Buscar

HIDROGEOGRAFIA E GESTÃO DE BACIAS

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 26 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 26 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 26 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Questão 1/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A água infiltrada no solo preenche os poros originalmente ocupados pelo ar. Assim, o solo é uma mistura de materiais sólidos, líquidos e gasosos”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COLLISCHONN, Walter; TASSI, Rutinéia. Introduzindo hidrologia. 2008. p. 32. http://www.ctec.ufal.br/professor/mgn/ApostilaProfessoresWalterCollischonnERutineiaTassi.pdf. Acesso em 14 fev. 2019. 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre o ciclo hidrológico, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
	
	A
	A água subterrânea está armazenada em rios e lagos, e é estudada por um ramo da ciência chamado climatologia.
	
	B
	Os aquíferos consistem em partículas de ar, vapor e poeira, que ao se condensar originam a precipitação.
	
	C
	Os aquíferos confinados são aqueles que se encontram entre duas camadas de rocha impermeável.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “As formações rochosas que impedem a passagem de água são camadas impermeáveis que determinam os tipos de aquífero quanto à pressão. Eles, então, podem ser confinados e não confinados (ou livres). Os aquíferos confinados são aqueles que se encontram entre duas camadas de rocha impermeável, enquanto os aquíferos livres são mais superficiais” (livro-base, p. 90).
	
	D
	Todo o volume de água que infiltra no solo durante um evento de precipitação sofre percolação e alimenta um aquífero confinado.
	
	E
	Capilaridade é o nome que se dá para a infiltração da água até as camadas mais profundas de rocha.
Questão 2/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A Divisão Hidrográfica Nacional, instituída pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), estabelece as doze Regiões Hidrográficas brasileiras. São regiões hidrográficas: bacias, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas próximas, com características naturais, socais e econômicas similares. Esse critério de divisão das regiões visa orientar o planejamento e gerenciamento dos recursos hídricos em todo o país”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Divisões hidrográficas do Brasil. http://www3.ana.gov.br/portal/ANA/aguas-no-brasil/panorama-das-aguas/copy_of_divisoes-hidrograficas. Acesso em 08 mar. 2019 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a região hidrográfica amazônica, assinale a alternativa correta.
Nota: 10.0
	
	A
	A gestão de recursos hídricos no Brasil é realizada por município e as decisões, com relação aos usos múltiplos das águas, são tomadas de forma centralizada pelo governo.
	
	B
	Por ser um país com grande dimensão territorial e grande heterogeneidade ambiental, a gestão de recursos hídricos no Brasil não considera as particularidades ambientais das diferentes regiões.
	
	C
	A Divisão Hidrográfica Nacional foi instituída pelo primeiro documento a tratar sobre os recursos hídricos no país: O Código de Águas de 1934.
	
	D
	Uma região hidrográfica é considerada um espaço territorial compreendido pelos limites estaduais brasileiros.
	
	E
	O conceito de região hidrográfica está relacionado a um espaço territorial brasileiro compreendido por uma bacia, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas contíguas.
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “Conforme comentamos anteriormente, a gestão de recursos hídricos no Brasil é realizada por bacia hidrográfica, com a finalidade de ser uma gestão descentralizada, que considere as particularidades ambientais, econômicas e sociais de um país tão extenso territorialmente como o Brasil. Nesse contexto, o Conselho Nacional de Recursos Hídricos instituiu, em 2003, a Divisão Hidrográfica Nacional em Regiões Hidrográficas para fins de gestão dos recursos hídricos no país (Brasil, 2005). Uma região hidrográfica é considerada ‘o espaço territorial brasileiro compreendido por uma bacia, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas contíguas com características naturais, sociais e econômicas homogêneas ou similares, com vistas a orientar o planejamento e gerenciamento dos recursos hídricos’ [...]” (livro-base, p. 148).
Questão 3/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Considere o seguinte fragmento de texto: 
“As massas de ar que formam as chuvas frontais têm centenas de quilômetros de extensão e o movimento ocorre de forma relativamente lenta, consequentemente as chuvas frontais caracterizam-se pela longa duração e por atingirem grandes extensões”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COLLISCHONN, Walter; TASSI, Rutinéia. Introduzindo hidrologia. 2008. p. 15. http://www.ctec.ufal.br/professor/mgn/ApostilaProfessoresWalterCollischonnERutineiaTassi.pdf. Acesso em 14 fev. 2019. 
De acordo com o fragmento de texto e com os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre precipitação, relacione corretamente os tipos de chuva às suas características: 
1. Chuva orográfica
2. Chuva frontal
3. Chuva convectiva 
(  ) São decorrentes da interação de duas massas de ar com diferentes características de temperatura e umidade.
(  ) Ocorrem pelo aquecimento de massas de ar concentradas, que se encontram em contato com a superfície aquecida da Terra ou do oceano.
(  ) Ocorrem devido à existência de grandes obstáculos, como montanhas, o que impede a passagem de massas quentes e úmidas que se originam no oceano. 
Agora, apresente a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	2 – 3 – 1
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
Segundo o livro-base: 2. “As chuvas frontais ou ciclônicas são decorrentes da interação de duas massas de ar com diferentes temperatura e umidade. No encontro das duas massas, a frente de contato da massa mais quente e úmida é empurrada para cima, onde a temperatura é menor, o que causa a condensação do vapor e produz a chuva [...]” (livro-base, p. 71-72). 3. “As chuvas convectivas se dão pelo aquecimento de massas de ar concentradas, que se encontram em contato com a superfície aquecida da Terra ou do oceano. O aquecimento resulta na elevação do ar, momento em que há a condensação, em decorrência da baixa temperatura” (livro-base, p. 72). 1 “As chuvas orográficas decorrem da influência do relevo. Em alguns locais, a existência de grandes obstáculos, como montanhas, impede a passagem de massas quentes e úmidas que se originam no oceano. Ao encontrar esses obstáculos, a massa se eleva e se condensa, formando nuvens que precipitam próximo das serras”. (livro-base, p. 73).
	
	B
	3 – 2 – 1
	
	C
	1 – 2 – 3
	
	D
	1 – 3 – 2
	
	E
	2 – 1 – 3
Questão 4/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A evapotranspiração é o conjunto de dois processos: evaporação e transpiração. Evaporação é o processo de transferência de água líquida para vapor do ar diretamente de superfícies líquidas, como lagos, rios, reservatórios, poças, e gotas de orvalho. A água que umedece o solo, que está em estado líquido, também pode ser transferida para a atmosfera diretamente por evaporação”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COLLISCHONN, Walter; TASSI, Rutinéia. Introduzindo hidrologia. 2008. p. 40. http://www.ctec.ufal.br/professor/mgn/ApostilaProfessoresWalterCollischonnERutineiaTassi.pdf. Acesso em 14 fev. 2019. 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre o ciclo hidrológico e a evapotranspiração, analise as seguintes proposições:
I. A temperatura é uma variável climática que não tem influência no processo de evapotranspiração.
PORQUE
II. O método mais simplificado para a obtenção da evapotranspiração em uma bacia hidrográfica é pelo balanço hídrico. 
A respeito dessas asserções, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	As asserções I e II são proposiçõesverdadeiras, e a II é uma justificativa correta da primeira.
	
	B
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da primeira.
	
	C
	A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
	
	D
	A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
Você assinalou essa alternativa (D)
Você acertou!
Segundo o livro-base, afirmativa I: “O processo de evapotranspiração é afetado na natureza por uma série de fatores ambientais atmosféricos, os principais [...] são: [...] Temperatura – o ar quente pode conter mais vapor, favorecendo a ocorrência de evaporação e evapotranspiração” (livro-base, p. 100). Afirmativa II: “O método mais simplificado para a obtenção da evapotranspiração em uma bacia hidrográfica é pelo balanço hídrico, que consiste no balanço entre a entrada e a saída de água de uma bacia hidrográfica, sendo a entrada de água a precipitação, e a saída representada pela vazão no exutório da bacia e pela evapotranspiração” (livro-base, p. 101).
	
	E
	As asserções I e II são proposições falsas.
Questão 5/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A crise da água é, antes de tudo, uma crise de gestão desse recurso natural, mais do que a escassez ou a contaminação (Rebouças, Braga & Tundisi, 2006). Para que essa gestão seja mais eficiente e otimize os usos múltiplos da água e sua conservação, é fundamental uma integração entre o conhecimento científico adquirido e o gerenciamento”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: TUNDISI, José Galizia. Novas perspectivas para a gestão de recursos hídricos. Revista USP, n. 70, p. 24-35, 2006. p. 34 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a gestão de recursos hídricos, analise as seguintes proposições:
I. A utilização da vazão média para o cálculo de disponibilidade hídrica não é recomendada.
PORQUE
II. O cálculo da vazão média considera as vazões máximas, que ocorrem durante eventos de chuva, podendo superestimar a disponibilidade de água em uma bacia hidrográfica.  
A respeito dessas asserções, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da primeira.
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “A disponibilidade superficial está presente em canais fluviais, lagos, reservatórios e lagoas é calculada com base na vazão. Sabemos que a vazão de um rio não é sempre igual, dependendo de vários fatores, como relevo, tipo de solo, vegetação e principalmente clima (chuva). Por isso, calcular a disponibilidade hídrica com base na vazão média de um rio não é o melhor método. A vazão média considera também as vazões máximas, que ocorrem durante eventos de chuva intensa ou de longos períodos de chuva; portanto, se considerarmos que a disponibilidade hídrica em um canal é igual à vazão média, poderemos estar superestimando a quantidade de água nesse canal” (livro-base, p. 141).
	
	B
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da primeira.
	
	C
	A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
	
	D
	A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
	
	E
	As asserções I e II são proposições falsas.
Questão 6/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A implementação de um processo de gestão integrada, preditiva e no âmbito de bacia hidrográfica, pressupõe que, além de uma organização institucional e legislação adequadas, seja necessário um suporte tecnológico para promover avanços consolidados e substanciais. Só a legislação e a organização institucional não resolvem o problema com condições de sustentar a gestão”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: TUNDISI, José Galizia. Novas perspectivas para a gestão de recursos hídricos. Revista USP, n. 70, p. 24-35, 2006. p. 31 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a disponibilidade e a demanda de recursos hídricos, leia as seguintes afirmativas marcando V para as verdadeiras e F para as falsas:
I. ( ) A Lei de Águas determina que qualquer usuário de água deve obter autorização para o uso.
II. ( ) A cobrança pelo uso de recursos hídricos está implementada e funciona em todos os estados brasileiros desde 1997.
III. (  )  O usuário deve obter a outorga para o lançamento de efluentes domésticos ou industriais nos cursos d’água. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	V – F – F
	
	B
	F – F – V
	
	C
	V – F – V
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “A Lei de Águas de 1997 determina que qualquer usuário que utilizar a água para sua atividade econômica, seja pela captação da água para atividades de indústria, irrigação, dessedentação de animais, seja pelo lançamento de efluentes domésticos ou industriais, causando algum impacto qualitativo ou quantitativo sobre os recursos hídricos, deve obter autorização para isso, por meio da outorga de direito de uso da água. Além da outorga, o usuário poderá ter que pagar por esse uso [...] A cobrança pelo uso dos recursos hídricos ainda está em implantação no Brasil. Até o momento, apenas foi posta em prática nos estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, Minas Gerais, do Paraná e da Paraíba e em alguns casos de uso da água em rios pertencentes à União (aqueles que banham mais de um estado ou que são transfronteiriços)” (livro-base, p. 131).
	
	D
	F – V – F
	
	E
	V – V – F
Questão 7/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Considere o seguinte fragmento de texto: 
“A Barragem I da mina Córrego do Feijão, rompida no último dia 25 de janeiro de 2019, está localizada em Brumadinho (MG), em um córrego afluente ao rio Paraopeba, que, por sua vez, deságua no rio São Francisco no reservatório da Usina Hidrelétrica de Três Marias, localizado a 331km da barragem rompida [...]”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Nota Informativa – Possíveis impactos dos rejeitos de Brumadinho no rio São Francisco. http://www3.ana.gov.br/portal/ANA/noticias/nota-informativa-2013-possiveis-impactos-dos-rejeitos-de-brumadinho-no-rio-sao-francisco. Acesso em 13 fev. 2019. 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre as bacias hidrográficas, atente para as assertivas a seguir:
I. O rio Paraopeba é um afluente do rio São Francisco.
II. A existência da barragem pode afetar a dinâmica da bacia do rio Paraopeba.
III. A área drenada consiste em um canal de drenagem inserido em uma bacia. 
São corretas as assertivas:
Nota: 10.0
	
	A
	I
	
	B
	II
	
	C
	I e II
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A afirmativa I é correta pois, uma vez que o rio Paraopeba “deságua” no rio São Francisco, ele se torna um de seus tributários, também chamado ‘afluente’. “[...] dentro desse limite, temos as nascentes, que formam os rios tributários e o rio principal, convergindo toda a água escoada na bacia para um único ponto, seu exutório” (livro-base, p. 19). “A alternativa II é correta, pois “No contexto das ciências ambientais e da Geografia, é bastante importante relacionar o uso da terra ao conceito de bacia hidrográfica, pois, como veremos no decorrer deste capítulo, a ocupação e o uso da terra exercem influência relevante no ciclo da água” (livro-base, p. 20). A afirmativa III está incorreta, pois a área drenada consiste em “uma parte da superfície terrestre, compartimentada naturalmente pelo relevo, que recebe a água da chuva e a converge para um único ponto, chamado exutório” (livro-base, p. 19).
	
	D
	I e III
	
	E
	II e III
Questão 8/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A Divisão Hidrográfica Nacional, instituída pelo ConselhoNacional de Recursos Hídricos (CNRH), estabelece as doze Regiões Hidrográficas brasileiras.  São regiões hidrográficas: bacias, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas próximas, com características naturais, socais e econômicas similares. Esse critério de divisão das regiões visa orientar o planejamento e gerenciamento dos recursos hídricos em todo o país”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Divisões Hidrográficas do Brasil. http://www3.ana.gov.br/portal/ANA/aguas-no-brasil/panorama-das-aguas/copy_of_divisoes-hidrograficas. Acesso em 24 fev. 2019 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre as diferentes regiões hidrográficas brasileiras, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	Por não possuir aproveitamento hidrelétrico, o foco de gestão na Região Hidrográfica Amazônica é a navegação.
	
	B
	A Região Hidrográfica Atlântico Nordeste Oriental, localizada em grande parte da região Nordeste do Brasil, possui grande disponibilidade hídrica.
	
	C
	A existência de um grande contingente populacional na Região Hidrográfica Atlântico Sudeste, que engloba cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, configura uma grande demanda de água para abastecimento rural.
	
	D
	Por ser uma área de proteção ambiental, o Pantanal não foi incluído nos tópicos de grande interesse para a gestão de recursos hídricos na região hidrográfica do Paraguai.
	
	E
	Na Região Hidrográfica do São Francisco, a baixa oferta hídrica gera um conflito pelo uso da água, devido à demanda para irrigação e abastecimento humano.
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “A maior demanda de retirada de água nessa região é a irrigação (77% do total), seguida do abastecimento urbano (31%) e industrial (7%). A Região Hidrográfica do São Francisco sofre com uma baixa oferta hídrica, especialmente nas localidades inseridas no Semiárido. Associado a isso, existe também o conflito pelo uso da água entre os setores de irrigação e demanda para uso humano” (livro-base, p. 177).
Questão 9/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“O conjunto de usos da água, concentrados no suporte às diferentes atividades humanas, constitui, sem dúvida, uma ampla gama de ‘serviços’ que vão desde a geração de hidroeletricidade ao suprimento de alimentos, à navegação, transporte e recreação. Outros ‘serviços’ não tão claramente contabilizados, mas importantes, são a regulação de ciclos e a reserva de água para abastecimento público”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: TUNDISI, José Galizia. Novas perspectivas para a gestão de recursos hídricos. Revista USP, n. 70, p. 24-35, 2006. p. 27 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a disponibilidade e a demanda de recursos hídricos, atente para as assertivas a seguir:
I. Os instrumentos de gestão de recursos hídricos são aplicados com base no balanço entre demanda e disponibilidade hídrica.
II. A demanda de água consiste no uso da água para determinado fim, sendo ele consuntivo ou não.
III. A demanda hídrica no Brasil é calculada por município e por estado, respeitando limites políticos administrativos. 
São corretas as afirmativas:
Nota: 10.0
	
	A
	I
	
	B
	I e II
Você assinalou essa alternativa (B)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “No contexto da gestão de recursos hídricos, a disponibilidade e a demanda são termos-chave, porque é com base nesse balanço que são aplicados os instrumentos de gestão no sentido de garantir o uso múltiplo da água. A demanda de água consiste na água necessária para consumo ou execução de alguma atividade, de caráter consuntivo ou não. Conforme vimos no item anterior, as principais demandas de um país são para agricultura, indústria e consumo humano. Como no Brasil os princípios da gestão de recursos hídricos preconizam um caráter descentralizado, a demanda hídrica geralmente é calculada por bacia hidrográfica” (livro-base, p.136).
	
	C
	I e III
	
	D
	II e III
	
	E
	I, II e III
Questão 10/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“À medida que aumentam os efeitos da degradação ambiental sobre a disponibilidade de recursos hídricos, a gestão de bacias hidrográficas assume crescente importância no Brasil”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: JACOBI, Pedro Roberto; BARBI, Fabiana. Democracia e participação na gestão dos recursos hídricos no Brasil. Revista Katálysis, v. 10, n. 2, p. 237-244, 2007. p. 240. 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre os fundamentos da Política Nacional de Recursos Hídricos, atente para as assertivas a seguir:
I. A gestão de recursos hídricos deve ser descentralizada e participativa.
II. Em caso de escassez, a prioridade de uso deve ser de uso industrial.
III. A água é considerada um bem de domínio público. 
Está correto apenas o que se afirma em:
Nota: 0.0Você não pontuou essa questão
	
	A
	II
	
	B
	I e II
Você assinalou essa alternativa (B)
	
	C
	I, II e III
	
	D
	II e III
	
	E
	I e III
Segundo o livro-base: “Os fundamentos da Lei n. 9.433/97 baseiam-se nos seguintes fatores:  A água é um bem de domínio público; É recurso natural limitado e dotado de valor econômico; Em situações de escassez, o uso prioritário é destinado ao consumo humano e à dessedentação de animais; A gestão dos recursos hídricos deve proporcionar o uso múltiplo das águas; A bacia hidrográfica é a unidade territorial para a implementação da PNRH e a atuação do Sistema Nacional de Gerenciamento dos Recursos Hídricos; A gestão dos recursos hídricos deve ser descentralizada e contar com a participação do poder público, dos usuários e das comunidades” (livro-base, p. 123).
Questão 1/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Na análise linear de uma bacia são abordados índices e características relativas aos canais fluviais e a rede hidrográfica de maneira geral. Seus resultados auxiliam no entendimento da composição e evolução da rede de drenagem”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ela está disponível em: TAVEIRA, Bruna Daniela de Araujo. Hidrogeografia e gestão de bacias. Curitiba. Intersaberes. 2018. p. 43 
Conforme o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre as variáveis das bacias hidrográficas, analise as assertivas a seguir:
I. Comprimento do rio principal
II. Relação de bifurcação
III. Fator de forma 
São corretas apenas as afirmativas:
Nota: 10.0
	
	A
	I
	
	B
	III
	
	C
	I e II.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “Análise linear da bacia hidrográfica. Na análise linear de uma bacia são abordados índices e características relativas aos canais fluviais e a rede hidrográfica de maneira geral. Seus resultados auxiliam no entendimento da composição e evolução da rede de drenagem. I. Comprimento do rio principal: O comprimento do rio principal é a distância entre a foz, ou a desembocadura do rio, até a sua nascente. O rio principal é aquele que tem maior área de contribuição em uma bacia, ou seja, aquele com maior área de drenagem [...]. II. Relação de bifurcação. A relação de bifurcação foi definida por Horton (1945) e consiste na relação entre um total de segmentos de ordem x e o total de segmentos da ordem sucessiva. Utilizando a ordenação, segundo a classificação de Strahler, o resultado nunca deverá ser menor do que 2 [...]” (livro-base, p. 43-44). A afirmativa III é incorreta, pois se trata do fator de forma que faz parte da análise areal da bacia, e não linear.
	
	D
	I e III
	
	E
	II e III
Questão 2/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Considere o seguinte fragmento de texto: 
“A área da bacia pode ser medida através de um instrumento denominado planímetro ou utilizando representações digitais da baciaem CAD ou em Sistemas de Informação Geográfica”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COLLISCHONN, Walter; TASSI, Rultinéia. Introduzindo hidrologia. 2008. p. 8. http://www.ctec.ufal.br/professor/mgn/ApostilaProfessoresWalterCollischonnERutineiaTassi.pdf. Acesso em 14 fev. 2019. 
Conforme o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre as bacias hidrográficas, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
	
	A
	A área de uma bacia, chamada também “área de drenagem”, é composta por todos os elementos que se encontram dentro dos limites da bacia e pela jusante de seu exutório.
	
	B
	A área de uma bacia hidrográfica deve-se levar em conta apenas o ar, considerando a média de temperatura e pressão.
	
	C
	A área de uma bacia hidrográfica deve ser delimitada quando há a confluência de dois canais, ou seja, o encontro entre um canal tributário e um canal principal.
	
	D
	O exutório de uma bacia hidrográfica consiste no ponto mais a montante da bacia, ou seja, o ponto que se encontra mais próximo das nascentes.
	
	E
	Para delimitar uma bacia hidrográfica deve-se tomar como base o relevo, considerando os pontos mais altos entre duas vertentes.
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “A bacia é delimitada pelo que chamamos de divisor de águas ou divisor de topográfico, que consiste numa linha imaginária localizada na parte mais alta do relevo entre duas vertentes [...]” (livro-base, p. 26).
Questão 3/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Considere o seguinte fragmento de texto: 
“Como a produção de água pela bacia (deflúvio), pode ser originado de componentes superficiais e subsuperficiais, é possível, na paisagem normal, existir uma área de drenagem superficial que não corresponde exatamente aos limites subterrâneos da bacia, ou seja, o divisor topográfico pode não coincidir com o divisor freático”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LIMA, Walter de Paula. Hidrologia florestal aplicada ao manejo de bacias hidrográficas. https://www.ipef.br/hidrologia/hidrologia.pdf. Acesso em 13 fev. 2019. 
A partir do fragmento de texto e dos conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre as bacias hidrográficas, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
	
	A
	O divisor de água, que serve como base para a delimitação de bacias, consiste no conjunto de canais, também chamado sistema fluvial.
	
	B
	Uma rede hidrográfica é formada por um canal principal e seus afluentes, o ponto de encontro de dois canais em uma bacia é chamado exutório.
	
	C
	A carta topográfica é um recurso que pode ser utilizado na delimitação de bacias, pois possui informações sobre a drenagem e o relevo.
Você assinalou essa alternativa (C)
Você acertou!
A alternativa c) é correta, pois segundo o livro-base: “Para delimitar uma bacia hidrográfica, usamos como base os divisores de água, o que pode ser feito manualmente, utilizando uma carta topográfica, ou digitalmente, com o apoio de sistemas de informações geográficas. Uma carta topográfica apresenta feições que possibilitam a delimitação manual da bacia: a rede de drenagem e a representação do relevo” (livro-base, p.26). A alternativa a) é incorreta, pois “A bacia é delimitada pelo que chamamos de divisor de águas ou divisor topográfico, que consiste numa linha imaginária localizada na parte mais alta do relevo entre duas vertentes” (livro-base, p. 26). A alternativa b) é incorreta, pois o ponto de encontro entre dois canais é chamado confluência, “Uma rede hidrográfica é formada por um canal principal e seus tributários, também chamados afluentes, que são os canais menores que deságuam nos canais maiores. Esse encontro de canais é chamado confluência” (livro-base, p. 27). A alternativa d) é incorreta, pois: “Um canal perene é aquele que mantém um fluxo contínuo de água durante todo o tempo, inclusive em épocas em que não ocorre chuva” (livro-base, p. 27). A alternativa e) é incorreta, pois: “Tendo reconhecido esses elementos e definido o exutório da bacia, podemos passar adiante no processo de delimitação. [...] então, traçamos, a partir do ponto escolhido como exutório, uma linha, que passa por todos os pontos mais altos do relevo [...] no entorno de toda a área de contribuição do canal principal, terminando no mesmo ponto de início” (livro-base, p. 29-30).
	
	D
	Um canal perene é aquele cujo nível freático oscila em função da estação do ano, podendo estar acima do leito do rio ou abaixo.
	
	E
	Para delimitar uma bacia hidrográfica é necessário definir o exutório, e então traçar uma linha que passa por todos os pontos mais baixos de relevo naquela área.
Questão 4/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Entre as questões ambientais mais polêmicas se destaca a gestão da água doce, um bem vital para todos os seres vivos e um dos principais recursos para o desenvolvimento dos países. Entretanto, esse bem é escasso ou está em grande estado de degradação em muitas regiões do planeta, até mesmo no Brasil, onde sua regulamentação começou no início da década de 1930, baseada num modelo centralizado e sob forte influência do setor de energia elétrica”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GOMES, Jésus de Lisboa; BARBIERI, José Carlos. Gerenciamento de recursos hídricos no Brasil e no Estado de São Paulo: um novo modelo de política pública. Cadernos EBAPE. BR, v. 2, n. 3, p. 01-21, 2004. p. 1 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a gestão de recursos hídricos, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
	
	A
	A regulamentação dos recursos hídricos começou a ter maior visibilidade no Brasil na década de 1960.
	
	B
	A questão da energia elétrica passou a ser um assunto relevante na gestão das águas a partir de 1990, quando houve o crescimento da urbanização no Brasil.
	
	C
	A década de 1930 foi um período de crescimento populacional e industrial em países da América do Norte. No Brasil, esse tipo de dinâmica ocorreu após a década de 1980.
	
	D
	Apesar de o crescimento populacional e industrial no Brasil, a demanda por água não mudou.
	
	E
	Na década de 1930, com o crescimento industrial e populacional no Brasil, a demanda de água mudou, sendo necessária também para abastecimento da população e geração de energia.
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “A regulamentação dos recursos hídricos começou a ter maior visibilidade no Brasil na década de 1930, que foi uma época de grandes mudanças no país, com crescimento de contingente populacional urbano e atividades industriais. Nesse contexto, podemos imaginar que a demanda por água também passou a ser diferente. A água se tornou necessária para abastecer as cidades e para fazer funcionar o setor industrial; além disso, a água apresentava outro potencial de grande importância para o país: gerar energia elétrica. Nesse sentido, então, as ações de gestão foram conduzidas até o final da década de 1980. Após esse período, a gestão dos recursos hídricos passou a ser pensada em conjunto com a gestão ambiental e seu caráter gradualmente deixou de ser apenas desenvolvimentista para considerar fatores como o equilíbrio ambiental e a conservação de recursos naturais” (livro-base, p. 117).
Questão 5/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A Divisão Hidrográfica Nacional, instituída pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), estabelece as doze Regiões Hidrográficas brasileiras. São regiões hidrográficas: bacias, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas próximas, com características naturais, socais e econômicas similares. Esse critério de divisão das regiões visa orientar o planejamento e gerenciamento dos recursos hídricos em todo o país”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Divisões hidrográficasdo Brasil. http://www3.ana.gov.br/portal/ANA/aguas-no-brasil/panorama-das-aguas/copy_of_divisoes-hidrograficas. Acesso em 08 mar. 2019 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a região hidrográfica amazônica, assinale a alternativa correta.
Nota: 10.0
	
	A
	A gestão de recursos hídricos no Brasil é realizada por município e as decisões, com relação aos usos múltiplos das águas, são tomadas de forma centralizada pelo governo.
	
	B
	Por ser um país com grande dimensão territorial e grande heterogeneidade ambiental, a gestão de recursos hídricos no Brasil não considera as particularidades ambientais das diferentes regiões.
	
	C
	A Divisão Hidrográfica Nacional foi instituída pelo primeiro documento a tratar sobre os recursos hídricos no país: O Código de Águas de 1934.
	
	D
	Uma região hidrográfica é considerada um espaço territorial compreendido pelos limites estaduais brasileiros.
	
	E
	O conceito de região hidrográfica está relacionado a um espaço territorial brasileiro compreendido por uma bacia, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas contíguas.
Você assinalou essa alternativa (E)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “Conforme comentamos anteriormente, a gestão de recursos hídricos no Brasil é realizada por bacia hidrográfica, com a finalidade de ser uma gestão descentralizada, que considere as particularidades ambientais, econômicas e sociais de um país tão extenso territorialmente como o Brasil. Nesse contexto, o Conselho Nacional de Recursos Hídricos instituiu, em 2003, a Divisão Hidrográfica Nacional em Regiões Hidrográficas para fins de gestão dos recursos hídricos no país (Brasil, 2005). Uma região hidrográfica é considerada ‘o espaço territorial brasileiro compreendido por uma bacia, grupo de bacias ou sub-bacias hidrográficas contíguas com características naturais, sociais e econômicas homogêneas ou similares, com vistas a orientar o planejamento e gerenciamento dos recursos hídricos’ [...]” (livro-base, p. 148).
Questão 6/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“O comportamento hidrológico de uma bacia hidrográfica é função de suas características geomorfológicas (forma, relevo, área, geologia, rede de drenagem, solo, dentre outros) e do tipo da cobertura vegetal [...]”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: TONELLO, Kelly Cristina et al. Morfometria da bacia hidrográfica da Cachoeira das Pombas, Guanhães-MG. Revista Árvore, v. 30, n. 5, p. 849-857, 2006. p. 850. 
Conforme o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a área das bacias hidrográficas, assinale a alternativa correta:
Nota: 10.0
	
	A
	A área de uma bacia hidrográfica consiste em todo o conjunto fluvial colocado em plano horizontal.
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “A área de uma bacia hidrográfica é sua caraterística mais importante, pois é um dado fundamental que define sua potencialidade hídrica (Collischon; Dornelles, 2013). A área de uma bacia (A) consiste em todo o conjunto fluvial colocado em plano horizontal e pode ser mensurada com o auxílio de softwares de geoprocessamento” (livro-base, p. 45).
	
	B
	A área da bacia consiste na distância média percorrida pelo escoamento desde o interflúvio até o canal.
	
	C
	A área da bacia consiste na relação entre um total de segmentos de ordem x e o total de segmentos da ordem sucessiva.
	
	D
	A área de uma bacia é a distância entre a foz, ou a desembocadura do rio, até sua nascente.
	
	E
	O valor da área de uma bacia em km² permite investigar o grau de desenvolvimento da rede de canais que compõe a bacia.
Questão 7/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Para implementar a Política Nacional de Recursos Hídricos e coordenar a gestão integrada desses recursos é que foi criado o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, cujos componentes são mostrados [...]. O Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH) faz parte da estrutura do Ministério do Meio Ambiente (MMA) sendo, no tocante aos recursos hídricos, a sua instância decisória mais elevada”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GOMES, Jésus de Lisboa; BARBIERI, José Carlos. Gerenciamento de recursos hídricos no Brasil e no Estado de São Paulo: um novo modelo de política pública. Cadernos EBAPE. BR, v. 2, n. 3, p. 01-21, 2004. p. 9 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a estrutura institucional da gestão dos recursos hídricos no Brasil, enumere, na ordem sequencial, as instituiçoes às suas respectivas funções: 
1. Conselhos de Recursos Hídricos.
2. Agência Nacional de Águas.
3. Comitês de bacia. 
(  ) Subsidia a formulação da Política Nacional de Recursos Hídricos e promove a articulação entre as esferas nacional e estadual.
(  ) Implementa o Sistema Nacional de Recursos Hídricos, outorga e fiscaliza o uso dos recursos hídricos de domínio da União.
(  ) Responsáveis pelas decisões sobre o Plano de Recursos Hídricos, em aspectos relacionados à qualidade, quantidade e cobrança do uso da água.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	1 – 2 – 3
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “Conselhos de recursos hídricos: subsidiar a formulação da PNRH e promover a articulação entre as esferas nacional e estadual [...]; ANA: implementar o Sistema Nacional de Recursos Hídricos, outorga e fiscalização e uso dos recursos hídricos de domínio da União; [...] Comitês de bacia: responsáveis pelas decisões sobre Plano de Recursos Hídricos, em aspectos relacionados a qualidade, quantidade e cobrança do uso da água” (livro-base, p. 126-127).
	
	B
	1 – 3 – 2
	
	C
	3 – 2 – 1
	
	D
	3 – 1 – 2
	
	E
	2 – 1 – 3
Questão 8/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Atente para o seguinte fragmento de texto: 
“Considerando os diversos usos da água, os Estados devem estabelecer que a prioridade do uso da água deve ser para fins domésticos e pessoais, além dos recursos hídricos necessários para prevenir a fome e doenças [...]. O Comitê também nota a importância de se assegurar o acesso sustentável aos recursos hídricos para a agricultura, para realizar o direito à comida [...]”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BRZEZINSKI, Maria Lúcia Brzezinski Navarro Lins. O Dirieto à Água no Direito Internacional e no Direito Brasileiro. Confluências| Revista Interdisciplinar de Sociologia e Direito, v. 14, n. 1, p. 60-82, 2012. p. 64 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre a gestão de recursos hídricos, analise as seguintes proposições:
I. Em regiões de grande adensamento populacional, como as regiões metropolitanas, pode ocorrer o conflito pelo uso da água.
PORQUE
II. O adensamento populacional geralmente está relacionado às atividades do setor empresarial e industrial, demandando água para o abastecimento e para o lançamento de efluentes industriais e domésticos. 
A respeito dessas asserções, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da primeira.
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
Segundo o livro-base: “O abastecimento humano em grandes centros urbanos também caracteriza um problema, pois, geralmente em regiões metropolitanas, o grande contingente populacional está ligado a atividades industriais, gerando o conflito do uso da água para abastecimento e para lançamento de efluentes domésticos e industriais. Conforme ocorre a densificação de atividades num mesmo local, inicia-se o conflito pelo uso da água. Assim, surge a necessidade de uma harmonização entre os usos para garantir que todas as atividades utilizem os recursos hídricos, reservando ainda uma quantidade aceitável parao desenvolvimento do ecossistema aquático” (livro-base, p. 132-133).
	
	B
	As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da primeira.
	
	C
	A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
	
	D
	A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
	
	E
	As asserções I e II são proposições falsas.
Questão 9/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Uma das representações mais frequentes dos cursos d’água refere-se aos seus perfis longitudinais, plotados em gráficos de coordenadas cartesianas, onde a altitude é lançada no eixo das ordenadas e a extensão da drenagem – ou de seu vale – ocupa o eixo das abscissas, formando a variável independente”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: GUEDES, Ivan Claudio et al. Análise de perfis longitudinais de drenagens da bacia do rio Santo Anastácio (sp) para detecção de possíveis deformações neotectônicas. Revista Geociências-UNG-Ser, v. 5, n. 1, p. 75-102, 2007. p.79 
Tendo como base o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre o perfil longitudinal e a declividade média de um rio, leia as assertivas a seguir:
I. O perfil longitudinal de um rio é a representação visual da área da bacia hidrográfica, considerando os elementos que a compõe.
II. O perfil longitudinal de um rio é a representação visual da relação entre a altimetria e a extensão de determinado canal fluvial.
III. Comumente, o perfil é construído usando como base a carta topográfica. 
Está correto apenas o que se afirma em:
Nota: 0.0Você não pontuou essa questão
	
	A
	I
	
	B
	II
	
	C
	I e II
Você assinalou essa alternativa (C)
	
	D
	II e III
Segundo o livro-base: “O perfil longitudinal de um rio é a representação visual da relação entre a altimetria e a extensão de determinado canal fluvial (Christofoletti, 1980). Comumente, o perfil é construído usando como base a carta topográfica. Primeiramente, é preciso medir o comprimento do rio e sua amplitude altimétrica. Esses valores são plotados em um gráfico X e Y. No eixo X, constam os valores mínimo e máximo do comprimento do rio; no eixo y, os valores mínimo e máximo da altitude. Por exemplo, em um rio de mil metros de extensão, cuja nascente se encontra a 600 metros de altitude e a foz a 300 metros, o valor inicial de x e y será 0 e 300, respectivamente, e o valor final será 1000 e 600, respectivamente” (livro-base, p. 50).
	
	E
	I e III
Questão 10/10 - Hidrogeografia e Gestão de Bacias
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“A vegetação tem um efeito muito grande sobre a formação do escoamento superficial e sobre a evapotranspiração. O uso do solo pode alterar as características naturais, modificando as quantidades de água que infiltram, que escoam e que evaporam, alterando o comportamento hidrológico de uma bacia”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COLLISCHONN, Walter; TASSI, Rultinéia. Introduzindo hidrologia. 2008. p. 9. http://www.ctec.ufal.br/professor/mgn/ApostilaProfessoresWalterCollischonnERutineiaTassi.pdf. Acesso em 14 fev. 2019. 
 
Conforme o fragmento de texto e os conteúdos do livro-base Hidrogeografia e gestão de bacias sobre as bacias hidrográficas, leia as seguintes afirmativas marcando V para as assertivas verdadeiras e F para as falsas:
I. ( ) Em bacias rurais, a substituição de floresta por pastagens afeta o ciclo hidrológico, modificando padrões de infiltração e escoamento.
II. ( ) Em condições naturais, a vegetação oferece proteção ao solo, reduzindo a erosão causada por gotas de chuva, por exemplo.
III. ( ) Na vegetação natural, as raízes e a matéria orgânica das árvores são fatores que contribuem para a aceleração do escoamento. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	V – V – F
Você assinalou essa alternativa (A)
Você acertou!
A alternativa (I) é verdadeira pois, segundo o livro-base: “Em bacias rurais, a substituição da vegetação natural por pastagens ou culturas agrícolas também afetam o ciclo hidrológico, modificando os padrões de infiltração e escoamento. Entretanto, o alto grau de impermeabilização de uma bacia urbana faz com que o pico de vazão ocorra mais rapidamente do que em uma bacia rural durante um evento de chuva” (livro-base, p.23). A alternativa (II) é verdadeira pois, segundo o livro-base: “Em condições naturais, a vegetação de floresta oferece uma proteção ao solo, pois suas folhas formam uma barreira para as gotas de água da chuva [...]” (livro-base, p. 23). A alternativa (III) é falsa, pois as raízes e matéria orgânica das árvores contribuem para a desaceleração do escoamento. Segundo o livro-base: “Em condições naturais, a vegetação de floresta oferece uma proteção ao solo, pois suas folhas formam uma barreira para as gotas de água da chuva e suas raízes e matéria orgânica reduzem a velocidade com que a água escoa pela vertente até chegar ao canal. Quando ocorre o desmatamento, as gotas d´água atingem o solo com maior facilidade, e o percurso da água pela vertente pode ser acelerado, essa aceleração ocorre ainda com maior potência em áreas impermeabilizadas com calçadas e arruamentos (livro-base, p. 23).
	
	B
	V – F – V
	
	C
	F – F – V
	
	D
	F – V – F
	
	E
	V – V – V
image1.wmf
image2.wmf

Continue navegando

Outros materiais