introdução à disciplina_diamica
59 pág.

introdução à disciplina_diamica


DisciplinaDinâmica dos Seres Vivos e Ambiente7 materiais72 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Prof Esp Lucas Manoel 
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ 
CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO 
CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS NATURAIS 
DINÂMICA E INTERAÇÃO DOS SERES VIVOS EM SEUS AMBIENTES 
INTRODUÇÃO À DINÂMICA E INTERAÇÃO DOS SERES 
VIVOS EM SEUS AMBIENTES 
Conceição do Araguaia-PA 
2014 
Ecologia 
 
Ernst Haeckel (1866) - \u201cciência capaz de compreender a relação 
do organismo com o seu ambiente\u201d. 
 
Burdon-Sanderson (1893) - \u201ca ciência que se ocupa das relações 
externas de plantas e animais 
entre si e com as condições 
passadas e presentes de suas 
existências\u201d. 
 
Tansley (1904) - \u201caquelas relações de plantas, com seu entorno 
e entre elas, que dependem diretamente de 
diferenças de habitat entre as plantas\u201d. 
 
Elton (1927) - \u201c principalmente relacionada com o que pode ser 
chamado de sociologia ou ecologia de animais, e 
não com a estrutura e outras adaptações que 
eles apresentam\u201d. 
Ecologia 
 
Andrewarta (1961) - \u201co estudo científico da distribuição e 
abundância de organismos\u201d. 
 
Krebs (1972) - \u201co estudo científico das interações que determinam a 
distribuição e abundância de seres vivos\u201d. 
 
Ricklefs (1973) - \u201cestudo do ambiente natural, particularmente as 
relações entre organismos e suas adjacências\u201d. 
 
\u201co estudo científico da distribuição e abundância de 
organismos e das interações que determinam a 
distribuição e abundância\u201d. 
Energia \u2192 átomos \u2192 moléculas \u2192 células \u2192 tecidos \u2192 órgãos \u2192 sistemas \u2192 
espécies \u2192 populações \u2192 comunidades \u2192 ecossistemas \u2192 biomas \u2192 
biosfera 
Figura 1. Níveis de organização biológica 
Espécie - dois ou mais organismos são considerados da mesma 
espécie, quando podem se reproduzir, originando 
descendentes férteis; 
 
Populações - são formadas por organismos da mesma espécie; 
 
Comunidades - um conjunto de todas as populações, sejam elas de 
microorganismos, animais ou vegetais existentes em 
uma determinada área, constituem uma 
comunidade;. 
Níveis de organização biológica 
Ecossistemas - um conjunto de comunidades interagindo entre 
si e agindo sobre e/ou sofrendo a ação dos 
fatores abióticos. 
 
Uma unidade integrada, consistindo de plantas e 
animais que interagem e cuja existência depende 
da manutenção de estruturas e funções bióticas 
e abióticas. 
 
O conjunto clima, solo, bactérias, fungos, 
plantas e animais, juntos em qualquer lugar, 
forma o ecossistema (Pires-O\u2019Brien & O\u2019Brien 
1995). 
Energia \u2192 átomos \u2192 moléculas \u2192 células \u2192 tecidos \u2192 órgãos \u2192 sistemas \u2192 
espécies \u2192 populações \u2192 comunidades \u2192 ecossistemas \u2192 biomas \u2192 
biosfera 
Figura 1. Níveis de organização biológica 
Níveis de organização biológica 
\u2022 Os ecossistemas ou sistemas ecológicos podem ser tão 
pequenos quantos os organismos individuais ou tão grandes 
quanto a biosfera inteira 
\u2022 Pode ser um organismo, uma população, um conjunto de 
populações vivendo juntos (Comunidade), um ecossistema ou a 
biosfera inteira da Terra 
Sistema ecológico 
\u2022 Cada sistema ecológico menor é subconjunto de um próximo 
maior, e assim diferentes tipos de sistemas ecológicos formam 
uma hierarquia de tamanhos. 
 
\u2022 Organismo: unidade mais fundamental da ecologia 
 
\u2022 Nenhum órgão, célula ou molécula tem a vida separada do 
ambiente (exceto bactérias e protistas unicelulares) 
População é formada de muitos organismos 
individuais, uma comunidade compreende 
muitas populações que interagem, um 
ecossistema representa a conexão de muitas 
comunidades através de seu uso de recursos 
de energia e nutrientes e a biosfera 
compreende todos os ecossistemas da Terra. 
Figura 2. Ecossistema de mangue 
Sistema ecológico 
\u2022 Todos os ecossistemas estão interligados juntos numa 
única biosfera, que inclui todos os ambientes e 
organismos da Terra. 
 
\u2022 A biosfera é o sistema ecológico final. 
 
\u2022 Exceto pela energia que chega do Sol e pelo calor perdido 
para as profundezas do espaço, todas as transformações 
da biosfera são internas. 
 
\u2022 Temos aqui todos os materiais que teremos pra sempre, 
nossos rejeitos não tem nenhum lugar pra ir, e devem ser 
reciclados dentro da biosfera. 
Sistema ecológico 
Sistema ecológico 
Diferentes partes da biosfera estão unidas pelo movimento do ar, da água e de 
organismos 
Sistema ecológico 
Os conceitos de ecossistema e biosfera enfatizam a 
transformação da energia e a síntese e decomposição 
dos materiais. 
 
Os sistemas ecológicos como máquinas físicas e 
laboratórios químicos. 
\u2022 Dentro do conceito de ecossistema, ainda cabe definirmos o 
conceito de hábitat, pelo qual entendemos o ambiente físico 
o qual ocorre(m) uma(s) determinada(s) espécie(s); o lugar de 
um organismo na natureza. 
 
\u2022 As plantas, os animais e os microorganismos representam 
diferentes papéis nos sistemas ecológicos. Nicho define o 
papel funcional dos organismos. 
O estudo da natureza de várias perspectivas diferentes 
Sistemas ecológicos tem estruturas e processos únicos. 
 
Nível hierarquia 
 
Cada nível deu origem a uma abordagem diferente ao estudo da Ecologia. 
 
Todas as abordagens têm interconexões (sobreposição). 
Estas são as cinco abordagens para o estudo da ecologia. Embora cada abordagem se relacione 
a um nível diferente na hierarquia dos sistemas ecológicos, eles são retratados num único plano de 
indagação científica, com cada abordagem interagindo com as outras em graus variados. 
Abordagem de organismo - A Ecologia enfatiza o modo pelo qual a 
forma, a fisiologia e o comportamento 
de um indivíduo o ajudam a sobreviver 
no seu ambiente. 
 
Busca compreender por que a distribuição de cada tipo de organismo 
é limitada a alguns ambientes e não a outros 
 
Ex: Plantas dominantes do ambientes quentes e úmidos são 
árvores, enquanto as regiões com invernos frios e úmidos e 
verões quentes e secos tipicamente sustentam arbustos com 
folhas pequenas e duras. 
 
 
\u201cPor que organismos aparentados que vivem em 
diferentes ambientes tem aparências de 
características diferentes.\u201d 
O estudo da natureza de várias perspectivas diferentes 
Ecólogos que usam a abordagem de organismo 
 
Interessados em estudar as adaptações dos organismos aos seus 
ambientes. 
 
As adaptações são modificações de estrutura e função que melhor 
ajustam o organismo para viver em seu ambiente. 
 
Ex: Função renal, Coloração críptica, Folhas moldadas (polinização). 
 
As adaptações são o resultado da mudança evolutiva pela seleção 
natural. 
 
À evolução ocorre através da substituição de um tipo de organismo 
por outro dentro de uma população. 
 
Estudo das adaptações representa um ponto de sobreposição 
entre as abordagens de organismo e de população na Ecologia. 
 
O estudo da natureza de várias perspectivas diferentes 
Abordagem de organismo 
Adaptações representa um 
ponto de sobreposição entre 
as abordagens de organismo e 
de população na Ecologia. 
Abordagem de população - se preocupa com os números de indivíduos e 
suas variações através do tempo, incluindo 
mudanças evolutivas dentro das populações. 
 
Variações em números - nascimentos e mortes numa população. 
 
Podem ser influenciadas - Condições físicas do ambiente 
Temperatura 
Disponibilidade de água. 
 
Processo da evolução - mutações genéticas podem alterar as taxas de 
nascimento e morte, novas linhagens de indivíduos 
podem se tornar comuns numa população e sua 
composição genética global pode mudar. 
 
Outros tipos de organismos, como itens de alimentação, patógenos e 
predadores, também influenciam os nascimentos e as mortes de 
indivíduos numa população. 
 
As interações entre diferentes tipos de organismos são o ponto 
comum das abordagens