A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
avaliando aprendizado

Pré-visualização | Página 1 de 2

1a Questão (Ref.:201308235108)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Acerca dos órgãos públicos, assinale a opção correta.
		
	
	A teoria que melhor explica a relação existente entre o servidor público e a pessoa jurídica do Estado é a teoria da representação, cuja característica principal consiste no princípio da imputação volitiva. Assim, a vontade do órgão público é imputada à pessoa jurídica a cuja estrutura pertence, já que aquele estaria agindo em seu nome.
	 
	Alguns órgãos públicos têm capacidade processual, já que são titulares de direitos subjetivos próprios a serem defendidos.
	
	É correto, do ponto de vista da natureza jurídica do órgão, afirmar que "João propôs uma ação de rito ordinário contra a receita federal".
	
	A organização da administração pública direta, no que se refere à estruturação dos órgãos e competência, é matéria reservada à lei.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201308235103)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	(TRT-23ª/ Juiz do Trabalho Substituto/ 2004) Associe corretamente e marque a alternativa correspondente: 1) Sistema de jurisdição única. 2) Faculdade que dispõe os chefes dos Poderes Executivos de explicar a lei para a sua correta aplicação. 3) Distribui e escalona as funções de seus órgãos, ordenando e revendo a atuação de seus agentes. Estabelece a relação de subordinação entre os servidores de quadro de pessoal. 4) Confere à autoridade administrativa ¿ ante certa circunstância ¿ escolher uma entre várias soluções possíveis. A) Poder hierárquico. B) Sistema judiciário. C) Poder discricionário. D) Poder regulamentar. A resposta correta se encontra em:
		
	
	1C 2D 3B 4A.
	 
	1B 2D 3A 4C.
	
	1B 2C 3A 4D.
	
	1C 2A 3D 4B.
	
	1D 2B 3A 4C.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201308126134)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	(OAB CESPE) Por decorrência do poder hierárquico da Administração Pública, surge o instituto da delegação de competências. Assinale, entre as atividades abaixo, aquela que não pode ser delegada.
		
	
	Matéria de competência concorrente de órgão ou entidade.
	 
	Decisão de recursos administrativos.
	
	Edição de atos de nomeação de servidores.
	
	Homologação de processo licitatório.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201308708557)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Não constitui característica das entidades descentralizadas a(o)
		
	 
	vínculo de subordinação à entidade política que a instituiu.
	
	submissão de seus servidores ou empregados às regras de acumulação de cargos, empregos e funções públicas.
	
	personalidade jurídica própria.
	
	patrimônio distinto daquele do ente instituidor.
	
	capacidade de auto-administração.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201308126098)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	(OAB/CESPE) Ocorre a chamada descentralização administrativa quando o Estado desempenha sua função indiretamente, por meio de outras entidades. A descentralização requer, assim, duas pessoas jurídicas distintas: o Estado, como titular da atividade, e a entidade que executara o serviço por ter recebido essa atribuição. A doutrina indica duas maneiras para que o Estado efetive a descentralização administrativa: outorga e delegação. Assinale a opção correta a respeito desse tema.
		
	
	Nos contratos de concessão de serviço público, verifica-se a descentralização por outorga.
	
	Quando o Estado cria uma autarquia e a ela transfere certa atividade administrativa ocorre a descentralização por delegação
	
	A descentralização é efetivada por meio de outorga quando o Estado transfere, por contrato ou ato unilateral, unicamente a execução de um serviço para que o ente o preste ao público em seu nome e por sua conta e risco.
	
	Descentralização é o mesmo que desconcentração.
	 
	A descentralização deve ser efetivada por outorga quando o Estado cria uma entidade e a ela transfere, por lei, a execução de determinado serviço público.
	
	
	1a Questão (Ref.:201308231675)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Concedida a licença para a construção de um determinado prédio, na hipótese de desapropriação ulterior o:
		
	
	titular do empreendimento somente terá direito aos gastos feitos com o licenciamento.
	 
	valor da obra não se incluirá na indenização, quando a desapropriação for efetivada;
	
	valor real do prejuízo será apurado em execução de sentença;
	
	titular do empreendimento terá direito a indenização total para ressarcir todos os prejuízos sofridos;
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201308628750)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A previsão legal de penalidades administrativas para uma infração indica o uso do poder (x), mas no processo de apuração dessa infração a administração pública deverá fazer uso do poder (y). Na frase, os poderes omitidos substituídos pelas letras (x) e (y) correspondem respectivamente:
		
	
	Poder hierárquico e poder hierárquico
	
	Poder hierárquico e poder disciplinar
	
	Poder regulamentar e poder disciplinar
	
	Poder disciplinar e poder hierárquico
	 
	Poder disciplinar e poder disciplinar
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201308231712)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	O chamado mérito administrativo consubstancia-se na valoração dos motivos e na escolha do objeto de determinado ato a ser praticado, feitas pela Administração, incumbida de sua prática, quando autorizada a decidir quanto
		
	
	à qualidade do seu conteúdo.
	 
	à conveniência e oportunidade.
	
	ao modo de sua realização.
	
	ao seu destinatário.
	
	à quantidade do seu objeto.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201308231582)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Com referência aos poderes da administração, assinale a opção correta.
		
	
	A inexistência de vinculação absoluta permite à administração pública apreciar aspectos de conveniência, interesse público e de forma, quando no uso do seu poder vinculado.
	 
	Os poderes administrativos são instrumentais, sendo utilizados pela administração pública para cumprir suas finalidades.
	
	Caso o Poder Executivo exorbite na utilização de seu poder regulamentar, o Poder Legislativo poderá anular o ato normativo editado.
	
	Com o uso do poder hierárquico, é sempre possível a invalidação, pela autoridade superior, dos atos praticados por seus subordinados.
	
	A discricionariedade da administração pública aplica-se apenas aos aspectos de conteúdo e de oportunidade do ato administrativo.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201308231803)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Assinalar a alternativa correta.
		
	 
	O conteúdo do ato administrativo, também denominado objeto, é o que o alo dispõe, entendendo-se, portanto, como o resultado imediato produzido.
	
	Uma vez preenchidos os requisitos juridicamente previstos para a sua prática, o ato administrativo é válido, independente de seu conteúdo moral.
	
	A convalidação é o suprimento da invalidade, com efeitos para o futuro, decorrente de alo da Administração Ou do particular atingido pelo alo viciado.
	
	A competência é irrenunciável, salvo os casos de delegação e avocação expressamente admitidos em regulamento específico.
	
	Pela revogação, se suprime um ato administrativo legal, mas inconveniente ao interesse público, extinguindo-se ex tunc todos os seus efeitos.
	
	
	1a Questão (Ref.:201308232020)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	Nos contratos administrativos de obras, serviços e compras poderá o contratado optar pela seguinte modalidade de garantia:
		
	 
	caução em dinheiro correspondente a quarenta por cento do valor do contrato.
	
	penhora de bem móvel correspondente a cem por cento do valor do contrato.
	
	penhora de bem imóvel no valor da licitação.
	
	anticrese.
	 
	seguro-garantia.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201308236792)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Assinalar a alternativa correta.
		
	
	Com a homologação,