A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
55 pág.
Apostila

Pré-visualização | Página 7 de 10

como uma versão adulta de chupar o dedo.
Teoria da motivação de Maslow – procurou explicar por que as pessoas tem necessidades específicas em momentos específicos.
Segmentação do Mercado 
É o processo de dividir o mercado em conjuntos distintos de clientes que possuem necessidades semelhantes 
Representa o esforço de identificar e categorizar grupos de consumidores de acordo com características comuns/partilhadas 
Por exemplo: grupos individuais de consumidores 
Níveis de segmentação de mercado
	Cada comprador é, potencialmente, um mercado separado porque possui necessidades e desejos exclusivos. 
	Mercados, Segmentos de Mercado e Nichos: são extensos grupos identificáveis dentro de um mercado, como compradores de carros. Nicho é um grupo definido menor que pode estar à procura de uma combinação especial de benefícios. Porém, os segmentos de mercado atraem vários concorrentes, enquanto que um nicho atrai um ou alguns poucos concorrentes. Segundo Linneman e Stanton citados por Kotler (1998), as empresas perseguidoras de nichos serão bem sucedidas e aquelas que não se preocuparem com nichos serão dominadas por outras.
Bases para Segmentação de Mercados Consumidores
 Segmentação geográfica – onde propõe dividir o mercado em unidades geográficas; 
 Segmentação demográfica – consiste em dividir o mercado em grupos baseados em variáveis demográficas. 
 Segmentação psicográfica – os compradores são divididos em diferentes grupos, tomando-se como base a classe social, estilo de vida e/ou personalidade (para maior alcance da audiência de veículos). 
 Segmentação comportamental – os compradores são divididos em grupos, tomando-se como base seu conhecimento, atitude, uso ou resposta para um produto. 
Segmentação Demográfica 
Rendimento 
População 
Distribuição etária 
Gênero (sexo)
Educação 
Ocupação/profissão 
Segmentação Geográfica
Segmentação geográfica – onde propõe dividir o mercado em unidades geográficas diferentes como, países, estados, regiões, cidades ou distritos.
Segmentação Psicográfica 
Agrupar as pessoas de acordo com as suas atitudes, valores e estilos de vida 
Exemplo da Porshe 
Top Guns (27%): Ambição, poder, controle 
Elitistas (24%): Old money, um carro é um carro 
Orgulhosos (Proud Patrons) (23%): Carro é recompensa por trabalho duro 
Bon Vivants (17%): Carro para exitação, aventura 
Fantasiosos (9%): Carro é um instrumento para a fuga.
Segmentação pelo Comportamento 
Quanto usam. Analisa como e quanto as pessoas compram ou usam um produto 
Quão frequentemente usam. Índices de utilização: intensivo, razoável, eventual, não-utilização 
Status de usuários. potenciais, não-usuários, ex-usuários, frequentes, iniciantes e usuários dos produtos da concorrência 
Lei de Pareto – 80% das vendas da empresa vêm de 20% dos clientes 
Seleção de Segmento de Mercado
A empresa deve decidir quais e quantos segmentos devem atender, tais como: 
 Concentração em segmento único: a empresa seleciona um único mercado. Através do mercado concentrado, a empresa alcança uma forte posição de mercado no segmento onde possui maior conhecimento de suas necessidades e obtém reputação especial; 
 Especialização Seletiva: a empresa seleciona alguns segmentos, cada um deles devidamente atraentes e apropriados, conforme os objetivos e recursos da empresa; 
 Especialização de produto: a empresa se concentra na fabricação de um produto vendido a diversos segmentos; 
 Especialização de mercado: a empresa concentra-se em atender muitas necessidades de um grupo específico de consumidores;
 Cobertura ampla de mercado: a empresa tenta atender todos os grupos de consumidores com todos produtos que possam necessitar. 
�
RECURSOS HUMANOS
Atividades
Implementação de políticas e procedimentos: código de conduta
Planejamento de recursos humanos: necessidade
Recrutamento e seleção: localização, atração e contratação
Treinamento e desenvolvimento: aumentar competências
Avaliação de desempenho: resultados alcançados
Remuneração e compensação: remuneração = salário + benefícios + incentivos (benefícios = espontâneos e legais)
Melhoria das condições no local de trabalho: higiene e segurança do trabalho
Gestão administrativa do pessoal: procedimentos de controle
Recrutameno de Pessoas
	É um conjunto de atividades desenhadas para atrair candidatos qualificados para uma organização. 
Principais Técnicas de Recrutamento Externo:
Anúncios em jornais e revistas especializadas;
Agências de recrutamento;
Contatos com escolas, universidades e agremiações;
Cartazes ou anúncios em locais visíveis;
Apresentação de candidatos por indicação de funcionários;
Consulta aos arquivos de candidatos;
Banco de dados e candidatos. 
O recrutamento e seleção como partes do processo de agregar pessoas
Figura 19 Processo de agregar pessoas
Os Processos de Desenvolver Pessoas 
Figura 20 Gestão de pessoas
Orientação das Pessoas 
►A cultura Organizacional 
►Componentes da Cultura Organizacional 
►A Sociedade Organizacional 
►Métodos da Socialização Organizacional 
 
Treinamento
Figura 21 Tipos de Mudanças de Comportamento Através do Treinamento
�
Cultura Organizacional 
	Refere-se a um sistema se significados compartilhados pelos membros e que distinguem a organização das demais organizações. 
Alguns tipos de Cultura Organizacional
Cultura do tipo “equipe de futebol”: valoriza o talento, ação empreendedora e o desempenho pelo comprometimento. Oferece grandes recompensas financeiras e reconhecimento individual. 
Cultura do tipo “clube”: enfatiza lealdade, trabalho para o bem do grupo e prestigia o direito das pessoas. Acredita em “generalistas” e no progresso da carreira profissional.
Cultura do tipo “fortaleza”: oferece pouca segurança no emprego. Opera com uma mentalidade de sobrevivência, enfatiza cada indivíduo a fazer a diferença e focaliza a atenção nas oportunidades de fazer reviravoltas.
Cultura do tipo “academia”: valoriza relações a longo prazo. Enfatiza desenvolvimento sistemático da carreira, treinamento regular e avanço profissional baseado no ganho de experiência e habilidade de conhecimentos funcionais. 
Aprendizagem da cultura organizacional
1. Estórias: contos e passagens sobre o fundador da companhia, lembranças sobre dificuldades ou eventos especiais, regras de conduta, corte e relocação de funcionários, acertos e erros do passado geralmente ancoram o presente no passado e explicam a legitimação das práticas atuais. 
2. Rituais e cerimônias: são sequencias repetitivas de atividades que expressam e reforçam os valores da organização. As cerimônias de fim de ano e as comemorações do aniversário da organização são rituais que reúnem e aproximam a totalidade dos funcionários para motivar e reforçar aspectos da cultura da organização, bem como reduzir os conflitos. 
3. Símbolos materiais: a arquitetura do edifício, as salas e mesas, o tamanho e o arranjo físico dos escritórios constituem símbolos materiais que definem o grau de igualdade ou diferenciação entre as pessoas e o tipo de comportamento (como assumir riscos ou seguir a rotina, autoritarismo ou espírito democrático, estilo participativo ou individualismo, atitude conservadora ou inovadora) desejado pela organização. Os símbolos materiais constituem a comunicação não verbal. 
4. Linguagem: muitas organizações e mesmo unidades dentro das organizações utilizam a linguagem como um meio de identificar membros de uma cultura e subcultura. Ao aprender a linguagem, o membro confirma a aceitação da cultura e ajuda a preservá-la. As organizações desenvolvem termos singulares para descrever equipamentos, escritórios, pessoas chaves, fornecedores, clientes ou produtos. Também a maneira como as pessoas se vestem, os documentos utilizados constituem formas de expressar a cultura organizacional. 
Impacto da cultura organizacional no novo funcionário