3º simulado História Moderna da Formação dos Sistemas internacionais
3 pág.

3º simulado História Moderna da Formação dos Sistemas internacionais


DisciplinaHistória Moderna: da Formação do Sistema Internacional200 materiais1.398 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1a Questão (Ref.: 201201980274)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O chamado Antigo Regime, que existiu em muitos países europeus ao longo da Idade Moderna, compreende um conjunto de características econômicas, sociais, políticas e culturais. Dentre essas características, é CORRETO incluir
	
	 
	na política, o predomínio de monarquias absolutistas; e, na economia, o intervencionismo estatal (mercantilismo).
	
	na sociedade, uma hierarquia determinada não pelo nascimento mas pelas riquezas que o indivíduo conseguisse acumular; e, na economia, as práticas monopolistas.
	
	na economia, o predomínio de relações capitalistas; e, na política, a hegemonia das ideias liberais.
	
	na cultura, o predomínio do pensamento racional e científico; e na religião o enfraquecimento da influência das igrejas protestantes.
	
	na economia, a generalização do princípio do laissez-faire; e, na sociedade, uma hierarquia constituída segundo critérios de estamentos e ordens.
	
	\ufffd
	 2a Questão (Ref.: 201201980504)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Do ponto de vista sócio-político, os Estado típico, ou dominante, ao longo do Antigo Regime (séculos XVI a XVIII), na Europa continental, pode ser definido como:
	
	
	nobiliárquico-constitucional.
	
	patrício-republicano.
	
	oligárquico-tirânico.
	
	burguês-despótico.
	 
	aristocrático-absolutista.
	
	\ufffd
	 3a Questão (Ref.: 201201920293)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	É o resultado político da crise que terminou com o sistema feudal e representa a tomada do poder centralizador do rei em detrimento do poder fragmentado dos senhores feudais e os séculos XV e XVI temos o seu fortalecimento. Em um primeiro momento, há um incentivo do Estado para a burguesia através de práticas mercantilistas como o protecionismo, favorecendo o comércio e as manufaturas. Posteriormente, a burguesia passa para um segundo plano, tornando-se insatisfeita. Estamos falando do:
	
	
	Cientificismo
	
	Humanismo
	
	Racionalismo
	
	Contratualismo
	 
	Absolutismo
	
	\ufffd
	 4a Questão (Ref.: 201201979956)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O sistema de colonial empreendido pela política mercantilista tinha como objetivo:
	
	
	restabelecer o modo de produção feudal como forma de exploração colonial;
	
	evitar conflitos internos, resultantes dos choques entre feudalismo e capitalismo, que entravavam o desenvolvimento dos países europeus;
	 
	alcançar o máximo de auto-suficiência econômica e situá-la vantajosamente no comércio internacional, pela criação de complementos à economia nacional;
	
	criar condições para o enfraquecimento do Estado Absolutista;
	
	garantir o acesso às fontes de matérias-primas e aos mercados consumidores no ultramar, principalmente na África.
	
	\ufffd
	 5a Questão (Ref.: 201201980540)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Desenvolvido pelo Estado Absolutista, o Mercantilismo, reuniu práticas e doutrinas que, em suas diversas práticas entre os séculos XVI e XVIII, caracterizou-se por um (a):
	
	
	liberalismo econômico como forma de manutenção da aliança política do Rei com os segmentos burgueses.
	
	expansão do poderio naval como garantia das comunicações marítimas entre as metrópoles e seus impérios coloniais.
	 
	intervencionismo estatal nas atividades comerciais lucrativas que proibiu a concessão de monopólios a grupos privados.
	 
	restrição dos privilégios senhoriais relacionados à participação da nobreza no comércio ultramarino e nas companhias comerciais do Estado, tais como a Companhia das Índias Orientais e das Índias Ocidentais.
	
	protecionismo alfandegário através de proibições das exportações que visava ao equilíbrio da balança comercial do Estado.
	
	\ufffd
	 6a Questão (Ref.: 201201980493)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O maior representante do absolutismo francês, autor da frase "O Estado sou eu", foi:
	
	
	Felipe II.
	
	Carlos V.
	
	Henrique VIII.
	
	Jaime I.
	 
	Luís XIV.
	
	\ufffd
	 7a Questão (Ref.: 201201921046)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Podemos conceituar o Mercantilismo como um conjunto de práticas, adotadas pelo Estado absolutista na época moderna, com o objetivo de obter e preservar riqueza. Sobre este tema, considere as afirmativas abaixo classificando-as como VERDADEIRAS ou FALSAS.
I - Liderada pela espanha, a prática mercantilista compreendia estímulo à importação, restrição à exportação, condicionamento do comércio à agricultura, incentivo à uniformização legislativa e alfandegária do Estado.
II - O controle exercido pela metrópole não implicava na passagem do produto pela mesma. A maioria das mercadorias, autorizadas pela metrópole, vinham diretamente dos países de origem. Muitos produtos provinham de colônias da mesma metrópole.
III - As nações européias adotaram uma política intervencionista, ou seja, as regras da economia eram ditadas pelo Estado. O Estado passou proibir a saída de ouro e prata, como forma de manter a riqueza no país
Sendo assim, podemos afirmar que:
	
	
	Apenas I e II estão corretas.
	
	Apenas a II está correta
	
	Apenas a I está correta
	 
	Apenas II e III estão corretas.
	
	Apenas I e III estão corretas.
	
	\ufffd
	 8a Questão (Ref.: 201201980279)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Assinale a opção que caracteriza a economia colonial estruturada como desdobramento da expansão mercantil européia da época moderna.
	
	
	A implantação da empresa agrícola representou o aproveitamento, na América, da experiência anterior dos portugueses nas suas colônias orientais.
	
	O caráter exportador da economia colonial foi lentamente alterado pelo crescimento dos setores de subsistência, que disputavam as terras e os escravos disponíveis para a produção.
	 
	A lavoura de produtos tropicais e as atividades extrativas foram organizadas para atender aos interesses da política mercantilista européia.
	
	A descoberta de ouro no final do século XVII aumentou a renda colonial, favorecendo o rompimento dos monopólios que regulavam a relação com a metrópole.
	
	A produção de abastecimento e o comércio interno foram os principais mecanismos de acumulação da economia colonial.
	
	\ufffd
	 9a Questão (Ref.: 201201958973)
	
	Os Estados Nacionais são uma invenção moderna.  Até então conceitos como Nação e Estado não estavam esclarecidos, debatido e organizados.  Discuta a ideia de Nação, mostrando como a mesma está relacionada ao contexto do século XVIII.
	
	
Sua Resposta: O conceito de Estados e Nação está relacionado a um período de nacionalismo presente na Europa Ocidental e de industrialização. Isto favoreceu o investimento e desenvolvimento tecnológico, gerando lucros, o que fomentou as economias nacionais e gerou a capacidade militares de defesa e ataques. A ideia de pertencer a um grupo com a mesma língua, cultura, histórias próprias , sempre fez parte da ideia dos povos europeus. Os Estados Nacionais se caracterizam por meio de um território com fronteiras próprias, por moeda e força militar próprias, uma língua definida , uma cultura em comum, uma soberania sobre um povo e uma forte burocracia estatal.
	
Compare com a sua resposta: Nação tem relação com a determinação de fronteiras e a identificação dos grupos com uma identidade nacional.  Seus sistemas econômicos, sociais e políticos se relacionam a organização cada veza mais centralizada e com uma cuidadosa burocracia estatal.
	
	\ufffd
	 10a Questão (Ref.: 201201952959)
	
	Relacione o Mercantilismo e à Expansão Marítima com a construção de um sistema internacional de características capitalistas.
	
	
Sua Resposta: Após a expansão marítima, liderada por Portugal e Espanha, que necessitavam encontrar riquezas e metais preciosos para cunhar moedas, a descoberta de terras na Américas, as colonias, passaram a ter uma produção voltada para os interesses das