A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
62 pág.
DevC++

Pré-visualização | Página 6 de 12

Escolha a opção Console Application, certificando-se que a opção “Projeto C” esteja 
marcada. 
Você pode definir um nome para seu projeto nesta mesma janela. 
 
 
 
Ao clicar em OK, o compilador irá solicitar que você salve seu projeto. Procure salvar 
um projeto por pasta para evitar um acumulo de arquivos, de modo que seja fácil a 
seleção do documento certo. 
QI - Escola de Educação Profissional 
Apostila de Lógica de Programação 
 
Professor: Eduardo Reus Souza 19 
Logo após a criação do projeto. Você estará apto para começar a programar. 
Repare que a interface do código é muito similar ao que já estamos trabalhando, de 
modo que apenas precisamos modificar (apagar) algumas instruções e nossa aplicação 
estará igual ao de nosso caderno. 
 
 
Repare que existe uma linha obrigatória no final do código fonte: 
system (“pause”); 
 
Onde: 
system(“pause”): Fará com que o programa após sua conclusão seja fechado somente 
após o pressionamento de alguma tecla. A não existência desta linha de instrução 
fecharia o programa sem que o usuário tenha tempo de visualizar as respostas. Podemos 
utilizar qualquer instrução DOS na função system. 
4.4. Compilando um Projeto 
Após a escrita do algoritmo, finalmente é a hora de testar o funcionamento do mesmo. 
Para isso, devemos compilar nosso projeto. 
Existem três atalhos importantes que devemos saber nesse momento. 
 Pressionar as teclas CTRL + F9: Compila o código, porém não o executa. 
 Pressionar as teclas CTRL + F10: Executa um código compilado. 
 Pressionar a tecla F9: Compila e executa o código. 
É importante ressaltar que quando um projeto for compilado, ele deverá ser salvo 
novamente.
QI - Escola de Educação Profissional 
Apostila de Lógica de Programação 
 
Professor: Eduardo Reus Souza 20 
Abaixo temos uma imagem que representa o resumo do compilador: 
 
 
 
Repare que neste caso o compilador não encontrou nenhum erro durante a tradução do 
código fonte. 
Vejamos abaixo uma situação onde existam erros de sintaxe. 
 
 
No lugar do resumo de compilação, o código teve uma linha destacada e na parte 
inferior do programa estão sendo exibidos alertas do compilador. Neste caso a 
informação é de que o programa não conseguiu compilar a linha 10, devido a falta de 
um “;” na linha 9. 
QI - Escola de Educação Profissional 
Apostila de Lógica de Programação 
 
Professor: Eduardo Reus Souza 21 
4.5. Tipos de Erros 
Durante toda o processo de desenvolvimento de software, encontraremos apenas dois 
tipos de erros em nossos programas. São eles: 
 Erros de Sintaxe: Ocorrem durante a fase de projeto do código, caracterizados 
por falhas na digitação (eu escrevo errado). São facilmente identificados, pois 
são acusados pelo compilador. Como por exemplo escrever “mai” no lugar de 
“main”. 
 Erros de Lógica: Ocorrem em tempo de execução, caracterizados por falhas na 
concepção do código (eu penso errado). São muito mais complexos de serem 
encontrados, já que o programa é executado normalmente, sendo que este apenas 
devolve um valor errado de resposta. Este tipo de erro só pode ser encontrado 
com testes de mesa. 
4.6. Exercício Proposto 
1. Passe todos os algoritmos feitos na listagem anterior para o DEV-C++, anotando 
possíveis erros de sintaxe e perguntando para seu professor o que estes significam. 
QI - Escola de Educação Profissional 
Apostila de Lógica de Programação 
 
Professor: Eduardo Reus Souza 22 
Aula 5 
Algoritmos Condicionais 
5. Introdução 
Até o momento, todos os algoritmos que estamos fazendo podem ser considerados 
Algoritmos Seqüenciais, isto é, executam todas as suas linhas de instrução sem que 
hajam desvios nem repetições no código fonte. Em um ambiente prático, este tipo de 
situação não ocorre, já que durante um programa diversas situações devem ser testadas 
para que seu resultado final seja satisfatório. 
Por exemplo, se formos fazer um programa para cálculo de peso ideal para um 
indivíduo, a fórmula para homens e mulheres é diferente. Sendo assim, em algum 
momento do programa deve-se descobrir o sexo da pessoa e caso seja alguém do sexo 
masculino, faça a fórmula X, caso contrário, a fórmula Y será executada. 
Para podermos trabalhar com algoritmos condicionais podemos utilizar dois tipos de 
instruções IF (SE) e SWITCH (CASO, não é tradução literal): 
5.1. Instrução IF (SE) 
Esta instrução avalia uma determinada condição lógica, e dependendo da resposta que 
esta condição retornar, será feito um bloco de algoritmo ou não. 
Sintaxe: 
if (condição lógica) 
 { 
 <Bloco de algoritmo que será executado caso a condição lógica seja verdadeira>; 
 } 
<Bloco de algoritmo que será executado independentemente da resposta da condição 
lógica>; 
 
Dentro da instrução if, ainda podemos utilizar uma segunda instrução (else - senão) que 
também avalia a condição lógica testada, porém somente sendo executado se esta 
condição for falsa. 
Sintaxe: 
if (condição lógica) 
 { 
 <Bloco de algoritmo que será executado caso a condição lógica seja verdadeira>; 
 } 
else 
 { 
 <Bloco de algoritmo que será executado caso a condição lógica seja falsa>; 
 } 
 
Para melhor compreensão, faremos agora um exemplo prático da utilização deste tipo 
de instrução. Façamos um algoritmo que leia o nome e as duas notas de um aluno, 
retornando a sua média e uma mensagem “Aprovado” ou “Reprovado” dependendo da 
sua média. A média mínima para aprovação será 6. 
QI - Escola de Educação Profissional 
Apostila de Lógica de Programação 
 
Professor: Eduardo Reus Souza 23 
#include <stdio.h> 
void main() 
{ 
 float n1, n2, media; 
 char nome[25]; 
 
 printf("Digite o seu nome: "); 
 gets(nome); 
 printf("Digite sua primeira nota: "); 
 scanf("%f", &n1); 
 printf("Digite sua segunda nota: "); 
 scanf("%f", &n2); 
 
 media = (n1 + n2)/ 2.0; 
 printf ("%f \n", media); 
 if (media >= 6) 
 { 
 printf ("Parabens! Voce esta APROVADO \n"); 
 } 
 else 
 { 
 printf ("Infelizmente voce esta REPROVADO \n"); 
 } 
 
 system("pause"); 
} 
 
O trecho em destaque no código é o que diferencia um algoritmo condicional de um 
puramente seqüencial. Repare que apenas uma das duas mensagens será exibida na tela, 
sendo que tudo depende do retorno do teste “media >= 6”(média ser maior ou igual a 6). 
5.2. Operadores Relacionais 
Para que possamos fazer perguntas lógicas para o processador, devemos sempre utilizar 
um dos operadores abaixo demonstrados. 
 
Operador Significado 
> Maior do que 
< Menor do que 
>= Maior ou igual a 
<= Menor ou igual a 
== Igual a 
!= Diferente de 
 
 
QI - Escola de Educação Profissional 
Apostila de Lógica de Programação 
 
Professor: Eduardo Reus Souza 24 
5.3. Exercícios Propostos 
1. Faça um algoritmo que leia um valor real qualquer e o classifique como POSITIVO 
ou NEGATIVO. Obs: Trate o número ZERO como positivo. 
 
2. Faça um algoritmo que leia um valor inteiro e informe se este valor é maior do que 
10 ou não. 
 
3. Faça um algoritmo que leia dois valores reais e informe se estes valores são iguais 
ou diferentes. 
 
4. Faça um algoritmo que leia um valor inteiro e retorne se este valor é PAR ou 
ÍMPAR. 
 
5. Faça um algoritmo que leia dois valores reais e exiba ao final qual dos dois é o 
maior. 
 
6. Faça um programa que leia o Nome, Valor Hora e Total de Horas Trabalhadas de 
um funcionário. Calcule e exiba: 
a) O salário bruto 
b) O valor de Vale Transporte (6% do Salário Bruto) 
c) O desconto de