A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
APOSTILA DE TERMINOLOGIA pdf.pdf

Pré-visualização | Página 3 de 8

ombro 
direito ou esquerdo. 
 
5.Incidências Dorsoplantar e Plantodorsal 
Esses são termos secundários para as incidências AP e 
PA do pé. 
 
 Dorsoplantar (DP) descreve a via do RC da 
superfície dorsal 
(anterior) para a superfície plantar (posterior) do pé. 
 
 A incidência plantodorsal especial para o osso do 
calcanhar (calcâneo) é chamada de incidência 
plantodorsal axial (PD) porque o RC angulado 
penetra a superfície plantar do pé e sai pe la 
superfície dorsal . 
 
Observação : Lembre-se, o termo dorso para o pé 
refere-se à superfície anterior. 
 
6. Incidências Parietoacantial e Acantioparietal 
Para a incidência parietoacantial , o RC penetra pelo osso parietal do crânio 
e sai no acântio (junção ent re o nariz e o lábio superior) . 
O RC em direção oposta descreve a incidência acantioparietal . 
Tais incidências para os ossos da face são também conhecidas como PA de 
Waters e PA de Waters reversa. 
 
 
7.Incidências Submentovértice (SMV) e Vértice Submentoniana (VSM) 
Essas incidências são para o crânio e para a mandíbula. 
Para a incidência Submentovértice (SMV), o RC penetra abaixo do queixo 
ou mento e sai pelo vértice ou topo do crânio. 
A incidência Vértice submentoniana (VSM) é oposta à última e menos 
comum, entrando pelo topo do crânio e saindo abaixo da mandíbula (sem 
ilustração). 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
[Digite texto] 
 
TERMOS DE RELAÇÃO 
 
A seguir, foram emparelhados termos de posicionamento e/ou anatômicos 
descrevendo as relações das partes do corpo com seus significa dos opostos: 
 
1. Medial X Lateral: 
Em direção versus distante do centro, ou do plano 
mediano. 
Na posição anatômica, o aspecto medial de qualquer 
parte do corpo é à parte "de dentro" mais próxima ao 
plano mediano e a parte lateral é a mais distante do 
plano mediano ou linha média do corpo. 
Exemplos: Na posição anatômica, o polegar está no 
aspecto lateral da mão. A parte lateral do abdome e do 
tórax é distante do plano mediano. 
 
2. Proximal X Distal 
O proximal está próximo da origem ou do início, e 
distal está distante do mesmo. 
Em relação aos membros superiores e inferiores, 
proximal e distal devem significar as partes mais 
próximas ou distantes do tronco, da origem ou início do 
membro. 
Exemplos: O cotovelo é proximal ao punho. A 
art iculação do dedo mais próxima à palma é chamada de 
art iculação interfalangiana proximal (IFP), e a 
art iculação próxima da parte final do dedo é chamada de 
art iculação interfalangiana distal (lFD). 
 
3. Cranial X Caudal 
Cranial significa próximo da extremidade cefálica do 
corpo,enquanto caudal significa distante da cabeça. 
O ângulo cefálico é qualquer ângulo em direção à 
cabeça 
O ângulo caudado é qualquer ângulo em direção aos 
pés ou distante da cabeça 
 
4. Interior X Exterior 
Interior significa estar dentro de algo, próximo ao centro, e 
Exterior significa estar situado sobre ou próximo do exterior. 
 
5. Superficial X Profundo 
Superficial está próximo à superfície da pele; profundo está 
longe da mesma. 
 
6. Ipsilateral X Contralateral 
Ipsilateral significa estar do mesmo lado do corpo ou de parte 
dele; Contralateral é o lado oposto. 
Exemplo: O polegar direito e o hálux são ipsilaterais; o joelho direito e a 
mão esquerda são contra laterais. 
 
 
 
 
TERMOS DESCRITIVOS DAS CURVATURAS DA COLUNA 
[Digite texto] 
 
 
Lordose X Cifose 
Ambos os termos descrevem uma curvatura da frente para trás 
da coluna. 
A lordose é uma convexidade anterior mais comum na região 
da coluna lombar. 
A cifose é uma convexidade posterior, geralmente na região da 
coluna torácica. 
 
Escoliose 
A escoliose é uma curvatura lateral, ou "lado a lado" da coluna. 
 
 
 
TERMOS RELACIONADOS AOS MOVIMENTOS 
 
O grupo final de termos relacionados ao posicionamento que 
todo técnico/radiologista deve saber refere -se à variedade de 
movimentos. 
A maioria deles está listada em pares descrevendo 
movimentos em direções opostas. 
 
Flexão versus extensão 
Ao fletir ou estender uma articulação, o ângulo entre as 
partes Diminui ou aumenta. 
 
A flexão diminui o ângulo da articulação. 
Exemplos da Flexão do joelho, do cotovelo e do punho. 
 
A extensão aumenta o ângulo da articulação 
 
Hiperextensão 
Estender uma articulação além do seu estado natural. 
 
Flexão normal e Hiperextensão da coluna : 
A flexão é o ato de dobrar, e a extensão é o retorno à 
posição retificada ou natural . Uma curvatura para trás 
além de sua posição de neutralidade é a hiperextensão. Na 
prática, entretanto, os termos flexão e extensão são 
comumente empregados para expressar uma flexão extrema 
e as incidências de hiperextensão da coluna. 
 
Híperextensão normal do punho : 
Um segundo exemplo para o uso especial do termo 
hiperextensão é no punho, para avaliação do canal ou túnel 
carpal. Nessa posição, o punho é hiperestendido além da 
posição neutra. 
Esse movimento também é denominado dorsiflexão (ou flexão posterior). 
 
Flexão aguda do punho : Uma flexão aguda ou completa do punho é 
necessária para algumas incidências tang enciais para visualizar a ponte do 
carpo na face posterior do punho . 
 
 Desvio Ulnar X Desvio Radial do Punho 
[Digite texto] 
 
Desvio significa l iteralmente "para o lado" ou "sair do padrão ou curso". 
 Desvio ulnar significa virar ou dobrar a mão e o punho a partir de s eu 
estado natural em direção ao lado ulnar, 
 Desvio radial significa voltar o punho para o lado radial. 
 
Dorsiflexão X Flexão Plantar do Pé 
 Dorsiflexão do pé: diminuir o ângulo (flexão) entre o dorso 
(topo do pé) e a parte inferior da perna, movendo o pé e os 
dedos para cima 
 
 Flexão plantar do pé : esticar a articulação do calcanhar, 
movendo o pé e os dedos para baixo a partir da posição 
normal; flexionar ou diminuir o ângulo voltado para a 
superfície plantar (posterior) do pé 
 
Eversão X Inversão 
 Eversão é um movimento de estresse para fora com O pé 
através da articulação do calcanhar. 
 Inversão é um movimento de estresse para dentro aplicado ao 
pé sem a rotação da perna. 
A superfície plantar (sola) do pé é virada ou rodada para fora do 
plano mediano (a sola aparece em uma direção mais lateral) para a 
ver são e voltado para o plano mediano na inversão . 
A perna não roda, e um estresse é aplicado aos aspectos media I 
e lateral da art iculação do calcanhar para a avaliação de uma 
possível maior abertura do espaço articular (encaixe do calcanhar). 
 
Valgo X Varo 
 Valgo descreve a curvatura da parte para fora ou se 
distanciando da linha média do corpo. Valgo é usado às vezes para descrever a 
eversão de estresse (esforço valgo) da art iculação do calcanhar. 
 Varo significa "joelho travado" e descreve a curvatura da parte interna ou 
voltada para a linha média. O termo esforço varo é às vezes utilizado para 
descrever a inversão de estresse aplicada à articulação do calcanhar. 
 
Rotação Medial (interna) X Rotação Lateral (externa) 
 A rotação medial é a rotação ou desvio de parte do corpo, movendo o 
aspecto anterior da parte para dentro, ou para o plano mediano. 
 A rotação lateral é a rotação anterior voltada para fora, ou para longe da 
linha média. 
 
Observação : Lembre-se, no posicionamento radiográfico esses termos 
descrevem o movimento do aspecto anterior da parte a ser rodada. Assim, nos 
movimentos do antebraço (Fig. 1.93), o aspecto anterior do

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.