A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Av historia2

Pré-visualização | Página 3 de 5

0,0  / 1,0
	A resistência foi uma constante na vida de índios escravizados. Como exemplos de resistência indígena podemos citar:
		
	 
	Catequese, fugas e rejeição da religião europeia;
	
	Isolamento, catequese e enfrentamento aberto;
	 
	Isolamento, antropofagia e fugas.
	
	Enfrentamento aberto, canibalismo e adoção total dos costumes europeus;
	
	Antropofagia, isolamento e casamento com os brancos;
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201402256184)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	As irmandades negras, criadas desde o período colonial, seguiam os mesmos preceitos religiosos das demais: todos os membros deveriam efetuar o pagamento da taxa anual ― dinheiro que seria revertido em festas, rituais fúnebres e missas das igrejas. A grande diferença dessas irmandades estava na condição de seus membros (a maioria eram escravos e/ou libertos) e o fato delas adorarem santos negros. Sobre as irmandades podemos afirmar que:
		
	 
	foram importantes formas de resistência.
	
	não funcionaram no auxílio aos negros.
	
	Foram o embrião do desenvolvimento da Umbanda.
	
	enriqueceram a custa dos escravos.
	
	Eram organizadas nos quilombos.
		
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201402372306)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Entre as opções abaixo, assinale aquela que apresenta um exemplo de revolta negra contra a escravidão que aconteceu no Brasil.
		
	
	Revolta de Tupac Amaru.
	
	Revolta Haitiana.
	
	Inconfidência Mineira.
	
	Revolução Pernambucana.
	 
	Revolta dos Malês.
		
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201402979834)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Acerca dos quilombos e quilombolas seria incorreto afirmar que:
		
	
	Um grande número de quilombos reunia não só escravos em fuga, mas também negros libertos, indígenas e brancos com problemas com a justiça.
	
	A existência de quilombolas livres, não foi incomum. No sul da Bahia, em Barra do Rio de Contas, atual Itacaré, foi descoberto, no começo do século XIX, o quilombo do Oitizeiro, onde conviviam escravos e gente livre.
	
	Era muito frequente que os índios fizessem parte das expedições de caça a negros fugidos.
	 
	As relações entre quilombolas e grupos indígenas eram sempre de cooperação e ajuda mútua.
	
	Palmares foi o mais importante quilombo brasileiro e o maior das Américas.
		 Gabarito Comentado.
	1a Questão (Ref.: 201402161805)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Quando falo que uma "cozinha" pode representar mais que uma simples prática, mas uma tradição, um preparo, um jeito, uma cultura, quero dizer que devo ter um olhar mais atento ao mundo que me cerca, notar que suas estruturas são complexas e importantes de serem analisadas. A partir da observação dos fenômenos das cozinhas contemporâneas e da interação História e Antropologia podemos definir como traços indígenas em nossa cozinha:
		
	
	Arroz
	 
	Mandioca
	
	Feijão
	
	Porco
	
	Peixe
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201402313378)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Entre 1500 e 1530 Portugal não demonstrou muito interesse pelo Brasil, a Carta de Caminha não mencionava a existência de ouro ou prata. Neste período, chamado de Pré Colonial, como eram as relações econômicas entre a metrópole e a colônia?
		
	 
	o comércio realizava-se através da troca direta ou escambo;
	
	a expansão da pecuária impulsionou a utilização da mão-de-obra escrava africana;
	
	a economia baseou-se essencialmente em atividades agrícolas;
	
	a maioria das atividades produtivas concentrava-se na economia informal;
	
	o extrativismo mineral acabou desenvolvendo um mercado de consumo interno;
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201403015128)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Monteiro (1994), em sua obra !Negros da terra", diz que todas as expedições dos bandeirantes tinham como características comuns:
		
	
	contato com colonos de outras regiões e compra de escravos negros.
	
	nenhuma riqueza mineral e muita sabedoria
	
	conseguiam muitos metais preciosos e retorno rápido para São Paulo
	 
	voltavam com muitos cativos e sem nenhuma riqueza mineral
	
	o estabelecimento de uma relação amigável como todos os índios
		 Gabarito Comentado.
	 Gabarito Comentado.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201402256101)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Os colonos portugueses não lograram êxito em suas investidas em busca de ouro e prata. Mas a proposta do antigo governador acabou redimensionando os objetivos das expedições para o interior. A busca por ouro deu lugar ao aprisionamento de índios. Embora os colonos utilizassem a procura por metais preciosos frente à Coroa portuguesa - que baixava inúmeras leis proibindo a escravização de indígenas ¿ as expedições organizadas pelos colonos de São Paulo se transformaram em:
		
	
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de negros fugidos.
	
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de Charruas argentinos, para fugir da lei portuguesa.
	
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de portugueses que fugiam da lei.
	 
	verdadeiras empreitadas escravizadoras de indígenas.
	
	verdadeiras empreitadas de busca de ouro e prata, liderados por indígenas.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201402221423)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	A substituição da mão-de-obra indígena pela africana ocorreu, sobretudo, ao(s) seguinte(s) fator(res): 
I. falta de adaptação do indígena ao conceito de produção com intuito de acumulação. 
II. menor lucro advindo do tráfico negreiro em detrimento da escravização do indígena. 
III. decréscimo populacional indígena em virtude de epidemias e extermínios associados aos europeus.
		
	 
	apenas I e III estão corretas.
	
	apenas II está correta.
	
	apenas I e II estão corretas.
	
	apenas III está correta.
	
	apenas I está correta.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201402171197)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Qual a importância econômica da escravidão indígena na era colonial?
		
	
	Graças a uma assimilação pacífica dos povos indígenas ao sistema colonial, eles se encaixaram de maneira produtiva ao constituir uma força de trabalho escrava que visava o desenvolvimento nacional.
	
	Apesar da assimilação pacífica dos povos indígenas ao sistema colonial, eles não se encaixaram de maneira produtiva portanto, naõ constituíram a força de trabalho escrava necessária ao desenvolvimento nacional.
	 
	A escravidão indígena tornou possível a implantação e o desenvolvimento da lavoura açucareira na colônia, mecanismo essencial para financiar o projeto colonizador e mercantilista da metrópole.
	
	O fato dos povos indígenas aceitarem trabalhar por pouco ou mesmo nada ajudou as lavouras portuguesas, que não tiveram gastos salariais, aumentando assim sua margem de lucro.
	
	No Brasil recém colonizado a quantidade de portugueses era muito pequena, e sendo os povos indígenas maioria seria mais barato fazê-los cativos a transportar trabalhadores da Europa para o Brasil.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201402256189)
	Acerto: 0,0  / 1,0
	Mais do que ampliar as redes de parentesco, as irmandades negras tiveram papel importante na luta pela liberdade de muitos escravos. Como?
		
	
	Criando um fundo de poupança para compra de escravos, assim esses passavam a ser escravos da irmandade e fazer serviços mais leves.
	 
	Graças à poupança feita por seus ¿irmãos¿ de credo, que tinham como fim comprar a alforria de um membro.
	
	Organizando a prática do colonato, em que o negro deixava de ser escravo e virava um colono do senhor, que se livrava dos seus custos.
	 
	Executando comícios que defendiam o fim da escravidão e influenciaram boa parte da sociedade, como o Rio de Janeiro, primeiro local a serem

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.