A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
APOSTILA DE TERMINOLOGIA pdf.pdf

Pré-visualização | Página 5 de 8

sua qualidade ou facil i tam sua execução. 
4. Ampola de Raios –x: tubo com AL vácuo com função de produção e emissão de 
raios-x. 
5. Anion: molécula carregada posit ivamente. 
6. Angiografia: radiografia do sistema vascular. 
7. Anódio: pólo posit ivo da ampola onde se chocam os elétrons para produção dos 
Raios-x 
8. Anódio Fixo: geralmente em aparelhos transportáteis e portáteis. 
9. Anodio Giratório: normalmente em aparelhos de maior miliamperagem, a 
presenta maior durabil idade. 
10. Anterior: localizado a parte da frente do corpo. 
11. A.O.T: Cambiador automático de fi lmes 
12. Aparelho Bloqueado: sistema de segurança do aparelho que, quando uti l izamos 
mAs e kV altos, há um relais que desliga a mesa de comando, não permitindo a 
emissão de raios -x. 
13. Ápice : parte mais elevada de um órgão. 
14. Apneia: Parada da respiração. 
15. Apnéia Expiratória: Parada da respiração em expiração. 
16. Apnéia Inspiratória: Parada da respiração em inspiração. 
17. Autotomografia: Radiografia que uti l iza o movimento de estruturas que 
estejam superpondo-se com a região a ser examinada, f icando assim apagada, através 
o floucinetico. 
18. Avental Plumbífero: Avental à base de borracha e chumbo, com a finalidade de 
proteção aos raios -x 
19. Balcão: Componente da parte seca da câmara escura onde se guarda os fi lmes, 
chassis, etc. . . 
20. Bandeja: Local onde se coloca o chassi , para a obtenção de uma radiogr afia. 
21. Biombo: Acessório Próximo à mesa de comando com a finalidade de 
radioproteção. 
22. Bipedestação: o mesmo que ortostática, ou pessoa de pé. 
23. Bobina: f io condutor enrrolado em espiras em torno de um núcleo de ferro. 
24. Buck: Grade com finas lâminas de chumbo c om finalidade de evitar que a 
radiação secundaria at inja o fi lme. 
25. Cabos de Alta Tensão: Fios elétricos que alimentam o aparelho de raios -x. 
26. Capacidade de um tubo: Limite Maximo de miliamperagem segundo e 
kilovoltagem suportada por um tubo de raios -x com segurança para sua integridade. 
27. Carga de um tubo: quantidade de l iamperagem / segundos e kilovolts uti l izada 
numa radiografia. 
28. Cátion: molécula com carga elétrica negativa. 
29. Catódio: Pólo negativo da ampola de onde partem os elétrons para se chocarem 
no anodio. 
30. Cifose: Desvio posterior do eixo da coluna vertebral . 
31. Cilindro: Colimador com finalidade de evitar a formação da radiação 
secundaria. 
32. Cilindro de Extensão: Colimador que podemos fazer variar seu comprimento. 
33. Clinustática: o mesmo que deitado. 
34. Colimador: Disposit ivo com finalidade de reduzir o feixe da radiação ao campo 
a ser radiografado. 
35. Colgadura: Armação metálica com finalidade de portar o fi lme radiográfico na 
revelação manual. 
36. Cone: Colimador com finalidade de evitar a formação de radiação secundari a. 
37. Contactografia: È um método de exame que uti l iza a maior ampliação da 
região mais afastada do fi lme. Para obter melhor definição da mais próxima, a 
ampola deverá estar encostada no paciente. 
38. Contraste Artif icial: è o que introduzimos no paciente para ob tenção de 
melhores imagens de determinadas regiões. Normalmente à base de bário, Iodo ou 
gases, como gás carbônico, protóxido de azoto ou ar atmosférico. 
[Digite texto] 
 
39. Contraste Natural: È o que já existe na região a ser examinada. Normalmente, 
ar, gordura, partes moles e osso. 
40. Decúbito: O mesmo que deitado ou em clinustatica. 
41. Decúbito Dorsal: Deitado com a região posterior do tronco em contato com a 
mesa. 
42. Decúbito Lateral: Deitado com a região lateral do tronco em contato com a 
mesa. 
43. Decúbito Ventral: Deitado com a região anterior do tronco em contado com a 
mesa. 
44. Diafragma: Disposit ivo que permite l imitar o campo de exposição dos raios -x 
45. Distal: Em proporção com uma outra estrutura próxima é a que esta mais 
afastada do crânio. 
46. Ecram: Folha de papelão com um sal , que apre senta a finalidade de intensificar 
a radiação. 
47. Ecram Grão Fino: Ecram que apresenta baixa intensificação e alto detalhe. 
48. Ecram Grão Groso: Ecram que apresenta alta intensificação e baixo detalhe. 
49. Ecram Grão Médio: Ecram que apresenta intensificação e detal hes médio. 
50. Ecram Radioscópico ou Fluoroscopico: Ecram que permite uma imagem 
dinâmica das estruturas anatômicas. 
51. Ecram Reforçador: Ecram com finalidade de intensificar a radiação para 
obtenção de uma radiografia. 
52. Efeito Anódio: Fenômeno que explica os 5% a mais de radiação no lado do 
catodo. 
53. Eletricidade Estática: Eletricidade que se forma em ambiente de clima seco, 
dando imagens de velamento no fi lme radiográfico. 
54. Escoliose: Desvio lateral da coluna vertebral 
55. Espessura: Fator radiográfico que permite a obt enção de kv. A espessura da 
região a ser examinada é medida em centímetro. 
56. Estativa: Suporte pertencente ao aparelho, com função de sustentar a ampola , 
Buck vertical ou outros componentes. 
57. Fator de Absorção: É o fator que indica o que a grade antidifusora absorve. 
58. Fatores Radiográficos: Fatores que permitem a obtenção de uma imagem 
radiográfica ou radioscópica. 
59. Filamento: Extremidade do pólo negativo pólo negativo ou posit ivo de um 
circuito. 
60. Filamento Anodico: Pólo posit ivo de uma ampola de Raios -x 
61. Filamento catódico: Pólo negativo de uma ampola de Raios -x 
62. Filme (radiográfico): Folha de celulose com uma emulsão de sal de prata e 
gelatina. 
63. Filme Mofado: Filme que sofreu a ação da umidade 
64. Filme Velado: Filme exposto a radiações, calor e outras condições que 
impressionam os sais de prata. 
65. Filme Virgem: Filme que ainda não foi exposto a qualquer t ipo de radiação. 
66. Filtro de Alumínio: Folha de alumínio, geralmente de 1 e 2 mm com a 
finalidade nde absorver a radiação secundária que sai da ampola. 
67. Filtro Inerente: O mesmo que o fi l tro de alumínio. 
68. Flou: O mesmo que sem nit idez, sem definição. 
69. Flou cinético: Perda de detalhe radiográfico pelo movimento do objeto, do 
fi lme ou do foco. 
70. foco: ponto do anódio de onde emana a radiação x. 
71. Forame: o mesmo que buraco, cavida de. 
72. Grade antidifusora: Grade composta de finas laminas de chumbo, com 
finalidade de evitar que a radiação secundaria atinja o fi lme. 
73. Grade Bucky: é a garde antidifusora fixa. 
74. Grade divergente: Grade onde as laminas são divergentes, acompanhando a 
divergência do raio. 
75. Grade Potter-Bucky : É a grade que se movimenta durante o tempo de 
exposição 
76. Grade Reticulada: Grade onde as laminas entrecruzam-se em ângulos retos. 
77. Grade Universal: Grade onde as laminas são paralelas. 
[Digite texto] 
 
78. Incidência: É o resultado de um conjunto de meios para obtenção de uma 
radiografia. Entre elas , posicionamento, fatores radiográficos e raio central . 
79. Incidências Básicas: são as responsáveis pela maioria das projeções uti l izadas 
na tencica radiológica. 
Incidências: 
- AP (Antero-Posterior) : R.C. penetra na região anterior e sai na posterior 
- PA (Postero-anterior): R.C. penetra na região posterior e sai na anterior. 
- P (perfil) : R.C. penetra com 90º em relação ao AP ou PA. 
- Lateral : o mesmo que perfi l 
- P d i r . (Perf il Direito) : Regiao lateral direita mais próxima do fi lme. 
- P e s q . (Perf il Esquerdo): Região lateral esquerdo mais próximo do fi lme. 
- P i n t . (Perf il Interno) : Região interna ou medial do membro superior ou 
inferior mais próxima do fi lme. 
- P e x t

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.