Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Desafio Profissional

Pré-visualização|Página 1 de 13

UNI VER SIDADE ANH ANGU ERA UNIDERP
CENTR O DE EDUCAÇÃO A DIS NC IA
P OLO : BO NF IM
CUR SO : LETR AS
DISCIPLINAS NO RTE ADO RAS : L ÍN GU A ING LESA II, MORFO LOGI A,
LI TER ATU RA INFANTO J UV EN I L, L IT ERA TUR AS D E LÍNG U A PO RTU GU ESA,
MULT IM EIOS AP LIC A DO S À ED UCAÇ ÃO.
GERAL DA AP AREC IDA VIEIRA SANT OS SOAR ES
40. 06.31.96.13
MU L TIME IO S AP LIC AD OS A EDU C AÇ ÃO
N OME DO TUTO R A DIS TÂN C IA : JOSY AR AU JO
BO NF IM MG
23.11.2017

S umario :

1.0 INTR OD UÇ ÃO :
A tec no lo gia ho je es ta prese nte e m nosso co t id ia no, é nece s sár io s ua ins erção na
educaç ão.
Faz- se neces r ia á imp la ntação das tec no lo gias nas esco la s para muda nça de
parad igmas trad ic io na lista s, a inter ne t poss ui inúmeras ferr a me ntas d ispo nib iliza das
ta nto par a a luno q ua nto para p ro fesso r.
A TC IS pe r mite inter ação c ult ura l e inte lec t ua l, se usada co mo um ga nc ho mult i e ns inos
co mo co mp le me nto me todo ló gico. Para mudar a co nc epção de esco las trad ic io na lis tas ,
onde o pro fesso r é ce nt ro sabe r e os a luno s se t or na m um depos ito de infor mações
educado res ba n r ios. C o mo b e m esc re ve u Pa ulo F re ire, e ns inar não é tra ns fer ir
conhec ime nto, ma s cr iar as pos s ib ilid ades para a s ua prod uçã o o u a s ua co ns tr ução
(FR EI RE, 2011, p. 24). O pro fes sor não o é de te nto r do saber. Hoj e vive mos e m uma
soc iedade co nte mpo râ nea t raba lha mos co m os nat ivos d igit a is, o s ed ucadore s prec isa m
ur ge nte me nte capa c it ar se pa ra t raba lha r co m no va s te n nc ias ed uca c io na is , as es co las
at ua is p rec isa m de lit era nc ia e m míd ia na áre a ind isc ip lina r part ic ip ação ativas dos
rec ursos mid iát icos. A ed ucação pr ec isa se livrar et imo lo gia e mp ír ica, se a t ua lizar pa ra
uma ed ucação de mocra ta to r na ndo o a luno a t ivo, c r itico, r e fle xivo , a esco la pre c isa
saber q ue o pro fessor e a luno m um pape l impo rta nte para uma apre nd iza ge m
s ignifica t iva. O a luno p rec is a mot ivação pa ra aq uis ição ap re nd iza ge m e não de uma
pedago gia opres sora. A tec no lo gia te m ser usada co mo apo ios para ho mo ge ne izar a
fo r ma q ue o s a lunos ap re nde m p r inc ipa lme nte nas a ula s de ngua por t uguesa q ue e sta
mo no c la t ura e mpobrec ida, a ula s trad ic io na listas giz, lo uça te ndo co mo pr inc ipa l rec urso
o livro d idát ico, q ue já ve m co m as re sposta s e o pro fessor se aco moda, o ed ucador te m
ser coeso no se u p ape l e nq ua nto ed ucador ter for mação co nt inuada, es ta se mpre e m
busca d e ser e le var a um ve l ma is e le vado de co nhec ime nto. Pr inc ipa lme nte se
capac ita r para traba lhar co m os mult i e ns inos , infe lizme nte as es co las muit as das ve zes
te m o mater ia l d idát ico de apo io q ue fica m tra ncado s e m sa las e mpoe ira ndo, por não
exigir e b uscar cap ac itação para se us pro fis s io na is. Que m perde co m isso é nação e
a lunos q ue rec ebe m uma ed ucação mecâ nica e do gmá t ica.
O Ene n re ve lo u á ss imo a t uação dos a lunos de língua mate r na, e m p rod ução de te xto
as esco la s hoje es tão fo r ma ndo a na lfabe tos func io na is de vido a uma te n nc ia

Quer ver o material completo? Crie agora seu perfil grátis e acesse sem restrições!