A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
44 pág.
Análise e especificação de requisitos

Pré-visualização | Página 1 de 5

ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Definição de universo de informações 
 
A especificação de requisitos deve incluir não somente as 
especificações do domínio do problema, mas também qualquer 
tipo de informação que descreva o contexto do sistema. 
 
Esse contexto é conhecido como universo de informações, que é 
a realidade circunstanciada pelo conjunto de objetivos definidos 
pelos que demandam o software, e inclui todas as fontes de 
informação e todos os stakeholders. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Definição de domínio do problema 
 
•  O domínio do problema é o domínio de atuação do software e 
inclui todos os elementos que interagem com ele. 
•  O domínio do problema é, portanto, o ambiente de atuação do 
software. Neste ambiente principiam as atividades da engenharia 
de software, a definição das necessidades do software. 
•  É tarefa dos engenheiros de requisitos entender o problema, na 
cultura e linguagem dos usuários, e definir um sistema que 
atenda às suas necessidades. Para tal, o engenheiro de requisitos 
deve descobrir e estabelecer o universo de informações, de onde 
obtém os recursos na tarefa de elucidação do problema. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Definição do domínio da solução 
•  No domínio da solução é enfocada a definição da solução aos 
problemas dos usuários. 
•  Os desenvolvedores do software aplicam seus conhecimentos em busca 
da especificação do sistema a ser desenvolvido. 
•  Envolve as características da solução e os requisitos do sistema. 
•  Uma característica é definida como um serviço que o sistema provê 
para cumprir uma ou mais necessidades dos stakeholders. 
•  Uma vez estabelecido o conjunto de características com a concordância 
dos stakeholders, deve-se definir os requisitos mais específicos que serão 
necessários impor a solução. 
•  Requisitos são propriedades que um sistema de software deve ter. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Requisitos 
 
•  Funcionais – representam os comportamentos que um programa ou sistema 
deve apresentar diante de certas ações de seus usuários. 
•  Não-funcionais – quantificam determinados aspectos do comportamento. 
(Ex: tempo de resposta, tempo médio entre falhas, etc.). 
 
Especificações dos requisitos: 
 
•  Explícitos – são aqueles descritos em um documento que arrola os requisitos 
de um produto, ou seja, a especificação de requisitos. 
•  Normativos – são aqueles que decorrem de lei, regulamentos e outros tipos 
de normas a que o produto deve obedecer. 
•  Implícitos – são expectativas dos clientes e usuários, que são cobradas por 
esses, embora não documentadas. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Processo de Aquisição e Especificação de Requisitos 
Elicitação (Levantamento) de Requisitos – Fontes 
–  Stakeholders 
•  Clientes 
•  Usuários 
•  Desenvolvedores 
–  Documentos 
–  Livros 
–  Sistemas de software (específico da organização ou software 
comercial) 
Levantamento de requisitos – Técnicas 
–  Levantamento orientado a pontos de vista 
–  Cenários 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Levantamento orientado a pontos de vista 
•  Normalmente, há diferentes tipos de usuário final e, em função disso, 
diferentes pontos de vista. 
•  Os pontos de vista podem ser organizados de forma hierárquica, como por 
exemplo: 
Todos os pontos de vista 
Cliente Pessoal 
do banco 
Caixa Gerente Engenheiro 
Não-titular 
da conta 
Titular 
da conta 
Serviços 
 
Consultar saldo 
Retirar dinheiro 
Serviços 
 
Pedir cheques 
Enviar mensagem 
Executar transação 
da lista 
Pedir extrato 
Transferir fundos 
Referência: 
 
Atributos: 
 
 
Eventos: 
 
 
 
Serviços: 
 
 
Subpontos de vista: 
Cliente 
 
Número da conta PIN 
Início da transação 
 
Selecionar serviço 
Cancelar transação 
Encerrar transação 
 
Retirada de dinheiro 
Consulta de saldo 
 
Titular da conta 
Não-titular da conta 
Referência: 
 
Razão: 
 
 
 
Especificações: 
 
 
 
 
 
 
 
Pontos de vista: 
 
Requisitos não 
funcionais: 
 
 
Provedor: 
Retirada de dinheiro 
 
Melhorar serviço do cliente e 
reduzir trabalho com papel 
 
 
Usuários escolhem o serviço 
pressionando o botão de retirada 
de dinheiro. Em seguida, 
informam a quantia solicitada. A 
operação é confirmada e, se o 
saldo permitir, o dinheiro é 
entregue. 
 
Cliente 
 
Entregar o dinheiro um minuto 
após ser confirmada e quantia. 
 
Preenchido posteriormente 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Levantamento orientado a pontos de vista (continuação) 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Cenários 
 
•  Cada cenário aborda um ou um pequeno número de possíveis interações. 
•  O cenário geralmente começa com um esboço da interação e, durante o 
levantamento de requisitos, são acrescentados detalhes para criar uma 
distribuição completa dessa interação. 
•  O cenário pode incluir: 
•  uma descrição de estado do sistema no início do cenário; 
•  uma descrição do fluxo normal de eventos no cenário; 
•  uma distribuição do que pode sair errado e de como lidar com isso; 
•  informações sobre outras atividades que possam estar em andamento ao 
mesmo tempo; 
•  uma descrição do estado do sistema no final do cenário. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Métodos de Coleta de Requisitos 
 
Algumas técnicas das ciências sociais, como psicologia e sociologia, têm 
sido estudadas e utilizadas nesta atividade, que envolve fatores 
comportamentais e de relacionamento humano. 
 
Entre os métodos mais comuns estão: 
 
•  análise de documentos; 
•  entrevistas (tutoriais, estruturadas, não-estruturadas, semi-estruturadas); 
•  reuniões (Participatory Design, Joint Application Design e 
Brainstorming); 
•  observações; 
•  etnografia. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
 
Análise de documentos 
 
•  A análise de documentos é uma técnica usualmente aplicada na 
qual explora-se o conhecimento escrito encontrado no universo de 
informações. 
•  A análise dos documentos permite um contato com o vocabulário 
utilizado no domínio do problema e auxilia na construção do 
glossário de termos especializados, que tem por objetivo definir os 
objetos e equalizar o conhecimento dos stakeholders. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS 
Técnicas de entrevistas 
 
•  Entrevista é uma técnica de interação entre entrevistado (especialista do conhecimento) e 
entrevistador (engenheiro de requisitos) buscando revelar conceitos, objetos e a organização do 
domínio do problema, além de buscar soluções ou projeções de soluções que comporão o 
domínio da solução. 
•  Entrevistas tutoriais - o entrevistado fica no comando, praticamente lecionando sobre um 
determinado assunto. 
•  Entrevistas informais (não estruturadas) - o entrevistador age espontaneamente, perguntando 
ao entrevistado sem obedecer a nenhuma organização. Esse tipo de entrevista oferece 
flexibilidade ao entrevistador e, normalmente, é utilizado no início do processo de elicitação. 
•  Entrevistas estruturadas - são preparadas pelo entrevistador, que define previamente o 
andamento do procedimento de aquisição de conhecimento. 
•  Entrevistas semi-estruturadas – são entrevistas que misturam as características das entrevistas 
estruturadas e das entrevistas não estruturadas. 
•  Um fator importante a ser considerado nas entrevistas é o registro das informações coletadas, 
que pode ser realizado através de anotações ou gravações de áudio ou vídeo. O material 
produzido deve ser organizado e serve como base para a preparação da próxima entrevista. 
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS