Slides - Balanço Patrimonial (BP) - 1º semestre de 2014

Slides - Balanço Patrimonial (BP) - 1º semestre de 2014

Pré-visualização4 páginas
de mercadorias no total de $7 mil a pagar em 30 dias.
 Estoque que custa R$1.500 foi vendido por R$2.500
 Estoque que custa R$2 mil foi vendido por R$3.400 a prazo
 Compra de terreno a vista por R$20 mil
 Pagamento de contas a pagar no valor de R$5 mil
 Aquisição de estoque a prazo no valor de R$1 mil.
 Salários a serem pagos no mês que vem (R$ 6 mil)
D. Decisões relativas ao BP
24
Situação financeira
AC x PC
Endividamento
CT x PL
Situação econômica
Lucro + PL
Como evitar atrasos e liquidar os compromissos em dia?
Toda empresa precisa endividar-se para investir no ativo. Como contrair dívidas sem enfraquecer a empresa?
Como maximizar o lucro, fazer a empresa crescer e ser competitiva?
E. Análise da situação financeira
25
Circulante 
Caixa
Estoque
Duplicatas a receber Bancos
Não Circulante
Realizável a Longo Prazo
Investimento
Imobilizado
Intangível
 
Circulante 
 Fornecedores
 Salários a pagar
 Contas a pagar
 Aluguel a pagar
 Empréstimos bancários a pagar
 Impostos a recolher
 Juros a pagar e outros
Não Circulante
 Exigível a Longo Prazo
 Patrimônio Líquido
 Capital
 Lucros acumulados
ATIVO
PASSIVO
Capital total em giro
Ativo circulante \u2013 Passivo circulante = Capital Circulante Líquido (CCL)
26
27
Situação financeira: comentários adicionais
28
Situação financeira \uf0f0 capacidade de pagamento \uf0f0 análise da liquidez
 
 Quais transações podem elevar o CCL?	
 Quais transações diminuem o CCL?
Elevam CCL: Lucro líquido, vendas de elementos do ativo permanente, empréstimos e financiamentos de longo prazo, integralização de capital, recebimento de realizável a longo prazo.
Diminuem CCL: Prejuízo líquido, aquisição de elementos permanentes, amortização de exigibilidades de longo prazo e etc
CE141 - Contabilidade e Análise de Balanço
28
Indicadores
29
F. Aspectos sobre endividamento
30
Análise da estrutura de capital
Dívida de longo prazo \uf0f0 situação mais confortável \uf0f0 dificuldade na captação
Quantidade de dívida 
Qualidade da dívida (prazo e custo)
31
Ativo
Passivo
Circulante 280
Circulante 200
RLP 20
ELP 370
Permanente 700
PL 430
Total 1.000
Total1.000
Ativo
Passivo
Circulante 300
Circulante 390
RLP -
ELP 10
Permanente 700
PL 600
Total 1.000
Total1.000
BP \u2013 Empresa A
BP \u2013 Empresa B
O que podemos dizer sobre a quantidade e a qualidade da dívida destas empresas?
O que podemos dizer sobre a situação financeira destas empresas?
32
60%
50%
40%
30%
20%
10%
1973
1983
1994
1996
1999
Capital de Terceiros
Aumento do Endividamento
Endividamento
Baixo
Pico de 
endividamento
Aumento
48%
2007
Média de endividamento de empresas brasileiras
Fonte: Exame
2002
Qual análise deste período?
G. Situação Financeira versus Econômica
33
Capital Próprio (PL) em relação ao Capital de Terceiros (CT)
Fortalecimento do PL x CT
 Fonte principal: lucro
 Constante obtenção de resultado positivo contribui para uma situação econômica mais sólida.
 Não se torna vulnerável a qualquer revés que possa ocorrer no dia-a-dia.
34
Ativo
Passivo + PL
Aplicação
Capital de Terceiros (CT)
Aplicação
Capital
Próprio (PL)
Aplicações
Origens
LUCRO
Distribuição aos proprietários
Reinvestimento na empresa
Diversos
capital investido pelos
 proprietários
H. Apuração do resultado e reflexo no BP
35
Regime financeiro (regime de caixa)
Receita de vendas (entrada de caixa) = $100.000
Despesas (desembolso)= $80.000
Regime econômico (regime de competência)
Receita: ganho no período mesmo que não tenha sido recebida
Despesa: sacrifício incorrido para obter vendas
Questão da depreciação
36
36
Apuração do resultado: outra conta, mas possui reflexos no BP
Exemplo:
Ativo
31-12-X4
Passivo
31-12-X4
Circulante
 
Circulante
 
Caixa
100
 
 
NãoCirculante
 
Não Circulante
 
Imobilizado
100
Patrimônio Líq.
200
TOTAL
200
TOTAL
200
Faz o 1º serviço: receita a prazo de $20 mil e despesa de $10 mil de salários
Receita		 20
Despesa		(10)
Lucro		 10
Ativo
31-12-X4
Passivo
31-12-X4
Circulante
 
Circulante
 
Caixa
90
 
 
Duplicata
20
Não Circulante
 
NãoCirculante
 
Patrimônio Líq.
200
Imobilizado
100
LucrosAcum.
10
TOTAL
210
TOTAL
210
E se as receitas fossem à vista e a despesa a prazo?
Exercício 9
37
A empresa Sul S.A. apresentou as seguintes contas em dez/X2.
Capital social: 300
Imóveis em uso: 200
Bancos com movimento: 100
Títulos a receber (2,5 anos) : 70
Participações em outras cias (controladas): 80
Instalações: 50
Marcas e patentes: 30
Fornecedores: 40
Empréstimos bancários (1,5 ano): 50
Imposto de renda a pagar: 30
Reserva de lucro: 100
Salário a pagar: 10
Monte o BP, avaliando o endividamento e a situação financeira
Exercício 10
38
Analise a situação financeira e de endividamento da empresa nos dois anos.
Ativo
31-12-X4
31-12-X5
Passivo
31-12-X4
31-12-X5
Circulante
 
 
Circulante
Caixa
400
500
Fornecedores
200
300
Duplicatas
600
1.000
Impostos
2.000
1.900
Estoques
1.000
1.300
Outras dívidas
200
500
 
 
 
 
 
 
Não Circulante
 
 
Não Circulante
 
 
Realizável a LP
200
300
Exigível a LP
2.800
2.500
Investimento
2.000
1.000
Patrimônio Líq.
 
 
Imobilizado
1.000
1.500
Capital
800
1.000
Intangível
1.000
900
Reserva de lucros
200
300
TOTAL
6.200
6.500
TOTAL
6.200
6.500
Exercício 11
39
A partir dos conhecimentos adquiridos até este momento, analise o BP da Redecard e Cielo em relação:
a) Situação financeira
 CCL
 Índice de liquidez corrente, geral, seca e imediata.
b) Quantidade e qualidade do endividamento
c) Discuta a respeito das possibilidades atuais de crescimento destas duas empresas.
40
ATIVO
2010
2011
Ativo Circulante
 
 
Caixa eequivalcaixa
152.609
172.081
Contas a receber CP
22.399.208
28.249.239
Despesas pagas antecip
1.708
3.208
Outros ativos circulante
3.057
2.255
 
 
 
Ativonaocirculante
 
 
RealizavelLP
74.985
91.871
Imobilizado
286.576
294.589
Intangiveis
61.113
84.361
 
 
 
Ativo total
22.979.256
28.897.604
 
 
 
PASSIVO
2010
2011
Passivo Circulante
 
 
Obrigsociais etrabalh
45.519
47.914
Fornecedores CP
28.664
50.748
Impostos a pagar
176.363
236.973
Total empres e financ CP
967.362
2.375.851
Outras obrigacoes CP
20.335.262
24.574.681
 
 
 
Passivonaocirculante
 
 
Totempres/financiam LP
559
367
Outras obrigacoes
-
-
Impostos Diferidos LP
-
-
Provisoes LP
24.962
29.755
 
 
 
Patrimliqconsolidado
 
 
Capital social
568.261
568.261
Reservas de Capital
-
-
Reserva de Lucros
832.304
1.013.054
Passivo e patrimonio liq
22.979.256
28.897.604
R$ mil
41
ATIVO
2010
2011
Ativo Circulante
 
 
Caixa e equival caixa
250.603
292.915
Contas a receber CP
2.285.718
3.068.415
Despesas pagas antecip
-
-
Outros ativos circulante
-
-
 
 
 
Ativonaocirculante
 
 
Realizavel LP
745.510
969.355
Imobilizado
360.290
522.369
Intangiveis
129.285
228.128
 
 
 
Ativo total
3.771.406
5.081.182
 
 
 
PASSIVO
2010
2011
Passivo Circulante
 
 
Obrig sociais e trabalh
-
-
Fornecedores CP
180.761
1.950.182
Impostos a pagar
409.042
391.996
Total empres e financ CP
-
19.666
Outras obrigacoes CP
1.426.554
455.254
 
 
 
Passivo nao circulante
 
 
Tot empres/financiam LP
-
131.182
Outras obrigacoes
31.586
25.580
Impostos Diferidos LP
5.579
4.751
Provisoes LP
523.633
678.007
 
 
 
Patrim liq consolidado
 
 
Part acionistas minorit
14.470
14.971
Capital social
100.000
263.835
Reservas de Capital
14.709
38.029
Reserva de Lucros
1.065.072
1.107.729
Passivo e patrimonio liq
3.771.406
5.081.182
R$ mil
Exercício 12 (Iudícibus e Marion,