A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Aula 3. Informações Históricas de Ácaros (1)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Informações Históricas de Ácaros
Prof Dr Fabrício Rimoldi
Eng. Agrônomo/Eng. de Segurança do Trabalho/Biólogo
Faculdades Adamantinenses Integradas - FAI 
Cerca de 1500 anos A.C., organismos mais tarde denominados carrapatos foram relatados como causadores de uma enfermidade.
Cerca de 850 A.C., pesquisadores referiram-se a esse grupo de organismos. Relatado nos livros “Odisséia” e também no livro “Ilíadas” - cão que se encontrava coberto de carrapatos.
Passaram-se cerca de 500 anos até, Aristóteles, mencionasse os ácaros novamente na literatura. Foi ele quem pela primeira vez se referiu aos ácaros como “akari”, termo oficialmente estabelecido por De Geer em 1778 para representar todos os organismos hoje conhecidos como ácaros e carrapatos.
Relatou também a ocorrência de organismos por ele designados “kroton” e “kynoraistes”, correspondendo aos organismos hoje conhecidos como carrapatos, e “scolekes”, que significa “vermes”, para se referir a parasitos de gafanhotos, hoje interpretados como uma espécie.
Outro marco de extrema relevância na história da acarologia corresponde às referências de Lineu aos ácaros em sua publicação “Systema Naturae”. De acordo com Krantz (1978), na primeira edição daquela obra, publicada em 1735, Lineu usou o termo genérico Acarus. Na décima edição, publicada em 1758, o autor definiu resumidamente o gênero Acarus e nele incluindo 31 espécies.
 É a partir dessa edição do Systema Naturae que o sistema binominal de nomenclatura zoológica é considerado válido, como determinado no “Código Internacional de Nomenclatura Zoológica”. 
Ácaros de Interesse Agrícola
Ácaros de interesse agrícola aumentou muito a partir da segunda metade do século XX. Logo no início deste período, Braga (1957) fez o primeiro esforço para sintetizar as informações até então publicadas sobre os ácaros relatados em plantas cultivadas e em produtos armazenados no Brasil.
Carlos, H.W. Flechtmann publicou o primeiro livro no país tratando especificamente dos ácaros de importância agrícola. 
Estimativa
Krantz (1978) estimou em mais de 30.000 as espécies descritas até aquela época. Acredita-se que hoje este número deva estar em torno de 50.000 espécies.
Considerando-se que os ácaros ainda são pouco conhecidos nas áreas tropicais, onde se espera ocorrer a maior diversidade destes organismos, é de se esperar que o número real de espécies seja muito maior.
Classificação científica: Ácaro e Carrapato
Reino: Animal
Subreino:	Metazoa
Filo:	Arthropoda
Classe: Arachnida
Subclasse:	Acari

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.