A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
IMUNOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
*
INTRODUÇÃO
O sistema imunológico atua no combate de ele-
mentos invasores (antígenos) e na limpeza do
organismo (retirada de células mortas e de cé-
lulas alteradas)
As células do sistema imunológico são altamente
organizadas (receber ou enviar mensagens de
ataque ou mensagens de supressão, apresenta-
ção do inimigo, destruição do inimigo ou neutra-
zação de substâncias produzidas pelo inimigo)
*
Mecanismos de defesa
Inespecíficos (imunidade inata ou natural)
Pele, saliva, HCl do suco gástrico, pH vaginal,
cera do ouvido, muco e cílios das vias respira-
tórias, inflamações, febre, células fagocitárias,...
Específicos ou humoral
Produção de anticorpos
*
Reação inflamatória
No tecido lesionado,
células como os mas-
tócitos e basófilos,
produzem substâncias 
químicas que atraem
neutrófilos e monócitos
(que se transformam
em macrófagos) e 
realizam fagocitose
dos antígenos e de 
células mortas
*
Interferon 
Proteínas produzidas por 
certas células quando
atacadas por vírus ou 
outros parasitas intrace-
lulares, que são liberadas
na circulação e ao se
ligarem na membrana 
de outras células,induzem
a produção de proteínas 
antivirais
*
Sistema Imune Celular
Mecanismo não específico, o qual realiza
a defesa do organismo por:
Fagocitose: englobamento e destruição do
antígeno
Neutralização: inativação dos efeitos tóxicos
do antígeno
Lise: ruptura da membrana ou da parede
celular do antígeno
*
*
Sistema Imune Humoral
Mecanismo de defesa 
específico, o qual realiza
a defesa do organismo 
por meio da produção
de anticorpos
*
Produção de anticorpos
Destacam-se as células apresentadoras de
antígenos (macrófagos) e os linfócitos 
Os linfócitos T4 liberam substâncias como
interleucinas e interferons, capazes de 
estimular outros linfócitos.
Os linfócitos B se transformam em plasmócitos
os quais produzem anticorpos
Alguns linfócitos B se diferenciam em células 
de memória
*
*
*
*
Tipos de imunidade
Imunidade Ativa
Ocorre quando o organismo é estimulado a
produzir anticorpos por entrar em contato com
o antígeno.
Natural
Produzida em resposta a uma determinada
doença.
Ex: catapora, sarampo...
*
Artificial 
Através aplicação de vacinas
*Vacinas : contém antígenos mortos ou atenua-
dos, ou fragmentos do antígeno, ou toxina atenu-
ado do antígeno
* A vacinação tem caráter preventivo e duradouro
*
vacinação oral
*
Imunidade Passiva
Ocorre quando o organismo recebe anticorpos
prontos, ou seja produzidos por outro organismo 
Natural
Verificada em fetos que recebem anticorpos 
produzidos pelo organismo materno através da
placenta, e em recém-nascidos que recebem
anticorpos através da amamentação
*
Artificial
Através da aplicação de soro
* Soro: contém anticorpos para antígenos espe-
cíficos.
* A soroterapia tem caráter curativo e temporário
*
*
ALERGIA
Reação de hipersensibilidade a uma determi-
nada substância.
Participação de anticorpos IgE e eosinófilos,
os quais liberam histamina (promove vasodila-
tação e aumento da permeabilidade dos vasos
sanguíneos com perda de plasma)
*
Anafilaxia
Reações alérgicas espalhadas pelo corpo, com
inchaços generalizados, constrição da gargan-
ta e das vias respiratórias
Deve-se aplicar anti-histamínico e adrenalina
Urticária
Reação alérgica localizada
Aplicação de anti-histamínico
*
Asma
Edema e obstrução dos brônquios com es-
pasmos da musculatura bronquiolar, dificultan-
do a respiração
Uso de bronquiodilatadores e corticórdes