direito tributario I 2
7 pág.

direito tributario I 2


DisciplinaDireito Tributário I20.400 materiais266.323 seguidores
Pré-visualização2 páginas
09/08/2018 Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I \u2013 1820-30...
https://ava.ead.unip.br/webapps/assessment/review/review.jsp?attempt_id=_6249620_1&course_id=_18083_1&content_id=_282253_1&return_c\u2026 1/7
 
Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I
Direito Tributario 1820-30_59801_R_20182 CONTEÚDO
Usuário suelizete.mauro @unipinterativa.edu.br
Curso Direito Tributario
Teste QUESTIONÁRIO UNIDADE I
Iniciado 09/08/18 13:33
Enviado 09/08/18 13:35
Status Completada
Resultado da
tentativa
5 em 5 pontos  
Tempo decorrido 1 minuto
Resultados
exibidos
Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários, Perguntas
respondidas incorretamente
Pergunta 1
Resposta
Selecionada:
d.
Respostas: a. 
b. 
c. 
d.
e.
Feedback
da
resposta:
A \ufffdnalidade e razão de ser da existência dos tributos são:
Obter recursos para o Estado desempenhar as atividades
\ufffdnanceiras.
Penalizar o trabalhador assalariado.
Promover a e\ufffdciência dos serviços públicos.
Estimular as pessoas a adquirirem bens de consumo.
Obter recursos para o Estado desempenhar as atividades
\ufffdnanceiras.
Promover a separação dos poderes entre Executivo, Legislativo e
Judiciário.
Resposta: letra "d" 
 
  
Explicação: o Estado (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) precisa de
recursos para desempenhar suas atividades essenciais e promover o bem
comum previstos no art. 3º da Constituição.
Pergunta 2
A norma constitucional que veda aos entes federativos a instituição de impostos sobre
CONTEÚDOS ACADÊMICOS BIBLIOTECAS MURAL DO ALUNO TUTORIAISUNIP EAD
0,5 em 0,5 pontos
0,5 em 0,5 pontos
suelizete.mauro @unipinterativa.edu.br 2
09/08/2018 Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I \u2013 1820-30...
https://ava.ead.unip.br/webapps/assessment/review/review.jsp?attempt_id=_6249620_1&course_id=_18083_1&content_id=_282253_1&return_c\u2026 2/7
Resposta Selecionada: b. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
e. 
Feedback
da
resposta:
templos de qualquer culto representa:
Imunidade tributária.
Remissão tributária.
Imunidade tributária.
Anistia tributária.
Isenção tributária.
Incidência tributária.
Resposta: alternativa "b" 
 
  
Explicação: a imunidade tributária trata da absoluta incompetência para atingir
determinados fatos e situações previstas na Constituição, pelo poder de
tributar do Estado. No caso, a proposta à imunidade dos tempos de qualquer
culto está prevista no art. 150 - VI, letra b da Constituição.
Pergunta 3
Resposta
Selecionada:
c.
Respostas: a.
b.
c.
d.
e.
Feedback
da
resposta:
A respeito do Sistema Tributário Nacional pode-se dizer que:
Um papel fundamental das normas gerais em matéria tributária é
disciplinar o alcance da incidência tributária, inclusive delimitando con\ufffditos
de competência e dispor sobre institutos jurídicos tributários comuns às
diversas pessoas políticas dotadas de competência tributária.
As espécies tributárias se dividem em vinculadas e não vinculadas, sendo
que as não vinculadas podem ser criadas por decreto.
Aos Municípios compete instituir empréstimos compulsórios no caso de
guerra externa ou sua iminência.
Um papel fundamental das normas gerais em matéria tributária é
disciplinar o alcance da incidência tributária, inclusive delimitando con\ufffditos
de competência e dispor sobre institutos jurídicos tributários comuns às
diversas pessoas políticas dotadas de competência tributária.
O princípio constitucional da igualdade em matéria tributária pressupõe
que os contribuintes serão igualmente tratados pela lei, sem discriminação
de raça, sexo, ocupação pro\ufffdssional e valor dos rendimentos e do
patrimônio.
As alíquotas de todo e qualquer tributo devem ser idênticas diante da
utilidade e função social tributária como desdobramento do princípio da
igualdade e da irretroatividade.
Resposta: letra "c" 
 
  
Explicação: Em matéria tributária essa função de norma geral tributária é
0,5 em 0,5 pontos
09/08/2018 Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I \u2013 1820-30...
https://ava.ead.unip.br/webapps/assessment/review/review.jsp?attempt_id=_6249620_1&course_id=_18083_1&content_id=_282253_1&return_c\u2026 3/7
exercida pelo Código Tributário Nacional \u2013 CTN, conforme o comando do art.
146 \u2013 III da Constituição. Vale notar que o CTN foi criado antes da Constituição
de 1988 por uma lei ordinária, mas foi recebido como se fosse lei
complementar, de tal forma que hoje, para alterar o CTN, é preciso usar lei
complementar.
Pergunta 4
Resposta Selecionada: e. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
e. 
Feedback
da
resposta:
A respeito dos Empréstimos Compulsórios, é correto dizer:
Exige lei complementar para sua instituição.
São da competência dos municípios.
Podem ser instituídos por lei ordinária.
Não precisam ser restituídos aos contribuintes.
Exige prévia aprovação dos prefeitos e governadores.
Exige lei complementar para sua instituição.
Resposta: alternativa "e" 
 
  
Explicação: compete exclusivamente à União criar, mediante lei complementar,
empréstimos compulsórios, nos termos do art. 148 da Constituição. Note que a
lei complementar exige quórum de maioria absoluta para ser aprovado
(conforme art. 69 da constituição) o que exige grande consenso político para
isso.
Pergunta 5
Resposta
Selecionada:
c.
Respostas: a.
b.
c.
d.
Assinale a alternativa errada:
As contribuições sociais para custeio da seguridade social estão sujeitas à
anterioridade geral do art. 150, III-b, da CR.
A capacidade econômica do contribuinte é relevante para efeito de
gradação da carga tributária que o afetará.
O princípio da legalidade exige que todos os critérios da obrigação
tributária estejam previstos em lei.
As contribuições sociais para custeio da seguridade social estão sujeitas à
anterioridade geral do art. 150, III-b, da CR.
0,5 em 0,5 pontos
0,5 em 0,5 pontos
09/08/2018 Revisar envio do teste: QUESTIONÁRIO UNIDADE I \u2013 1820-30...
https://ava.ead.unip.br/webapps/assessment/review/review.jsp?attempt_id=_6249620_1&course_id=_18083_1&content_id=_282253_1&return_c\u2026 4/7
e.
Feedback
da
resposta:
A lei tributária que aumente as alíquotas do Imposto sobre a Renda está
sujeita ao princípio da anterioridade geral do art. 150, III \u2013 b da CF.
Uma alíquota de IPTU de 25% sobre o valor do imóvel é con\ufffdscatória, mas a
alíquota de 25% do ICMS sobre o tabaco não é con\ufffdscatória.
Resposta: alternativa "c"
Explicação: Essas contribuições estão sujeitas ao princípio da noventena,
previsto no art. 195, § 6º da Constituição, o que implica no intervalo de tempo
de 90 dias entre a publicação da lei da União que crie essa contribuição e a sua
incidência. Por exemplo, a lei em questão é publicada no dia 01.11.2015, mas a
incidência se dará sobre os fatos que ocorrerem a partir de 01.02.2016.
Pergunta 6
Resposta Selecionada: a. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
e. 
Feedback
da
resposta:
Dentre os impostos indicados, assinale a alternativa que contemple o de competência da
União:
Imposto Sobre Operações de Crédito.
Imposto Sobre Operações de Crédito.
Imposto Sobre Circulação de Mercadorias.
Imposto Sobre a Propriedade de Veículos.
Imposto Sobre a Propriedade de Imóveis Urbanos.
Imposto Sobre Serviços.
Resposta: alternativa "a" 
 
  
Explicação: dentre os impostos de competência da União está o IOF \u2013 imposto
sobre operações de crédito, câmbio e seguro conforme fundamento do art.
153 \u2013 V da Constituição. Trata-se de um imposto com características
extra\ufffdscais, ou seja, com efeito regulatório, e cujas alíquotas podem ser
alteradas por ato do poder executivo federal.
Pergunta 7
Resposta Selecionada: b. 
Respostas: a. 
b. 
c. 
d. 
Dentre os tributos indicados, assinale a alternativa que contemple o de competência