A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Citoplasma e Inclusões citoplasmáticas

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
*
Profa. Dra.Lucia Helena de Aguiar
Disciplina: Citologia, Histologia e Embriologia 
1º semestre de 2011
*
*
O CITOPLASMA 
Centrossomo (gel) - parte interna
Endoplasma (sol) - parte média – há correntes citoplasmáticas
Ectoplasma (gel) - parte externa próxima ao plasmalema (membrana) 
 
O citoplasma das células eucariontes visto ao M.E. revela um complexo sistema de endomembranas que compartimentaliza o citoplasma em duas partes: MATRIZ CITOPLASMÁTICA ou CITOSOL e COMPARTIMENTO INTERNO DO SISTEMA DE ENDOMEMBRANAS.
*
*
COMPOSIÇÃO DA MATRIZ CITOPLASMÁTICA OU CITOSOL:
- água, íons, sais e vitaminas
- proteínas
	enzimas da glicólise anaeróbica, da degradação e síntese de carboidratos, ácidos graxos, aminoácidos e outras moléculas 
	Actina G, actina F, miosina, tubulinas 
	Microtúbulos, microfilamentos e filamentos intermediários (citoesqueleto)
 carboidratos (glicose, depósitos ou inclusões de glicogênio e amido (vegetais)
 lipídios (depósitos ou inclusões)
- pigmentos (depósitos ou inclusões)
- ribossomos livres e os que se prendem ao REG após início da síntese protéica,
- precussores de ácidos nucléicos e RNAm, RNAr, RNAt (envolvidos na síntese protéica).
 
*
*
*
*
Esquema de uma célula eucarionte animal. Organelas citoplasmáticas
*
*
Eletromicrografia de uma célula eucariota animal.
Nucleo
mitocôndria
Lisossomo
nucléolo
Complexo Golgiense
REA
REG
*
*
INCLUSÕES CITOPLASMÁTICAS
 
São componentes celulares que podem ser sintetizados pela célula ou captados do meio, podendo permanecer na célula por tempo limitado.
 
NUTRIENTES
 - Lipídios (sob a forma de triglicerídeos)
Função: reserva energética 
ex: adipócitos, células hepáticas e córtex das adrenais ou supra renais.
*
*
adipócitos
*
*
Esteatose hepática – patologia presente quando há excesso de gordura no fígado.
Glândula supra – renal ou adrenal
*
*
- Carboidratos
 Glicogênio (glicossomos) Função: reserva energética (degradados à glicose por enzimas da glicogenólise) ex: células musculares e hepatócitos
 
Células hepáticas vistas ao M.O. – em rosa as inclusões de glicogênio. Em roxo, o núcleo das células
*
*
PIGMENTOS 
Exógenos: 
- caroteno em adipócitos da epiderme e derme
- pó de carvão presente em células do pulmão e gânglios linfáticos
Antracose (aumento 40x) - A deposição de pigmento antracótico no pulmão resulta da inalação contínua e repetida de pó de carvão. A antracose pode ser observada nos pulmões de animais (cães) que vivam em ambientes urbanos ou em zonas industriais, não provocando contudo quaisquer sinais clínicos.
*
*
Endógenos: 
hemoglobina – presente nas hemáceas, transporte O2.
 lipofuscina - substâncias não digeridas pela célula (corpos residuais) ex: neurônios do SNC e fibras musculares cardíacas
PIGMENTOS 
*
*

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.