto, as suas características patológicas são: 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110425.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110427.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205304468.');
 
A característica histológica presente em todos os órgãos infartados é 
a necrose coagulativa isquêmica, que se desenvolve quase que 
imediatamente após a lesão isquêmica. 
 
Órgãos de circulação dupla, como os pulmões, são relativamente 
menos resistentes ao infarto que órgãos como os rins, de circulação 
arterial terminal. 
 
A causa da grande maioria dos infartos é a trombose ou embolia 
venosa, em que a obstrução do fluxo de sangue venoso impede a 
perfusão tecidual. 
 
 A resposta de reparo inicia-se nas margens preservadas e, na maioria 
dos infartos, resulta na formação de uma cicatriz. 
 
A apresentação dos infartos geralmente se dá de forma difusa, de 
modo que a localização do vaso obstruído fica comprometida mesmo 
em lesões já estabelecidas. 
 
 
 2. Ref.: 5298814 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
As disfuncionalidades fisiológicas que culminam na trombose são 
conhecidas como Tríade de Virchow e compreendem: 
 
 
Estado de hipercoagulabilidade, edema e inflamação 
 Lesões endoteliais, inflamação e acúmulo de lipoproteínas 
 
Hipocoagulabilidade, lesão endotelial e vasoconstrição 
 Lesões endoteliais, anormalidades do fluxo sanguíneo e 
hipercoagulabilidade 
 
Alterações da hemoglobina, anormalidades do fluxo sanguíneo e 
efeitos antifibrinolóticos. 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5263195 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 Sabe-se que o reparo tecidual pode ser afetado por uma variedade de 
fatores e, assim, ter sua qualidade reduzida. Sobre os fatores que 
influenciam o reparo tecidual, está correto afirmar que: 
 
 A nicotina presente no cigarro provoca vasoconstrição e o monóxido 
de carbono tem efeitos anti-inflamatórios, interferindo no processo 
de reparo. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205298814.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263195.');
 
Somente a presença direta de microrganismos promove a inflamação 
e, consequentemente, o atraso no reparo tecidual. 
 
O diabetes melito é uma das causas locais mais importantes de 
anormalidades no processo de reparo tecidual. 
 
A deficiência de proteínas, de vitamina C ou de zinco retarda a 
cicatrização, pois interfere diretamente no processo de angiogênese. 
 
A presença de corpos estranhos não representa um fator complicador 
para o processo de reparo completo. 
 
 
 4. Ref.: 5257192 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O estudo da Patologia é de grande importância na compreensão das 
doenças e apresenta muitas vertentes. Qual dessas vertentes se concentra 
em entender as alterações funcionais que os órgãos envolvidos em uma 
determinada doença apresentam? 
 
 
 Anatomia Patológica 
 
Patogênese 
 
 Clínica médica 
 Fisiopatologia 
 
 Etiologia 
 
 
 5. Ref.: 5260173 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a lesão celular reversível caracterizada pelo 
acúmulo de água e eletrólitos no interior das células. Analise as 
alternativas abaixo e indique a que não corresponde a uma possível causa 
desse tipo de degeneração: 
 
 
Lesão da membrana mitocondrial, reduzindo a produção de ATP. 
 Lesão de lisossomos, levando à liberação de enzimas hidrolíticas. 
 
Formação de radicais livres que lesam as membranas diretamente. 
 
 Inibição da bomba Na+/K+ ATPase. 
 
 Hipertermia, levando ao aumento do consumo de ATP. 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5265364 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257192.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260173.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265364.');
Uma paciente de 40 anos, sexo feminino, com hiperparatireoidismo deu 
entrada no pronto-socorro reclamando de cólicas, diminuição de urina e 
inchaço nas pernas. Após radiografia, foi identificada a presença de regiões 
radio-opacas na área medular dos rins. De acordo com o seu 
conhecimento, qual o provável diagnóstico desse caso? 
 
 
Calcificação distrófica nos rins 
 Calcificação metastática nos rins 
 
Colecistite 
 
Nefrolitíase 
 
Cálculos biliares 
 
 
 7. Ref.: 5263140 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
(ENADE-2010) A compreensão da fisiologia da excreção da bilirrubina pelo 
fígado e a utilização de alguns testes simples tornam possível o diagnóstico 
diferencial das icterícias. As causas de icterícia podem ser pré-hepáticas, 
intra-hepáticas e pós-hepáticas. O quadro a seguir contém dados acerca 
das alterações dos níveis de bilirrubina no plasma sanguíneo e da presença 
ou ausência de bilirrubina e urobilinogênio na urina dos indivíduos 1, 2 e 
3 ictéricos. 
 
Os resultados apresentados no quadro acima permitem concluir, em 
relação às causas da icterícia que: 
 
 O indivíduo 3 possui causa pós-hepática, pois a bilirrubina conjugada 
está aumentada, o que indica que não é excretada na bile. 
 
O indivíduo 1 possui causa intra-hepática, pois o fígado não produz 
bilirrubina para ser excretada na urina. 
 
O indivíduo 2 possui causa pré-hepática, pois a bilirrubina conjugada 
está aumentada, e o urobilinogênio é sintetizado no fígado. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263140.');
 
O indivíduo 3 apresenta causa intra-hepática, pois o urobilinogênio 
não está sendo sintetizado no fígado. 
 
O indivíduo 2 possui causa pós-hepática, pois a bilirrubina e o 
urobilinogênio estão presentes na urina. 
 
 
 8. Ref.: 5257166 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Qual a relação entre o paratormônio (PTH) e a calcificação? Analise as 
asserções a seguir e as relações entre elas: 
I. O aumento do hormônio paratormônio pode gerar a calcificação 
metastática. 
Porque 
II. O PTH é capaz de estimular o aumento de cálcio pela ativação deosteoclastos, induzir produção da forma mais ativa de vitamina D e 
aumentar a reabsorção renal de sais de cálcio. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
As asserções I e II são proposições falsas. 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 5499862 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Numerosos vírus são responsáveis pela carcinogenese, o vírus envolvido a 
leucemia/linfoma das células T em adultos corresponde: 
 
 
Epstein Barr EBV 
 Vírus da Leucemia HTLV-1 
 
Papiloma vírus 
 
Herpes vírus KSHV 
 
Vírus da hepatite C HCV 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257166.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205499862.');
 
 
 10. Ref.: 4116381 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A exposição crônica e excessiva ao sol é um dos fatores de risco para o 
desenvolvimento do câncer de pele. Qual o mecanismo de ação direta 
envolvido no processo de mutagênese pela radiação UV? 
 
 Formação de dímeros de pirimidina, que podem interferir em 
processos biológicos, como a replicação e transcrição. 
 
Acúmulo das proteínas p53 e Rb, que induzem a perda de controle 
do ciclo celular. 
 
Formação de radicais livres. 
 
Inibição da expressão de receptores de fatores de crescimento 
celular. 
 
Inibição da transdução de sinais entre o meio extra- e intracelular. 
 
Avaliação: 
9,0 
Nota Partic.: Nota SIA: 
10,0 pts 
 
 
 
 
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5292898 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O fluxo sanguíneo define a quantidade de sangue que passa por um dado 
ponto na circulação em determinado período. Assinale a alternativa que 
contenha uma prática que não corresponde aos princípios e características 
do fluxo sanguíneo: 
 
 
Os elementos figurados do sangue, juntamente com as moléculas 
dissolvidas, determinam a viscosidade sanguínea, fluidez e 
velocidade dentro dos vasos. 
 
Os elementos figurados deslocam-se de maneira central na coluna 
de sangue, em uma configuração denominada de fluxo laminar. 
 
O fluxo sanguíneo depende da diferença de pressão entre os 
compartimentos arterial e venoso e da resistência oferecida pelos 
vasos à passagem de sangue. 
 
Os vasos linfáticos possuem endotélios especializados e conduzem a 
linfa, formada a partir da reabsorção do líquido intersticial filtrado 
nos capilares sanguíneos. 
 A resistência vascular é diretamente proporcional ao comprimento e 
calibre do vaso, e depende também do atrito entre as células e a 
superfície endotelial. 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204116381.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292898.');
 
 2. Ref.: 5304457 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
O endotélio é um fator fundamental na manutenção da hemostasia, 
desempenhando inúmeras funções na formação do tampão hemostático. 
Assinale a alternativa que não representa uma função das células 
endoteliais saudáveis? 
 
 
Inibir a ativação e agregação plaquetária, pela liberação de 
prostaciclina e ácido nítrico. 
 
Sintetizar o ativador de plasminogênio tecidual, componente 
fundamental da fibrinólise. 
 
Proteger o fator de von Willebrand e colágeno subendotelial do 
contato com as plaquetas. 
 Proporcionar o contato do fator tecidual com os fatores de 
coagulação, inibindo a cascata. 
 Prevenir a ocorrência de trombose a partir da expressão de fatores 
fibrinolíticos. 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5265408 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a primeira manifestação em quase todas as 
formas de agressão às células. Porém, embora as causas sejam variadas, 
as consequências são as mesmas. Qual das alternativas abaixo refere-se 
às características desse tipo de degeneração? 
 
 
Diminuição de sódio, saída de água do citoplasma. 
 Retenção de sódio, aumento da pressão osmótica intracelular. 
 
Retenção de sódio, aumento de potássio. 
 
Aumento de potássio, expansão isosmótica da célula. 
 
Diminuição da pressão osmótica, retração celular. 
 
 
 4. Ref.: 5260173 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a lesão celular reversível caracterizada pelo 
acúmulo de água e eletrólitos no interior das células. Analise as 
alternativas abaixo e indique a que não corresponde a uma possível causa 
desse tipo de degeneração: 
 
 
Formação de radicais livres que lesam as membranas diretamente. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205304457.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265408.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260173.');
 
 Inibição da bomba Na+/K+ ATPase. 
 Lesão de lisossomos, levando à liberação de enzimas hidrolíticas. 
 
 Hipertermia, levando ao aumento do consumo de ATP. 
 
Lesão da membrana mitocondrial, reduzindo a produção de ATP. 
 
 
 5. Ref.: 5257215 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O processo de formação da cicatriz está sujeito a intercorrências, 
resultando em anormalidades. A respeito dos defeitos da cicatrização, são 
listadas algumas anormalidades que podem ser encontradas após o 
processo de cicatrização. Assinale a alternativa que não apresente uma 
anormalidade verificada. 
 
 
As cicatrizes hipertróficas são cicatrizes salientes, devido ao acúmulo 
excessivo de colágeno 
 
A granulação exuberante causa a protusão da cicatriz acima do nível 
da pele, interferindo no processo de reepitelização. 
 
A deiscência não é muito comum de ocorrer e acomete 
principalmente pacientes que foram submetidos a cirurgia de 
abdômen. 
 O queloide é caracterizado por cicatrização protuberante, mas que 
costuma apresentar regressão. 
 
Vômitos e tosse são fatores que podem contribuir para a ruptura de 
feridas abdominais 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5260147 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Coledocolitíase em 90% - 95% dos casos resultam da passagem de um 
cálculo formado na vesícula biliar através do ducto cístico. Sobre os 
cálculos, assinale a alternativa correta. 
 
 Os cálculos biliares são formados por frações insolúveis compostas 
por sais de cálcio, bilirrubina e outras substâncias insolúveis. 
 
Os cálculos urinários podem também ser desenvolvidos na forma de 
cálculos de colesterol, associados a sais de cálcio. 
 
As sialolitíases são originadas pela obstrução das glândulas 
sudoríparas associada ao crescimento bacteriano. 
 
Os cálculos urinários são normalmente cálculos de cálcio que 
possuem formato pontiagudo e regular. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257215.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260147.');
 
Os cálculos das vias biliares formados por cálcio e bilirrubina 
apresentam pigmentação de cor amarela. 
 
 
 7. Ref.: 5263120 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O cálcio é um elemento importante para o nosso organismo, pois participa 
da coagulação do sangue e entra na constituição dos ossos e dentes, entre 
outras funções. Sobre o metabolismo do cálcio e a calcificação, analise as 
asserções a seguir e as relações entre elas: 
I. O aumento do hormônio calcitonina pode gerar a calcificação 
metastática. 
Porque 
II. A calcitonina é um hormônio que induz o aumento da atividade dos 
osteoclastos, mobilizando assim cálcio do osso para a circulação 
sanguínea. O aumento de cálcio pode levar à hipercalcemia, condição 
necessária para o estabelecimento da calcificação metastática. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é umaproposição verdadeira enquanto a II é falsa. 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 As asserções I e II são proposições falsas 
 
 
 8. Ref.: 5265376 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Adaptado de PUC PR - Farmacêutico e Bioquímico (Pref. Faz RG)/2018). A 
icterícia é definida como coloração amarelada da pele, escleróticas e 
membranas mucosas. Nesses locais, ocorre a deposição de pigmento biliar 
(bilirrubina), a qual se encontra em níveis elevados no plasma 
(hiperbilirrubinemia). O termo kernicterus é utilizado para designar o 
efeito deletério da bilirrubina nas células do tronco cerebral e tem um 
prognóstico reservado. 
Sobre esse pigmento, analise as afirmativas a seguir: 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205263120.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265376.');
I. Em recém natos, a hiperbilirrubinemia é conhecida como icterícia 
neonatal e acontece pela falta de amadurecimento dos mecanismos de 
conjugação. 
II. A Bilirrubina não conjugada é solúvel e a Bilirrubina conjugada é 
insolúvel, sendo assim facilmente depositadas nos tecidos; 
III. A bilirrubina não conjugada é excretada na bile, nas fezes e na urina. 
É correto o que se afirma em: 
 
 
I e II. 
 
II. 
 
III. 
 I. 
 
II e III. 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 5499862 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Numerosos vírus são responsáveis pela carcinogenese, o vírus envolvido a 
leucemia/linfoma das células T em adultos corresponde: 
 
 
Papiloma vírus 
 
Herpes vírus KSHV 
 
Vírus da hepatite C HCV 
 
Epstein Barr EBV 
 Vírus da Leucemia HTLV-1 
 
 
 10. Ref.: 4116381 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A exposição crônica e excessiva ao sol é um dos fatores de risco para o 
desenvolvimento do câncer de pele. Qual o mecanismo de ação direta 
envolvido no processo de mutagênese pela radiação UV? 
 
 Formação de dímeros de pirimidina, que podem interferir em 
processos biológicos, como a replicação e transcrição. 
 
Acúmulo das proteínas p53 e Rb, que induzem a perda de controle 
do ciclo celular. 
 
Inibição da transdução de sinais entre o meio extra- e intracelular. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205499862.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204116381.');
independentemente da idade, tendem a apresentar infarto agudo do 
miocárdio e vir a óbito. 
 O agravamento do desequilíbrio metabólico na fase progressiva é 
decorrente da substituição da respiração aeróbica pela glicólise 
anaeróbia, com produção de ácido lático. 
 
A acidose lática, na fase não progressiva, leva ao aumento do pH 
tecidual e vasoconstrição de arteríolas, que impedem a passagem do 
sangue e resultam na hipoperfusão tecidual. 
 
 
 2. Ref.: 5292911 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Um aluno de pós graduação estava analisando suas lâminas histológicas 
de rim de camundongos e notou a presença de líquido fracamente corado, 
pobre em proteínas, extravasado no espaço intersticial renal. Para 
documentar corretamente o observado, qual par de conceitos deve ser 
utilizado? 
 
 
Edema/Exsudato 
 
Efusão/Transudato 
 
Efusão/Exsudato 
 Edema/Transudato 
 
Edema/Efusão 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5257215 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O processo de formação da cicatriz está sujeito a intercorrências, 
resultando em anormalidades. A respeito dos defeitos da cicatrização, são 
listadas algumas anormalidades que podem ser encontradas após o 
processo de cicatrização. Assinale a alternativa que não apresente uma 
anormalidade verificada. 
 
 O queloide é caracterizado por cicatrização protuberante, mas que 
costuma apresentar regressão. 
 
As cicatrizes hipertróficas são cicatrizes salientes, devido ao acúmulo 
excessivo de colágeno 
 
Vômitos e tosse são fatores que podem contribuir para a ruptura de 
feridas abdominais 
 
A granulação exuberante causa a protusão da cicatriz acima do nível 
da pele, interferindo no processo de reepitelização. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292911.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257215.');
 
A deiscência não é muito comum de ocorrer e acomete 
principalmente pacientes que foram submetidos a cirurgia de 
abdômen. 
 
 
 4. Ref.: 5260173 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a lesão celular reversível caracterizada pelo 
acúmulo de água e eletrólitos no interior das células. Analise as 
alternativas abaixo e indique a que não corresponde a uma possível causa 
desse tipo de degeneração: 
 
 
 Inibição da bomba Na+/K+ ATPase. 
 
Lesão da membrana mitocondrial, reduzindo a produção de ATP. 
 
Formação de radicais livres que lesam as membranas diretamente. 
 
 Hipertermia, levando ao aumento do consumo de ATP. 
 Lesão de lisossomos, levando à liberação de enzimas hidrolíticas. 
 
 
 5. Ref.: 5260197 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 A cicatrização é um processo que ocorre após lesões causadas por 
traumatismos ou pela morte celular, sendo didaticamente dividida em três 
fases: inflamatória, proliferativa e de maturação. Sobre as características 
dessas fases, é correto afirmar que: 
 
 
Após a consolidação do processo inflamatório, com liberação de 
citocinas e quimiocinas, há o início do da formação do tampão 
hemostático. 
 
No início da fase inflamatória, há a liberação de moléculas 
vasodilatadoras para permitir a migração de leucócitos. 
 A fase proliferativa é caracteristicamente marcada pela 
reepitelização, formação de novos vasos sanguíneos e formação do 
tecido de granulação. 
 
Inicialmente, o colágeno produzido durante a fase de proliferação e 
maturação é mais grosso que o colágeno presente na pele, sendo 
necessário seu remodelamento. 
 
A reepitelização é um processo que ocorre de maneira precoce e 
independe da integridade da matriz extracelular e da lâmina basal. 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260173.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260197.');
 6. Ref.: 5257166 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Qual a relação entre o paratormônio (PTH) e a calcificação? Analise as 
asserções a seguir e as relações entre elas: 
I. O aumento do hormônio paratormônio pode gerar a calcificação 
metastática. 
Porque 
II. O PTH é capaz de estimular o aumento de cálcio pela ativação de 
osteoclastos, induzir produção da forma mais ativa de vitamina D e 
aumentar a reabsorção renal de sais de cálcio. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
As asserções I e II são proposições falsas. 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 
 
 7. Ref.: 5260142 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Os metais pesados podem danificar toda e qualquer atividade biológica. O 
chumbo é um elemento tóxico não essencial que se acumula no organismo. 
Na sua interação com a matéria viva, o chumbo apresenta tanto 
características comuns a outros metais pesados quanto algumas 
peculiaridades. Sobre a intoxicação e a pigmentação por ele gerada, 
analise as afirmativas. 
I. O Plumbismo é causado pela intoxicação com o chumbo apenas por via 
inalatória e acomete principalmente as crianças. 
II. No sangue periférico, após a distinção sanguínea, o chumbo é verificado 
nos eritrócitos como grumos brancos. 
III. O Sistema nervoso central e o tecido hematopoético são os mais 
afetados por esse depósito, mas os ossos são o primeiro local de depósito. 
É correto o que se afirma em: 
 
 
II e III. 
 
II.javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257166.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260142.');
 
I e II. 
 III. 
 
I. 
 
 
 8. Ref.: 5260139 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
''A sílica ou dióxido de silício é um composto natural formado pelos dois 
elementos químicos mais abundantes na crosta terrestre, o oxigênio e o 
silício. É encontrada na natureza nas formas amorfa e cristalina, que 
quando combinadas com metais e óxidos dão origem a silicatos como o 
talco, feldspato, caulim e mica. 
A forma amorfa, embora não seja inerte, é menos tóxica do que a 
cristalina, sendo encontrada em rochas vulcânicas vitrificadas, terras 
diatomáceas não aquecidas, sílica gel, no vidro sintético e na lã de vidro.'' 
Fonte: FILHO, M., T.; SANTOS, U., P. Silicosis. J Bras Pneumol. 
2006;32(Supl 1):S41-S7. 
Inaladas, podem gerar silicose. Sobre essa doença e as relações entre 
elas: 
I. Pacientes com silicose têm mais chances de desenvolver câncer de 
pulmão, e são mais suscetíveis à tuberculose. 
Porque 
II. Ocorre redução da capacidade dos macrófagos pulmonares em fagocitar 
e eliminar o Mycobacterium tuberculosis. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 
As asserções I e II são proposições falsas 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260139.');
 9. Ref.: 4110425 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A distinção entre tumores benignos e malignos geralmente é feita com 
base em uma série de características. Em relação a esse tema, qual 
alternativa abaixo encontra-se correta? 
 
 
Tumores benignos apresentam mitoses exacerbadas, mas com 
figuras mitóticas normais. 
 Tumores malignos apresentam baixo ou nenhum grau de 
diferenciação. 
 
Tumores malignos apresentam alto grau de diferenciação 
(anaplasia) 
 
Tumores malignos sempre apresentam crescimento muito acelerado 
 
Tumores benignos são pouco demarcados, mas não apresentam 
metástase 
 
 
 10. Ref.: 4110427 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O que são os oncogenes? 
 
 
Genes responsáveis pela inibição do sistema imune 
 
Genes envolvidos no estímulo da angiogênese tumoral 
 
Genes virais responsáveis pelo desenvolvimento de metástases 
 
Genes responsáveis pelo desenvolvimento do câncer 
 Versões mutadas dos proto-oncogenes. 
 
 
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5292910 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O choque é um distúrbio progressivo que pode levar à morte se não 
corrigido a tempo. Em relação aos tipos e as fases de desenvolvimento do 
choque, é correto o que se afirma em: 
 
 
O prognóstico dos casos de choque depende essencialmente do tipo 
de choque. Pacientes que desenvolvem choque hipovolêmico, 
independentemente da idade, tendem a apresentar infarto agudo do 
miocárdio e vir a óbito. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110425.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110427.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292910.');
 
O choque associado à inflamação sistêmica é sinônimo de choque 
séptico, apresentando infecção por microrganismos patogênicos e 
altos índices de mortalidade. 
 
Os choques hipovolêmico e cardiogênico, quando ocorrem, são 
imediatamente fatais. Já o choque séptico tende a apresentar fases 
de desenvolvimento bem estabelecidas. 
 O agravamento do desequilíbrio metabólico na fase progressiva é 
decorrente da substituição da respiração aeróbica pela glicólise 
anaeróbia, com produção de ácido lático. 
 
A acidose lática, na fase não progressiva, leva ao aumento do pH 
tecidual e vasoconstrição de arteríolas, que impedem a passagem do 
sangue e resultam na hipoperfusão tecidual. 
 
 
 2. Ref.: 5292911 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Um aluno de pós graduação estava analisando suas lâminas histológicas 
de rim de camundongos e notou a presença de líquido fracamente corado, 
pobre em proteínas, extravasado no espaço intersticial renal. Para 
documentar corretamente o observado, qual par de conceitos deve ser 
utilizado? 
 
 
Edema/Efusão 
 
Edema/Exsudato 
 
Efusão/Transudato 
 
Efusão/Exsudato 
 Edema/Transudato 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5257215 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O processo de formação da cicatriz está sujeito a intercorrências, 
resultando em anormalidades. A respeito dos defeitos da cicatrização, são 
listadas algumas anormalidades que podem ser encontradas após o 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292911.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257215.');
processo de cicatrização. Assinale a alternativa que não apresente uma 
anormalidade verificada. 
 
 
A deiscência não é muito comum de ocorrer e acomete 
principalmente pacientes que foram submetidos a cirurgia de 
abdômen. 
 O queloide é caracterizado por cicatrização protuberante, mas que 
costuma apresentar regressão. 
 
As cicatrizes hipertróficas são cicatrizes salientes, devido ao acúmulo 
excessivo de colágeno 
 
Vômitos e tosse são fatores que podem contribuir para a ruptura de 
feridas abdominais 
 
A granulação exuberante causa a protusão da cicatriz acima do nível 
da pele, interferindo no processo de reepitelização. 
 
 
 4. Ref.: 5260173 Pontos: 0,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a lesão celular reversível caracterizada pelo 
acúmulo de água e eletrólitos no interior das células. Analise as 
alternativas abaixo e indique a que não corresponde a uma possível causa 
desse tipo de degeneração: 
 
 Lesão de lisossomos, levando à liberação de enzimas hidrolíticas. 
 
 Inibição da bomba Na+/K+ ATPase. 
 
 Hipertermia, levando ao aumento do consumo de ATP. 
 Lesão da membrana mitocondrial, reduzindo a produção de ATP. 
 
Formação de radicais livres que lesam as membranas diretamente. 
 
 
 5. Ref.: 5260197 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 A cicatrização é um processo que ocorre após lesões causadas por 
traumatismos ou pela morte celular, sendo didaticamente dividida em três 
fases: inflamatória, proliferativa e de maturação. Sobre as características 
dessas fases, é correto afirmar que: 
 
 
Inicialmente, o colágeno produzido durante a fase de proliferação e 
maturação é mais grosso que o colágeno presente na pele, sendo 
necessário seu remodelamento. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260173.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260197.');
 A fase proliferativa é caracteristicamente marcada pela 
reepitelização, formação de novos vasos sanguíneos e formação do 
tecido de granulação. 
 
No início da fase inflamatória, há a liberação de moléculas 
vasodilatadoras para permitir a migração de leucócitos. 
 
Após a consolidação do processo inflamatório, com liberação de 
citocinas e quimiocinas, há o início do da formação do tampão 
hemostático. 
 
A reepitelização é um processo que ocorre de maneira precoce e 
independe da integridade da matriz extracelular e da lâmina basal. 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5257166 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Qual a relação entre o paratormônio (PTH) e a calcificação? Analise as 
asserções a seguir e as relações entre elas: 
I. O aumento do hormônio paratormônio pode gerar a calcificação 
metastática. 
Porque 
II. O PTH é capaz de estimular o aumento de cálcio pela ativação de 
osteoclastos, induzir produção da forma mais ativa de vitamina D e 
aumentar a reabsorção renal de sais de cálcio. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
As asserçõesI e II são proposições falsas. 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257166.');
 7. Ref.: 5265379 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Hematina malárica ou ''Hemozoina'', ou ainda ''Pigmento Palúdico'', resulta 
da digestão enzimática da Hb pelo Plasmodium spp., que, com a ruptura 
das hemácias, libera grânulos castanho escuros no interstício para os 
macrófagos do baço, fígado e outros órgãos. Além desse parasita, o S. 
mansoni é um platelminto capaz de gerar um pigmento esquistossomótico. 
Acerca desse assunto, analise as afirmativas a seguir: 
I. Esse pigmento surge após a hemólise das células em que o parasita fica 
alojado, assim com o Plasmodium spp. 
II. Forma de grânulos castanho escuros, semelhantes à hemozoina, que 
se acumulam nas células de Kupffer. 
III. Resulta da digestão enzimática da Hb no tubo digestivo do 
Schistosoma mansoni. 
É correto o que se afirma em: 
 
 
II. 
 
I e II. 
 II e III. 
 
I. 
 
III. 
 
 
 8. Ref.: 5265364 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Uma paciente de 40 anos, sexo feminino, com hiperparatireoidismo deu 
entrada no pronto-socorro reclamando de cólicas, diminuição de urina e 
inchaço nas pernas. Após radiografia, foi identificada a presença de regiões 
radio-opacas na área medular dos rins. De acordo com o seu 
conhecimento, qual o provável diagnóstico desse caso? 
 
 
Cálculos biliares 
 
Colecistite 
 
Calcificação distrófica nos rins 
 Calcificação metastática nos rins 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265379.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265364.');
 
Nefrolitíase 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 4113407 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Tumores epiteliais benignos que produzem projeções visíveis, semelhantes 
a verrugas são denominados de: 
 
 Papilomas 
 
Adenomas 
 
Fibromas 
 
Carcinomas 
 
Condromas 
 
 
 10. Ref.: 4113409 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Dentro do contexto de neoplasias, o que são as chamadas 
síndromes paraneopásicas? 
 
 
Alterações teciduais que induzem os eventos de metástase. 
 
Manifestações estritamente cutâneas do paciente neoplásico. 
 
Modificações genéticas que induzem a proliferação celular 
descontrolada. 
 Sinais e sintomas que antecedem e acompanham o progresso do 
câncer. 
 
Condições que indicam melhora do quadro do paciente com 
carcinoma pulmonar. 
 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204113407.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204113409.');
 
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5292910 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O choque é um distúrbio progressivo que pode levar à morte se não 
corrigido a tempo. Em relação aos tipos e as fases de desenvolvimento do 
choque, é correto o que se afirma em: 
 
 
Os choques hipovolêmico e cardiogênico, quando ocorrem, são 
imediatamente fatais. Já o choque séptico tende a apresentar fases 
de desenvolvimento bem estabelecidas. 
 
O choque associado à inflamação sistêmica é sinônimo de choque 
séptico, apresentando infecção por microrganismos patogênicos e 
altos índices de mortalidade. 
 
O prognóstico dos casos de choque depende essencialmente do tipo 
de choque. Pacientes que desenvolvem choque hipovolêmico, 
independentemente da idade, tendem a apresentar infarto agudo do 
miocárdio e vir a óbito. 
 O agravamento do desequilíbrio metabólico na fase progressiva é 
decorrente da substituição da respiração aeróbica pela glicólise 
anaeróbia, com produção de ácido lático. 
 
A acidose lática, na fase não progressiva, leva ao aumento do pH 
tecidual e vasoconstrição de arteríolas, que impedem a passagem do 
sangue e resultam na hipoperfusão tecidual. 
 
 
 2. Ref.: 5292911 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Um aluno de pós graduação estava analisando suas lâminas histológicas 
de rim de camundongos e notou a presença de líquido fracamente corado, 
pobre em proteínas, extravasado no espaço intersticial renal. Para 
documentar corretamente o observado, qual par de conceitos deve ser 
utilizado? 
 
 
Edema/Exsudato 
 
Efusão/Transudato 
 
Efusão/Exsudato 
 Edema/Transudato 
 
Edema/Efusão 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292910.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292911.');
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5257215 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O processo de formação da cicatriz está sujeito a intercorrências, 
resultando em anormalidades. A respeito dos defeitos da cicatrização, são 
listadas algumas anormalidades que podem ser encontradas após o 
processo de cicatrização. Assinale a alternativa que não apresente uma 
anormalidade verificada. 
 
 O queloide é caracterizado por cicatrização protuberante, mas que 
costuma apresentar regressão. 
 
As cicatrizes hipertróficas são cicatrizes salientes, devido ao acúmulo 
excessivo de colágeno 
 
Vômitos e tosse são fatores que podem contribuir para a ruptura de 
feridas abdominais 
 
A granulação exuberante causa a protusão da cicatriz acima do nível 
da pele, interferindo no processo de reepitelização. 
 
A deiscência não é muito comum de ocorrer e acomete 
principalmente pacientes que foram submetidos a cirurgia de 
abdômen. 
 
 
 4. Ref.: 5260173 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a lesão celular reversível caracterizada pelo 
acúmulo de água e eletrólitos no interior das células. Analise as 
alternativas abaixo e indique a que não corresponde a uma possível causa 
desse tipo de degeneração: 
 
 
 Inibição da bomba Na+/K+ ATPase. 
 
Lesão da membrana mitocondrial, reduzindo a produção de ATP. 
 
Formação de radicais livres que lesam as membranas diretamente. 
 
 Hipertermia, levando ao aumento do consumo de ATP. 
 Lesão de lisossomos, levando à liberação de enzimas hidrolíticas. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257215.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260173.');
 
 
 5. Ref.: 5260197 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
 A cicatrização é um processo que ocorre após lesões causadas por 
traumatismos ou pela morte celular, sendo didaticamente dividida em três 
fases: inflamatória, proliferativa e de maturação. Sobre as características 
dessas fases, é correto afirmar que: 
 
 
Após a consolidação do processo inflamatório, com liberação de 
citocinas e quimiocinas, há o início do da formação do tampão 
hemostático. 
 
No início da fase inflamatória, há a liberação de moléculas 
vasodilatadoras para permitir a migração de leucócitos. 
 A fase proliferativa é caracteristicamente marcada pela 
reepitelização, formação de novos vasos sanguíneos e formação do 
tecido de granulação. 
 
Inicialmente, o colágeno produzido durante a fase de proliferação e 
maturação é mais grosso que o colágeno presente na pele, sendo 
necessário seu remodelamento. 
 
A reepitelização é um processo que ocorre de maneira precoce e 
independe da integridade da matriz extracelular e da lâmina basal. 
 
 
 
 
EM2120496 - DISTÚRBIOS PIGMENTARES E 
CALCIFICAÇÕES 
 
 
 
 6. Ref.: 5257166 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Qual a relação entre o paratormônio (PTH) e a calcificação? Analise as 
asserções a seguir e as relações entre elas: 
I. O aumento do hormônio paratormônio pode gerar a calcificação 
metastática. 
Porque 
II. O PTH é capaz de estimular o aumento de cálcio pela ativação de 
osteoclastos, induzir produção da forma mais ativa de vitamina D e 
aumentar a reabsorção renal de sais de cálcio. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260197.');javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257166.');
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
As asserções I e II são proposições falsas. 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 
 
 7. Ref.: 5260142 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
Os metais pesados podem danificar toda e qualquer atividade biológica. O 
chumbo é um elemento tóxico não essencial que se acumula no organismo. 
Na sua interação com a matéria viva, o chumbo apresenta tanto 
características comuns a outros metais pesados quanto algumas 
peculiaridades. Sobre a intoxicação e a pigmentação por ele gerada, 
analise as afirmativas. 
I. O Plumbismo é causado pela intoxicação com o chumbo apenas por via 
inalatória e acomete principalmente as crianças. 
II. No sangue periférico, após a distinção sanguínea, o chumbo é verificado 
nos eritrócitos como grumos brancos. 
III. O Sistema nervoso central e o tecido hematopoético são os mais 
afetados por esse depósito, mas os ossos são o primeiro local de depósito. 
É correto o que se afirma em: 
 
 
II e III. 
 
II. 
 
I e II. 
 III. 
 
I. 
 
 
 8. Ref.: 5260139 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260142.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260139.');
''A sílica ou dióxido de silício é um composto natural formado pelos dois 
elementos químicos mais abundantes na crosta terrestre, o oxigênio e o 
silício. É encontrada na natureza nas formas amorfa e cristalina, que 
quando combinadas com metais e óxidos dão origem a silicatos como o 
talco, feldspato, caulim e mica. 
A forma amorfa, embora não seja inerte, é menos tóxica do que a 
cristalina, sendo encontrada em rochas vulcânicas vitrificadas, terras 
diatomáceas não aquecidas, sílica gel, no vidro sintético e na lã de vidro.'' 
Fonte: FILHO, M., T.; SANTOS, U., P. Silicosis. J Bras Pneumol. 
2006;32(Supl 1):S41-S7. 
Inaladas, podem gerar silicose. Sobre essa doença e as relações entre 
elas: 
I. Pacientes com silicose têm mais chances de desenvolver câncer de 
pulmão, e são mais suscetíveis à tuberculose. 
Porque 
II. Ocorre redução da capacidade dos macrófagos pulmonares em fagocitar 
e eliminar o Mycobacterium tuberculosis. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta: 
 
 
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma 
justificativa da I. 
 
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição 
verdadeira. 
 
As asserções I e II são proposições falsas 
 
A asserção I é uma proposição verdadeira, enquanto a II é falsa. 
 As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma 
justificativa da I. 
 
 
 
 
ENSINEME: INFLAMAÇÃO, REPARO TECIDUAL E 
NEOPLASIAS 
 
 
 
 9. Ref.: 4110425 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A distinção entre tumores benignos e malignos geralmente é feita com 
base em uma série de características. Em relação a esse tema, qual 
alternativa abaixo encontra-se correta? 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110425.');
 
Tumores benignos apresentam mitoses exacerbadas, mas com 
figuras mitóticas normais. 
 Tumores malignos apresentam baixo ou nenhum grau de 
diferenciação. 
 
Tumores malignos apresentam alto grau de diferenciação 
(anaplasia) 
 
Tumores malignos sempre apresentam crescimento muito acelerado 
 
Tumores benignos são pouco demarcados, mas não apresentam 
metástase 
 
 
 10. Ref.: 4110427 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O que são os oncogenes? 
 
 
Genes responsáveis pela inibição do sistema imune 
 
Genes envolvidos no estímulo da angiogênese tumoral 
 
Genes virais responsáveis pelo desenvolvimento de metástases 
 
Genes responsáveis pelo desenvolvimento do câncer 
 Versões mutadas dos proto-oncogenes. 
 
 
Avaliação: 
9,0 
Nota Partic.: Nota SIA: 
10,0 pts 
 
 
 
 
 
EM2120106 - DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO 
 
 
 1. Ref.: 5292902 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A ocorrência de distúrbios hemorrágicos está relacionada a alguns 
princípios. Assinale a alternativa que contenha um princípio que não está 
relacionado com a hemorragia: 
 
 
Trombocitopenia 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%204110427.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205292902.');
 
Alteração dos fatores de coagulação 
 
Púrpuras palpáveis 
 Obstrução de vasos linfáticos 
 
Defeitos da hemostasia primária 
 
 
 2. Ref.: 5298812 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
As hemorragias resultam de anormalidades em algum componente do 
processo hemostático e, quando maciças, podem resultar em: 
 
 Aneurisma da aorta abdominal 
 
Ascite 
 
Trombose venosa profunda 
 
Aterosclerose 
 
Choque anafilático 
 
 
 
 
EM2120495 - PROCESSO DE LESÃO, DEGENERAÇÃO E 
MORTE CELULAR 
 
 
 
 3. Ref.: 5257215 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
O processo de formação da cicatriz está sujeito a intercorrências, 
resultando em anormalidades. A respeito dos defeitos da cicatrização, são 
listadas algumas anormalidades que podem ser encontradas após o 
processo de cicatrização. Assinale a alternativa que não apresente uma 
anormalidade verificada. 
 
 
Vômitos e tosse são fatores que podem contribuir para a ruptura de 
feridas abdominais 
 
A granulação exuberante causa a protusão da cicatriz acima do nível 
da pele, interferindo no processo de reepitelização. 
 
As cicatrizes hipertróficas são cicatrizes salientes, devido ao acúmulo 
excessivo de colágeno 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205298812.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205257215.');
 O queloide é caracterizado por cicatrização protuberante, mas que 
costuma apresentar regressão. 
 
A deiscência não é muito comum de ocorrer e acomete 
principalmente pacientes que foram submetidos a cirurgia de 
abdômen. 
 
 
 4. Ref.: 5265405 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A classificação e nomenclatura das lesões são complicadas, não havendo 
consenso dos estudiosos quanto ao significado de muitas palavras 
utilizadas para identificar os diferentes processos. A OMS para padronizar 
criou a CID. A seguir, estão listadas algumas correlações a respeito da 
classificação e da nomenclatura das lesões. Assinale a alternativa que traz 
a correlação correta: 
 
 Em muitas situações, somente o nome dado à determinada doença 
não é suficiente para indicar a essência das lesões e da doença em 
si. 
 
A letalidade da lesão está relacionada à qualidade, intensidade e 
duração da lesão, independendo o tipo celular atingido. 
 
Agressões que alteram os mecanismos de regulação e proliferação 
celular, levando à hipertrofia e formação de tumores, são 
consideradas não letais. 
 
As alterações do interstício envolvem distúrbios da drenagem de 
líquido intersticial e o aparecimento de substâncias que causam a 
obstrução vascular, comprometendo a perfusão tecidual. 
 
As alterações da inervação compreendem as lesões de maior 
complexidade e são muito bem estudadas, visto o papel integrador 
do sistema nervoso. 
 
 
 5. Ref.: 5260173 Pontos: 1,00 / 1,00 
 
A degeneração hidrópica é a lesão celular reversível caracterizada pelo 
acúmulo de água e eletrólitos no interior das células. Analise as 
alternativas abaixo e indique a que não corresponde a uma possível causa 
desse tipo de degeneração: 
 
 Lesão de lisossomos, levando à liberação de enzimas hidrolíticas. 
 
Lesão da membrana mitocondrial, reduzindo a produção de ATP. 
 
 Hipertermia, levando ao aumento do consumo de ATP. 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205265405.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%205260173.');
 
Formação de radicais livres que lesam as membranas diretamente. 
 
 Inibição da bomba Na+/K+ ATPase. 
 
 
 
 
EM2120496 -

Mais conteúdos dessa disciplina