A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Palavras - Portugês Dificil

Pré-visualização | Página 1 de 2

ABALANÇAR - – AVALIAR.
ABALIZADO – NOTÁVEL, COMPETENTE.
ABALIZAR – ASSINALAR.
ABENEGAR – RENUNCIAR, ABSTER-SE DE.
ABJETO – INFAME.
ABOLETAR – INSTALAR-SE, ALOJAR-SE.
ABRROGAR – ANULAR, SUPRIMIR, REVOGAR.
ACAVALADO – DE MANEIRA BRUTA.
ACEDER – CONCORDAR, PERMITIR.
ACEPÇAO – SENTIDO QUE SE EMPREGA UM TERMO, SIGNIFICAÇÃO DE ALGUMA COISA.
ACÉRIMO – OBSTINADO, FORTE.
ACHACAR – MALTRATAR , MOLESTAR, EXTORQUIR.
ACHAVASCADO – GROSSEIRO, TOSCO.
ACHEGA – ADITAMENTO, ACRÉSCIMO, AJUDA, AUXILIO, CONTRIBUIÇÃO PARA ALGO.
ACHINCALHAR – ZOMBAR,
ACOIMAR – IMPOR MULTA, CASTIGAR. ACUSAR, TACHAR, IMPUTAR.
ACRIMÔNIA – GROSSERIA, RUDEZA, ASPEREZA.
ACURAR – TRATAR PESSOA OU COISA COM CUIDADO, APRIMORAR.
ADEMANES – ACENOS, JEITOS, SINAIS, TREJEITOS.
ADMOESTAR – ADVERTIR DE FALTA, CENSURAR, ADVERTIR, AVISAR EM ADVERTÊNCIA.
ADREDE – DE PROPÓSITO.
AFOITO – SEM MEDO, CORAJOSO, VALENTÃO, APRESSADO, PRECIPITADO.
AFORISMO – MANIFESTAR-SE SOBRE A MORAL DE OUTREM.
AGUERRIDO – CORAJOSO, DESTEMIDO.
ALARIDO – GRITARIA, ZOMBARIA, CLAMOR DE VOZES..
ALCUNHAR – POR APELIDO EM ALGUÉM
ALEATÓRIO – EVENTUAL.
ALENTADO – BRIOSO, VALENTE.
ALGARAVIA – DE LINGUAGEM POUCO INTELIGÍVEL.
ALUDIR – FAZER REFERENCIA A ALGO.
ALUITRAR, ACONSELHAR, PROPOR, SUGERIR.
ALUSÃO – REFERENCIA VAGA E INDIRETA
ALVITRE – LEMBRANÇA, SUGESTÃO, PARECER.
AMAGO – O CERNE, O MÉRITO, O MEIO DE QUALQUER COISA, A PARTE MAIS INTIMA DO SER, INTERIOR DA PESSOA.
AMBÍGUO – QUE DA OU TEM MAIS DE UM SENTIDO, EQUIVOCO, PROCEDIMENTO SEM SEGURANÇA. INDECISO, DUVIDOSO.
AMEALHAR – ECONOMIZAR, POUPAR.
AMIUDADO – FREQÜENTE, REPETIDO.
AMÍUDE, REPETIDAS VEZES.
AMOFINAR – CONSUMIR
AMUO – GESTO DE SILENCIO, MAU HUMOR.
ANCHO – PESSOA VAIDOSA.
ANTAGÔNICO – OPOSTO, CONTRÁRIO
ARDILOSO – MANHOSO , ESPERTO, VELHACO.
ARRAZOAR – EXPRESSAR OU DEFENDER (CAUSA, ASSUNTO, ARGUMENTO), ALEGANDO RAZOES, BEM COMO CENSURAR, REPREENDER, ARGÜIR, FALAR.
ARREVEZAR – POR AOS AVESSOS, DAR SENTIDO CONTRÁRIO A ALGUMA COISA, OU FATO.
ARROGAR – APROPRIAR-SE, ATRIBUIR.
ARROUBO – ENTUSIASMO , FERVOR , EXTASE, ENCANTO.
ASSEVERAR – ASSEGURAR, DAR COMO CERTO, ATESTAR.
ATILIDO – ESCRUPULOSO, CORRETO, AJUIZADO, ESPERTO.
BABÉLICO – DESORDENADO, CONFUSO.
BALBÚRDIA – BADERNA , BAGUNÇA , CONFUSÃO.
BALDA – DEFEITO HABITUAL, MANIA.
BARAFUNDA – MISTURA DESORDENADA DE FATOS, COISAS, ESCRITA E PENSAMENTOS.
BELICOSO – QUE INCITA À GUERRA.
BESUGO – PEQUENO PEIXE ACANTOPTERÍGIO VULGAR;
BIGORRILHA – INDIVIDUO RELES, DESPREZÍVEL.
BILTRE – INFAME, VIL, RELES.
CINCADA – FALTA OU ERRO POR IMPERÍCIA.
COARCTAR – ESTABELECER LIMITES, RESTRINGIR.
COMBALIR – ENFRAQUECER, DEBILITAR, CAUSAR ABALO, ABALAR.
COMPUNÇÃO – PECADO, OU MÁ AÇÃO.
CONCISÃO – EXPOSIÇÃO DE IDÉIAS.
CONCITAR – INICIAR A DESORDEM.
CONGRUÊNCIA – HARMONIA, MESMO FIM.
CONLUÍO – CONCURSO DE DUAS PESSOAS EM ALGUMA COISA OU FATO, CUMPLICIDADE PARA PREJUDICAR TERCEIRO(S); COLUSÃO, TRAMA.
CURRA – ABUSO SEXUAL , ESTUPRO COM A PARTICIPAÇÃO DE DUAS OU MAIS PESSOAS.
DÂNDI – QUE PROCURA SE VESTIR COM ELEGÂNCIA.
DESCOCO – DESCARAMENTO, ATREVIMENTO.
DILAPIDAR – DESPERDIÇAR , ESTRAGAR , DESTRUIR.
ENFASE – MODO AFETADO DE SE EXPRIMIR, OU RELEVO E DESTAQUE ESPECIAL EM ALGUMA COISA.
ENGODAR – MENTIR , ENGANAR.
EPIGRAFE – INSCRIÇÃO, TITULO OU FRASE QUE SERVE DE ASSUNTO.
ESQUELHA – OBLIQÜIDADE A ALGUMA, COISA OU FATO, DIFERENÇA.
FENECIMENTO – FIM , TÉRMINO.
FLEUMÁTICO – IMPERTURBÁVEL.
FRUGAL – SIMPLES.
FUGAZ – PASSAGEIRO , QUE PASSA RÁPIDO.
FUGAZ – POUCO DURADOURO
GRADO – VONTADE
HOMIZIO – REFÚGIO, GUARIDA, ABRIGO, ESCONDERIJO
ÍGNEO – PRÓPRIO DO FOGO.
IGNÓBIL – SEM CARÁTER , VERGONHOSO.
IGNÓBIL- SEM NOBREZA, OBJETO VIL, DESPREZÍVEL.
IMPLÍCITO – ESCONDIDO , NÃO EXPRESSO , OMISSO.
INCÓLUME – INTACTO.
INÓCUO – INOFENSIVO.
INSOLENTE – DESAFORADO , DESAGRADÁVEL.
IRRUPÇÃO – ENTRADA VIOLENTA , PANCADA FORTE.
JAEZ – TIPO , CATEGORIA.
JANOTA – BEM VESTIDA.
JUSTAPOR – COLOCAR PERTO.
LOQUAZ – FALADOR.
NÓDOA – SUJEIRA , MANCHA. PODE SER TAMBÉM A ALCUNHA DE UMA PESSOA DE MÁ FAMA.
PACHORRENTO – CALMO , SERENO , ACOMODADO.
PACÓVIO – IMBECIL , IGNORANTE.
PÂNDEGO – FELIZ , ALEGRE.
PARA AJUDAR, ABAIXO ESTÁ UMA LISTA COM VÁRIAS DESSAS PALAVRAS BASTANTE INCOMUNS DO PORTUGUÊS E SEUS RESPECTIVOS SIGNIFICADOS.
PARCO – MODERADO , ECONÔMICO , DIMINUTO.
PEDANTE – NOJENTO , EXIBIDO , AUDACIOSO.
PEDANTE – QUE SE EXPRESSA COM EXIBICIONISMO, EXIBINDO CONHECIMENTOS.
PEDERASTA – GAY.
PEJO – PUDOR, ACANHAMENTO, TIMIDEZ.
PELICO – TRAJE DE PASTOR, PELE DE OVELHA.
PELUSTRAR –
PENDÃO – SÍMBOLO DE UM PARTIDO, ASSOCIAÇÃO DE PESSOAS ETC.
PERCALÇO – TRANSTORNO
PERCUCIENTE – QUE REPERCUTE, PENETRANTE.
PERDULÁRIO – QUE GASTA MAIS.
PERENE – QUE DURA MUITO , IMORTAL.
PERENGUE – COVARDE.
PÉRFIDO – CRUEL , TRAIDOR , DESGRAÇADO.
PERICLITAR – CORRER PERIGO.
PERJÚRICO – ATO DE PERJURAR.
PERMUTA – TROCA , CÂMBIO.
PERNICIOSO – ATO DE MALDADE.
PERNÓSTICO – PRETENSIOSO , ESNOBE.
PERORAR – FALAR A FAVOR.
PERPASAR – AO LONGO A CAMINHO DE ALGUMA COISA.
PERSCRUTAR – VASCULHAR , PROCURAR , REVIRAR.
PERSPICAZ – QUE SE VÊ BEM, PESSOA APTA, CAPAZ..
PESPEGAR – APLICAR, USAR.
PETIZ – CRIANÇA , ADOLESCENTE.
PICARESCO – BURLESCO, RIDÍCULO, SEM SENTIDO.
PICARO – ARDILOSO.
PLÁCIDO – SERENO, TRANQÜILO, PACÍFICO.
PLENEPOTENCIARIO – QUE AMPLOS PODERES.
PLEONASMO – RETUMBÂNCIA DE TERMOS.
PLISSADO – COM RUGAS.
POLIGONAL – VER DE VÁRIOS ÂNGULOS.
POMPEAR – EXPOR VAIDOSAMENTE.
PORTENTO – COISA OU SUCESSO MARAVILHOSO, PESSOA INTELIGENTE, E INCOMUM.
PORTENTOSO - QUE TEM CARÁTER DE PORTENTO.
POSPOR – ADIAR, REMARCAR.
POSPOR – DEIXAR PARA DEPOIS, ADIAR.
POSTEGAR – ATRASAR, DEMORAR.
PÓSTERO – FUTURO VINDOURO.
POSTULADO – PRINCIPIO NÃO DEMONSTRADO.
POTENTADO – GRANDE AUTORIDADE.
POTOQUEIRO – MENTIROSO.
PRECATAR – PREVINIR-SE
PRECÍPUO – PRINCIPAL, ESSENCIAL.
PRECONIZAR – APREGOAR COM LOUVOR, ALGUÉM OU ALGUMA COISA.
PRÉLIO – LUTA, COMBATE.
PRELÚDICO – ATO OU EXERCÍCIO PRÉVIO DE ALGUM MANDADO.
PREPODERÂNCIA – PREDOMÍNIO, SUPREMACIA.
PREPOTENTE – QUE ABUSA DE ALGUM PODER.
PRESCIENTE – QUE PREVÊ O FUTURO.
PRESCINDIR – NÃO LEVAR EM CONTA
PRÉSTIMO – QUALIDADE DE QUEM TEM MÉRITO.
PREVARICAR – FALTAR AO DEVER OU ATOS DECORRENTES DE CARGO E PROFISSÃO.
PRIMAR – MOSTRAR-SE O MAIS NOTÁVEL.
PROBANTE – QUE SE PROVA.
PROFÍCUO – ÚTIL, VANTAJOSO.
PROPUGNAR – DEFENDER COMBATENDO
PROSTAR – LANÇAR EM TERRA, ENFRAQUECER MORALMENTE.
PULHA – INDIVIDUO SEM CARÁTER, PATIFE.
PUNDONOR – SENTIMENTO DE DIGNIDADE.
QUEJANDO – DA MESMA NATUREZA.
RECÔNDITO – ESCONDIDO, ENCOBERTO, SECRETO, OCULTO
RECRUDESCER – TORNAR MAIS INTENSO.
RETICENTE – DISCRETO, RETRAÍDO, CONTROVERTIDO.
RIDICULARIZAR, REBAIXAR, HUMILHAR.
RUAR – SAIR SEM DESTINO , ANDAR À TOA.
RUBICUNDO – AVERMELHADO.
RUTILAR – BRILHAR MUITO, QUERER APARECER.
SAFA – QUE EXPRIME TÉDIO.
SAFARDANA - PESSOA DESAVERGONHA, SEM CARÁTER.
SALSEIRO – DESORDEM, CONFUSÃO, TUMULTO.
SANAR – SANEAR, REMEDIAR, ATALHAR.
SÁTIRA – COMPOSIÇÃO QUE VISA RIDICULARIZAR, ALGUÉM OU ALGUMA COISA.
SAZONAR – AMADURECER.
SECUNDAR – AJUDAR, AUXILIAR.
SEDIÇÃO – PERTURBAÇÃO DE ORDEM PÚBLICA, ORDEM LEGAL.
SEMPITERNO – QUE NÃO TEM PRINCIPIO E NEM FIM.
SILENTE – SILENCIOSO, CALADO.
SIMULACRO – CÓPIA OU REPRESENTAÇÃO IMPERFEITA, GROSSEIRA, FALSIFICADA, SIMULADA.
SOBERBO – QUE ESTÁ MAIS ELEVADO QUE OUTREM, ORGULHOSO AO EXTREMO, ARROGANTE.
SOÇOBRAR – AFUNDAR, NAUFRAGAR, REDUZIR A NADA, ANIQUILAR, AGITAR, PERTURBAR.
SOER – SER COMUM, FREQÜENTE, CONTUMAZ, TER COSTUME OU HABITO.
SOFISMA – ARGUMENTOS APARENTES, NÃO CONCLUSIVOS, A FIM DE INDUZIR A ERRO, OU GANHAR DE QUALQUER JEITO, NÃO FICAR PARA TRAZ.
SONGAMONGA – PESSOA SONSA, TOLA, IDIOTA, BOBA.
SOTOPOR, POSTERGAR, ADIAR.
SUBESTIMAR – NÃO DAR A DEVIDA ATENÇÃO.
SUMIDADE – PERSONALIDADE IMPORTANTE , SÁBIO.
SUSCEPTILIZAR – OFENDER DE LEVE, FAZER MENÇÃO.
SUSCITAR – FAZER SURGIR , ENCORAJAR , PROVOCAR.
TACITURNO – CALADO.
TÊNUE – FRACO , FRÁGIL.
TERGIVERSAR – DESCULPAR-SE.
UFANO – VAIDOSO.
URGIR – SER NECESSÁRIO, SEM DEMORA, SER URGENTE, NÃO PERMITIR DEMORA.
USEIRO –