A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
56 pág.
Apostila Revit 2017 2

Pré-visualização | Página 4 de 9

5. INICIANDO UM PROJETO 
➢ Atalhos importantes: ESC termina o comando; ENTER retorna ao último comando; TAB 
alterna entre aresta e superfície. 
 
5.1 Modelos 
Os modelos (templates) são arquivos pré-configurados das unidades, elevações, vistas e 
tudo mais que pode ser configurado e utilizado em mais de um projeto após salvá-lo como .rte 
e configurar o Revit para abrir esse arquivo em todos os futuros projetos. 
 
5.1.1 Níveis 
Os níveis representam os pavimentos do nosso projeto. Como estamos construindo uma 
casa que terá 2 andares, trabalharemos os seguintes níveis: 
 
➢ “1. Térreo” – 0mm 
➢ “2. Piso térreo” – 50mm 
➢ “3. 2º Pavimento” – 3200mm 
➢ “4. Piso 2º Pavimento” – 3250mm 
➢ “5. Cobertura” – 6400mm 
Novo → Modelo Arquitetônico → Projeto. 
 
 
16 
 
Para inserir os níveis, é necessário clicar duas vezes na ponta de uma 
das setas que representam as quatro elevações (norte, sul, leste e oeste). 
Em seguida, o Revit abrirá a vista das elevações com os níveis que vêm 
configurados como padrão. 
É possível alterar as cotas dos níveis que já estão configurados. Para isso, deve-se clicar na 
caixa de texto que mostra o valor e alterá-lo (atenção: o Revit usa o ponto para separar as casas 
decimais). Para adicionar um novo nível, desenhe uma nova linha em Arquitetura → Nível → 
Linha como mostram as figuras abaixo. 
 
 
5.1.2 Salvando o modelo 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Para salvar um template, é preciso salvar o arquivo como modelo em arquivo tipo .rte. 
Também é possível encontrar modelos prontos para download, com configurações padrões ABNT 
Menu R (menu principal do Revit) → Salvar como → Modelo → Salvar como arquivo .rte 
 
 
17 
ou outras configurações que podem ser usadas em diversos projetos. 
 
5.1.3 Abrindo um modelo 
Após salvar um template, podemos adicioná-lo ao Revit para que toda vez que o programa for 
aberto o modelo já fique salvo, assim todas as configurações já estarão ativadas. 
 
5.2 Importando arquivos do Autocad 
Para iniciar um projeto, podemos importar uma planta feita no Autocad e fazer o projeto 
no Revit a partir desse arquivo. 
É preciso tomar cuidado com o tamanho do arquivo, para isso, é importante deixa-lo o 
mais leve possível, retirando as cotas, hachuras, textos, etc. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Novo → Modelo de Arquitetura → Menu R → Opções → Locais de Arquivos 
Menu Inserir → Importar CAD → Encontrar o arquivo 
 
 
18 
 
Sempre verifique as unidades do projeto para que elas sejam correspondentes ao projeto 
do Revit e lembre-se de selecionar uma planta de piso com o pavimento correto da planta que 
estiver inserindo (ex: ao inserir a planta térrea do Autocad, selecione a planta de piso Térreo no 
Revit). 
 
OBS: Ao inserir a planta do 2º pavimento, é necessário mover as duas plantas para alinhá-las. 
Escolha um ponto em comum entre as duas para coloca-las uma sobre a outra (ex: um canto de 
uma parede ou da escada), como mostram as imagens abaixo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
19 
 
 
 
6. COLUNAS 
 
Antes de colocarmos as colunas do projeto, devemos criar os eixos para que os pilares sejam 
colocados no cruzamento dos eixos. Para isso, é necessário estar em uma planta de piso e acessar 
o menu Arquitetura → Eixos → Linha e desenhar eixos cruzando no meio das seções dos pilares 
na planta do Autocad, conforme a imagem seguinte. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A seguir, acesse o menu Estrutura → Coluna → Carregar Família. Como o Revit não traz todos 
os arquivos que precisamos, é necessária carregar uma família de colunas que conterá o tipo de 
Menu Estrutura → Coluna 
 
 
20 
coluna que utilizaremos. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Após ter adicionado a família, o tipo de coluna estará selecionado no menu Propriedades. 
Clique em Editar Tipo. Nesse menu, podemos reconfigurar os padrões da coluna, como altura e 
largura da base e o material. Clique em Duplicar para que as configurações da coluna selecionada 
não sejam perdidas e renomeie para “.Coluna 150x150mm” (o ponto antes ajuda a localizar os 
arquivos na lista). A seguir, faça as alterações nas cotas de base e altura. 
 
 
 
 
 
 
 
 
Para adicionar as colunas nas interseções dos eixos, selecione o comando Nos Eixos (em 
Múltiplo) e faça uma caixa de seleção que contenha todos os eixos desenhados. Selecione Altura 
e 2º Pavimento, assim, a coluna atingirá a altura do 2º andar. Na barra de opções abaixo dos 
menus, é preciso alterar o nível de restrição de altura do pilar. Para concluir, clique no V verde. 
 
 
 
21 
 
7. VIGAS 
 
 
 
 
 
 
 
 
Para adicionar as vigas, carregue a família “Concreto-Viga retangular”, edite o tipo e 
duplique para criar a viga de 150x250mm que será utilizada. 
 
Lembre-se de alterar o plano de colocação antes de selecionar Nos Eixos. Por padrão, as 
vigas têm como ponto zero o seu topo, então, ao adicioná-las em uma vista convencional as 
mesmas serão projetadas deste nível para baixo (exemplo: ao selecionar o nível 2º Pavimento a 
face superior da viga ficará na altura do 2º andar). Use a Vista 3D para conferir. 
Novamente serão criadas vigas em todos os eixos entre os pilares e também será possível 
excluir algumas delas. 
Acesse o menu Vista → 3D para visualizar as colunas criadas. Alguns desses elementos podem 
ser excluídos visto que são colocados pilares em todas as interseções, criando vãos que não 
precisam ter tantas colunas. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Menu Estrutura → Viga 
 
 
22 
Figura 1 
Figura 2 
7.1 Copiar vigas e colunas para o 2º andar 
Durante o projeto, é comum que elementos inseridos em um nível precisem ser copiados para 
os demais, como num prédio em que todos os andares serão iguais. No nosso caso, para simplificar, 
vamos copiar as vigas e colunas para o 2º andar e depois fazer as alterações necessárias. 
Acesse o menu Modificar → Selecione todas as vigas e colunas → Copiar (Figura 1). Dê um 
ESC para sair do comando. Entre novamente em Modificar → Colar → Alinhado com níveis 
selecionados → Selecionar Níveis → Cobertura (Figura 2). Por fim, faça as devidas alterações, 
excluindo as vigas que não forem necessárias para o projeto (Figura 3). 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
23 
 
 
 
 
 
 
 
 
8. PAREDES 
Para inserir as paredes, entre no menu 
Arquitetura → Parede. No menu Propriedades → 
Editar Tipo crie dois tipos de paredes, as internas de 
15cm de espessura e as externas de 25cm. 
O Revit permite que sejam criadas diferentes 
camadas da parede, colocando revestimento interno, 
estrutura e revestimento externo. Para isso, 
precisamos acessar o menu de edição de montagem, 
conforme a imagem abaixo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
As camadas de revestimento têm a função Acabamento 1 [4] e a de estrutura é chamada de 
Estrutura [1]. Para diferenciar mais as camadas, é possível definir um material para cada uma. 
Clicando em “...” na caixa de seleção de materiais, uma janela abrirá. 
 
 
24 
 
Para criar um novo material, siga os passos da imagem abaixo. No passo 3 é onde se define 
qual será o material colocado e, por exemplo, para o revestimento interno e externo, podemos 
escolher tinta para pintura. Lembre-se de em Gráficos deixar selecionada a caixa de “Utilizar 
aparência de renderização”. 
 
Clique aqui para definir um material. 
 
 
25 
 
Em Padrão de Superfície e Padrão de 
Corte podemos adicionar uma hachura 
arbitrariamente, ou de acordo com a norma 
para cada material. Clicando na caixa